Ricardo Esgaio

Relógio :switzerland:

1 Curtiu

Da sempre horas á hora certa e nem adianta nem atrasa ! É isso ? :joy::rofl::joy:

Ali a central não, como diz o forista @Ravanelli a ala a defender já é o que é onde a sua velocidade de perna curta e dificuldade de defender em movimento deixa já um pouco a desejar… a central com menos um palmo que os restantes e sem saber que terrenos deve exatamente pisar vai atrasar mais do que adiantar.

Para suplente do porro e fazer um bom par de jogos a titular na liga tugão dá mais do que isso é viajar…

Ricardo ganha duelo de Esgaios

Ambos foram titulares

Num sempre especial duelo de irmãos, Ricardo Esgaio bateu o mano Tiago pela segunda vez na carreira profissional. Ambos foram titulares, num duelo em que o sportinguista desempatou o histórico de triunfos a seu favor. Até ontem, ambos tinham uma vitória cada: Tiago tinha batido Ricardo num Belenenses SAD-Sp. Braga (2-1) na época anterior, enquanto o antigo jogador dos minhotos tinha ajudado os bracarenses a vencerem os lisboetas em 2019/20 por claros 7-1. Pelo meio tinham-se verificados mais dois empates, com agora Ricardo Esgaio a ganhar ascendente sobre o irmão.

Esteve mal no golo do Arouca, o Bukia passou por ele de trotinete

1 Curtiu

“Falhou” no lance do golo, mas tirando isso teve mal apesar de nao ter sido um jogo exigente defensivamente? Eu acho q não.

Anormal era o Bukia não passar por ele em velocidade, não acho que tenha sido ele o causador golo culpo muito mais o inicio onde ficou tudo a dormir do que o Esgaio.

Tanto Esgaio, como Matheus Reis a centrais…são dois grandes erros do Mister Rúben.

Mister please…menos sff!

Até o Ugarte joga muito mais a central do que o Esgaio…esta mais que provado que o Sporting, para a Europa tem 2 centrais: Inácio e Coates e para POrtugal tem 3…acrescenta se o Feddal ( pelos lances que ganha na area e dão golos).

A sua polivalência é um bom trunfo para o plantel mas acredito que deva treinar a ala direito 75 % das vezes e treinar á esquerda ou no meio só em fases das lesões dos seus companheiros.

Fez a posição fez com algumas abordagens mais ou menos conseguidas onde não borou a pintura mas também não acrescentou muito ao jogo.

Este tipo de adaptação pressupõe que o lateral a defender mais ao centro tenha duas coisas fundamentais (passe e velocidade para recuperar bolas nas costas) , no passe está bem mas é só certinho, na velocidade… é o que sabemos, perna curta e se for mais de 10 metros fica para trás.

Por outro lado na defesa posicional e jogo aereo perdemos bastante pois não tem altura nem manha de defesa a disputar os lances e fica meio perdido se joga na antecipação, se marca zona ou procura homem a homem.

Nuno mendes por exemplo era um bom defesa também e alem da velocidade sabia marcar e disputar a bola com adversário direto

A ala podemos contar com ele e ele de certeza que irá agradecer :wink:

Facil…é mais que fraco a central. A lateral cumpre e bem.

Nunca pode ser aposta a central…é um erro crasso!

Mal no golo do Arouca, abordou o lance de uma forma amadora. Ali não podia ter tentado partir para cima do Bukia, tinha que fazer contenção e fechar a linha de cruzamento.

De resto, fez uma exibição razoável.

O golo, muito mais que culpa dele, e culpa do GR…

O Adán fez uma defesa espectacular no lance do golo deles. Evitou um golo feito. Entrou depois, mas se não fosse aquela defesa impossível tinha entrado logo no cabecamento.

O homem defendeu isto, um cabeceamento de um gajo completamente sozinho na pequena área.

1 Curtiu

Também pode-se ver o contrário ( esse jogador deu uma há lá “Paulinho” )

Bem, mas isso é problema deles, aqui o que estava em causa era uma suposta culpa do Adán.

Vendo o lance à primeira vista até pode parecer que é o Adán que faz uma má saída e mete a bola no gajo que marcou o golo, mas não. Há um remate na pequena área, na cara dele e o gajo defende esse remate.

1 Curtiu

Ou então pegamos no bom e juntamos ao agradável e vemos que tanto o avançado dele não é uma espigarda a nivel de cabeçamento ( não é um Slimani ) e o Adán teve uma grande interveção defeitousa ( por exemplo aqueles lances clássicos do GR defender para a frente cheio de jogadores dentro baliza ) .

Um remate à queima em que ele se atira para cobrir o remate do avançado quando ainda nem sabe para onde a bola vai, nem tem tempo para isso, nem sequer pode “escolher” para onde a bola vai a seguir.

Para mim é uma defesaça, e muito bom GR que conheço tinha comido o golo logo ali no primeiro remate. Mas pronto, isto é a minha humilde opinião. :smiley:

1 Curtiu

É um ponto de vista válido, também já vi muito GR mediocre ( não é o caso ) a fazer grandes defesas deste tipo porque é puramente puro instinto humano, mas são ambas opiniões válidas.

O REFORÇO MAIS UTILIZADO POR RÚBEN AMORIM

SPORTING 10:08

Foi um dos primeiros jogadores sugeridos por Rúben Amorim à administração do Sporting, em março de 2020, chegou apenas no último mercado de verão. Ricardo Esgaio custou 5,5 milhões de euros aos leões, por 80 por cento do passe - o Sporting manteve os restantes 20 por cento quando cedeu o lateral-direito formado em Alvalade ao SC Braga -, valor que gerou críticas e alguma desconfiança, sobretudo depois de uma temporada onde o Sporting, campeão nacional, havia encontrado um titular indiscutível na lateral direita: Pedro Porro, espanhol cedido pelo Manchester City e que se prepara, a breve prazo, para ser leão a título definitivo.

A ideia de Rúben Amorim, porém, era outra. Além de pretender dois jogadores de qualidade inquestionável nas duas alas, sobretudo pelo esquema tático preferencial - Porro e Esgaio na direita e, no início da época, Nuno Mendes e Rúben Vinagre (empréstimo com cláusula de compra obrigatória, ao Wolverhampton, de 10 milhões de euros no final da época) na esquerda - o treinador dos leões, que já havia trabalhado com Ricardo Esgaio no SC Braga, viu no defesa de 28 anos a polivalência necessária para desempenhar, sem percalços, todas as funções defensivas dentro do 3x4x3 desenhado pelo técnico leonino.

E, ao cabo de 11 jogos oficiais, os números dão razão a Rúben Amorim e demonstram, de facto, a polivalência de Ricardo Esgaio e a sua crescente importância no Sporting, tanto ao nível da utilização como de influência no grupo.

Contas feitas, Ricardo Esgaio foi utilizado em todos os jogos oficiais do Sporting esta época, seis vezes a titular e cinco a sair do banco, sendo o oitavo jogador com mais minutos do plantel e, de longe, o reforço com mais tempo de jogo.

«COM O MISTER AMORIM NÃO DÁ PARA FACILITAR»

SPORTING 09:56

Ricardo Esgaio foi um dos porta-vozes do Sporting numa semana em que o clube prepara o jogo da Taça de Portugal frente ao Belenenses.

De resto, a equipa vai voltar a entrar num ciclo em que joga de três em três dias, com Liga dos Campeões a voltar. «A equipa está bem, deu para recuperar. Agora vamos defrontar o Belenenses e a equipa está bem», referiu, sublinhando que o Sporting se foca apenas nos próprios resultados:

«Sabemos os nossos objetivos, é jogo a jogo, ganhar sempre o próximo. Não estamos focados nos resultados dos nossos adversários.»

Jogar a central: «Tenho-me sentido bem, todos me conhecem e sabem que jogo em qualquer posição para ajudar a equipa, tento dar o meu melhor.»

Treinos sem internacionais e paragem para as seleções: «Com o mister Amorim não dá para facilitar. Apesar de não haver competição não deixa que se relaxe, gosta de manter intensidade. Agora voltamos com motivação em alta e índices físicos bons.»

Regresso de Pedro Gonçalves: «Sabemos que é um jogador que faz a diferença, que faz golos, mas equipa tem estado bem. Por vezes ganhamos pela margem mínima, mas as equipas jogam de maneira diferente quando nos defrontam, criam dificuldades. A equipa precisa dos jogadores todos, o Pedro é mais valia e precisamos dele quando estiver pronto.»

O que espera da Taça com o Belenenses/como está o Sporting neste regresso ao clube: «É para ganhar, temos de passar. Já saí há 4 anos, o grupo está diferente, mas todos a trabalhar para o mesmo.»

Regresso do público: «Tem sido fantástico o ambiente e o apoio impressionante. Por exemplo com o Arouca, mesmo à chuva apoiaram a equipa para a vitória. Tem sido muito importante mesmo, que estejam sempre connosco.»