E se Varandas...?

image

Esta semana tivemos a oportunidade de ver Frederico Varandas dar sinal de vida, desta vez através de um post nas redes sociais.

Como habitualmente, seja em que moldes for, não perde nunca a oportunidade de dar uma bicada aos antecessores.

Desta vez, por algo positivo, que foi uma convocatória dos sub21 com muitos jogadores do clube ( enquanto a selecção A tem zero ), batendo no peito por tal ter a ver com o seu trabalho na formação vs o trabalho anterior ( “destruir é fácil, construir leva tempo” ), o tal que “abandonou a formação”.

Como habitualmente também e pelo que pude ver, os “especialistas da Comunicação Social” , “compraram” a narrativa. Vi mesmo um ex director de um jornalista desportivo e agora comentador no canal da Federação, afirmar que “a formação do Sporting voltou a ter qualidade”.

Já vi muitos comentários em várias redes e espaços virtuais e também aqui no fórum ( inclusivamente alguns da minha autoria ), a desmontar a falácia da coisa. Não escrevo este texto para divagar sobre o tema, apenas deixo a nota óbvia que nenhuma formação sem qualidade ( e ao abandono ), passa a ter quase 2 mãos cheias de jovens jogadores a dar cartas ( mesmo que em contexto de pré época ) na equipa principal, num ano e pico, muito menos quando quase todos esses jogadores estão há muitos anos no Sporting.

Portanto já devia ser tempo, perante o óbvio que a coisa é, desta narrativa cair. Mas não cai. E não cairá enquanto houver gente interessada na mesma.

O meu ponto é: mais uma vez, Frederico Varandas comunica com os Sportinguistas assumindo que estes são ignorantes e com gosto especial em “picar” os adeptos e sócios que valorizaram o trabalho de Bruno de Carvalho ( mesmo que achem que já não é solução ) . Varandas parece viver disso e viver para isso, enquanto suposto presidente de todos os sportinguistas.

Nada de novo, contrariando tudo o que se propôs em campanha eleitoral.

Varandas assume que “há sportinguistas que não querem ser unidos”, portanto tudo faz para os afastar e quanto à generalidade dos outros, pouco ou nada para os aproximar. A não ser aqueles cujo foco está na diabolização do ex presidente ( aos que se juntam grande parte dos adeptos rivais e opinion makers ). É destes que Varandas se alimenta.

Peço portanto um pequeno exercício aos sportinguistas. Assumindo que a incompetência é intrínseca, provada e comprovada ( como infelizmente tem sido quase sempre norma no Sporting ) e que com ela temos que lidar, afinal, “votámos nisto”,

Imaginem que…

Varandas, no seguimento da sua promessa eleitoral, em vez de permitir que canais oficiais da comunicação do clube, fizessem propaganda à suspensão de sócios, principalmente através do líder do CFeD, supostamente com deveres de isenção, o tivesse impedido.

Se Varandas e em simultâneo e numa lógica de separação de poderes ( que se esqueceu em campanha ), dissesse que a decisão seria dos sócios e dos órgãos competentes, mas era contra a suspensão e processos de expulsão em curso.

Se Varandas, face aos moldes da AG em causa ( onde os sócios puderam votar ANTES dos visados se defenderem ) , mostrasse a sua discordância com a decisão da MAG na organização da AG. O mesmo para a AG de expulsão.

Se Varandas, em vez dos soundbites incessantes sobre ruína financeira e clube destruído, sem prejuízo de poder legitimamente criticar actos de gestão anteriores, metesse as mãos ao trabalho e fizesse pela vida, afinal o que fez a direcção anterior, que pega num clube com 120M de capitais próprios negativos para positivos, à data de Abril 2018?

Que perante as dificuldades, essa direcção reduziu drasticamente os custos e trabalhou com o que havia e no que não havia, trabalhou para trazer mais valias ( e trouxe, com falhanços aqui e ali, como comprova a subida de competitividade, com despesas muito inferiores às actuais ).

Se Varandas, face aos títulos europeus e outras vitórias no seu primeiro ano de mandato ( numa época que não preparou ), num acto de justiça e honestidade, tivesse dado o mérito devido a um trabalho que ele próprio salientou, na sua carta de demissão?

Se Varandas, em vez de fazer jogos de propaganda com recordes pífios e manipulação percentagens da remuneração de sócios, fizesse o que os outros fizeram, que foi efectivamente fazer de muitos adeptos, sócios?

Se Varandas não tivesse feito aquela inenarrável Conferência de Imprensa dos colchões?

Se não mandasse lama para cima de terceiros, para beneficio próprio?

Se Varandas não tivesse ido ao julgamento de Alcochete, mentir?

Se Varandas, no processo do Rafael Leão no TAD, não tivesse tido um depoimento lesivo dos interesses do Sporting?

Se Varandas tivesse “contado tudo o que sabe”, sobre 15/16?

Se Varandas tivesse decorrido do processo e-Toupeira?

Se Varandas, para abafar a contestação das claques, não tivesse entrado em guerra com as mesmas, à conta da narrativa de benefícios perdidos?

Se Varandas não tivesse aberto uma caça às bruxas onde se incluem revistas dos adeptos do Topo Sul à entrada do estádio, onde se viram idosos e crianças descalços?

Se Varandas, perante as duas maiores manifestações de adeptos em Portugal, contra uma direcção, assumisse publicamente que tal dimensão de insatisfação merece discussão e reflexão interna?

Se Varandas não tivesse mandado beijos provocatórios para as bancadas, em AG?

Se Varandas não estivesse em AG como se estivesse a fazer um frete e resolvesse responder aos sócios? Há gente que não se comporta? Garanto que se a postura do presidente for transparente, esclarecedora e proactiva na discussão, os ânimos acalmam.

Imaginem tudo isto ( e muitas mais coisas que há muita matéria desta natureza a apontar ).

Não vou perguntar se apoiariam a direcção de Varandas ( não posso acreditar que se apoie quem demonstra tanta incompetência, principalmente na gestão do motor do clube ).

Mas o sentimento de pertença que muitos se queixam estar em causa ( e é a base daquilo que nos move ).

Estaria intacto?

De minha parte, confesso que sim. Desiludido e insatisfeito com muitas coisas, certamente. Mas o sentir que faço parte de algo em que me reconheço, não estaria abalado como está.

Portanto O maior problema de Varandas e quem o acompanha? Não. Não é a incompetência ( factual ).

26 Likes

Pergunta para quem saiba: Quantos dos convocados para os Sub 21 já estavam no Sporting quando o Dr.Varandas entrou como presidente?

2 Likes

Na vida, “Um vintém é sempre um vintém, um cretino é sempre um cretino.”. Um hipócrita do pior que a história saberá julgar, como sempre o faz. Até lá, até a fé morrerá.

11 Likes

Saberá julgar coisa nenhuma @Chown. O estado letárgico que todos chegámos permitirá ao Varandas encher bem os bolsos e sair pelo próprio pé. Quando já não estiver no clube, ninguém mais se lembrará da “herança” (palavra tão utilizada pelos cartilheiros) que irá deixar a uma próxima direcção.

2 Likes

Citando Cervantes: “A estirpe herda-se e a virtude conquista-se. E a virtude vale por si só o que a estirpe não vale.”

1 Like

Isso de certeza que não, vamos falar da herança deste menino (e dos amiguinhos dele) muitos anos.
Isto se voltar a haver um presidente eleito nas mesmas circunstâncias. Podemos muito bem estar a assistir pela última vez que a mesma pessoa seja presidente do clube e da SAD.

Só deixará de julgar se apagar a memória colectiva. Ou quem vier depois dele fizer pior (ninguém pensou que viria um pior que o Godinho). Caso contrário, a bem ou mal, será sempre lembrado. Veremos o que nos traz a próxima época, a cartilha dificilmente aguentará mais uma péssima época.

1 Like

E primeiro lugar excelente texto. Parabéns. Em. Segundo, e se se fosse fo*** para longe?

1 Like

Todos…

Obrigado.

Todos. E também ao que parece já há uns bons anos que não havia uma convocatória da selecção principal sem jogadores do Sporting. Tentativa forçada de colher reconhecimento junto das massas fruto de uma manipulação da informação. Um populismo puro com recurso a demagogia barata em que apenas os mais incautos se revêem. O discurso falacioso é a imagem de marca de FV… enganem-se os tolos!

1 Like

O “e se” pressupõe que as coisas podiam ser diferentes.
Quando o objectivo do “Varandas” não é o bem do clube nem o sucesso do mesmo.
O objectivo é a reeleição para um segundo mandato e a manutenção do status quo que permite manter cargos, benefícios, interesses, etc.

E está a fazer o seu trabalho.
Criticando quem o antecedeu e procurando, como tu dizes, introduzir e estabelecer narrativas favoráveis para si e para quem o acompanha.
A formação vai ser um dos temas que ele vai utilizar, sem esquecer o seu favorito e possivelmente mais rentável: " a herança pesada".
Para já tem dado resultado e a estratégia dele e de quem o acompanha está bem montada e tem dado frutos.
À imagem do vieirismo, cujo slogan das “pedras da calçada” ficou célebre.

A competência é irrelevante, porque o sucesso desportivo não é essencial nem fundamental para a reeleição mas sim ganhar a guerra mediática.
Portanto, a componente desportiva não é prioridade, nem ter bons resultados financeiros, o importante é vender o produto “Varandas” nos jornais e TV’s.

O resto - com maior ou menor dificuldade - se for preciso faz-se um “spin”.
Mais vale um bom consultor de comunicação do que um bom avançado.

1 Like

O NGP é pródigo em fazer flores com o trabalho dos outros.

Devia era beijar o chão que BdC e a sua equipa ligada ao futebol pisaram pelo trabalho que deixaram feito e que ele agora usa para se vangloriar.

Queixa-se que há divisão no Sporting. Yeah! Right!

Para quem não faz mais nada do que, sempre que diz alguma coisa, debitar atoardas direcionadas a quem não é seu apoiante (e não, não estou a falar apenas de apoiantes de BdC, estou a falar de Sportinguistas que ainda amam o Clube que ele tão (in)competentemente está a conduzir ao abismo) devia mas era estar calado.

Hipócrita!

1 Like

Depois desse post ridículo no próprio insta, já não tenho palavras para descrever esse pulha.
Ele tem perfeitamente noção que é uma nódoa, simplesmente pertence a uma casta que tão bem paira neste país, os sem-vergonha.
Sabe que é um inapto que foi subindo na vida sem qualquer tipo de competência para tal, à custa de cunhas, interesses, nomes e toda a podridão desta sociedade.
Mas ao ego faz melhor se fazer acreditar que é um Gajo hiper-competente, realizado, tão pouco narcisista com 2 quadros seus no próprio escritório, e talvez por isso tenha de se agarrar ao pouco que tem, que neste caso é nada.
E uma convocatória de 6 ou 7 jogadores sub-21 que só um chegou com ele e que na mente dele é uma forma de se comparar ao trabalho dos Aurélios, que nunca alcançará. Quero ver quantos daqueles dali vão um dia chegar à seleção A.
O Gajo é tão coerente que até tem queimado um dos jogadores que estão naquele leque, falo de Pedro Mendes.

É o cúmulo do sem-vergonha,

3 Likes

Não sou defensor do Varandas mas…

O Pedro Gonçalves estava (edit) no Sporting? Não sabia… De qualquer forma o mérito dele é pouco ou nenhum.

Agora já não é em resposta, mas onde é que está o depoimento do Varandas no caso Leão? Ou é o diz que disse? Só vejo uns vídeos do CM ou Sporting Popular. É daí que vem a informação?

Sim, nem me lembrei desse.

Mas o mérito de Varandas em ele lá estás não é pouco ou nenhum, É NENHUM!

Quanto ao resto, nem falei nesse assunto…

Se a minha avó tivesse rodas, era uma bicicleta.

Isto para dizer o que? Não podemos supor que uma besta não vai actuar como a besta que sempre foi e será.

Eu até perdoava o facto de ser mentiroso e cheio de basófia SE FOSSE COMPETENTE. Mas o bananas é um caso perdido com cu alapado num lugar que nunca devia ser dele porque é um perfeito incompetente e enquanto estiver lá o Sporting continuar nas ruas da miséria.

Voltamos aos tempos do passado.

Não. A info vem da transcrição do acórdão no que respeita às alegações do representante de Rafael Leão.

Se tiveres curiosidade quanto ao julgamento de Alcochete, aí consegues ouvir o depoimento completo e a opinião da Presidente do Colectivo de Juízes, quanto ao que disse Varandas.

Com esta gestão, já tem o honroso titulo…do mais incompetente Presidente da história do Sporting Clube de Portugal.