Tello deve ser convidado a renovar

[i]Internacional chileno termina contrato no fim desta temporada
Renovação de Tello em fase de estudo

A polivalência do jogador agrada aos responsáveis leoninos, sendo provável que permaneça mais duas temporadas de leão ao peito

Tello é um dos jogadores do plantel leonino cuja renovação está a ser equacionada. Com seu o vínculo laboral ao Sporting a expirar no final da temporada, os responsáveis da SAD estão atentos à situação do internacional chileno, estudando os moldes da apresentação de um novo contrato, que poderá ligar o camisola 11 por mais duas ou três temporadas aos leões.

Contratado à Universidade Católica em Janeiro de 2001, é já um dos elementos mais antigos do plantel, Tello avisou, no início da temporada, que esta era uma época para ponderar o futuro, tudo indica que esse futuro possa passar por Alvalade, uma vez que Carlos Freitas e Paulo Bento, administrador da SAD e treinador, respectivamente, apreciam as características do sul-americano, um jogador versátil que pode desempenhar diversas funções na equipa.

Para já, ainda não existe uma proposta formal em cima de mesa, mas, em Alvalade, estão atentos a este processo, até porque os recentes desempenhos do jogador sublinharam essa necessidade. O esquerdino foi titular nas duas últimas partidas (Aves e Spartak de Moscovo), e o seu comportamento agradou ao técnico em ambas, prevendo-se que mantenha a titularidade na partida de segunda-feira com o Leiria.

Nas funções de interior ou defesa-esquerdo, Tello apresenta-se como um elemento válido, que permite ao treinador alargar as suas opções dentro do plantel.

Depois de Nani, Veloso, Yannick Djaló e Custódio, Tello é mais um caso para ser analisado pelos responsáveis leoninos, com o internacional chileno a ganhar especial relevo, pois o seu vínculo com o clube expira em 2007.

ANTÓNIO BERNARDINO[/i]

Fonte “O JOGO”

:wall: :wall: :wall: :wall: :wall:

Não nos faltava mais nada,a seguir é o João Alves. :shock: :shock: :shock: :shock:

:wall: :wall: :wall: :wall: :wall:

Subscrevo.

preferiam não renovar e deixar sair a custo zero um dos jogadores mais caros de sempre da história do futebol português?

Renova-se e com um pouco de sorte ainda se consegue vender por 1 milhão de Euros daqui a 1 ou 2 anos…

preferiam não renovar e deixar sair a custo zero um dos jogadores mais caros de sempre da história do futebol português?

Contribuindo para a tua cultura geral:

http://en.wikipedia.org/wiki/Sunk_costs

Renova-se e com um pouco de sorte ainda se consegue vender por 1 milhão de Euros daqui a 1 ou 2 anos...

E com menos sorte (ou muito mais realisticamente) ninguém pega nele e estivemos mais 1 ou 2 anos a pagar salários a um jogador que não tem categoria para estar no Sporting e está a ocupar uma vaga de estrangeiro… :roll:

preferiam não renovar e deixar sair a custo zero um dos jogadores mais caros de sempre da história do futebol português?

Renova-se e com um pouco de sorte ainda se consegue vender por 1 milhão de Euros daqui a 1 ou 2 anos…

É só moral!!

Sou da opinião que se o seu nível até final da época for constante, positivo e importante para a equipa, se deve renovar com o mesmo, até porque não foi um jogador nada barato para o Sporting embora esses erros sejam do passado.

Caso contrário, acho que a renovação não faria sentido embora a compreenda. E sim, não gosto de Tello, mas tenho que ser coerente e entender esta opção.

se o seu nível até final da época for constante, positivo e importante para a equipa

Ao fim destes anos todos, ainda estás à espera de milagres! :lol:

Bom nem em escandalizo muito. O tello não está ao nivel da maioria do plantel mas até é um gajo que concentrado e estável. Não dará mais que isso, mas tambem é ele e o Veloso os unicos esquerdinos, não se equeçam desse pormenor.

Se me dissessem joão aLves aí é que ia aos arames…

=D>

Renova-se e com um pouco de sorte ainda se consegue vender por 1 milhão de Euros daqui a 1 ou 2 anos...

Acreditas mesmo nisso? Até agora não venderam vai ser daqui a 1/2 anos que o vão fazer? Se houver mesmo interessados vão tentar apanha-lo em fim de contrato.

Jardax, nos negócios não se vende ou descarta tendo em conta o preço de há alguns anos mas sim o que vale no momento. :wink:

preferiam não renovar e deixar sair a custo zero um dos jogadores mais caros de sempre da história do futebol português?

Contribuindo para a tua cultura geral:

http://en.wikipedia.org/wiki/Sunk_costs

Que é que uma coisa tem a ver com outra?? Apresentas-me um dogma da Teoria Económica, falando do Tello como se estivesse numa cadeira de rodas e já não trouxesse nada ao futebol, quer ao Sporting, quer a outro clube qualquer…

quer dizer que para ti, deixá-lo sair a custo zero é MELHOR do que tentar arranjar uma solução menos penalizante (venda, empréstimo)…para ti, ganhar 1 milhão de euros não é significativamente melhor do que ganhar zero euros…isto é que são umas teorias :smiley:

eddie, temos de ter em conta que os nossos gestores não são peritos em vender (vide douala), e um contrato tem sempre prémios de assinatura (para jogador e agente) e, claro, os salários.

Agora eu acho que o Tello, mesmo não sendo a superestrela por que esperávamos, é um jogador bastante útil ao nosso plantel e que, esta época, não comprometeu nada quando foi chamado.

E perdoem-me todos, mas um jogador que faz ISTO não é tão vulgar e inútil como tantos por aqui apregoam.

concerteza que lhe proporão uma redução substancial de salário…

Agora eu acho que o Tello, mesmo não sendo a superestrela por que esperávamos, é um jogador bastante útil ao nosso plantel e que, esta época, não comprometeu nada quando foi chamado.

E perdoem-me todos, mas um jogador que faz ISTO não é tão vulgar e inútil como tantos por aqui apregoam.

:arrow:

Que é que uma coisa tem a ver com outra?? Apresentas-me um dogma da Teoria Económica, falando do Tello como se estivesse numa cadeira de rodas e já não trouxesse nada ao futebol, quer ao Sporting, quer a outro clube qualquer...

quer dizer que para ti, deixá-lo sair a custo zero é MELHOR do que tentar arranjar uma solução menos penalizante (venda, empréstimo)…para ti, ganhar 1 milhão de euros não é significativamente melhor do que ganhar zero euros…isto é que são umas teorias :smiley:

Vou deixar de tentar controbuir para a tua cultura geral. Não só não fazes a mínima idéia do que é um dogma, como revelas uma incapacidade total de pelo menos tentar compreender algo que saia do teu quadro normal de raciocínio. Assim de facto não vale a pena. :arrow:

Que é que uma coisa tem a ver com outra?? Apresentas-me um dogma da Teoria Económica, falando do Tello como se estivesse numa cadeira de rodas e já não trouxesse nada ao futebol, quer ao Sporting, quer a outro clube qualquer...

quer dizer que para ti, deixá-lo sair a custo zero é MELHOR do que tentar arranjar uma solução menos penalizante (venda, empréstimo)…para ti, ganhar 1 milhão de euros não é significativamente melhor do que ganhar zero euros…isto é que são umas teorias :smiley:

Vou deixar de tentar controbuir para a tua cultura geral. Não só não fazes a mínima idéia do que é um dogma, como revelas uma incapacidade total de pelo menos tentar compreender algo que saia do teu quadro normal de raciocínio. Assim de facto não vale a pena. :arrow:

Se não vale a pena então nem sei porque te deste ao trabalho de colocar mais esse post.

O conceito de sunk cost pode não ser um dogma, mas a verdade é que o apresentas de forma dogmática, como se as Teorias Económicas fossem inquestionáveis e universais, podendo ser aplicadas a todos os casos…

“sunk costs are costs that have already been incurred and which cannot be recovered to any significant degree”…volto ao mesmo: aplicando o conceito de “sunk cost” ao caso do Tello, então, vendê-lo ou emprestá-lo, nem que seja por 1 milhão de euros, não é significativamente melhor do que deixá-lo sair a custo zero…cada um que faça o seu julgamento deste raciocínio…

óbvio que não podemos pensar em revendê-lo ao preço que o comprámos, e não podemos pensar que o vamos vender por bom dinheiro apenas porque também nos custou bom dinheiro, mas compete aos gestores fazerem o melhor negócio possível e duvido que o melhor negócio possível seja deixá-lo sair a custo zero…era como se as lojas de roupa passassem a oferecer as roupas aos traseuntes, apenas porque têm dificuldade em vendê-las a um preço que compense o investimento inicial…era o fim dos saldos, promoções e derivados…trata-se de reduzir as perdas ao mínimo possível…

com o devido respeito pelas teorias que apresentas, acho que não se aplicam nestes casos…

Podias ter apresentado os teus argumentos de forma menos abstracta, limitando a discussão ao caso concreto do Tello mas optaste por chapar um link com uma definição da Teoria Económica que pensas que pode ser aplicada a este caso…tens razão assim não vale a pena…

de qualquer maneira nunca gostei de professores arrogantes por isso até agradeço que deixes de contribuir para a minha cultura geral. Que faças um uso mais proveitoso do teu tempo neste fórum, além de estar a contribuir para a cultura geral dos ignorantes…Ah…e espero que o teu primeiro post nesta troca de palavras não tenha sido um “sunk cost” :smiley:

PEACE

É verdade que o Tello não deve sair a custo zero mas sinceramente se todos abrirmos os olhos percebemos que este jogador é um menos em todo o plantel que foi dos que valeu mais no futuro recente do Sporting e quanto a isto não há qualquer duvida.

Não estou de acordo com a renovação do contrato porque simplesmente se renovarmos ninguém vai dar um milhão por ele e acabamos por ficar com ele mais uns aninhos o que leva a ter menos uma opcção pois para mim ele é um jogador a menos. Esquerdinos há muitos pelo mundo fora e com certeza se quiserem um esquerdino encontram aos montes,não venham com a conversa de só termos dois quando na realidade temos três contando com o Ronny e se tivermos interessados em mais é apenas uma questão de procurar e com certeza encontrariamos melhor que ele :wink:

Gostem ou não do Tello, a verdade é que ele ao longo das épocas que esteve no SCP, sempre foi chamado por diversos técnicos a actuar, com mais ou menos frequência.

Sempre foi aquele jogador, que quando era preciso remendar, era chamado. Mais, sempre o fez de forma profissional e abnegada e melhor que isso, algumas vezes ( não foram assim tão poucas como isso) contribui para vitórias do SCP ou evitar desaires do nosso clube.

Para além disso é um jogador de 27 anos (em Outubro) que poderá ser útil ao SCP no futuro, quanto mais não seja como moeda de troca por outro jogador.

Por tudo isto e também porque raramente teve oportunidades de jogar na sua posição de raiz, acho que é uma boa medida esta renovação.