Vinhos preferidos

apanhei o Vinha do Bispado, branco (2019), a 5 euros no continente, no outro dia. bom vinho. gostei bastante. principalmente no dia seguinte (uma garrafa dá-me para duas/três refeições. só eu bebo, cá em casa).

Não consigo lidar com o Continente e a pancada de terem vinhos de rótulos deles com eternas promoções de 70%, acho uma prática execrável. Mas de vez em quanto há negócios lá, lembro-me de uma caixa de madeira com 2 garrafas de Duas Quintas reserva já com uns anos (2013, para aí) a 30 e tal euros.

1 Like

Mesmo problema! É que até há alguns desses vinhos que não são muito maus em termos de relação qualidade preço. Mas o facto de ter aquilo sempre marcado com 70% de desconto… :thinking:

Ontem no Continente da Amadora tinham Contacto do Anselmo Mendes a 7,90€ e Maritávora Colheita branco ao mesmo valor (para mim um dos melhores brancos do Douro em relação qualidade preço).

E tinham Quinta da Leda 2017 a 29,99€.

Sabendo procurar e sabendo o que se deve e não comprar por vezes há negócios interessantes.

Olha, bem bom. Aquele que frequento é mais pequenino, para super tem garrafeira com nível acima da média, mas do Anselmo tem pouco. Às vezes no Lidl é que encontro o 3 Rios, que é um rótulo dele que só encontro lá e que para abaixo de 5€ é muito simpático.

Ferreirinha, Quinta Nova, e Ramos Pinto às vezes pinga negócio, pelo Continente. Deve ser dos segmentos onde menos compro nas garrafeiras.

O branco já está escolhido. Será o Altano.

Sobre o tinto ainda estou com umas dúvidas…indeciso mas andava inclinado para a Herdade de São Miguel.

Tinto castelo de arraiolos, reserva, em promoção consegues 1.99€, normalmente está a 2.39€, no pingo doce, é da herdade das mouras arroiolos.
E meu amigo de vinhos percebo eu!!! :grinning:

1 Like

Chaminé tinto (Cortes de Cima).

Para o branco apostava num Courela (Cortes de Cima também).

Compensavas os 5 e pouco de um com os 3 e pouco do outro.

O Chaminé é um vinho que já empresta um corpo QB para acompanhar pratos dignos de tinto. O Courela, pelo contrário, é um branco que casa muito bem com coisas leves, jovem e fresco, sem complexidade, fácil de beber.

1 Like

Compras isso a quanto?

Abaixo dos 3 euros.
O Tal vinho da Lixa, ou o da adega de Felgueiras.
Tb comprei no Intermarché o “Seleção de Enófilos” que é de Melgaço e é muito bom.
Este último faz-me mesmo lembrar o morangueiro.

Abraço

Alguém tem feedback dos Fat Baron da Casa Ermelinda Freitas?

Quinta do Sagrado - Sagrado Reserva ± 10/12 euros…
o melhor que já bebi… inclusivamente já ganhei uma prova cega com amigos com este vinho.

image

PS : Vinho da Lixa é TOP! é a terra onde nasci :slight_smile:

Eu o unico feedback que tenho é que já estou farto que me apareça nas sugestões do facebook!!! :face_with_symbols_over_mouth: :joy: :joy:

Tenho do Syrah.

Deve ser o vinho mais doce que já bebi na vida.

Eu costumo apreciar de alguma forma todos os vinhos, mas esse não me caiu mesmo no goto, achei-o desequilibrado e completamente fora dos padrões portugueses.

Doce demais, segundo sei é um vinho trabalhado para o mercado australiano mas que, graças à pandemia, ficou em terra. Agora começa a aparecer por todo o lado para escoar.

Tenho curiosidade em ver se o Touriga Nacional ou o Red Blend são iguais, mas o Syrah…não volto a comprar.

Andas fã dos novos Cortes de Cima? Têm-me dito que andaram a despedir malta à maluca e aquilo estava um bocado à deriva, mas nunca tive oportunidade de comprovar.

Penso que ainda não provei nenhum proveniente das colheitas já feitas pela filha, desde que ela tomou conta daquilo…

Mas é uma pena se ela estragar a obra que tinham, a nível de monocastas então são das melhores coisas que já provei…

O que sei é que saiu o Hamilton para o Mouchão além de muitos trabalhadores de lá, e que existiu uma estratratégia de aumento de preços (parece que no Brasil aquilo está a ir muito bem).

Estou a fazer a mala para seguir para o Algarve, no próximo fim de semana.

Tenho aqui na lista, para levar, um Pêra-Manca branco, 2 Cartuxas de branco e nos tintos estou com Quinta dos Aciprestes, Ermelinda Reserva, Quinta Nova, e 2 Fat Barons, 1 de Syrah e 1 de Touriga Nacional.

1 Like

Já que vens para cá recomendo que dês uma vista de olhos na gama Morgado do Quintão (o Palhete e o Castelão são muito bons), nos Dona Niza (podes encontrar em qualquer intermarché, o Crato Branco é muito bom, o Arinto ainda não provei) e nos Esquerdino, da Quinta do Canhoto.

Barranco Longo também tem bons rótulos.

Há excelentes vinhos no Algarve.

Depois dá feedback desse Fat Baron Touriga!