ZergRush no FM20 - Em Hugo Viana nós confiamos

Depois de uma pré-época em que passeámos mais magia nos relvados do que Gandalf na luta contra o Balrog, derrotando o Las Palmas por 2-0 e o Metz por 4-0, estamos prontos para os jogos a sério! Estamos mais preparados para a acção do que Schwarzenegger nos anos 80! O nosso primeiro adversário é o Krasnodar, na pré-eliminatória para a Champions, e o nosso híbrido de Schwarzneegger e Gandalf, um Terminator mágico, um Conan feiticeiro, está pronto para os derrotar!


Dirijo-me à equipa na véspera, para garantir que estamos todos unidos.

“Equipa, estamos todos unidos?”

“Sim!”, respondem quase todos.

“Quero um contrato novo!”, responde o Jovane.

Raios, Jovane. Hugo, podes tratar disto?

Pouco depois, Hugo Viana informa-me que não conseguiu resolver o problema. Bem, Jovane, parece que vais começar a época no banco.

image


Depois do pequeno incidente do dia anterior, que testou a nossa união, estamos novamente prontos para tudo! Krasnodar, preparem-se para ser esmagados! Não há tempo para mais surpresas, estamos prontos para entrar em campo!

E, 30 minutos antes da partida, o Porto faz uma oferta por Zaracho. Felizmente, Hugo Viana rejeitou prontamente, não dando qualquer hipótese de desestabilizar a equipa. É isso mesmo, Hugo Viana! Não vendemos os nossos melhores jogadores aos rivais!


Defrontamos o Krasnodar e a nossa superioridade é tão óbvia como a cartelização de preços entre os operadores móveis. Sim, é verdade que o Krasnodar marcou primeiro logo aos 2 minutos, mas foi o único remate deles em todo o jogo que acertou na baliza, e acabámos a vencer por 3-1. Sporar até se deu ao luxo de falhar um penalty. Segue-se o regresso ao campeonato!


No entanto, o Porto volta à carga antes da nossa estreia na Liga NOS contra o Braga, e faz nova oferta por Matías Zaracho. É incrível como não desistem de recorrer a estes truques baixos. O que vale é que Hugo Viana sabe o que fazer!

Não, Hugo! Não! Não era para aceitares! Raios, Hugo!


Felizmente, Matías Zaracho é sportinguista desde pequeno e rejeita a proposta, minutos antes de ir fazer uma tatuagem com um leão rampante numa zona que não é visível, mas não é aquela em que estão a pensar.


Frederico Varandas aproveita e avisa-me que batemos outro record de vendas nas gameboxes: 26.832! Os sportinguistas estão claramente motivados para a nossa estreia na liga, e preparados para sorver até à última gota o delicioso sumo de laranja acabadinho de fazer que é o nosso futebol!

image


As únicas coisas em que o Braga nos venceu na primeira partida para a liga foi em cartões e faltas, mas mesmo assim foi preciso esperar até aos 90+2 para Super Sporar colocar um fim à desinspiração ofensiva da equipa. Em todo o caso, vencemos 1-0 e o que interessa são os 3 pontos!


Frederico Varandas relembra-me da promessa dos 10 pontos em 5 jogos assim que a partida termina. Apesar de termos começado com uma vitória, ele considera improvável que o objectivo seja atingido. Fico com aquela ligeira sensação que talvez já não tenha a confiança da direcção e que têm outro treinador na calha.


Segue-se a segunda mão contra o Krasnodar. Vamos à Turquia e repetimos o 3-1 da primeira mão, sem dificuldades. O nosso futebol espectáculo, um cheesecake táctico com cobertura de morango, uma iguaria futebolística doce, suave e requintada, continua a deliciar os adeptos!


Entretanto, Hugo Viana informa-me que vendeu Matheus Bahia ao ABC - não, não o vendeu a uma equipa de andebol, vendeu-o a uma equipa da quarta divisão brasileira. Comprado por 110 mil euros e vendido por 64 mil, acabou por dar menos prejuízo do que esperava, porque pensei que ia acabar por sair a custo zero.


Voltamos à Liga, onde defrontamos o Farense e… no final da primeira parte já estávamos a ganhar por 4-0. No final da segunda ainda estávamos a ganhar por 4-0. Mais 3 pontos!


Mantendo o nosso ritmo de alternar partidas da liga com partidas da Europa, defrontamos a única equipa que está entre nós e a Champions: o PAOK. O nosso futebol espectáculo não exibiu a sua habitual exuberância, mas vencemos na mesma, desta vez por 2-1. Tal como o único lugar de estacionamento que encontramos quando precisamos de fazer compras no dia de Natal, é um resultado algo apertado mas vai ter de servir.


Fazemos uma curta pausa entre os jogos para falarmos um pouco das eleições, marcadas para 12 de Setembro. “A Bola” entrevistou Pedro Braga, um dos adversários de Frederico Varandas, que promete analisar a possibilidade de construir um novo estádio!

O actual estádio já tem quase 20 anos e, sejamos honestos, quantos de vocês ainda usam um telemóvel com quase 20 anos? Ou um computador com quase 20 anos? Está na altura de mudar!


Ainda antes de regressarmos aos jogos, Hugo Viana informa-me que Sporar quer um novo contrato. Sem grandes esperanças, digo a Hugo Viana para falar com ele.

E… resultou!? Sim, o nosso carismático director desportivo convenceu Sporar que não precisa de um novo contrato!

image


Certamente inspirado pela conversa com Hugo Viana, Sporar bisa no jogo seguinte, contra o Feirense. E não foi o único a bisar, porque Acuña também marcou dois golos! Quanto ao Feirense… nem um remate fizeram! Nem um! O nosso futebol avassalador, tão dominante quanto Marcelo nas presidenciais, não dá hipóteses! 4-0, mais uma vitória, e já só falta um ponto para cumprir o objectivo que Varandas impôs!


Estamos a aproximar-nos do final do mês e Hugo Viana começa a despertar! Sim, temos uma nova contratação! Davide Zappacosta, lateral direito do Atlético de Madrid, junta-se ao Sporting por empréstimo até final da época, com o Sporting a pagar os ordenados, e com uma cláusula opcional de 15.5 milhões (que dificilmente será exercida, se olharmos para o histórico de Hugo Viana).

Eu sei que é mais um jogador do Atlético, que vem concorrer com outro ex-Atlético que foi o pior negócio da época passada, e que todo o nosso histórico de negócios com o Atlético é mais desastroso que o meu histórico de tentativas de iniciar uma mini-horta na varanda, mas… nem me parece mau. Acho que tenho novo lateral direito titular.


Voltando aos jogos, segue-se a segunda mão contra o PAOK. É o jogo que nos separa da Champions. É o jogo que nos separa de milhões de euros. É o jogo que nos separa de lutar contra os melhores entre os melhores - e, também, contra aqueles coitados que às vezes chegam lá sem saber bem como, e que só descobrimos que existem quando calham no nosso grupo.

Começamos a partida e, logo aos 3 minutos, Super Sporar coloca-nos na frente! Que arranque! Mantemos a pressão, mas os gregos não se safam mal, e vão criando perigo. Chegam até a marcar, mesmo no final da primeira parte.

Vamos para a segunda parte com o resultado em 1-1, mas ainda na liderança da eliminatória. E, quando estou a pensar que nem está a correr mal… eles marcam novamente. Eliminatória empatada. Raios. Raios, raios, raios, raios, raios. Querem ver que vamos estragar tudo tão perto da Champions? Querem ver que… golo! Golo! GOLO! Um minuto depois dos gregos marcarem, Vrsaljko, certamente a sentir a pressão da nova contratação para o seu lugar, marca um golaço! Foi um remate em que o guarda-redes nem se mexeu, uma situação que o comentador da Sport TV certamente descreveu com alguma idiotice ao estilo de “ficou literalmente pregado ao chão”!

Estamos novamente na frente da eliminatória! E ficámos na frente até final da partida, e ainda aumentámos a vantagem com um golo de Jovane! Vamos à Champions de novo, pessoal! Vamos à Champions! Vou sorridente para o sorteio, a pensar se será desta que passamos da fase de grupos!


E… calhamos novamente num grupo difícil. Não é tão mau como na época passada, desta vez até acredito que conseguimos passar à Liga Europa sem dificuldades de maior, mas Liverpool e Bayern não dão grandes hipóteses de seguir em frente nesta competição.

image


Estou ainda a recuperar da desilusão do sorteio, quando Hugo Viana deixa cair uma bomba: Maximilian Wöber foi vendido ao Bayern por 42 milhões! Depois de o ter comprado na época passada por 21.5 milhões, Hugo Viana praticamente duplica o que pagou por ele, e sem ter de recorrer ao carrossel chinês! Hugo Viana, “El loco” Viana, a Tempestade Viana, passa também a ser conhecido como o “Lobo de Alvalade Street”! Sim, a equipa fica muito mais fraca, e a nossa defesa passa a precisar seriamente de um reforço de peso, mas… 20 milhões de lucro! Temos os cofres novamente cheios para atacar o mercado!

image


Chegámos à última partida do mês: vamos jogar contra os Transportes Urbanos de Tondela! Não sei se repararam, mas estamos no limiar de mais um mês perfeito! Só temos de derrotar o Tondela! Estou também a um ponto de assegurar a minha manutenção no clube - se Varandas cumprir a sua palavra - e temos uma equipa a praticar um futebol tão delicioso que os sportinguistas até ganharam uns quilitos. Está tudo reunido para um final de mês fantástico!

Já sei o que estão a pensar, a seguir digo que o Tondela marcou logo de início. Não, não marcou! Sim, é certo que jogaram melhor do que é normal, estão a praticar um futebol mais atacante do que eu esperava, e chegámos ao intervalo empatados a zero, mas Marcos Antonio marcou logo no início da segunda parte.

Estamos a ganhar 1-0 e estamos a dominar a partida, mesmo sem estar a defrontar um autocarro. Os minutos vão passando e passando e passando. Já estamos a entrar nos descontos. Está quase! O mês perfeito está quase a chegar! 90+1! 90+2! 90+3! 90+4… e… não! Não! Não, não, não, não, não, não, não, não! NÃO! O Tondela empata num canto, na última jogada da partida, e estraga o nosso mês perfeito. Sacanas!


Bem, não foi o mês perfeito, e desperdicei 2 pontos contra um adversário fácil, mas… não foi mau de todo. Chegámos à Champions e atingi o objectivo de pontos imposto para continuar no lugar.


A nível pessoal, mais um curso concluído! Já quase que posso dizer que sou treinador!


Chegados a este ponto, é normal interromper para dar tempo a todos para se prepararem para o último dia de transferências. Com a equipa a precisar desesperadamente de reforços e com os cofres recheados, todos esperam um festim de entradas, pelo que precisam de tempo para recuperar energias - especialmente depois de uma actualização tão longa quanto esta.

No entanto, as esperadas, aguardadas, antecipadas, desejadas movimentações do último dia de mercado vão ser colocadas já nesta actualização, porque são tão reduzidas que não justificam um separado. Sim, sei que já vai longo, mas dêem-me mais cinco minutos do vosso tempo. Aliás, se calhar nem precisamos de cinco, provavelmente até um minuto chega. Não, não vale a pena pararem para ir buscar um café ou ir rapidamente à casa-de-banho, podem seguir em frente.


A única entrada que tivemos foi um miúdo de 17 anos do Vitória de Setúbal, contratado por 1.3 milhões, que podem chegar aos 2.3 por objectivos, e ainda cedemos 40% do lucro de uma venda futura.

Talvez venha a servir como reforço daqui a 4 ou 5 épocas, se tivermos muita sorte.


A única saída foi Diego Laxalt, emprestado ao Marítimo, que só terá de pagar 30% dos ordenados.

image


Sim, foi só isto. O lobo de Alvalade Street saíu do seu gabinete ao meio-dia, com o saco de golfe às costas, e já não voltou de tarde. A janela de transferências encerrou e, para além de continuar a precisar de um avançado, agora também preciso de um central. Nem sequer a motivação de ter as eleições já daqui a duas semanas fez com que Hugo Viana tentasse ir buscar uma estrela para fazer campanha. Os cofres recheados irão manter-se recheados mais uns meses.


Desilusão, o teu nome é Viana!

12 Likes

Haha Muito Bom

como é? não há jogos? :slight_smile: ou o inapto despediu-te?

As exigências do mundo real implicaram uma diminuição no meu tempo de jogo, o que teve um efeito pernicioso no ritmo das actualizações.

No entanto, hoje à tarde deve sair uma actualização, e vai ser uma actualização especial, porque tem o dia das eleições! Será que os sportinguistas vão manter Varandas à frente do Sporting? Ou está na altura de mudança?

7 Likes

sendo o jogo realista, como se pode ver pelo teu “exercício”, aposto na continuação. burros como nós, há poucos. :smiley:

porra, esse mundo real sempre a estragar a vida dos seguidores!

assim não dá! ou estás de alma e coração no projeto, ou vais de vela!!!

(presidentes a part time ainda é naquela… mas managers não)

Eis mais um exemplo da implacável campanha da direcção para me despedir!

2 Likes

Exigência! ou começas a mostrar resultados ou…
uma tacinha em 3 anos está ao nível de um Pál Serge (quase, vá). Cuidado, que tens o Amorim à perna…

Chegou Setembro de 2022, mês de eleições no Sporting! É desta que sabemos se os sportinguistas confiam em Varandas para continuar à frente dos destinos do clube, ou se estão fartos e optam por uma das alternativas!


Antes de chegarmos às eleições, no entanto, temos de dar os parabéns a Sporar! Com 4 golos em 4 jogos, Super Sporar foi o “Jogador do Mês” em Agosto.

“Quem precisa de mais avançados quando tem Super Sporar?”

Boa tentativa, Hugo Viana, mas continuo a querer mais um avançado.


Estamos a aproximar-nos das eleições, e os candidatos vão fazendo a sua campanha. Sandro Ninte, tal como outro dos oponentes de Varandas, anuncia que um estádio novo está nos seus planos. Claramente que o Alvalade XXI está amaldiçoado, já que não voltámos a ser campeões desde que passámos a jogar lá, pelo que está na altura de o demolir e jogar noutro lado.


Quem não está a perder tempo com as eleições é Hugo Viana, que deixou o golfe por uns minutos para renovar o contrato de Wendel.


Não, ainda não chegámos ao dia de eleições, mas chegámos agora a um dos momentos preferidos da época! Um daqueles momentos em que sentimos o sangue a correr nas nossas veias, em que nos sentimos jovens novamente, em que sentimos que podemos comer 4 ou 5 fatias de bolo e não engordar devido ao regresso do nosso mega metabolismo, perdido desde que saímos da adolescência. Um daqueles momentos em que sentimos que estamos realmente vivos! Sim, chegou o momento de defrontar a equipa do Pêpa!

Na véspera da partida, Pêpa relembra que este é um jogo especial, e que a animosidade mútua que sentimos traz-nos motivação adicional para ganhar!

O drama, a energia e a tensão destas partidas são tão elevadas que, daqui a longos anos, quando os derbies da Segunda Circular estiverem esquecidos, quando já ninguém se lembrar do motivo pelo qual o “Sporting - Porto” é considerado um clássico, quando o gelo dos Pólos tiver derretido e estivermos todos a viver nos picos de montanhas transformadas em ilhas, as pessoas ainda falarão na emoção dos derbies Zerg - Pêpa!


O jogo está quase a começar, está na altura de falar com a equipa. Entro no balneário, e os jogadores calam-se imediatamente para me ouvir. É um daqueles momentos tão dramáticos que até Jesé desligaria a música, se ainda estivesse no clube.

Olho para os jogadores. O meu discurso resume-se a uma palavra: “Pêpa”. Assim que termino, Daniel Bragança, a envergar a braçadeira de capitão, sobe para um dos bancos e grita “Pêpaaaaaaa! Pêpaaaaaaa!”. Não é um estilo tão requintado quanto o de Francisco Geraldes, que em situações destas optaria por declamar um poema sobre a importância de estarmos unidos quando temos de defrontar um inimigo, mas não posso negar a sua eficácia: em poucos segundos, todo o balneário está a gritar o nome de Pêpa.

No balneário da equipa visitante, tal como naquela cena do “Senhor dos Anéis” em que a Irmandade ouve os tambores do inimigo em Mória, os jogadores do Paços de Ferreira ouvem os gritos das profundezas do plantel do Sporting. Ouvem e tremem, porque sabem que irão defrontar-nos daí a breves minutos. Sabem que terão pela frente uma força imparável. Sabem que não têm qualquer hipótese. Pêpaaaaa! Pêpaaaaaaaaaaaa!

A partida começa praticamente com o primeiro golo sénior de Rodrigo Rêgo, que eu tive de promover à equipa principal para compensar a venda de Maximilian Wöber. Ainda não chegámos aos 10 minutos de jogo e já vamos na frente. Antes de chegarmos aos 20 minutos, Acuña dilata a vantagem. E nem sequer é preciso esperar pelo minuto 25 para vermos Super Sporar a marcar mais um golo, aproveitando um penalty!

A segunda parte começa com um golo de Vietto. Domínio total da partida e 4 golos, é impossível perder. Infelizmente, a nossa vantagem é tão dilatada que a equipa adormece ligeiramente, e eu estava demasiado ocupado a enviar tweets a gozar com o Pêpa para ter reparado, pelo que o Paços acaba por conseguir reduzir para 4-1. Apesar deste golo ter diminuído ligeiramente a nossa festa, a vitória não nos escapa. Pêpa volta a perder, e nós vencemos aquele que foi o único jogo para a liga este mês. Ah, como a fragrância da vitória é especialmente doce nestes derbies…


Após a partida, Varandas vem falar comigo e diz que está impressionado por eu ter ultrapassado o mínimo de pontos que a direcção exigia para eu continuar, com 13 pontos em 5 jogos. Diz-me ainda que todos os planos para me substituir foram cancelados. Eu não acredito, mas pelo menos parece que ganhei mais tempo.


Bem, pessoal, chegou finalmente o momento pelo qual provavelmente estão a ler esta actualização. Sim, chegou o dia das eleições! Sportinguistas de todo o mundo votam na eleição do novo presidente, pela primeira vez recorrendo ao i-voting!

Varandas, no último acto da sua campanha, promete uma melhoria considerável nas finanças do clube com um aumento de investimento que irá permitir-nos competir com os nossos rivais!


Quem é que os sportinguistas escolherão para ser o seu próximo presidente? Será Frederico Varandas, que prometeu um aumento no investimento? Será Sandro Ninte ou Pedro Braga, que prometeram um novo estádio? Será António Alcobia ou Jaime Paulo, que não fizeram grande coisa na campanha e provavelmente estavam à espera de ser convidados a desistir em troca de integrar uma das outras listas, mas o convite nunca chegou?

image

E o vencedor foi… Frederico Varandas! Os sportinguistas juntaram-se e deram, com vantagem considerável, um segundo mandato ao actual presidente.

Foi uma eleição perfeitamente normal e insuspeita, uma eleição que os jornais asseguram que não vale a pena investigar, uma eleição em que as alegações de fraude certamente não passam de delírios causados pelas altas temperaturas que se fazem sentir neste quente Setembro de 2022, uma eleição que o preparador físico do Antunes já veio assegurar que foi a melhor eleição de sempre.


Apesar de eu não ser propriamente um fã do presidente, em parte porque ele pensou despedir-me, não posso deixar de sentir alguma expectativa em relação à sua promessa de investimento para aumentar a nossa competitividade. Foi a sua mais importante promessa na campanha, pelo que todos os sportinguistas esperam ansiosamente para ver o dinheiro chover em aguaceiros milionários, para ver o dinheiro jorrar em torrentes abastadas, para ver o dinheiro inundar os nossos cofres como o Mondego inunda anualmente o Parque Verde em Coimbra!

Varandas chama-me ao seu gabinete pouco depois do seu discurso de eleição. Aí vêm as novidades! Aí vem o dinheiro! Aí vem o cumprimento da sua promessa! Quando entro, ainda está a olhar embevecidamente para a sua medalha de companhia, que voltou a usar no discurso da reeleição. Guarda-a reverenciadamente, vira-se para mim e…

“Não estão previstos quaisquer planos de investimento adicional”.

Vai-te lixar, Varandas. Era a tua única promessa!


Após o drama, emoção e promessas quebradas das eleições, voltamos aos jogos. Seguem-se duas partidas complicadas para a Champions: Liverpool e Bayern.


A recepção ao Liverpool não correu da melhor maneira. Sporar ainda bisou, mas infelizmente Rafael Leão e Salah também bisaram. Entrámos na Champions com uma pesada derrota em casa.

As coisas não melhoraram na Alemanha, onde também perdemos, desta vez por 3-0. Não jogámos muito mal, mas simplesmente não conseguimos criar perigo.

Dois jogos, duas derrotas. É um mau começo, mas não seria realista esperar algo muito diferente considerando o grupo que nos calhou.


Entretanto, Hugo Viana informa-me que negociou um novo contrato com Max, válido até 2026. O nosso guarda-redes titular, que só não é totalista absoluto em todas as competições porque às vezes tenho pena de ver o Diogo Sousa sempre sentado no banco e meto-o em campo nas Taças, vai passar a ganhar quase vinte e quatro mil euros por mês!

O novo ordenado de Max é quatro vezes menos que o de André Almeida, que está há duas épocas a jogar nos sub-23, é cinco vezes menos que o de Doumbia, que só tem servido para aquecer o banco, e é cerca de quinze vezes menos que o de Vrsaljko, segundo jogador mais bem pago do plantel e que é o lateral direito suplente. Marcos Antonio, que ganha meio milhão por mês e tem o ordenado mais elevado do plantel, podia usar o ordenado de um mês para contratar o seu guarda-redes titular indiscutível durante um ano e ainda lhe sobrava dinheiro! Max, se estiveres a ler isto, talvez seja altura de pensares em mudar de agente.


Voltando aos jogos, defrontámos o Guimarães para a Taça da Liga. Não começámos da melhor maneira, já que o Guimarães adiantou-se no marcador logo aos 13 minutos, mas dois golos de Acuña e um golo de Super Sporar permitiram-nos vencer a partida. O Vitória ainda reduziu perto do final, mas já não foi suficiente.


A recepção ao Copenhaga é a última partida do mês. É, também, um jogo que temos de vencer, se queremos continuar a pensar no objectivo mínimo de seguir para a Liga Europa. É um jogo em que vamos precisar de Super Sporar!

Tragédia! Desastre! Sabotagem! Sporar lesiona-se na virilha na véspera do jogo! É uma lesão mínima, mas é suficiente para o deixar de fora da partida.


Sem Sporar, lanço Zaracho a ponta-de-lança, mas não traz os resultados pretendidos. No entanto, quando um leão se lesiona na virilha, outro se levantará, e são os nossos centrais que decidem substituir o desinspirado ataque! Quaresma e Maksimovic marcam, e derrotamos o Copenhaga por 2-0! Terminamos o mês com a primeira vitória na Champions esta época!


Todos os meses em que derrotamos o Pêpa são bons meses, mas não posso deixar de me sentir algo desiludido com as derrotas na Champions. Sim, são os resultados esperados, mas há sempre aquela esperança de haver alguma surpresa.


Outubro vai ser um mês longo e complicado, com 8 jogos, incluindo Liverpool e Benfica. Será que chegaremos ao fim ainda em todas as frentes, ou o reeleito Varandas começará a arrepender-se de me ter mantido à frente da equipa? E começarão os sportinguistas a arrepender-se de o ter reeleito, em eleições perfeitamente normais, livres e onde não se passou nada de suspeito?

9 Likes

a sério que esperavas algo diferente? :slight_smile:

1 Like

Bem, o Varandas real cumpriu a sua promessa de unir os sportinguistas - uniu contra ele, mas pode-se considerar que foi uma promessa cumprida. Eu esperava que este também tentasse cumprir as promessas.

2 Likes

Nem no FM nós conseguimos ver livres desse pulha…

1 Like

Parece que as promessas de novos estádios feitas pelos outros candidatos não foram suficientes para convencer os adeptos. Se algum deles tivesse ganho, aposto que ainda teríamos um novo estádio antes de eu ter um novo avançado.

Entretanto, uma nota extra, fui espreitar a página do meu perfil.
image

Aparentemente, o Lage é o meu único amigo. Quanto a rivais, como esperava são o Sérgio Conceição e o Pêpa. E tive de ver quem era o Darko Milanic, porque não me lembro de ter interagido com ele… aparentemente, era o treinador do Maribor quando calhámos com eles na Liga Europa. Foram só dois jogos, mas devo ter deixado uma impressão forte. Se calhar esqueci-me de o cumprimentar nas duas vezes.

10 Likes

Pessoal, acordem o vocalista dos Green Day, porque Setembro chegou ao fim! Estamos em Outubro de 2022 e este vai ser um Outubro bastante preenchido!


Antes de passarmos para os jogos, boas notícias para todos os fãs de Super Sporar! Hugo Viana acertou a renovação de contrato do nosso ponta-de-lança preferido (nem que seja porque é o nosso único ponta-de-lança) por mais 4 anos, durante os quais irá receber 14 milhões de euros! Eu sabia que devia ter ido para jogador de futebol…


Passando agora para os jogos, a primeira partida do mês foi contra o Aves, para a Taça da Liga. Fiz alguma rotação, com Max de Waal a ter a hipótese de jogar a titular, e o holandês respondeu com um golo! Joelson também marcou e assegurámos assim a passagem à fase seguinte!


Depois da Taça da Liga, veio a Taça de Portugal, e logo com dois jogos seguidos. Os habituais aquecedores de banco (e bancada) voltaram a ter uma oportunidade para mostrar o que valem quando defrontámos o Fabril do Barreiro. Para além de Diogo Sousa, até Francisco Geraldes e Doumbia tiveram hipótese de limpar o pó das chuteiras! Vencemos por 3-0, com de Waal a marcar mais um golo. Logo a seguir, jogámos contra o Fafe. Foi um jogo fácil, com vitória por 5-1.


Este início de mês foi uma espécie de aquecimento, com três jogos simples. Agora é que começam as coisas a sério, com partidas alternadas entre a Liga NOS e a Champions! O primeiro adversário é o Marítimo! Estamos prontos, preparados, aquecidos, decididos, motivados e sentimo-nos capazes de conquistar todo o planeta!

E empatamos a zero contra o Marítimo. Nem sequer foi falta de sorte ou de pontaria, já que foi um jogo estranhamento equilibrado. Mais 2 pontos desperdiçados. Pior ainda, a Madeira voltou a causar problemas a Marcos Acuña. O argentino, e vou usar as palavras do nosso médico, “lesionou-se de forma inofensiva” e vai ficar de fora o resto do mês.


Partimos para o resto dos jogos sem Acuña, mas certamente que este empate foi apenas um pequeno percalço. A seguir vamos defrontar o Copenhaga e é a partida ideal para voltarmos às vitórias! Vamos esquecer este empate e vamos esmagar os dinamarqueses!


Antes de esmagar os dinamarqueses, recebo um resumo com os destaques da semana dos jogadores emprestados. Não posso deixar de reparar que Yaya Konaté, um avançado de 18 anos das nossas camadas jovens, não tem feito a barba. Começo a pensar que talvez tenhamos sido enganados quanto à idade dele…

image


Entramos em campo contra o Copenhaga e tudo começa bem quando Sporar abre o marcador de penalty logo aos 5 minutos! Goleada a caminho, pessoal! Pensamentos positivos! E, menos de 5 minutos depois, o Copenhaga empata, no único remate em que acertou na nossa baliza. Raios. Raios, raios, raios, raios, raios. Nós dominámos a partida e fizemos alguns remates perigosos, mas não voltámos a marcar. Lá se foram os planos da goleada… mais um empate, e estragámos as nossas hipóteses de seguir em frente na Champions. Resta lutar pela Liga Europa.


Depois do Copenhaga, veio o Guimarães. É um bom jogo para voltarmos às vitórias! Sim, são uma equipa que pode ser complicada, mas somos melhores e vamos vencer! Entramos em campo determinados a sair daqui com os 3 pontos, e Super Sporar volta a marcar aos 5 minutos. A meio da segunda parte, o Guimarães empata mas, pouco depois, de Waal volta a colocar-nos na liderança. Começo a achar que o Hugo Viana acertou nesta contratação, foi incrivelmente barato e está a mostrar potencial tremendo! E é enquanto estou a elogiar mentalmente Hugo Viana que Mitrovski, que Hugo Viana deixou sair gratuitamente no final da época passada para o Guimarães, empata a partida.

Tal como as séries originais da Netflix, Hugo Viana é capaz do melhor e do pior.


Voltamos à Champions, para defrontar o Liverpool. É um jogo difícil, mas nem entramos mal. Apesar de eles dominarem a partida, conseguimos chegar empatados ao intervalo - e este é um jogo em que o empate não seria mau resultado. Infelizmente, logo após regressar do intervalo, Gabriel Barbosa, que o Liverpool foi buscar por perto de 30 milhões há duas épocas, inaugura o marcador. E, pouco depois, Firmino faz o 2-0. Ainda tentei reduzir, mas a única alteração no resultado surgiu já perto do final, quando Rony Lopes, contratado esta época por 65 milhões, faz o 3-0.

Penso que podemos começar a concluir que Outubro não está a correr bem.


É neste período algo negativo que vamos à Luz defrontar o Benfica. É um jogo importante, já que uma derrota coloca-nos a uma distância demasiado grande do primeiro lugar. Uma vitória, no entanto, permite-nos diminuir a vantagem que o Benfica tem, e pode ser o catalisador que precisamos para dar a volta a este Outubro desastroso. Sim, está na altura de um momento Disney!

Entramos em campo prontos para vencer e os primeiros 15 minutos são bastante equilibrados. É então que Tomás Tavares, lateral direito do Benfica, faz provavelmente a melhor jogada que alguma vez irá fazer em toda a sua carreira, passa por metade da nossa equipa e praticamente entra com a bola pela baliza dentro. Lembram-se daquela vez em que o Marcelo Boeck partiu o banco do Sporting ao murro? Ver esta jogada produziu uma sensação semelhante. Felizmente consegui controlar os meus ímpetos violentos e não parti nada, mas o Tomás Tavares real, assim como dois ou três jogadores da nossa defesa, devem ter ficado momentaneamente com as orelhas a arder.

Antes de irmos para intervalo, Jovane Cabral decide vingar-se e faz algo parecido. Pega na bola, finta uma boa parte da equipa do Benfica e remata de longe para um golo magnífico. Vamos para o intervalo empatados a uma bola, e começo a acreditar que talvez haja uma surpresa!

A segunda parte é extremamente equilibrada. O Benfica está mais rematador, mas a posse de bola é dividida igualmente entre as equipas, e até estamos a jogar bem. Os minutos vão passando e começo a acreditar que vamos pontuar. Talvez a vitória seja possível, mas pelo menos não vamos deixar o Benfica afastar-se. E acredito até ao minuto 85, quando Draxler, que o Benfica foi buscar por 49 milhões na época passada, faz o 2-1.

Com o jogo praticamente perdido, mando toda a gente para a frente. Este é daqueles momentos em que, se o Coates ainda estivesse no Sporting, estaria a jogar a avançado. Peço aos jogadores para esmagar o Benfica nestes últimos minutos… mas é o Benfica que acaba por fazer o 3-1, num contra-ataque. Tomás Tavares rouba a bola a Zaracho e faz um passe longo para Chiesa, que corre até estar em posição de cruzar para a área, onde só está Diogo Nascimento. E o jogo acabou nesse momento.


Suspeito que as nossas hipóteses de ganhar o título também tenham acabado, já que estamos algo afastados dos lugares de topo. Incrivelmente, o Paços de Ferreira do Pêpa está a fazer uma época fantástica e acaba o ano no primeiro lugar. Nós fomos a única equipa que conseguiu derrotá-los até agora, provavelmente porque mais nenhum treinador tem a rivalidade que eu tenho com o Pêpa. Parece que Palpatine e Darth Vader tinham razão, a raiva é extremamente poderosa!

image


No final do jogo com o Benfica, reuno com os jogadores e digo-lhes que temos de dar a volta. Espero uma reacção negativa de Acuña, mas acabam todos por reagir bem. Outubro acabou mal a nível de resultados, mas pelo menos estamos unidos!

image


O normal seria interromper agora, mas vou aproveitar para falar ainda dos nossos jogos em Novembro, por um motivo simples: apenas houve um jogo. O Mundial de 2022 passou para o Inverno, pelo que as competições em que estamos vão parar e só regressam em Janeiro. O nosso último jogo oficial este ano é contra o Bayern.

E, surpreendentemente, terminamos o ano com uma boa exibição! Foi uma partida bastante equilibrada, e até nos adiantámos no marcador graças a mais um golo de Jovane. Infelizmente, não conseguimos segurar a vantagem porque Demiral (sim, o nosso Demiral é agora o central titular do Bayern) empata a partida. Menos surpreendente foi terminar o ano com um empate, mas pelo menos foi contra o Bayern. Foi uma participação bastante mais fraca que a do ano passado, mas o resultado prático é o mesmo: seguimos em frente para a Liga Europa.

image


Tivemos um bom começo nos jogos fáceis, mas as coisas correram mal quando começaram as partidas a doer, e Outubro acabou de forma negativa. Começo a sentir que a minha posição está novamente tremida.


E chegou a altura da longa pausa de Inverno. Quando vejo a lista de jogadores do Sporting que vão ao Mundial, reparo que é uma pausa inútil. Apenas temos três jogadores nesta competição, e um deles (Diego Laxalt) até está emprestado a outro clube. Maksimovic e Jovane vão representar o nosso plantel no Mundial - Jovane vai ser internacional por Cabo Verde, que conseguiu um apuramento histórico! Infelizmente, Portugal não vai ter jogadores do Sporting, apesar de eu achar que Quaresma e Max deviam ter sido chamados.

image


Quem será o novo campeão do Mundo? Irá Cabo Verde vencer alguma partida? Será que o tempo vai estar bom nos próximos dois meses para começar a jogar golfe com o Hugo Viana, ou vamos ter um Inverno chuvoso? E será que o mercado de Inverno vai finalmente trazer um avançado novo?

7 Likes

Boas @ZergRush

Queria deixar uma sugestão , podias gravar video dos highlights dos jogos e as descrições que fazes em texto de cada jogo passavas para audio dos videos com relatos a mistura com teu cunho pessoal.

Assim desta maneira viamos como foram os golos, os lances polémicos, as tuas reações no banco etc.

Ø resto que se passava fora dos jogos ficava em texto juntamente com printscreens que tiras.

Em que época ja vais? Eu comecei um save, com sporting e fiz transferencias associadas a rumores, tirando viktor fischer…

VENDAS: Acuna 15M, risto 6,75M, camacho 4,25M, ivanildo 2M (27M)
ENTRADAS: lyanco (emp.9M), Viktor Fischer(7M), luis suarez (12M)

Pq nao mandar o Viana a vida dele , contratar um DD novo e ver o que ele faz?
Vais acabar despedido antes do golfista :smile:

1 Like

Os vídeos são algo que já pensei em fazer, e já foi sugerido algumas vezes, mas ainda não consegui arranjar maneira de fazer algo decente. Não queria que substituísse o texto, mas já pensei em começar a fazer uma série em vídeo em paralelo, e depois quem quisesse optava pela versão de texto ou vídeo. Algo como o que indicaste seria boa ideia para a parte dos jogos, mas queria também incluir o resto.

O principal problema é a falta de tempo, mas a falta de experiência em edição de vídeo também não ajuda. Também já pensei em streaming de um ou outro jogo, mas não sei se ia ser interessante. Em todo o caso, se conseguir fazer algo que fique divertido, aviso aqui. Cheguei a criar um canal de youtube quando coloquei aqui alguns golos, pelo que pelo menos essa parte já está feita. :stuck_out_tongue:

Por enquanto, a única versão paralela que estou a manter é o “formato livro” no wattpad, que podem ler em https://www.wattpad.com/story/237544350-teamviana

Contém basicamente a mesma informação que coloco aqui, mas organizada por capítulos (já foi útil como backup no dia em que houve o restore da base de dados do fórum). Chegou a estar no top10 de leituras da categoria “videojogos”, que tem uns 1500 livros, mas não faço ideia se isso é bom porque é uma das categorias mais pequenas. :stuck_out_tongue:

Criei também uma página de Facebook para ir colocando informação das actualizações no wattpad e estava a pensar fazer lá algumas coisas diferentes, mas… foi uma ideia que falhou redondamente, só tem um ou dois likes (para ser honesto, também não fiz grande coisa a nível de divulgação). A página é https://facebook.com/zergrushpt - mas não sei se vou continuar a actualizar por muito tempo, penso que não está a ser útil.

Long story short, gostava de fazer algo com vídeos, mas tenho de ultrapassar uns obstáculos e limitações primeiro. No entanto, a sugestão não está esquecida. :slight_smile:

5 Likes