Não ter nada para fazer no trabalho

Mas a cena é: eu não quero mudar de carreira nem dedicar-me somente a essas áreas. Eu quero é complementar a minha formação (nas áreas que disse no outro comentário) com um ou dois cursos em data science, machine learning, etc.

Será que esses cursos nas plataformas que mencionei me iriam ajudar?

Ou seja, arranjar algo ainda melhor na minha área por ter conhecimentos de data science, etc…

Se nao trabalhas nem queres trabalhar diretamente com isso, entao de que forma achas que o conhecimento te pode ajudar? As posicoes que procuras pedem esse conhecimento?

So por ser da ‘moda’ nao quer dizer que faca diferenca… um profissional de recursos humanos saber SQL faz alguma diferenca no seu dia a dia? :slight_smile:
Se e mera curiosidade qq cursozito online gratis te ajuda

Vocês também passam por algumas semanas em que não vos apetece fazer mesmo nada, passam a vida sonolentos e sem vontade de pegar em nada?

6 Curtiram

Tou neste momento assim, mas tive bem pior á umas semanas.

Não sei se não estava mesmo depressivo :sweat_smile:

O Sporting ajudou bastante a ultrapassar essa fase, parece parvo mas é verdade.

1 Curtiu

Eu não estou depressivo nem nada desse género, até estou bastante contente a trabalhar onde estou. O problema é que neste momento não tenho assim nada de especial para fazer no trabalho e estou numa fase “molenga” enorme, em que também não tenho vontade de fazer nada quanto às matérias profissionais. Estou sempre sonolento e sem vontade :rofl:

1 Curtiu

É este tempo de merda também ahah

1 Curtiu

Se calhar… :rofl:

Eu trabalho em investigação e enquanto tenho artigos científicos em análise por exemplo como é o caso atual, não há assim muito a fazer “obrigatório”. Claro que se eu quiser arranjo sempre cenas para fazer mas a questão é que nem isso me apetece agora :rofl: :rofl: :rofl: :rofl: :rofl:

1 Curtiu

Gabo quem consegue ficar o dia todo pegado ao computador eu dava em maluco , adoro o que faço

Acontece a todos.

O que eu faço para me retirar desse “lugar” é estar constantemente a incentivar o meu cérebro. Inscrevendo me em cursos sobre coisas que me interessam na minha área profissional para evoluir, por exemplo.

Se tu entrares em modo automaton no teu trabalho, o que vai acontecer é que não vais ter motivação. Mas se estiveres no modo aprender, vais ter muito mais energia.

Depois também existe aquela coisa de - o teu trabalho não te estimular o suficiente. Seja por salário, por tarefas, por colegas, etc e tal. E aí meu caro, a decisão já vai mais para além do “estimular” e entra no reino do “mudar”.

p.s já nem me lembrava de ter escrito este post. Meu Deus como a minha vida mudou desde aqui.

3 Curtiram

Síndrome de Campeão.

(a menos que sejas rabolho, e aí é estilo de vida)

3 Curtiram

Acho que é uma das causas :rofl:

Desde 1 ou 2 jornadas antes do Sporting ser campeão que ando assim…

1 Curtiu

É verdade e eu muitas vezes faço isso mas agora nem isso me apetece…

Deve ser só uma fase.

A mim o que me motiva e o dinheiro ser dinâmico andar de um lado para o outro e trabalhar num ambiente sempre tranquilo e controlado por mim

Podes sempre pensar que não tens alternativa

No meu caso é isso que me move

É o meu mind set

Não te permitas falhar
Não aceites desculpas a ti próprio

Mesmo . Muitas vezes eu digo que não tenho que gostar mas sim tenho que fazer não interessa se gosto ou não , não aceito um “hoje não me apetece tou deprimido”

1 Curtiu

Eu funciono assim

Eu posso não conseguir
Mas nunca será por fatores que eu controlo

1 Curtiu

Muitas e muitas vezes.

O problema é que tenho sempre muita coisa para fazer. Mas como sou eu que giro o meu tempo em 99% dos casos, oriento-me bem.

2 Curtiram

Acontece-me. No meu caso, durante algum tempo, devia-se a estar farto do sítio onde estava. Estava farto das entropias do local de trabalho, criadas por gente incompetente e que, tendencialmente, desmotivava quem tinha à volta. Eu via-me confrontado com a necessidade de, estando desmotivado, ter que motivar as pessoas que tinha à minha volta… Houve um dia que decidi colocar um ponto final nisso e… fui embora.

Foi giro para me motivar. Estranhamente, agora sinto que tenho pouco trabalho. O que consigo preencher agora de outra maneira.

1 Curtiu

Sugeria tentarem ser professores durante 1 mês, mas acho que já há depressões em excesso neste país.

1 Curtiu

Eu adorava ser formador na minha área aliás está nos.meus planos apartir de uma certa idade