Tópico das fraudes, burlas e logros

Eles andam aí. Burlões, vigaristas, trafulhas e aldrabões. Se alguns acabam por ter a sua piada, quer pela criatividade com que enganam as pessoas quer pela inocuidade e puerilidade da trafulhice, outros são verdadeiros parasitas, seres cínicos e autistas sem o mínimo de escrúpulos ou noção do que é viver em sociedade.

Na primeira categoria incluir-se-ia, por exemplo aquele indivíduo que certo dia se fez passar por médico, e a pretexto de um rastreio gratuito do cancro da mama usando uma sofisticada mamografia via satélite, dirigia-se à casa das mulheres e pedia-lhes para se despirem e virarem as mamocas para o céu (porque um satélite tem um raio de cobertura limitado, caramba). Uma refinada táctica para conseguir uns minutos de deleite visual com a peitaça da vizinha. Ninguém se magoou, ninguém perdeu dinheiro, as pessoas ficaram a saber que a tecnologia ainda não chegou tão longe e o caso ainda deu matéria para gargalhada nacional.

Agora, os da segunda categoria, ide para a p*ta que vos pariu.

Exponham neste tópico as fraudes de que já foram alvo. Eu apresento a última que me tentaram impingir, uma subtil derivação/fusão de dois clássico das fraudes, as do “você ganhou o 1º prémio na Lotaria X” e “você herdou uma fortuna da pessoa Y”:

Recebo na semana passada um email de um tal Steve Smith, recém premiado da Lotaria Nacional Britânica com 19 Milhões de libras. O drama do homem: não tem descendentes, está com uma doença terminal, a mulher teve recentemente uma trombose, e…não há lojas no cemitério. Então achou por bem doar todo o dinheiro à caridade. E achou melhor em designar-me a mim, Eddie Verdde, embaixador desta empreitada de distribuir pela caridade 19 Milhões de libras. :dance:

O giro da história: há efectivamente um Steve Smith que ganhou a Lotaria Britânica recentemente e que pouco uso poderá dar ao dinheiro devido ao seu estado de saúde. A notícia foi difundida pelos media e encontra-se online.

Adiante, no fim do email reiterava-me o pedido de ajuda no sentido de distribuir o dinheiro pela caridade (especialmente em África, para combater a pobreza) e concluía pedindo-me o meu contacto telefónico de modo a poder falar comigo pessoalmente. Ora, eu nesse dia estava particularmente bem-disposto, então decidi alinhar na brincadeira a ver onde é que aquilo chegava (mas também porque, lá no fundo, no fundo, precisava de ter a certeza que aquilo era mesmo um logro, devo confessar). Disse-lhe que tinha confirmado a veracidade da história e perguntava-lhe simplesmente como tinha obtido o meu endereço de email.

O email que me foi enviado a seguir, foi muito mais elaborado: já punha o acento correcto no meu nome próprio, fazia descrições detalhadas da sua condição de saúde, fazia referências constantes a Deus, pseudo-filosofava sobre a condição do ser humano e dizia que o próximo passo seria fornecer-me o contacto do seu gestor de conta, de modo a dar início aos trâmites da transferência dos 19 Milhões de Libras para a minha conta. No entanto continuava sem me dizer como tinha obtido o meu endereço de email, embora ressalvasse que tinha rezado muito e feito jejum antes de contactar as pessoas, esperando que o vontade Divina lhe indicasse as pessoas certas. Guess what! Fui eu o escolhido! :dance:

Perguntei-lhe novamente (sempre de forma educada) como é que tinha obtido o meu endereço de email e disse-lhe, por eufemismos, que toda a história cheirava a fraude. No 3º email finalmente dizia que tinha arranjado o meu contacto num “international trade link”, e a tranquilidade e falinhas mansas dos emails anteriores deram lugar a uma espécie de apelo desesperado e meio frustrado, já sem pachorra para conversa fiada, tal era a sede de ir ao pote, tal era a antecipação que o burlão já fazia de ver a burla consumada: de repente o seu estado de saúde tinha-se agravado e o médio proibía-o de falar comigo pessoalmente ao telefone, de repente a mulher, que tinha tido um AVC em Fevereiro, já só tinha uma semana de vida, e de repente já me dava toda a liberdade para negociar com o seu gestor de conta a transferência bancária e pedia-me para entrar em contacto com ele urgentemente para lhe fornecer os dados que ele me pedisse.

Neste ponto já só dava mesmo para rir. Respondi-lhe que teria todo o prazer em encontrar-me pessoalmente com ele e com o seu gestor de conta para discutirmos os detalhes do processo e que, para tal, fizesse uma reserva de avião em meu nome para o aeroporto mais próximo dele e me enviasse o bilhete electrónico por email (não era pelos 1000 dólares da viagem que o fundo para a caridade ia ficar depauperado). Evidentemente, ainda estou à espera de resposta. :slight_smile:

Bem tens uma sorte, com esse dinheiro todo vai la vai ;D
A mim so me aparecem e-mail’s de governo civil do brasil a dizer que ganhei nao sei quanto.
Estes e-mail’s são do piorio e são sempre e-mail’s brasileiros pelo menos a mim. :exclaim:

Humm… lembrei-me do jogo da Roda.

Para quem não sabe o jogo da Roda é um esquema piramidal onde cada interveniente entra com X euros. Baseando-se numa espiral, cada novo membro empurra o mais antigo para o centro, até que ao Yº jogador o 1º vai parar ao centro e arrecada os euros dos outros.

Desse modo, se para entrar na roda são necessários 1000 euros e se ela funcionar até ao 7º, o 1º gajo irá arrecadar 7000 euros (1000 já eram dele), e os outros vão ter que iniciar uma nova roda para pelo menos recuperarem o dinheiro. :lol:

Isto é uma coisa tão idiota que nem sei como o pessoal vai na conversa. Só mesmo na fuçanguice de ganhar tantos euros sem fazer nenhum. :wall:

Engraçado que também me lembrei do mesmo, aliás, antes de abrir este tópico, só pelo assunto do Eddie pensei que era sobre esse jogo.

Nesse jogo até podem ganhar na realidade, conheço algumas pessoas que disseram que já ganharam, no entanto, este jogo é recente, todos ganham, mas há-de chegar o dia em que colapsa e haverá mais gente a perder do que os que ganham. Os que estão a entrar no jogo não pensam nisso, só pensam em ganhar e não nos que vão perder o guito todo.

Alguém se lembra do Joker88, um jogo semelhante que apareceu aqui em Portugal em 1994/95?

Se assumirem que perderam dinheiro, então é que não conseguem mesmo reave-lo.

Não conheço. E na net também não encontrei nada.

Pode ser uma pirâmide ou uma “bolha” mas o esquema é exactamente o mesmo e está longe de ser uma trafulhice. Existem pirâmides de determinado montante [5, 50, 100, 1000] e a única coisa que tu [membro novo] tens de fazer é assegurar-te de que continuam a entrar + membros para ver se consegues chegar ao topo [ou ao centro] e arrecadar todo o dinheiro.

Qualquer pessoa que entra no jogo tem o objectivo de ganhar dinheiro, logo, vão sempre garantir a entrada de + membros novos porque ninguém quer que a pirâmida [ou bolha] pare. Existe sempre alguém que fica a perder quando a pirâmide acabar, uma vez que ela não pode ser eterna. Agora, aproveitando as tuas palavras, só um “idiota” é que sai da pirâmide a fica a perder. :idea:

A Dona Branca também tinha um esquema que não era trafulhice. E estava sustentado nesse mesmo principio de estarem sempre a entrar pessoas novas.
Vê onde ela acabou. :lol:

Eddie, a pergunta que se coloca é: O que é que tomaste/bebeste/fumaste nesse dia para ter a paciência de responder a essas trafulhices? :think:

O que eu costumo receber é emails para comprar acções de uma empresa petrolífera, garantindo mundos e fundos…Mas emails como esse só têm um destino: Reportar SPAM

E aquele dinheiro que está na Nigéria, Zaire, ou sei lá onde, à espera que um gajo mande um fax com os nossos dados para o podermos receber? :lol:

:rotfl: :rotfl: exacto!!!

Tambem ha o 3-card Monte (encontra a rainha), esse com percas menos acentuadas para a “vitima”, mas que e muito comum nos centros de grandes cidades (Barcelona, Londres…):

http://www.metacafe.com/watch/365421/find_the_queen_street_scam_uncovered/

:eh:

:lol: Olha que estava na plena posse das minhas faculdades. Como disse atrás, foi essencialmente a vontade de ver até onde é que aquilo ia e em que consistia a burla. Eu sou um curioso pá :slight_smile:

Quanto aos restantes comentários: penso que realmente os esquemas em pirâmide são proibidos, mas concordo com o barbosa e não acho que seja uma burla, porque as regras do jogo são muito claras e quem tiver dois dedos de testa percebe que tanto pode ganhar como pode perder se entrar no jogo. É apenas uma questão de garantir a entrada contínua de pessoas na estrutura. Claro que o esquema é susceptível de ser viciado, principalmente se quem está na base da pirâmide decidir dar de frosques com o dinheiro, mas actos desonestos desse tipo atravessam todos os sectores da sociedade. Não havendo quadro legal que contemple estes esquemas, é óbvio que não se podem punir os “malandros” da estrutura e portanto é natural que esses esquemas sejam proibidos. O mesmo se aplica ao esquema da Dona Branca. Não é trafulhice, apenas não tem enquadramento legal. De resto, o Estado nunca deixaria que particulares se intrometessem no negócio da Banca e essa é a principal razão porque esses esquemas são proibidos.

De qualquer maneira, eu era incapaz de meter o meu dinheiro em esquemas desses.

O Mega_SCP postou isto ontem no tópico dos vídeos do Youtube. Veio mesmo a calhar:

:lol:

Não percebo nada de leis, códigos penais, etc, por isso estou sem compreender o que queres dizer com “não havendo quadro legal”… é “proibido”???

Gostava que alguém da área de direito, explicasse como é que a lei actua sobre estes esquemas piramidais, e até que ponto é possível alguem ser condenado por promover tal esquema.

Quanto ao video do Mega, já tinha visto. Está altamente, hehehe.

No sentido em que o esquema não está legislado.

Numa das últimas edições do jornal Sol dedicaram 3 ou 4 páginas á “Bola” ou “Bolha” como lhe quiserem chamar e segundo consta tanto a Judiciária como a ASAE já estão atrás destes senhores para ver onde é que isto começa e onde poderá acabar (segundo dizem já se joga em escolas secundárias e afins com apostas baixas, tipo 20€), isto não é de todo legal embora não seja possível fazer grande coisa pois quem se mete neste “jogos” já sabe ao que vai.

Se considerarmos isto um esquema piramidal, então está legislado:

[url]http://www.iapmei.pt/iapmei-leg-03.php?lei=565[/url]
Vê o artigo 27º.

Artigo 27.º Vendas «em cadeia», «em pirâmide» ou de «bola de neve» 1 - É proibido organizar vendas pelo procedimento denominado «em cadeia», «em pirâmide» ou de «bola de neve», bem como participar na sua promoção. 2 - Para efeitos do disposto no número anterior, considera-se venda «em cadeia», «em pirâmide» ou de «bola de neve» o procedimento que consiste em oferecer ao consumidor determinados bens ou serviços fazendo depender o valor de uma prometida redução do seu preço ou a sua gratuitidade do número de clientes ou do volume de vendas que, por sua vez, aquele consiga obter, directa ou indirectamente, para o fornecedor, vendedor, organizador ou terceiro.

Parece-me que o negócio da Herbalife também encaixaria aqui. :think:

Se calhar não me fiz entender bem. O que eu queria dizer com “não havendo quadro legal” era que não há leis que definam as circunstâncias em que esses esquemas podem ser conduzidos, como é feito para os jogos de azar, por exemplo. Se não há leis que, por exemplo, obriguem quem participa nesses esquemas a ter mais de 18 anos, ou obriguem quem promova os esquemas a dar aos participantes conhecimento prévio dos riscos, resta a proibição total e absoluta. Eu sei que há leis que proíbem esses esquemas, simplesmente estávamos a interpretar de maneira diferente a expressão “quadro legal”.

Humm… percebi.

Já agora mais dois tostões para a história da Bolha.
Um link explicativo do esquema:

[url]http://www.biovolts.com/forun/index.php?topic=10162.0[/url]

E um quote a um comentário que eu subscrevo na totalidade:

Eu preocupo-me com isto disse... "Jogo da Bola", "Bolha" ou mais um Esquema Ponzi. Fraude!!! Entre 1996 e 1997 na Albania, ja na altura com graves problemas economicos, sociais etc.,(parecido a Portugal nos dias de hoje), cerca de um sexto da população tinha investido em esquemas de investimento de alto rendimento. A partir do momento em que não havia tantos novos "investidores" como no inicio, o sistema colapsou. Quem o iniciou e todos os "investidores" do topo da piramide sempre lucraram, os mais recentes "investidores" perderam, e isto foi o suficiente para deixar o pais numa crise economica gravissima. Ora, pode-se dizer que este esquema está a medida do Pais que temos hoje; fragil e desesperado. Todos queremos ter uma hipotese de ganhar mais dinheiro. Todos queremos ganhar mais dinheiro, mas isso requer trabalho (leiam Warrem Buffet entre outros. Dinheiro facil, não existe, pelo menos de forma honesta e honrada. Ha isso da honra e honestidade é para tótós, dizem vocês!!! Por isso é que este pais está como está! Mexam-se portugueses, Portugal para a frente. Abraços

Acho que o negócio que estão a falr é o do A-Gel. Eu conheço pessoas que se meteram nisso, mas não sei se estão a ganhar ou a perder. Só sei que a mim não me apanham nisso :whistle: