Nuno Santos

Podia ter resolvido o jogo , e um bom jogador mas nao e um grande jogador , percepitou se na hora de rematar , nas duas vezes que esteve de frente com o guarda redes deveria ter esperado mais para decidir rematar , facilitou o trabalho do guarda redes ao rematar de tao longe .
Mesmo assim melhor melhor do que esperava dele ao ser contratado .

1 Curtiu

NUNO SANTOS: «SÓ VIRAM SPORTING!»

SPORTING 11-09-2021 23:10

O empate com o FC Porto soube a pouco a Nuno Santos.

«Foi um jogo muito positivo da nossa parte. Só viram Sporting! Tivemos as melhores oportunidades: por isso é que o Diogo Costa foi o melhor em campo», destacou, o extremo do Sporting, antes de falar do duelo com o guarda-redes dos dragões: «Ele está lá para defender e eu para marcar. A verdade é que ele conseguiu fazer duas grandes defesas.»

Argumento com que o esquerdino contestou a ideia defendida por Pepe, que alegou que os visitantes mandaram na segunda parte. «Não acho. Só me lembro de um remate deles, o remate que deu golo. Se alguma equipa merecia vencer, essa equipa era o Sporting», apontou, na flash-interview da SportTV.

Com o golo dedicado à esposa - «É para ela pois vou ser pai outra vez» -, Nuno Santos não se esqueceu, ainda, do adepto que foi vítima de uma queda nas bancadas de Alvalade: «Que recupere rápido e que volte aos estádios com saúde. Ela está sempre em primeiro lugar.»

1 Curtiu

Boa exibição, embora ache que devia ter resolvido o jogo.

1 Curtiu

Belo jogo, mas não pode falhar aquelas duas bolas… uma ainda vá, duas não…

Grande jogo borrado com duas finalizações precipitadas e que podiam ter dilatado o marcador.

Quem fez o passe para o segundo falhanço do Nuno Santos? Não consegui ver.
No primeiro, foi o Jovane.

Matheus Nunes, salvo erro.

1 Curtiu

Foi o Matheus!!

Nuno Santos caça dragões

Extremo do Sporting voltou a marcar ao FC Porto

Nuno Santos passou grande parte da formação, mais concretamente sete anos, a jogar de azul e branco mas como sénior revela uma tendência natural para marcar ao FC Porto. Ontem, o extremo voltou a acertar nas redes dos dragões, pela quarta vez nas últimas cinco épocas, voltando a roubar pontos à equipa de Sérgio Conceição.

Esta habilidade de Nuno Santos começou na época 17/18, quando marcou mas não conseguiu evitar a derrota caseira do Rio Ave. Essa foi a única vez em que os seus golos não causaram estragos ao FC Porto, em termos pontuais - são já 6 os roubados.

Nota ainda para o facto de o extremo também ter marcado ao Benfica em 20/21, confirmando faro para os clássicos.

1 Curtiu

No primeiro podia ter feito melhor, no segundo acho que não. Esteve bem no geral.

Nuno Santos agarra-se ao onze: além do golo, os melhores registos da época

Apesar de não ter conseguido vencer o FC Porto, clube onde esteve sete anos na formação, o extremo é um caça-dragões, já que marcou aos azuis e brancos quatro vezes em dez jogos

Não foi só pelo golo que marcou. Nuno Santos foi o jogador mais perigoso frente ao FC Porto, chegando a registos ímpares nesta temporada. O jogador de 26 anos atingiu máximos em vários capítulos ofensivos, colocando em ordem a defesa do FC Porto. Sem Pote e com Sarabia ainda em adaptação e com falta de ritmo, Nuno Santos aproveitou a oportunidade para ressurgir e agarrar-se ao onze titular.

Nos remates à baliza, fruto de desmarcações em alta velocidade, enquadrou os quatro tiros tentados, conseguindo um golo e levando Diogo Costa a exibição de gala. Tentou três dribles, um deles com sucesso, e ganhou dois dos seis duelos. Foi no acerto do passe que realmente desequilibrou: fez duas assistências para remate e teve 100% de sucesso nos passes para o último terço (quatro em quatro).

Os números de sábado foram apenas superados, desde que chegou aos leões há um ano, pelos registados na goleada ao Sacavenense (7-1 na Taça de Portugal): cinco remates (dois à baliza), um golo, duas assistências para golo e cinco para remate.

Tendo perdido neste arranque de época o estatuto de titular da época passada, Nuno Santos nunca escondeu o desânimo por não ser peça-chave. Saiu zangado quando foi substituído aos 66 minutos contra o Belenenses, sendo que somou apenas 94 minutos como suplente, entre a Supertaça com o Braga e os jogos da Liga. Agora está focado em readquirir estatuto e não teme a concorrência de Sarabia, querendo aproveitar a lesão de Pote para se afirmar.

Foi Jovane o preterido durante o jogo com o FC Porto, prova da qualidade e acutilância de Nuno Santos no reencontro com os dragões, onde passou sete anos na formação antes de mudar-se para o Benfica. Contra o FC Porto sai-se bem a nível individual: marcou quatro vezes em dez jogos, duas já alcançadas pelo Sporting. Tem uma vitória na Taça da Liga, mas em oito jogos para a Liga nunca saiu triunfante.

1 Curtiu

Gosto do Nuno Santos e acho que em alguns jogos seria um jogador muito interessante naquela ala esquerda. O Vinagre não vai durar sempre e o Nuno Santos pelo espírito que entra em campo pode ser um jogador importante.

A garra e a entrega de sempre mas tem de melhorar na finalização, nos últimos 2 jogos teve 4 enormes oportunidades e só aproveitou 1.

Não houve espaço para explorar nas costas do adversário e por isso não apareceu no jogo.

Com todo o apreço que tenho pelo Nuno, a diferença para o extremo da equipa adversária que estava no mesmo corredor que ele é… assustadora. Fez-me refletir que não temos equipa para este andamento de Champions.

3 Curtiram

Vai ganhar o lugar ao Vinagre, tem demasiada falta de criatividade para um extremo.

Se no campeonato dá para disfarçar vom a vontade e velocidade, na Champions não existem essas mordomias…

Btw, ao menos não tem a falta de vontade do Jovane! Pena é não ter a qualidade dele…

E defender? Ele sabe defender? Pergunto a sério porque nunca o vi jogar nessa posição.

Desde que não deixe os avançados da equipa adversária passar já está bom.

Sim, é bastante competente.

Fazia essa posição no Rio Ave do Carlos Carvalhal com bastante qualidade.

Agora se me perguntas mas tem qualidade para fazer a posição em jogos de Champions? Não sei dizer, mas uma coisa te garanto, ao menos não ficava com o medo que vi no Vinagre cada vez que tinha que tentar tirar a bola ao Anthony.

4 Curtiram