ZergRush no FM20 - Em Hugo Viana nós confiamos

2022/2023.

Eu nao percebo muito streaming, mas sei que youtubers usam dispositivo qualquer, para fazer streaming de jogos em que fazem uma review, não conheço marcas, mas eles dizem que é das coisas mais faceis de fazer porque facilita muito a edição.

Alias a minha sugestão era mais fazeres um post com texto e video ao memo tempo.

Tipo no lugar da descrição do jogo metias ø link do YouTube, das highlights do jogo com um relato com cunho pessoal é uma coisa que fazes bem porque as tiradas que escreves tem grande sentido humor que ficava bem num relato por audio .

Mas fazer as 2 coisas em separado tambem é boa ideia .

Heh, és o Emanuel Ferro do meu save ou ele está a pagar-te pela sugestão? :stuck_out_tongue: Eu já desisti de meter nas actualizações as sugestões de novo director desportivo que ele vai dando. Ele odeia o Hugo Viana.

Acho que meter outro director desportivo ia tirar parte da piada, o desafio é mesmo sobreviver com alguém tão desastroso como o Hugo Viana no controlo das coisas. Agora que penso nisso, se calhar foi por isso que o Rúben Amorim aceitou vir para o Sporting na realidade. Andámos a pensar que seria o dinheiro, mas…

1 Like

Hmm, eu tenho-me limitado a usar o reLive da AMD para gravar os vídeos. Penso que também dá para streaming, mas para gravar serve. O principal problema é o tamanho, um jogo em 1080p com bitrate decente fica a ocupar uns 3gb - ainda não acertei nos settings para ter boa qualidade com tamanho razoável.

Tenho também de ver se perco mais algum tempo com software de edição de vídeo. Experimentei o OpenShot, mas pareceu-me um pouco instável e chato de utilizar, o interface é fraquito e crashou algumas vezes em testes simples que fui fazendo. Ou pode ser resultado da minha falta de jeito. :stuck_out_tongue:

2 Likes

Chegou o sonho de qualquer aluno: uma pausa no Inverno praticamente igual à pausa no Verão! Nos próximos dois meses, as principais competições oficiais param para dar lugar ao Mundial. Como quase ninguém do nosso plantel vai ao Mundial, isto significa que são praticamente dois meses de férias!


Infelizmente, são férias que Francisco Geraldes não vai conseguir aproveitar ao máximo, já que se lesionou com alguma gravidade e estará fora dos relvados por 2 a 3 meses. Diga-se de passagem, ele também já não estava a passar muito tempo nos relvados antes da lesão, mas ao menos podia fazer outras coisas.

Há quem diga que a melhor altura para uma lesão grave é no início de uma pausa prolongada. Provavelmente são as mesmas pessoas que dizem loucuras como “a melhor altura para uma constipação é no início das férias”. Resta a Francisco Geraldes passar a pausa sentado no sofá, alternando a leitura com os jogos do Mundial que passam na televisão. Ou, o que é mais provável, alternando a leitura com filmes, séries e documentários sobre a história do rock alternativo e o seu impacto na cultura indie.


Embora este vá ser um Mundial pobre em jogadores do nosso actual plantel, há vários ex-jogadores do Sporting que vão estar presentes. Destaca-se ainda o facto de a Inglaterra apresentar uma selecção composta quase unicamente por jogadores a actuar no Reino Unido, em que a única excepção é Tammy Abraham, avançado do Benfica. Efeitos do Brexit?


Os nossos jogadores no Mundial

Tivemos três jogadores a participar no Mundial: Jovane Cabral (Cabo Verde), Maksimovic (Sérvia) e Diego Laxalt (Uruguai).

Jovane integrou a histórica primeira participação de Cabo Verde num mundial. Foi uma participação que não começou da melhor maneira, ao perderem 8-3 contra a Alemanha. Continuou a piorar quando perderam 8-0 com a Inglaterra no jogo seguinte. Apesar deste início que pode ser considerado algo tremido, a participação de Cabo Verde terminou da melhor maneira, com uma vitória contra o Irão por 2-1. Obviamente, a vitória também foi histórica, porque tudo é histórico nas primeiras participações.

Jovane passou a maior parte do tempo a ver a história a desenrolar-se a partir de um lugar privilegiado no banco de suplentes. A sua utilização no Mundial limitou-se aos 12 minutos finais do jogo contra o Irão. Fico a pensar se não passou tudo de uma partida que a Federação de Cabo Verde decidiu pregar ao Jovane, ao convencê-lo a optar por Cabo Verde em vez de Portugal apenas para aquecer o banco. E, como disputou estes 12 minutos, agora já não há maneira de voltar atrás.

Apesar de terem sido apenas 12 minutos, isso não impede Jovane de ir para os jornais dizer que acha que merece um novo contrato por ser uma das estrelas da selecção de Cabo Verde. Foram 12 minutos, Jovane! 12 minutos! Uma ida à casa-de-banho é mais prolongada do que a tua carreira internacional!

Quem também participou no Mundial, e sem pedir contratos novos por isso, foi Maksimovic. A Sérvia não passou da fase de grupos, tendo perdido por 2-1 contra a Bélgica e Japão, mas pelo menos terminou a sua participação esmagando a Colômbia por 5-0. Maksimovic foi totalista nos 3 encontros, destacando-se ao ver 2 amarelos em 3 partidas.

Diego Laxalt, que está emprestado ao Marítimo, foi o único a sobreviver à fase de grupos. O Uruguai começou o Mundial da melhor maneira, derrotando o Gabão por 2-1 e a Coreia do Sul por 1-0. Seguiu-se a França, e as coisas já não correram tão bem, perdendo por 3-1. Laxalt estreou-se no Mundial neste jogo, jogando a segunda parte toda.

A seguir à França, veio o jogo contra a Bélgica que foi a vencedora do Euro 2020. O Uruguai estacionou o autocarro contra o actual campeão Europeu e quase que resultava, se não fosse o golo de Lukaku ao minuto 87. Laxalt entrou ao minuto 79 e ainda foi a tempo de participar na derrota da sua equipa.


Portugal no Mundial

Portugal calhou num grupo fácil. Não começou da melhor maneira, ao empatar 2-2 contra a Croácia no primeiro jogo, mas a esse empate seguiram-se duas vitórias: 2-0 contra a Jamaica e 4-1 contra o Peru.

Na ronda seguinte, Portugal defrontou um dos favoritos: Brasil. Foi um jogo mais equilibrado do que o meu regime alimentar nos dois primeiros dias em que decido mudar por completo e passar a ter uma alimentação equilibrada, imediatamente antes de desistir e voltar ao normal. Firmino marcou para o Brasil e Gelson Martins por Portugal, e acabámos no prolongamento. O Brasil jogou a segunda parte do prolongamento reduzido a 10 jogadores, mas Portugal não aproveitou e fomos para penalties.

Nos penalties, o Brasil marcou primeiro, com Firmino a não dar hipóteses a Diogo Costa - que, vá-se lá saber porquê, é o guarda-redes da selecção, enquanto Max nem sequer é convocado.

Cristiano Ronaldo, mostrando toda a sua capacidade de liderança, pegou na bola para ser o primeiro a marcar por Portugal e dar o exemplo. Colocou-a na marca de penalty, tomou balanço, olhou para o guarda-redes e… acertou em cheio no poste direito.

Este foi o único penalty falhado, pelo que foi o Brasil a seguir em frente. Portugal ficou pelo caminho logo na primeira eliminatória e Cristiano Ronaldo, ainda traumatizado pelo penalty falhado, anunciou a sua retirada do futebol internacional. Deixa a selecção com 196 internacionalizações e 109 golos.


O resto do Mundial

Depois de eliminar Portugal, o Brasil prosseguiu uma caminhada vitoriosa até à final, tendo eliminado também a Espanha e a França.

Antes de ser eliminada pelo Brasil, a França eliminou a Argentina, ao vencer por 3-1. Após esse jogo, Lionel Messi decidiu seguir o exemplo de Cristiano Ronaldo e deu também por encerrada a sua carreira internacional.

O outro finalista foi a Inglaterra, que deixou pelo caminho a Itália, Bélgica e os Estados Unidos. Provavelmente há quem ache surpreendente ver os Estados Unidos nas meias-finais, mas considerando que o grupo deles era constituído pela Escócia, Mali e Qatar, e que na fase a eliminar calharam com México e Senegal, o difícil era não terem chegado lá.

A final foi equilibrada. O Brasil foi a equipa mais rematadora, mas a maioria dos remates foi ao lado e acabou por ser a Inglaterra a vencer o título, com um golo de Rashford no minuto Jorge Jesus.


Para além do Mundial

Dezembro é o mês em que Miguel Quaresma entrega o habitual relatório preliminar dos novos jogadores das camadas jovens. Parece que vai voltar a ser um ano fraco, em que só se vai aproveitar um avançado, mas pelo menos vamos ter muitos laterais. Um avançado e muitos laterais… será que Hugo Viana está a influenciar secretamente as nossas camadas jovens, como Palpatine a influenciar a República?

image

Apesar de termos o plantel praticamente todo disponível, decidi dar Novembro de folga aos jogadores, e marcar apenas 3 amigáveis em Dezembro para voltarmos a recuperar o ritmo. Sim, pode parecer que sou incrivelmente generoso, mas na realidade estou a seguir o conselho do preparador físico do Antunes: nada como uma longa paragem para voltar na melhor forma de sempre!.

Depois de um mês de preguiça, diversão, jogos de computador e filmes, o plantel regressou em Dezembro para os 3 amigáveis. Os jogadores voltaram cheios de energia, porque vencemos as 3 partidas: 4-0 ao Aston Villa, 2-0 ao Lille e 3-0 ao Anderlecht!

Com estes resultados, estamos mais do que prontos para o regresso dos jogos a sério! O futebol está quase a regressar e o plantel está preparado para voltar a competir!

E é neste momento de preparação total, com o regresso da competição praticamente ao virar da esquina, que Rodrigo Rêgo, o nosso terceiro central, lesiona-se a dar um pontapé na bola. A menos que Hugo Viana traga surpresas, vamos ter de passar Janeiro a depender apenas dos dois únicos centrais que sobram no plantel: Maksimovic e Quaresma.


Será que Hugo Viana vai trazer essas surpresas? Estamos a chegar a Janeiro, e o mercado está quase a abrir! Será que vamos ter uma tempestade Viana a inundar-nos de reforços? Será que vamos finalmente receber o avançado que precisamos desesperadamente, e talvez dar mais alguns passos para um plantel equilibrado? Será que vamos dar mais umas voltas no carrossel chinês? Ou a chamada do golfe será demasiado apelativa, e Hugo Viana trocará em definitivo o gabinete pelo green? E será que ainda estarei no clube no final de Janeiro?

8 Likes

Já agora, aproveito e deixo aqui o resumo pós-fase-de-grupos do Euro 2020. Na altura nem reparei que passou, já que coincidiu com a pausa normal de Verão. Chega com duas épocas de atraso, mas aqui está. Para além da Bélgica, Gales também surpreendeu - chegou à meia-final e, pelo caminho, derrotou a França com a mesma facilidade com que o Sporting B derrota a equipa principal em “treinos conjuntos”.

1 Like

A porcaria do Mundial de 2023 está me lixar à grande! Depois de terninar o calendário ficou um mimo: jogo de dois em dois dias dias e ando com jogadores cansados ou lesionados :exploding_head:

Comigo é a mesma coisa. Oito jogos por mês é a norma em 2023. Vai ser duro sem um plantel equilibrado.

O que é que foi, Hugo Viana? Queres deixar aqui uma mensagem?

“O nosso lado esquerdo está pronto para enfrentar 2023 desde a primeira época! A minha estratégia resultou!”

1 Like

Dá lhe hugão!

o Hugo viana é o unico que trata das tranferencia ou apenas te sugere jogadores? ou tu tens a ultima palavra quando ele te apresenta reforços?

O Hugo Viana decide tudo, quer tenha a ver com jogadores ou staff (transferências, renovações, etc). Até lhe dei o controlo do scouting, para não lhe faltar nada.

2 Likes

Ah, Janeiro… para alguns é o mês da chuva, frio, vento e até neve. É a altura para ficar em casa sentado no sofá, debaixo de um cobertor, a ver um filme ou uma série. É um dos meses em que os Japoneses usam o kotatsu e em que, sempre que vejo um num anime, fico a pensar que um kotatsu até parece uma boa ideia.

Para o mundo do futebol, no entanto, Janeiro representa apenas uma coisa: é a altura em que “El loco” Viana guarda os tacos de golfe no armário e lança mais um ataque ao mercado! Protejam-se debaixo do cobertor (ou do kotatsu) e preparem-se, porque a Tempestade Viana está aqui!


Tivemos uma chegada logo no primeiro dia de Janeiro! Lembram-se daquele miúdo brasileiro em que o Hugo Viana decidiu estoirar quase um milhão na época passada, e que não se podia juntar porque ainda não tinha 18 anos? Eu também já não me lembrava, mas finalmente chegou!

Não parece grande coisa. É rápido e pouco mais. Deve ter sido sugerido pelo amigo connoisseur de futebol do Sousa Cintra, porque parece o Diaby brasileiro.


Hugo Viana também está a trabalhar na frente das renovações, e assegurou mais um ano de Francisco Geraldes. Duvido que faça mais algum jogo esta época, mas o Clube de Leitura da Academia, assim como a Associação Cultural de Alcochete, agradecem!


Depois de uma entrada e uma renovação, eis a nossa primeira venda! Mees de Wit regressa à Holanda, para jogar no Excelsior. É uma transferência que rende ao Sporting 43.500 euros!


Mais uma transferência de valor ridículo! Este Hugo Viana… bah, patético! Que é que vai acontecer a seguir? Vende um jogador por dois cupões de desconto na McDonald’s?

“Zerg! Hey, Zerg! Olha, tenho de interromper o teu texto só um instante!”

Sim, Hugo?

“É para avisar que o Jovane já não volta aos treinos!”

Uh, porquê? Estava a contar com ele para o próximo jogo.

“Acabei de o vender para a China por 21 milhões!”

Queres ajuda para o levar ao aeroporto?

Sim, é mais uma volta no carrossel chinês! Incrivelmente, desta vez não é para Wuhan… a mega-estrela da selecção cabo-verdiana, com uma carreira internacional que se estende ao longo de 12 minutos, vai para o Tianjin! O lobo de Alvalade Street está de volta!

Era um jogador que dava jeito, mas… não me posso queixar do valor que Hugo Viana conseguiu por ele! E, apesar de tudo, ainda tenho o Vietto para a mesma posição, pelo que não fico propriamente desfalcado.


“Zerg! Hey, Zerg! Olha, tenho de interromper o teu texto só um instante!”

De novo, Hugo?

“É para avisar que acabei de vender o Vietto para a China!”

Raios. Sim, Hugo Viana vendeu os dois jogadores que eu mais usava no lugar de extremo direito. O Wuhan parece ter deixado de ser o único clube chinês para onde os jogadores do Sporting querem ir, porque Vietto vai para o Beijing Guo’an. Será que aconteceu alguma coisa em Wuhan?

Bem, é o carrossel chinês, ao menos conseguimos muito dinheiro por ele!

Estavam a pensar isso não estavam? Eu compreendo-vos perfeitamente, porque eu também estava a pensar o mesmo. Mas não. Hugo Viana decidiu que este Sporting também faz saldos de vez em quando, e vendeu Vietto por €4.4 milhões. Metade desse dinheiro vai para o Atlético de Madrid. Sobram 2.2 milhões. Desses 2.2, o Sporting tem de dar 1.2 milhões ao jogador, que era o bónus acordado na renovação salarial.

Sim, é verdade… Hugo Viana vendeu o nosso extremo direito titular (e que era ainda mais importante com a saída de Jovane) num negócio em que, depois de retirarmos todo o dinheiro que não vem para o clube, sobra menos de um milhão de euros. Vai-te lixar, Hugo Viana.


Sem Vietto, há mexidas no grupo do pessoal popular, com Max e Sporar a assumirem-se como líderes da equipa.

image

Entretanto, o grupo de Wendel e Neva começa a crescer, e assume-se como o verdadeiro grupo alternativo do plantel, ocupando o lugar do clube de leitura de Francisco Geraldes - que se uniu ao grupo principal.

image


O dinheiro destas vendas foi rapidamente reinvestido. Hugo Viana pegou num milhão e meio e foi buscar… Frederico Gaipo, central de 17 anos do Leixões. Pior ainda, o Leixões ficou com 40% do lucro da próxima venda e ainda pode vir a receber mais outro milhão e meio por objectivos!

Vejo ali algum potencial, e os adeptos até gostaram da contratação, mas fomos completamente aldrabados no valor que pagámos pelo jogador. Provavelmente vai ser mais um dos desastres de Hugo Viana na busca por uma estrela do futuro.


Durante esta janela, também entra nos nossos cofres algum dinheiro vindo do Braga. Não, não lhes vendemos outro jogador… eles é que conseguiram vender o Eduardo ao Flamengo, e nós tínhamos 20% do lucro de uma transferência futura. Hugo Viana vendeu-o por 1.3 milhões ao Braga, e o Braga vendeu-o por 2.7 milhões ao Flamengo, pelo que recebemos cerca de 300 mil euros.

O Braga até parece aqueles programas de vendas de casas que o pessoal que não conhece séries de jeito costuma ficar a comentar junto à máquina do café, em que compram uma casa, mexem numas coisitas e vendem pelo dobro. Bem, não sei se vendem pelo dobro, porque não fiquei a ouvir a conversa o tempo suficiente para chegar aos valores, mas deve ser por mais dinheiro ou não valia a pena o trabalho.


Passam mais uns dias, e Hugo Viana informa-me de uma renovação. Marcos Acuña renova até 2025, num contrato que irá render-lhe 7 milhões de euros. Aqui não há saldos para ninguém, Sevilha! Ok, houve no Vietto, mas agora já não há mais saldos para ninguém e é mesmo definitivo! “Não há saldos” vezes infinitos e não vale acrescentar mais!


“Zerg! Hey, Zerg! Olha, tenho de interromper o teu texto só um instante!”

Quem é que vendeste agora aos chineses, Hugo?

“Ninguém!”

Então… o que foi?

“Vendi aos portugueses! O Plata vai para o Famalicão por 1.2 milhões!”

Bem, é certo que o Plata praticamente não jogava, mas parece que os saldos continuam… esperava mais dinheiro. Tal como na vida real, acho que fomos aldrabados pelo Famalicão. Será que eles estão a transformar-se no nosso Atlético de Madrid português…?


Para além de jogadores, o lobo de Alvalade Street também negoceia treinadores! Pedro Ilharco, adjunto dos sub-23, assinou pelo União da Madeira, com o Sporting a receber 90 mil euros de indemnização! Sim, rendeu mais do que o de Wit.


Entretanto, o tempo foi voando e já chegámos ao último dia do mercado! Passou um mês, tivemos entradas e saídas, o mercado está quase a fechar e… nada de avançados. Sim, é verdade, tudo aponta para que esta seja mais uma época em que…

“Zerg! Hey, Zerg! Olha, tenho de interromper o teu texto só um instante!”

Diz, Hugo… quem é que vendeste?

“Ninguém! Olha, ouvi dizer que precisavas de avançados novos e trouxe-te uma surpresa!”

E é então que Hugo Viana, qual Luke Skywalker a oferecer o R2D2 e C3PO ao Jabba, oferece-me dois avançados no último dia! Não, não estou a dizer que sou gordo como o Jabba, era só uma analogia! A sério! Eu sei, tecnicamente também não são uma oferta, porque vêm apenas emprestados, mas era apenas uma analogia!


O primeiro é Mohamed Daramy, que vem do PSG, com o Sporting a pagar apenas os ordenados.

Não é tão bom como o Sporar, mas parece ser uma alternativa decente para o lugar - pelo menos é melhor que andar a adaptar o Zaracho. Também abre portas a um 4-4-2, que pode vir a ser útil em alguns jogos. Esperava mais, principalmente tendo em contra os milhões que entraram, mas é melhor que nada.


O segundo empréstimo é uma desilusão. Ismael Lara vem emprestado pelo Villareal, num negócio que me parece a roçar o desastroso: para além dos ordenados, ainda pagamos 130 mil euros por mês se ele jogar, e 260 mil se não jogar.

Não é mau jogador, e o facto de poder jogar a extremo direito pode vir a dar jeito depois das vendas de Jovane e Vietto, mas… não é um titular indiscutível, e estamos a pagar demasiado por um suplente.


Janeiro chegou ao fim e voltámos a ter um período de transferências com algum movimento! A janela de Inverno encerrou, e a tempestade Viana finalmente trouxe avançados! Infelizmente, tal como quando pedimos 7 Up e só há Sprite, são avançados piores do que eu queria mas vão ter de servir, já que não há alternativa.

Esta actualização já vai longa, pelo que os muitos jogos que Janeiro teve terão de ficar para outra. Entretanto, talvez não seja má ideia começar a pensar em utilizar parte do dinheiro que entrou para construir um novo cofre em Alvalade, porque o que temos já está a ficar cheio de dinheiro do carrossel chinês. Ou, em alternativa, oficializar as coisas e abrir uma lavandaria.

9 Likes

Uma nota rápida off-topic, para quem vem aqui pela história mas não frequenta o tópico do Football Manager 2020 porque não tem o jogo… o FM20 está disponível gratuitamente até dia 24, na Epic Store.

Podem obtê-lo neste link: https://www.epicgames.com/store/en-US/product/football-manager-2020/home

1 Like

Que desastre a venda do Vietto. :rofl:

Já a contratação do central ao Leixões, quer-me parecer que tens ai um central para muitos anos.

Talvez, mas o posicionamento, antecipação e concentração são algo baixos. Diria que precisa de pelo menos mais uma época antes de o ir metendo como suplente sem correr riscos - e talvez duas ou três até chegar a titular. As minhas queixas são mais pelo negócio em si… se evoluir como o esperado deve resultar bem, mas foi algo caro por 40% do passe de um miúdo de 17 anos.

Sobre o vietto…vocês não percebem nada disto, tens de som o €€ que poupam em ordenado para saberes qual o lucro. Isto é o novo Sporting

Isso certamente melhora os números, considerando que o Vietto renovou há ano e meio por 14 milhões, pelo que ainda lhe sobravam uns 8 milhões no contrato. Infelizmente, continua ligeiramente longe dos mais de 30 milhões que os chineses tinham oferecido por ele há duas épocas.