Rui Pinto

Quilharam-se…

1 Like

Ó Rui…

1 Like

Rui Pinto , o hacker responsável pela criação da plataforma Football Leaks , teceu duras críticas à arbitragem após o polémico embate entre SC Braga e FC Porto , referente à 1ª mão das meias-finais da Taça de Portugal .

Veja também: Após discussão no relvado, Conceição ainda foi ao balneário do SC Braga

" No passado e presente do futebol Português verificamos um conjunto variado de árbitros corruptos, incompetentes ou parciais consoante a cor das camisolas .

Salvaguardados por instituições corporativistas do sector que permitem este estado de coisas, e perpetuam a impunidade ", escreveu na sua conta do Twitter .

Veja também: Conceição para Carvalhal: “11 contra 11 levavas 5 ou 6” (VÍDEO)

Após este tweet o pirata informático foi insultado e ameaçado por um adepto do Benfica e não deixou de responder.

" Seu filho da p*ta. A justiça tarda mas não falha. Tu vais ficar sem essa cabeça se a justiça não funcionar ", escreveu o adepto.

" Se calhar devias dirigir essa raiva para com os dirigentes e ex-funcionários do teu clube que, de acordo com várias noticias vindas a público e processos judiciais em curso, transformaram essa instituição num antro de corrupção e fraude ", respondeu Rui Pinto.

1 Like

Rui Pinto reagiu esta sexta-feira ao Relatório e Contas Consolidado, referente ao primeiro semestre da temporada 2020/21, do FC Porto, documento que os dragões enviaram hoje em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Entre os valores discriminados no documento, o hacker português apontou o dedo ao elevado valor dos encargos adicionais das transferências (2.275.859 euros), como comissões com empresários, em comparação com o custo de aquisição dos atletas envolvidos (3.000.000 euros) - jogadores como Carraça, Malang Sarr, Cláudio Ramos, Nanú, Felipe Anderson e Marko Grujic.

Em publicação feita na rede social ‘Twitter’, Rui Pinto escreveu: “Belas mesadas na rubrica ‘Outros’. São daquelas ‘carraças’ que não desaparecem, se é que me entendem”, pode ler-se.

3 Likes

Zero cobertura da Comunicação Social.

A vergonha do costume.

2 Likes

Muita gente com o rabo entalado, muito dinheiro a circular, muito pouca vergonha.

2 Likes

O mais assustador é que tudo isto mostra que há permissão do poder político e, consequentemente, das autoridades para o tráfico de droga. O buraco em que Portugal se encontra revela-se todos os dias cada vez mais profundo.

3 Likes

Como é obvio.

Os aeroportos como o de Tires não ter qualquer tipo de controlo, só se justifica por ser uma medida do Ministério da Administração Interna. Não querem monitorizar esses pequenos aeroportos, ponto.

Cada vez parece ser mais evidente que o Governo Português está mergulhado no Narcotráfico nacional, à semelhança da Colômbia nos tempos do Escobar.

2 Likes

Nãaaaaaaaaaaaaaa! Isso são tudo “cavalas”. :smirk:

2 Likes
1 Like
2 Likes
1 Like

Num país em que alguns órgãos de comunicação social convidam um advogado de defesa de vários arguidos pelo crime de corrupção, como é Rogério Alves, para dissertar em prime time sobre o tema Corrupção em Portugal, está tudo dito. Qual é a lógica de convidar alguém que lucra com o fenómeno, pelo exercício da sua profissão? Ver alguém que utiliza os “buracos” na lei em seu proveito, para inocentar os seus clientes, a falar na falta de moral e de ética das pessoas que corrompem e das que se deixam corromper é um paradoxo, é uma contradição que só é entendível, porque, em Portugal, os media estão totalmente capturados pelos interesses económicos e pelo poder político.

2 Likes

1 Like

… e que é perseguido em Portugal!