Rui Patrício

Pelo que o Bruno dizia o negócio não avançou na altura porque dos 18 o merdes queria ficar com 6 não era? :think: :think: :think:

Era 7 mesmo.

Errado, a gestifute nunca recebeu nada pela parte que detinha, os jogadores receberam pela parte deles
Não podes unilateralmente decidir que a outra parte deixa de ter direitos…

Enviado do meu SM-J530F através do Tapatalk

Errado, o Sporting aceitou mas depois o Bruno deu uma cambalhota e pediu mais 2M

Enviado do meu SM-J530F através do Tapatalk

O Bruno disse mas todas as partes do negócio ( incluído um administrador do Sporting) têm uma versão diferente

É a cavala

Enviado do meu SM-J530F através do Tapatalk

Com a nova lei da FIFA com a proibição dos TPO deixou de ter com o novo contrato.

Claro que se formos falar a nível ético tinha direito a essa percentagem ainda mas se fosse para defender os interesses até a última não tinha direito, para as partes chegarem a um consenso e para o Sporting ser eticamente correcto e ficar bem na fotografia mas defendendo os seus interesses tinha de ficar com uma parte do bolo dos 4M que já não tinham razão de existir.

Convém lembrar os esquecidos que depois de aceitar e posteriormente recusar a proposta dos 18, o negócio não se fez por 2 milhões (que seriam para minorar o impacto das comissões do JM)! Isto foi antes do jogador bater com a porta, agora numa posição negocial que considero precária para o clube (nada garante vitórias em tribunal, nem que sejam rápidas as decisões), fazer o negócio pelos 18 não me parece nenhum saldo, mais um negócio possível.

Convém lembrar os esquecidos que BdC recusou o negócio porque dos 18M, 7M caberiam à Gestifute pelas exigências desta e que a tx de desconto na antecipação dos valores, o Sporting perderia 2M por comparação com o negócio Nápoles.

Ou seja, dos 18M, o Sporting veria 9M.

Mentira.

Agradeço a correção, apesar da ideia do post não ser posta em causa…

O que está em causa é que BdC, sabendo que teria uma bomba nas mãos na recusa de uma proposta de 18M onde o Sporting veria apenas metade e sob a ameaça do pontapé de saída nas rescisões cujos processos estava convencido que ganhava ( e está claro que estas rescisões não eram “limpas”, que ninguém que se ache livre e com razão para isso, negoceia ), mesmo assim colocou os interesses do clube ou aqueles que achava serem os interesses do clube, em primeiro lugar. Como sempre, não baixando as calças aos interesses de outros.

É isto que vai mudar neste novo Sporting.

Isso mesmo!
E só para esclarecer algumas pessoas:
Não há “passes” de jogadores propriamente ditos, como se fossem “títulos transacionáveis”. As percentagens que se falam é sobre direitos desportivos e estas só rendem se houver transação futura (venda) ou renovação. Se houver novo contrato, substitui-se sempre o anterior e fazem-se as contas do anterior (à data da venda/renovação) para que vigorem, a partir do novo contrato, NOVAS condições, incluindo novos direitos dos intervenientes (que também podem ser outros que não estavam contemplados anteriormente).
Ponto final. Houve renovação, passou a vigorar novo contrato, até porque as partes envolvidas receberam muito dinheiro no âmbito da renovação. Não se pode ter o sol na eira e a chuva no nabal.

Sportinguistas a defender a Merdifute… :lol:

Vamos receber 18M vamos é já a seguir. O caquético já ontem disse, ah e tal são 18M, menos uns trocos. Coisa pouca certamente.

E quando começarem a vender jogadores em packs de 15M de Euromendes, e depois comprar gajos da carteira dele por valores iguais, também vão continuar em negação. Há muita pardalada que ainda hoje é assim, negam até à morte que são uma p*** do Mendes.

Ontem Pedro Sousa disse que depois dos jogadores Adrien e Patricio terem feito um novo contrato com o Sporting essa divida ou comissao deixava de existir dai a recusa de Bruno de Carvalho em lhe dar os 7 milhoes , 4+3 em comissoes .
Isto foi o que eu ouvi !!
Agora vamos todos imaginar que Bruno e assim tao ingenuo …

Não podem ser sportinguistas e defender o mendes. São 2 eventos mutuamente exclusivos. :offtopic:

[facebook]https://www.facebook.com/379050318848791/photos/a.515101231910365.1073741827.379050318848791/1786453668108442/?type=3&theater[/facebook]

Caros Sportinguistas

Após muitos ruídos e acontecimentos de que o Sporting Clube de Portugal e Eu, fomos alvo recentemente, remeti-me ao silêncio… não por ausência de sentimento, nem por falta de argumentos válidos, mas sim, por respeito ao Sporting Clube de Portugal e aos seus adeptos.
Neste momento, já existe espaço para que possa dizer, em linhas breves, aquilo que sinto e o porquê da minha atitude reservada.
Suportei e vivi muitas situações menos positivas, para poder representar o meu clube, dando sempre o máximo de mim e sendo soberana, a minha vontade de honrar a camisola que vestia desde os meus 12 anos, bem como transmitir esses valores para todos os meus colegas, enquanto um dos capitães e um dos jogadores com mais anos de casa desta equipa, que sempre me orgulhou e irá continuar a orgulhar pela sua força e determinação genuínas!
Mas também sou um ser humano… de carne e osso, igual a todos vocês, e por isso tive de tomar uma decisão.
Os motivos que me levaram a sair são hoje conhecidos por todos vós…
São de conhecimento público… as causas descritas na minha rescisão.
Nunca faltei ao respeito a ninguém nem nunca o irei fazer, pois o meu silêncio até hoje, foi exclusivamente por respeito a todos!
Até ao momento da minha rescisão, tinha-se tornado insustentável a minha continuidade, por comprometer a minha produtividade profissional perante o meu Clube, e por essa razão, não estariam jamais, reunidas as condições para exercer a minha atividade profissional no Sporting.
Esta foi a minha casa durante 18 anos, sim a minha casa!
Passei mais tempo no Sporting do que em casa dos meus Pais…
Para além dos meus Pais… Sim foi o Sporting que me formou e me transformou naquilo que sou hoje, não só enquanto Sportinguista, mas também enquanto profissional e ser humano. Foi sem dúvida uma casa que me criou a todos esses níveis!
Seria impossível da minha parte “Virar Costas” ou prejudicar esta grande Família.
Por isso respeito e vou sempre respeitar todas as opiniões por parte dos adeptos, agradecendo todo o apoio que me deram ao longo de todos estes anos… e vou continuar a acompanhar de perto e com o coração, este meu Grande Clube.

Após todos estes anos, esta não era a forma que imaginava de me despedir do meu clube e de todos Vós , mas espero que guardem convosco aquilo que sinto!!! Que sou e sempre serei um Leão!!

Rui Patrício

olhem-me este filho da puta

Rui Patrício escreveu esta quinta-feira uma longa mensagem de despedida aos sportinguistas nas redes sociais na qual sublinha que esta não era a forma que imaginava de se despedir do clube.

(em atualização)

Leia a mensagem na íntegra:

Caros Sportinguistas

Após muitos ruídos e acontecimentos de que o Sporting Clube de Portugal e Eu, fomos alvo recentemente, remeti-me ao silêncio… não por ausência de sentimento, nem por falta de argumentos válidos, mas sim, por respeito ao Sporting Clube de Portugal e aos seus adeptos.
Neste momento, já existe espaço para que possa dizer, em linhas breves, aquilo que sinto e o porquê da minha atitude reservada.
Suportei e vivi muitas situações menos positivas, para poder representar o meu clube, dando sempre o máximo de mim e sendo soberana, a minha vontade de honrar a camisola que vestia desde os meus 12 anos, bem como transmitir esses valores para todos os meus colegas, enquanto um dos capitães e um dos jogadores com mais anos de casa desta equipa, que sempre me orgulhou e irá continuar a orgulhar pela sua força e determinação genuínas!
Mas também sou um ser humano… de carne e osso, igual a todos vocês, e por isso tive de tomar uma decisão.
Os motivos que me levaram a sair são hoje conhecidos por todos vós…
São de conhecimento público… as causas descritas na minha rescisão.
Nunca faltei ao respeito a ninguém nem nunca o irei fazer, pois o meu silêncio até hoje, foi exclusivamente por respeito a todos!
Até ao momento da minha rescisão, tinha-se tornado insustentável a minha continuidade, por comprometer a minha produtividade profissional perante o meu Clube, e por essa razão, não estariam jamais, reunidas as condições para exercer a minha atividade profissional no Sporting.
Esta foi a minha casa durante 18 anos, sim a minha casa!
Passei mais tempo no Sporting do que em casa dos meus Pais…
Para além dos meus Pais… Sim foi o Sporting que me formou e me transformou naquilo que sou hoje, não só enquanto Sportinguista, mas também enquanto profissional e ser humano. Foi sem dúvida uma casa que me criou a todos esses níveis!
Seria impossível da minha parte “Virar Costas” ou prejudicar esta grande Família.
Por isso respeito e vou sempre respeitar todas as opiniões por parte dos adeptos, agradecendo todo o apoio que me deram ao longo de todos estes anos… e vou continuar a acompanhar de perto e com o coração, este meu Grande Clube.

Após todos estes anos, esta não era a forma que imaginava de me despedir do meu clube e de todos Vós , mas espero que guardem convosco aquilo que sinto!!! Que sou e sempre serei um Leão!!

Não dá vontade de insultar este grande filho da puta?