Génios da Táctica - Sporting CP 2012/2013

estão então abertas as “hostilidades”.

a razão pela qual este tópico ainda não tinha sido aberto talvez passe pelo facto de estarmos (aqueles que ligam mais a estas coisas) a fazer um compasso de espera para ver o que se irá passar esta época.

de qualquer forma, fica assim aberto um dos tópicos mais interessantes ( :mrgreen: ) deste fórum…

tópicos das épocas anteriores:
[+]Génios da Táctica - Sporting CP 2007/2008
[+]Génios da Táctica - Sporting CP 2008/2009
[+]Génios da Táctica - Sporting CP 2009/2010
[+]Génios da Táctica - Sporting CP 2010/2011
[+]Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012

Pela primeira vez em alguns anos, não gostaria de estar na pele do Sá Pinto. ;D Muita qualidade neste plantel. Tudo vai depender do momento de forma e empenhamento nos treinos.

mais do que bom treinador sa pinto tem que ser um bom gestor de homens um bom psicologo ( gerir mts egos nao é para todos )

Naqueles momentos em que for necessário cessar fileiras lá atrás (como fizemos em alguns jogos da época anterior, como Manchester, por exemplo), uma equipa assim deste género, defensivamente, dava uma capacidade de pressão, posicionamento táctico e altura muito interessantes…

Acreditando que se irá manter o 4-3-3 como sistema tático principal, acredito que a equipa se “arrumará” em qualquer coisa deste género:

GR: Patrício será naturalmente o titular, com M. Boeck o seu substituto naturtal e V. Golas como reserva (provavelmente jogará na B);

DD: Cédric parece-me levar vantagem e acredito que mesmo Boulahrouz será sempre a 2ª escolha ficando Pereirinha como reserva;

DC: Aqui tenho dificuldades pois qualquer dos 4 (Xandão parece-me em grande forma, Oniewu, Boulahrouz e Rojo) terão potencial para ser titulares. Carriço parece-me que não terá grandes hipóteses concorrendo com estes 4. Nuno Reis parece-me a mim que irá para a B e terá ido para estágio apenas e só pelo facto de Boulahrouz e Rojo terem chegado tarde;

DE: Insua será o natural titular, sendo que acredito que se não estiver a 100% o lugar poderá ser ocupado por Pranjic ou Rojo sem problemas;

MCD: Rinaudo partirá com vantagem por uma questão de antiguidade e pelo que mostrou na época passada, mas acredito que Gelson irá dar boas “dores-de-cabeça” a Sá Pinto;

MC: Embora seja uma posição com vários candidatos no plantel, acredito que a escolha recairá entre Adrien e Elias, consoante o jogo exija uma postura mais ofensifa ou defensiva respetivamente. Schaars parece-me partir atrás destes 2;

MCO: Teoricamente o lugar “é” de Matias Fernandez sempre com Izmailov como alternativa, até porque considero-os 2 dos melhores jogadores da equipa. No entanto André Martins terá tb uma palavra a dizer, principalmente face aos problemas de disponibilidade física dos outros 2. Acredito que jogarão bastante estes 3, mas raramente juntos. A somar a estes existe ainda Labyad, que para já (pelo menos para mim) é uma incógnita, embora acredite ter categoria para jogar bastante este ano;

EE: Capel será teoricamente o dono do lugar, tendo este ano como concorrência mais séria Pranjic. Caso consiga confirmar o lugar no plantel, Wilson Eduardo poderá fazer tb alguns minutos, mas pelo que tenho visto acredito que o seu futuro passará por novo empréstimo;

ED: Embora Jeffrén tenha sido o titular, parece-me a mim que este ano será o ano de Carrillo, pelo que aposto no peruano. Labyad poderá ter aqui tb algum espaço;

PL: A menos que uma “truta” apareça para este lugar, infelizmente no plantel existe (ainda) concorrência para “O Lobo”. A vir um outro avançado, Rubio ficará sem espaço neste plantel, sendo que acredito que seria bom começar a época na B, com uma eventual chamada ao plantel principal caso ganhe mais confiança.

A meu ver e partindo do princípio que o Rui vai ser vendido existem 7 jogadores que são indiscutíveis no onze, são eles: Boeck, Ínsua, Xandão, Rinaudo, Matías Fernandes, Izmailov e Ricky Van Wolfwinkel.

Na baliza não haverão muitas dúvidas, caso saia Rui entrará um novo GK preenchendo a vaga de antepassado do Boeck como suplente sendo este promovido para guarda-redes principal. Para terceira opção ficará o Golas.
Olhando para a lateral direita vai ser uma luta renhida entre o Cedric e o Pereirinha, no primeiro jogo o Pereirinha ganhou pontos ao Cedric mas neste último jogo, o jogador natural da Alemanha já reequilibrou as contas.
Na posição de central é certamente um dos postos onde se levantam mais dúvidas, na minha opinião o Xandão é claramente superior quer ao Onyewu, Carriço e ao Rojo. Relativamente ao holandês não o vejo jogar desde o Mundial 06. Por isso restará um posto para um destes 4 jogadores.
A ala esquerda é certamente a posição que me dá mais segurança. Ínsua é um portento que fez uma época de elevado nível sempre a alta rotação. Seria um crime tirar-lhe a titularidade, merece absolutamente partir à frente dos seus companheiros e são os outros que tem que que fazer de tudo para lhe roubar o lugar. Não é por o Prajnic ter feito uma grande segunda parte que eu vou por em dúvida o posto do nosso comboio. No entanto caso tenha algum problema físico ou uma quebra de forma em alguma parte da época o Prajnic certamente atenuará a sua ausência com a mesma classe que nos presenteou na exibição de ontem.
Relativamente aos médios defensivos também podemos estar descansados. O Fito é um jogador de top, bem sentimos a sua ausência na época passada, mas vamos acreditar que este ano tudo vai correr melhor. No banco estará sempre pronto a ajudar na manobra defensiva um lingrinhas que parece que voa com o vento tal é a sua velocidade que dará sempre tudo o que tem em prol da equipa, seu nome é Gelson Fernandes, e pelo que vi ontem é um guerreiro que andará a época toda a pisar os calcanhares aos outros médios para os lembrar que caso eles falhem estará lá ele para entrar em acção. Ele vai dar muita luta ao Rinaudo e isso com certeza que será benéfico para os dois.
Na posição 8 reconheço que há excesso de qualidade, apesar de não ser fan de alguns desses mesmo oitos. Poderia estar aqui a bater na mesma tecla que ando a bater nos últimos meses, dizendo que o Elias recebe demasiado para o que joga, e que o Adrien ainda não provou nada para ter o estatuto que tem tido, mas desde que não joguemos com dois nº “8” no mesmo onze vou me manter calado. Pessoalmente o Schaars é o meu preferido e seria também o meu eleito a B2B, a minha segunda opção seria o André Martins e só depois o Adrien ou o Elias - sendo que para mim o brasileiro devia de sair. Uma coisa é certa se queremos ser campeões um dos médios tem que ser um criativo puro (Matías Fernandez, Izmailov, Labyad) , eu tenho primazia pelo chileno na posição “10” e por isso sou crente que a grande urgência deste plantel é renovar com ele, só depois é que devíamos realizar as outras ações de mercado. Relativamente às alas, uma delas tem que ser do Izmailov, o russo em boas condições físicas é do mais completo que existe neste plantel, ele nunca joga mal e na época passado foi talvez o jogador mais decisivo com ele em campo o futebol do Sporting flui com outra facilidade, tem uma dinâmica de jogo acima da média, então quando conjugamos o chileno com o russo em campo o futebol do Sporting parece um carrossel e mais que isso eles tem a arte de contagiar os colegas, quando eles estão em campo todos os outros melhoram o seu jogo. São dois elementos cruciais neste plantel e se tivermos a sorte de ficarmos com os dois e eles apresentarem boa condição física ao longo da época seremos caso sério.
Quanto à ala esquerda também temos muitas opções, pelo que fez antepassado o Capel parte à frente mas quando não estiver a corresponder e/ou quando o Izmailov não tiver nas melhores condições físicas teremos opções bastante válidas para os substituir: Jeffren, Carrillo, Prajnic e até Labyad. Não me parece que o Wilson tenha muitas hipóteses nas alas.
Na frente de ataque mesmo que chegue um novo PL, duvido que roube o lugar ao Ricky, primeiro porque não temos dinheiro para sacar um goleador feito e segundo porque o Ricky fez uma excelente época, é verdade que ele falhou muitos golos fáceis mas também é verdade que o nosso caudal ofensivo não proporcionou assim tantas bolas de golo para ele e mesmo assim marcou 25 ou 26 golos na sua primeira época. Este ano tem tendência a melhorar e tenho total confiança nele.

Temos um excelente plantel necessitamos de um PL e de reduzir o lote de médios, a saída de um deles seria o ideal.
Infelizmente parece-me impossível manter o Rui porque estamos asfixiados financeiramente, por isso deveríamos segurar a todo o custo outros jogadores por diversas razões:

  • Ínsua (dos melhores laterais que por cá passou);
  • Rinaudo (está desvalorizado por ter jogado pouco antepassado, vende-lo agora seria um erro porque não iriamos receber uma verba condizente com o seu real valor);
  • Matías Fernandes (também está desvalorizado por só ter um ano de contrato, deveríamos renovar a todo o custo porque dificilmente encontramos um “10” com o seu talento individual por menos de 7 milhões, jogadores como ele são raros no futebol atual cabe aos treinadores potenciar estes talentos brutos);
  • Izmailov (como disse anteriormente é o jogador mais completo do plantel, e tenho fé que não seja de novo atraiçoado pelas lesões, ele não merece isso, e os amantes do desporto e principalmente do futebol português merecem ver o Izmailov jogar no máximo das suas plenitudes físicas;
  • Ricky (temos pouca % do seu passe e seria um erro abdicar do nosso goleador para apostarmos numa incógnita, podíamos vir a pagar caro. O Porto vendeu o Falcao e para o substitui-lo foram buscar o Kleber, iam-se de dando mal com isso. Em Janeiro lá foram mais 3M para o Janko e agora mais 9M pelo colombiano. Mas eles tem dinheiro, por isso podem-se dar ao luxo de falhar mais que uma vez, já nós…

Nada mal!

Isso é uma espécie de carro blindado!
Se tirares o Pranjic, avançares o Insua e puseres o Rojo a LE, ainda fica mais diabólico…

Eu começo a achar que um sistema de 3 centrais, em certos jogos, não era nada mal visto. Abdicava-se de jogar com defesas laterais e optava-se por colocar aí jogadores mais ofensivos. Um Sporting CP com um ataque mais povoado.

Falo neste sistema porque o Rojo e o Boulahrouz conseguem jogar também como laterais, pelo que, deduzo, caiam bem para um dos lados enquanto centrais. Com Onyewu ou Xandão (torre) a defesa parece-me sólida.

Um jogador como Pranjic (ou mesmo o Insua) a fazer todo o corredor esquerdo e o Pereirinha ou o Cedric a fazer todo o corredor Direito.

Uma coisa assim deste género.

Jeffren, Carrillo ou W. Eduardo nas posições da frente porque são os jogadores que vêm melhor da ala para o centro. O Capel fica muitas vezes colado à linha. O Matias ou o Izmailov a darem apoio atrás do PL. O Rinaudo a encurtar espaços entre a defesa e o Matias Fernandez, embora também veja bem o Elias na sua posição.

Até me parece uma boa ideia, ams… Onyewu a libero?? :o

Líbero? Nada disso… Central!

Gostei muito desse onze :great:

Bem, já que estamos numa de tácticas alternativas ao 4x3x3, apresento aqui um 4x4x2 que gostaria que fosse utilizado:

O Pranjic e Izmailov em vez de extremos para dar alguma capacidade defensiva, o Elias e o Adrien para jogos mais ofensivos ou o Schaars para mais consistência defensiva. Na frente, como ainda não veio o tal avançado que espero possa fazer parceria com o Lobo, tentaria o Wilson Eduardo, pois a extremo penso que não actua tão bem, ou mesmo o MatiGol. :great:

Para os jogos em casa em que as equipas adversárias se fecham todas um 4x1x3x2 não era mau pensado com:

Rui Patricio

Cedric
Onyewu/Xandão
Rojo/Boulahrouz/Carriço
Insua

Rinaudo/Gelson
Izmailov/Labyad/Jeffren/Elias (genero ramires)
Pranjic/Capel
Matias/André Martins/Adrien

Wolfswinkel
Contratação

Como sempre fui um acérrimo defensor de esquemas tácticas com 3 centrais - havendo defesas e alas para tal, como é o caso -, é com agrado que vejo esta opção.

Ainda assim, penso que ficaria ainda melhor com Ricky + 1 na frente (Carrillo, Capel, Jeffren ou Wilson, todos eles têm qualidade e características para esta posição de “vagabundo”) e com mais um médio centro com capacidade de ruptura, principalmente no passe… Daria mais consistência defensiva e igual apoio ofensivo.

Digo isto porque, com dois jogadores assim como colocaste, acho que poderia haver uma sobrelotação na área quando o objectivo, digo eu, seria este funcionar como pivot e poder servir de apoio, conforme fosse o lado por onde se iria atacar !

Sim a três defesas e não a três centrais. Parece que não, mas basta colocar assim nestes termos e fica logo diferente. :mrgreen: (brincadeira)

O esquema é interessante, não escolheria esses jogadores. Pelo não o Insúa e Cédric simultaneamente. Se há vantagens em ter qualquer um dos 4 em campo, caso queiramos mudar rapidamente para um sistema de 4 defesas e 3 médios, tem mais lógica um Cédric com um Pranjic, ou um Insúa com um Pereirinha (se acharmos que este pode jogar como médio centro). Porque um dos alas pode recuar mais e compor a defesa (fazendo Rojo ou Khalid a outra lateral).

Pessoalmente não acho que em Portugal se deva entrar à partida com um sistema de 3 defesas. Na maioria dos jogos bastam 2 centrais e um trinco a compensar (infelizmente acho que nenhum dos nossos compensa bem a falta de um central, quando este compensa um lateral). O que não quer dizer que nãos eja um sistema interessante em determinados contextos de um ou vários jogos.


escrevo o resto da descrição mais tarde

Oh jl17, então e onde metias o Vela? :lol:

Estou a brincar! :beer:

Capel ??

Por o Carrillo a PL é uma parvoíce, deixa que te diga, nunca o vi a rematar um bola em condições…

Boas malta,

na minha opinião, caso tenhamos todos os jogadores do plantel disponíveis, o onze utilizado pelo Sá será o seguinte:

E, com a suposta vinda do avançado, ficaremos com um plantel deste tipo:

Tanto jogador de qualidade :drool: :drool: :drool:

Se isto não é um grupo capaz de ser campeão, então não sei quando o seremos de novo… ::slight_smile:

E o Carriço? Já o despachaste? :shifty: :lol: