Os Bufos

O Sporting tem essa capacidade personificada em Salema Garção, é ele a pessoa que filtra e alimenta o que a imprensa desportiva mete cá fora, só que tem usado essa “capacidade” para tentar entalar e destruir tudo o que é oposição interna (e todos os Sportinguistas que de alguma forma questionam e criticam a forma como as coisas são feitas no Sporting)… os outros costumam usá-la para se adiantarem no combate com os seus clubes rivais. ::slight_smile:

Só se bufa quem tem interesse em que a notícia saia cá para fora.

Acho que se conseguem restringir as possibilidades tentando perceber quem ganhou com isto.

Pode ter sido o próprio liedson á imprensa em Off ?!

estás “incisivo”, hoje…

do balneário a perspectiva é outra. mas nem sempre a visão é tão clara como a dos que estão fora.

O maior suspeito é o Salema, porque tem motivo/interesses e más companhias. Mas já me passou pela cabeça o apelido Veloso (Miguel e António), o que se calhar até é uma tremenda injustiça, não sei…

:arrow:

E cá vai outra: :arrow:

O Sporting tem que fazer a sua limpeza interna, só quando internamente for um verdadeiro Clube é que pode lutar contra os adversários externos.

Para mim é imprescindível, prioritário, obrigatório fazer um inquérito exaustivo até descobrir quem anda a passar a informação à comunicação social. Os corredores de Alvalade fazem parte de um lote de adversários de peso do Sporting, não desprezemos esse adversário!

Os bufos são claramente aquele grupo de jogadores defendidos e beneficiados até à exaustão durante a era Paulo Bento, e que agora que perderam o seu “protector”, sentem que os dias estão mais que contados. Falo de jogadores como Abel, Pedro Silva, Polga, o próprio Caneira e o Djaló.

O tão famoso bufo só pode ser alguém que esteja presente no dia-a-dia da equipa.
Lembro de há uns anos ter havido confusão entre o Beto e o Custódio, salvo erro no treino da tarde. Nem 2 horas depois já o Record dava a noticia.
Segundo já me disseram várias pessoas, parece mesmo que o Stojkovic agrediu o Pedro Barbosa. Esse episódio nunca se soube e continua por confirmar. Aquilo que se rodeou todo este imbróglio entre Liedson e Sá Pinto é, aparentemente, conhecido até aos mais ínfimos pormenores. Ou seja, a informação é seleccionada na hora de passar cá para fora.
Beto não interessava a PB e à sua estrutura. Foi vendido no mercado de Janeiro. Era capitão.
A história de Stoj talvez pudesse ter saído, dada a situação que este vivia no clube, mas teria de se saber o porquê de um director desportivo estar a chamar frangueiro a um guarda-redes durante o treino.
Já a história Liedson vs Sá Pinto apenas teve um “alvo”.
Parece haver um núcleo dentro do Sporting( Dirigentes, e jogadores controlados por eles) que volta e meia arranjam estas “broncas” para pôr de parte alguém mais incomodativo.

Tudo isto é especulação minha a partir do que vou lendo, quer nos jornais, quer aqui no fórum, mas não me parece que o que se passa seja muito diferente disto.

O meu palpite para bufo? Salema ou algum jogador que tenha estado presente em toda a era Bento, e tenha alguma afinidade com toda essa estrurura.

tiago, polga, caneira

Pagando umas notas a um jornalista tipo 5mil€ ele é capaz de ser bufo e também dizer quem é que foi a fonte dele!
Bora fazer uma vaquinha?lolol

Obviamente que é estranho.

Mas apontar o dedo a todo o plantel não resolve nada.

Tendo em conta a minha experiência pessoal penso que o bufo em questão não terá sido pago para falar mas sim um qualquer idiota que tem amigos ou familiares num jornal e não se apercebe do significado das palavras solidariedade e respeito :twisted:
Há uns anos estive num grupo de trabalho, alegadamente sigilioso, e no dia seguinte vinha tudo nos jornais. O responsável atirou-se à malta e acusou quem estava no grupo de terem ido falar para os media. Eu sabia que quem se tinha chibado era um funcionário dele que tinha uma meia-irmã jornalista no público!
O pessoal em Portugal infalizmente não sabe dizer não a um “amigo” ou familiar" e quando isto acontece abrem-se todos.
Penso que se procurarem esse tipo de relacionamente familiar ou de amizade, encontra-se o chibo do balneário doSporting!

O teu comentário deixou-me a pensar e a única pessoa que me ocorre é uma que também já faz parte da mobilia, entrou pela mão do Roquette para intimidar os miudos e por lá se vai mantendo, fazendo segurança aos “dirigentes” do Clube. O boneco Paulo :think:

Porque se lança uma suspeita quando nada se sabe? Parece que implícita a vontade de colocar esses nomes em cheque. Porque sim… :naughty: (na parte referente a Veloso)

Sinceramente, estou um bocado farto desta historia do bufo, e estou farto por uns quantos motivos:

a) o Sporting sempre, e repito com letra grande, SEMPRE, foi prodigo em fugas de informacao, de todo o tipo possivel e imaginario. O contrario e que foi extraordinario. Lembro-me de estar sentado a mesa com um dos vices do Sporting, ainda antes de projectos e companhia, que me contava como e que financiava as modalidades que lhe competiam, e as negociatas que envolviam os patrocinios, isto , sem que eu tivesse qualquer relacao com isso, ou deve-se sequer saber o que me estava a ser contado. E nao fui eu o unico a saber muita coisa interna do clube desta maneira.

b) tambem ja estive, sem que tivesse qualquer razao para o fazer, meramente pela curiosiade e por ser possivel, nos tuneis dos balnearios do sporting, com os jogadores a olharem para nos e a perguntar-se que raio estavamos ali a fzaer. ninguem nos pos de la para fora, e ouvimos e vimos o que quisemos.

Por isso , balelas para os bufos, porque a maior parte das pessoas com um bocado de imaginacao e dois dedos de treta consegue o que quiser do que se passa dentro do clube. Basta ver o numero de entendidos neste forum que sabem , ou dizem que sabem , tudo e mais laguma coisa, o engracado e que muito do que por aqui se diz vai-se demonstrando como sendo verdade, meses, senao anos depois.

Claramente o Bufo, ou um dos, é alguém que estava no banco de suplentes no dia do jogo com o Mafra, porque 2 dias depois do incidente, os jornais “o jogo” e “a bola” tinham detalhada a conversa que houve entre o Liedson e o Sá Pinto. Ou alguém se descaiu com o Bufo ou o Bufo estava de facto lá, o que me parece mais provável. E nesse caso mais grave, tal a capacidade de infiltração que a imprensa “ganha”.

Até agora, em todo este triste episódio, só se ouviu falar das mãos de Sá Pinto e de Liedson.

E tudo isto, julgam alguns, por causa de uns pés, concretamente os de Rui Patrício!

Todavia, o triste episódio pode bem resultar de uma outra mão, concretamente de uma “mão oculta” incomodada com o recente sucesso da dupla Sá Pinto/Carvalhal e com os novos padrões de exigência defendidos e implementados por estes, na defesa intransigente dos superiores interesses do SCP. De uma “mão oculta” totalmente despreocupada com o Presidente e confiante no seu estado de absoluta inércia, de isolamento, de permanente cegueira e de incapacidade total em identificar e avaliar, respectivamente, as vítimas e os danos.

Abra-se, então, um inquérito e descubra-se o Bufo, pois assim estar-se-á a descobrir um dos dedos da tão prejudicial “mão oculta”.

Independentemente do que contas (e ninguém duvida), toda a gente sabe que só episodicamente é que se soube pouca coisa e raramente nada.
No geral sempre circularam n informações, mais espatafúrdias umas, mais credíveis outras.

Tens toda a razão, os entendidos e bem informados estão em todo o lado.
Daquele clube, até aqui tudo se sabe.
O problema é quando as coisas batem certo.
Quando 2 ou 3 jornais coincidem é porque ou a fonte falsa é a mesma ou então é mesmo verdade.

E não há apenas e só 1 bufo, nem é 1 realidade pós-projecto, dos últimos 5 anos ou desde que Carvalhal lá chegou.
Sempre houve e sempre existirão bufos.
É uma questão de cultura responsável e vencedora, que não existe, nem, desde que me conheço, existiu.

Parecem bandos de lampiões à solta
Os bufos, os bufos…