E se Varandas...?

Fala maze do que sabes e remete te ao silêncio porque só estás a ser um completo ignorante!! Existem boas e más pessoas em todo lado, existem pessoas mais malucas e menos malucas em todo lado, óbvio que numa claque com 2/3 mil associados(ou mais) assíduos como é por exemplo a Juve e o Directivo vão existir sempre pessoas diferentes!!

Mas nem vou falar muito mais, se quiseres sair da ignorância vai por exemplo à casinha do Directivo e pede ficha de inscrição e ficas a conhecer o pessoal, talvez até ficas a conhecer o Pastor(Gaby, líder do Directivo) e a Paulinha(esposa do Gaby) e vais perceber a tamanha burrice que estás a dizer.

1 Like

Mas eu começei por dizer precisamente isso: que não duvido que grande parte dos membros da claque apenas procurem aquilo que o RMS mencionou: apoiar o clube sem esperar nada em troca.

Em nenhum lado me dirigi especificamente às claques do Sporting e muito menos ao Directivo, os seus membros ou dirigentes. Falei das principais claques dos 3 clubes grandes, do seu histórico e do tipo de liderança e postura dos seus líderes.

As minhas desculpas por não ter deixado claro a que claques me referia.

Quando dizes “pede ficha de inscrição e ficas a conhecer o pessoal, talvez até ficas a conhecer o Pastor (Gaby, líder do Directivo) e a Paulinha (esposa do Gaby) e vais perceber a tamanha burrice que estás a dizer”, eu fico bastante feliz por assim ser, acredito que é mesmo assim e não tenho nenhuma razão para pensar o contrário. Repito que peço desculpa.

Consideras no entanto que podes dizer o mesmo sobre a actual Juve Leo, Super Dragões e NN?

Na boa, não conheço ao pormenor a realidade da atual Juve Leo mas têm me surpreendido bastante e acho que merecem muito respeito pela história que têm e por serem a claque mais antiga em Portugal.

Em relação aos outros, recuso me a falar mas acho que a generalização que fizeste é o que faz muito pessoal odiar e meter as claques todas no mesmo saco.

É exaustante ler comentários do género “temos sorte de não ter adeptos, senão as claques ja assobiavam os miúdos após um jogo menos conseguido ou um golo sofrido” quando isso é completamente MENTIRA e assim esse pessoal e a CS manipula completamente o pessoal menos atento.

Quem tem recebido sempre a equipa? Quem recebeu a equipa depois do empate com o Famalicão? Quem vai para as garagens de Alvalade no dia de jogo cantar durante o jogo? Mesmo com todas as condicionantes que existem, são sempre os mesmos a estar lá e mesmo assim somos tratados com uns animais, drogados e que só estão la a mamar guito quando é completamente o contrário, o que já gastei em viagens, Gamebox, bilhetes etc já dava para ter feito dezenas de férias em destinos paradisíacos.

1 Like

Imagina que não existiam as claques que andam sempre atrás do clube mesmo naqueles finais de tarde/noite chuvosos e frios, por tudo o que são campos de futebol por todo país e a gastarem dinheiro deles para essas deslocações quando podiam ficar confortavelmente sentados em casa com a familia ou no café com os amigos a beberem umas cervejas e a verem pela televisão, quem iria apoiar o clube??

Só por isto achas mesmo que as claques não fazem falta ao clube?

Os apoios dados pelo clube não cobrem nem de perto nem de longe os gastos que qualquer membro de uma claque tem se quiser acompanhar o clube em todos os jogos e estou só a falar da equipa principal, porque se falarmos de modalidades isso então…

É claro que quem se dedique à claque e seja um dos seu dirigentes tem de ter algum rendimento disso mesmo, seja com a venda de bilhetes cedidos pelo clube, seja pelas cotas da claque ou do merchandising.

Tudo o resto que falas, o tal pretexto para agregação e coesão de jovens na criação de uma força de poder, o que é que isso difere de te filiares num qualquer partido politico (JS, JSD ou qualquer outro) e passares lá o teu tempo livre? Ou ingressares numa qualquer organização em que haja um conjunto de pessoas que têm um objetivo em comum?

Pessoas más e boas há em todos os lugares e organizações deste país, o que se quer fazer às claques é que é uma vingança de um pseudo presidente secundado por um PMAG completamente demagogo porque as claques têm amor apenas e só ao clube enquanto que os outros dois só têm amor ao dinheiro que podem fazer à conta do clube para eles e para os amigalhaços e o clube que se lixe!!

Por isso foi declarada esta guerra às claques de que são todos uns bandidos e não fazem falta ao clube ou ao futebol, porque afrontaram esta direção quando perceberam que só estão lá para se orientar e não por amor ao clube!

SL.

Infelizmente em Portugal apenas os três grandes têm uma base de adeptos capazes de encher estádios e a população não gosta assim tanto de desporto - gosta mais dos clubes, muitas vezes de uma forma doentia e muito pouco desportiva. Por isso tirando os grandes clubes os estádios estão vazios e só onde os “grandes” jogam os estádios se enchem com os visitantes - a maioria das claques.

Não sei se fazem falta ou não. Se estiverem no desporto de forma positiva e contribuírem para a “festa” futebol de uma forma saudável claro que sim, todos fazem falta.
Mas depois o que vemos, e desculpa a generalização mas há demasiados exemplos para não se generalizar, não é apenas isso.
Eu gostaria de ver claques que não precisam de ser “escoltadas” pela polícia na rua, que não precisam de ser colocadas em “jaulas” de segurança em alguns jogos, que não insultam atletas, sejam do seu clube ou rivais, que não se envolvem em questões “políticas”. Porque é que isto é necessário?!

Podes dizer que são situações pontuais e que há pessoas mais complicadas em todas as organizações mas então façam um esforço maior para se demarcarem dessas atitudes e dessas pessoas. Passem melhor a mensagem e reforcem-na com exemplos positivos.

Quanto ao rendimento dos dirigentes das claques de que falas esse rendimento não pode provir nunca, por via directa ou directa, do clube. É a minha opinião. Já serem remunerados me causa alguma estranheza… “profissionais de claques”? (Mas isso já é outro assunto).
Podem ter quotizações próprias, podem vender merchandising da claque, podem ser criativos… nenhum problema com isso, são questões internas da claque, se os seus membros concordam com a remuneração dos seus dirigentes isso é lá com eles. Agora receitas / venda de bilhetes cedidos pelo clube NÃO. Isso cria uma dependência e uma quebra de independência.
Apoio logístico SIM, descontos não transmissíveis/não liquidáveis SIM, o resto NÃO. Isso foi o que nos trouxe aqui e tal como de alguma forma disseste isso promove o amor a outras coisas.

Não estou por dentro da situação actual mas segundo foi divulgado houve uma reunião entre a direcção e as claques (não sei quais), foi proposto um novo protocolo e estas recusaram.
O que não foi tornado público foi a razão da recusa.
- Que pontos levaram à rejeição do protocolo proposto?
- O que é pretendido?
- Se decidiram não negociar mais do que reclamam exactamente? Sem negociação como esperam chegar a alguma “paz”?

Isto não é claro para ninguém. Ambas as partes são muito pouco transparentes.

E se Varandas acabasse com todas as modalidades do clube?

Regressámos ao ano de 1995:

1 Like

fizesse algo de útil na vida e trouxe-se de novo este miúdo

MATHEUS PEREIRA REAGE AOS RUMORES: «É VERDADE QUE NÃO ESTOU FELIZ!»
WEST BROMWICH 11:05
Por
Redação
Notícias em Inglaterra deram conta de uma mudança de atitude de Matheus Pereira. Dizem os rumores que o extremo brasileiro mostra agora uma faceta mais reservada no balneário, postura que contrasta com a da época passada em que foi, pelo envolvimento dentro e fora de campo, uma das peças-chave na promoção do West Bromwich ao escalão máximo do futebol inglês. Relatos que mereceram do ex-Sporting uma reação nas redes sociais.

«As coisas nem sempre são o que parecem nem o que as pessoas querem fazer crer. É verdade que não estou feliz! Não estou feliz pelo que a equipa tem de enfrentar, não estou feliz pela falta de resultados positivos, porque continuamos a tentar. No entanto, os resultados não aparecem. Estou aqui, focado e a dar o meu melhor para ajudar a equipa da melhor forma possível. Sou profissional, tenho mentalidade vencedora e vencer é sempre o meu primeiro objetivo. Adoro e respeito todos os adeptos que me acolheram desde que cheguei ao clube. Cada gota de suor que deixo em campo é por eles. A luta continua», escreveu no Twitter.

O desempenho de Matheus Pereira na época passada (oito golos e 16 assistências) levou o West Bromwich a acionar a cláusula de opção de compra pelo jogador que se encontrava no clube cedido pelo Sporting. Assinou um contrato válido por quatro temporadas.

Nos primeiros 17 jogos neste regresso à Premier League, o West Brom conquistou apenas uma vitória e ocupa o penúltimo lugar, com oito pontos. Situação que, em meados de dezembro, levou à saída de Slaven Bilic do comando técnico da equipa, tendo sido substituído por Sam Allardyce.

Estou a ver o jogo da equipa B…parece um jogo do brasileirão ( deviam deixar crescer a relva, e estava montado o cenário perfeito).

…O Sporting tem craques a mais e jogadores a menos.

…O bruno Paz até mete nojo, só estilo.

…O Rafel Camacho é lugar cativo, correr e lutar zerro.

…etc etc.

…Grande Mister que deixa os seus jogadores andarem a passear dentro do campo.

…Atenção que craques como Rafael Camcho, Bruno Paz etc, estão a jogar com equipas C de outros clubes e nem se destacam em nada.

…O Sporting esta mais que fodido com esta gente ao leme, vão deixar o clube de rastos.

…4 anos a ■■■■■ em forte!