Questões à "tribuna" Leonina

Questões

[size=12pt][b]1
Acha que o técnico Paulo Bento deve continuar à frente da equipa do Sporting, após a contestação de que foi alvo no final do encontro com Leiria?

2
Atendendo às dificuldades que a equipa tem evidenciado até ao momento na temporada considera que o Sporting deve reforçar a sua equipa profissional de futebol em Janeiro?[/b][/size]

Bessone de Basto
“Apostar nos jovens”

1 Paulo Bento tem de continuar. Ele não desaprendeu de um dia para o outro o que sabe. O Sporting já jogou muito bem com Paulo Bento a comandar a equipa. Está a fazer uma renovação e a apostar nos jovens.
2 Quem não tem dinheiro não tem vícios. O Sporting devia apostar na prata da casa e colocar os jogadores que lá estão a correr mais. Têm de dar o litro e serem bons profissionais. Temos jogadores com valor emprestados.

Carlos Sequeira
"Confiança Tota
l"

1 Neste momento Paulo Bento merece a minha total confiança. É uma fase negativa, mas não é trocando de treinador que os problemas se resolvem. É uma pessoa honesta e trabalhadora que serve muito bem o Sporting.
2 O plantel é reduzido para as quatro frentes. As lesões de Derlei, Pedro Silva e até do Had, no início, foram e são condicionadoras. Se houver condições a SAD pode contratar jogadores que sejam mais-valias.

Eduardo Barroso
“Temos tido azar”

1 Acho que Paulo Bento deve continuar à frente da equipa de futebol. Os resultados não devem ser limitativos nesse aspecto. Quando Alex Ferguson chegou ao Manchester United esteve seis anos sem ganhar…
2 Acho que os problemas nada têm que ver com o plantel e a sua constituição. Estamos numa fase má e tivemos azar em vários jogos, como foi o caso frente ao Leixões. Mas deixo isso ao critério da equipa técnica.

José Bernardes Dinis
“Ir ao Mercado”

1 Acho que sim. É um treinador jovem e ambicioso que precisa de muito apoio. O Conselho Directivo tem sido excepcional. Paulo Bento merece o apoio incondicional de todos para que o clube dê a volta a esta situação.
2 O Sporting tem de ir ao mercado e os jogadores têm de ser mais-valias para o grupo. Já temos bons técnicos e boas condições de trabalho, faltam mais e melhores jogadores. É imprescindível ir ao mercado em Janeiro.

José Sousa Cintra
“Plantel é jovem”

1 Deve continuar e não é altura para mudar. É um treinador de carácter, jovem e que sabe conduzir homens. As coisas não têm estado a correr bem, mas com paciência a situação vai mudar.
2 O plantel é jovem e de qualidade. Existem jogadores de grande valor. Primeiro é preciso olhar para a prata da casa e depois ver o que se pode ir buscar lá fora. Temos a melhor escola do mundo.

José Vicente Moura
“Reforçar a equipa”

1 Penso que Paulo Bento ainda tem condições para continuar, mas o espaço de manobra está a estreitar-se com o passar do tempo.
2 Gostava que houvesse capacidade económica para que tal acontecesse. Como adepto, era bom que o Sporting contratasse jogadores, mas temos de ser responsáveis e ter em conta as finanças. Acho que era importante reforçar a equipa e avaliar se todos os jogadores que lá estão têm condições para ficar.

Romeu Branco
“Técnico dedicado”

1 Deve continuar. Não são meia-dúzia de situações desagradáveis que devem interferir nisso. Paulo Bento não pode ser acusado se não tem um naipe de jogadores de qualidade. Demonstrou a sua dedicação ao clube ao dizer, por exemplo, que saía sem levar um tostão.
2 É necessário ter opções de qualidade no banco dos suplentes para enfrentar todas as frentes em que o Sporting está. São precisas mais opções válidas.

Rui Oliveira e Costa
“Sem loucuras”

1 Acho que deve continuar e a sua saída seria mais um problema no meio de outros que já existem. O principal é a pouca qualidade que a equipa tem demonstrado na Liga, já que na Champions tem jogado bem. A concentração dos jogadores tem sido maior na Europa.
2 Penso que sim, mas sem loucuras. Há sectores que necessitam de um reforço e julgo que poderia haver um esforço financeiro para contratar mais dois ou três jogadores.

Em - ojogo.pt

Ainda querem ter “notáveis” para nos ajudar no Novo Projecto?

Neste fórum leio coisas melhores!

Está tudo acomodado… espalhou-se a ideia do clube pobrezinho e que não pode investir nem lutar por grandes coisas e que o importa é sermos honestos bla bla bla

eu nao penso assim… acho que existe uma estrategia para tornar o Sporting no maior clube portugues a nível desportivo e financeiro… essa estrategia passa por um periodo de constrangimento financeiro de modo a nos livrarmos do pagamento de juros aos bancos… nesse periodo a vertente desportiva é passada para 2º plano interessando apenas a vertente financeira…

a medio /longo prazo nao acredito que o " clube pobrezinho e que não pode investir nem lutar por grandes coisas e que o importa é sermos honestos " seja o objectivo do “projecto”…

mas será este o unico caminho?.. existe alternativa?..

Não vejo que seja essa a estratégia… a estratégia é não gastarmos mais do que temos…os outros continuarão a gastar e a crescer…

Um ex. se por acaso vier cá parar o mundial de clubes, não vamos ser nós a participar, provavelmente será o FCP e só ao participar embolsará milhões…

outro ex. com a queda do ranking qualquer dia teremos só uma equipa na champions, alguém acredita que será o SCP?

Era bom não era…

Esta tribuna tem que se lhe diga… é a tribuna voz do dono, assim as respostas saem naturais. Comento algumas.

Bessone de Basto 1 Paulo Bento tem de continuar. Ele não desaprendeu de um dia para o outro o que sabe. O Sporting já jogou muito bem com Paulo Bento a comandar a equipa. Está a fazer uma renovação e a apostar nos jovens.

Jogou muito bem quando? O único jogo onde me recordo poder dizer “sim senhor, exibição de mão cheia” com Paulo Bento foi… o segundo, na luz, ainda a pegar no comando. A partir daí podem dizer que Bento foi regular, certinho e que sobretudo na primeira época completa manteve uma produtividade em pontos boa para o plantel que tinha, mas “jogar muito bem” é algo que não me recordo de ver mais com bento a mandar. Jogou-ze “benzoca” por vezes, não mais que isso. Nesse domínio mesmo com todo o clima de guerra interna vi o mísero Peseiro meter o Sporting a jogar bastante bem muito mais vezes que o Jaime Pacheco do séc. XXI.

2 Quem não tem dinheiro não tem vícios. O Sporting devia apostar na prata da casa e colocar os jogadores que lá estão a correr mais. Têm de dar o litro e serem bons profissionais. Temos jogadores com valor emprestados.

O velho mito de que para contratar bom é preciso estoirar dinheiro. Quem não tem dinheiro não contrata é Purovics caro Bessone.

1 Neste momento Paulo Bento merece a minha total confiança. É uma fase negativa, mas não é trocando de treinador que os problemas se resolvem. É uma pessoa honesta e trabalhadora que serve muito bem o Sporting.
2 O plantel é reduzido para as quatro frentes. As lesões de Derlei, Pedro Silva e até do Had, no início, foram e são condicionadoras. Se houver condições a SAD pode contratar jogadores que sejam mais-valias.

[b]Eduardo Barroso "Temos tido azar"[/b]

Ora aqui está o típico adepto do Sporting. Esta frase é lendária, ouço-a há décadas. É genial :slight_smile:

Quando Alex Ferguson chegou ao Manchester United esteve seis anos sem ganhar...

Fantástico, ainda há humor entre os adeptos, ao menos isso. Comparar a seca de Fergunson, que já era campeão europeu quando foi para Manchester e sugerir que devemos ter a mesma paciência com o sargentão em formação ou é comédia ou é ignorância futebolística. Apetece perguntar ao Doutor Barroso se viu Fergunson nessa fase fazer uma substituição, papar 2 golos de rajada e anular a substituição novamente e se isso é indício que o sargentão está a evoluir.

2 Acho que os problemas nada têm que ver com o plantel e a sua constituição. Estamos numa fase má e tivemos azar em vários jogos, como foi o caso frente ao Leixões. Mas deixo isso ao critério da equipa técnica.

Mais nada… é azar. Já comentado anteriormente :).

[b]José Bernardes Dinis "Ir ao Mercado"[/b] 2 O Sporting tem de ir ao mercado e os jogadores têm de ser mais-valias para o grupo. Já temos bons técnicos e boas condições de trabalho, faltam mais e melhores jogadores. É imprescindível ir ao mercado em Janeiro.

Pois é José mas… você tem visto ao longo dos anos no que é que resulta o nosso gestor de activos ir ao mercado em Janeiro não tem? Se esse mercado já é complicado per si, que dizer quando é farejado por incompetentes? Então, ainda acredita no Pai Natal?

[b]José Sousa Cintra "Plantel é jovem"[/b] 1 Deve continuar e não é altura para mudar. É um treinador de carácter, jovem e que sabe conduzir homens. As coisas não têm estado a correr bem, mas com paciência a situação vai mudar.

Ó cintra… eu até simpatizo contigo pá mas… tu a falares do que é uma boa altura para mudar é para rir não é? :). Mas eu até concordo, agora não é altura para mudar a não ser que seja para mudar TUDO.

[b]José Vicente Moura "Reforçar a equipa" [/b] 1 Penso que Paulo Bento ainda tem condições para continuar, mas o espaço de manobra está a estreitar-se com o passar do tempo.

Tem de vir o homem dos olímpicos para dizer a coisa como ela é.

2 Gostava que houvesse capacidade económica para que tal acontecesse. Como adepto, era bom que o Sporting contratasse jogadores, mas temos de ser responsáveis e ter em conta as finanças. Acho que era importante reforçar a equipa e avaliar se todos os jogadores que lá estão têm condições para ficar.

Correcto mas… isso devia até ter acontecido era no defeso não?

[b]Romeu Branco "Técnico dedicado"[/b]

1 Deve continuar. Não são meia-dúzia de situações desagradáveis que devem interferir nisso. Paulo Bento não pode ser acusado se não tem um naipe de jogadores de qualidade. Demonstrou a sua dedicação ao clube ao dizer, por exemplo, que saía sem levar um tostão.

Não deve ser acusado? Ó Romeu andas desatento homem. o mister gabou-se desde o início de subscrever por inteiro as aquisições. Meia dúzia de situações desagradáveis? Ó Romeu… já nem meia duzia de pontos são quanto mais meia dúzia de situações desagradáveis… a situação está desagradável há muito tempo ou o novo Jaime já ganhou algum título de campeão apesar de já lá estar há quase dois anos?

[b] Rui Oliveira e Costa "Sem loucuras"[/b] 1 Acho que deve continuar e a sua saída seria mais um problema no meio de outros que já existem. O principal é a pouca qualidade que a equipa tem demonstrado na Liga, já que na Champions tem jogado bem. A concentração dos jogadores tem sido maior na Europa.

E quem é que na estrutura é responsável pela concentração dos jogadores antes dos jogos Sondagens?

Enfim… são sempre os mesmos carolas ouvidos… mas é bom que oiçam estes carolas para os sportinguistas mais insatisfeitos mas que ainda acreditam no Pai Natal perceberem em que clube estão, qual a linha de pensamento vigente: a da comiseração e do conformismo, do azar, da malapata e da belenização.

ja nao me lembro ver uma bola parada, em que se olhe e veja que houve trabalho de casa… cantos ou livres… nunca dao em nada. Nem nos penaltys nos safamos

Estrategia engraçada essa de tornar o Sporting o melhor a nivel desportivo, que passa por acabar com quase todas as modalidades mais representativas do clube…

erro meu… desculpa… queria dizer a nivel de futebol…

“Bla, bla, bla”? Porquê, não importa?

E então? Há alternativa? Nós em nossas casas temos alguma alternativa a “não gastar mais do que temos”? Porque é que com um clube de futebol há-de ser diferente?

Ah pronto, sendo assim, acho que estamos no bom caminho…

Concordo plenamente que esse é o caminho que vinha sendo percorrido e que - claro! - não deve ser alterado devido aos resultados desportivos. A ideia é precisamente que a estratégia do clube não esteja dependente da bola que bate na trave.

Se há alternativa? O que é impressionante nos últimos anos do Sporting é como não aparecem vozes (sem ser aqui no fórum… ;D) a contestar esse caminho. A galeria de notáveis acima é mais um exemplo: em vários (incluindo ex-dirigentes) não há um que critique ou proponha alternativas.

Para mim este unanimismo pode ter duas explicações:

  1. A explicação conspirativa: ninguém ataca a cadeira do poder porque ela neste momento não é atractiva, que será decerto a explicação preferida aqui do fórum;
  2. A explicação real: ninguém propõe um caminho alternativo porque… ele não existe.

Às vezes a realidade é assim crua. Temos que lidar com ela da melhor forma possível.

Claro que existe, e essa treta que o projecto vendeu já está mais que batida, a começar pelo facto de que o prazo (2005) para o fim desse constrangimento já há muito que está batido. Notas:

1 - já fizeste as contas a quantas décadas de “constrangimento” terias de suportar até este terminar?
2 - diz-me um clube (com excepção talvez do Lyon) que atinja objectivos desportivos regulares, que esteja na alta rodal totalmente liberto de encargos naturais a quem investe para colher.
3 - onde estão as provas dessa estratégia? Relê o que prometeu Soares Franco nas eleições, o que afirmou em seguida, sobre investimento e prioridade para o futebol, com números (mal somados é certo) e diz-me onde é que recentemente alguém disse aos sportinguistas que teriam de aguentar mais umas décadas de miséria antes de sonharem com um mísero título de campeão deste campeonato da treta.

Claro que existe alternativa.
A alternativa, que já referi, foi a que por exemplo o Porto seguiu quando esteve 3 atípicos anos sem ganhar campeonatos: mesmo em crise contratou quem sabia (mourinho, esteve à mercê nessa altura de qualquer um dos grandes, o mais sabido levou-o), investiu mas com cabeça nessa época (contratou vários jogadores mas sem entrar em loucuras posteriormente vividas nesse clube) e colheu os frutos, ao ponto de poder até ter tido uma época 3 anos depois em que quase deitou tudo a perder e mesmo assim se ter reerguido tal o balanço desportivo e financeiro que ganhou nessa retoma.

O caminho só pode ser este, não existem exemplos de mais nenhum. É semelhante ao que percorreu o Lyon, que nunca tinha ganho nada: produzir bem em casa, rodear o que se produz em casa com boas aquisições não necessariamente caras, sem prometer aos adeptos quimeras de que nunca se venderá nada, mas é diferente vender um jogador feito com 20 e tal anos e que já deu alguma coisa ao clube e que não se importa de se manter mais uns anos porque sabe que só melhora o seu CV e o seu mercado por 30 milhões do que vender putos acabados de desmamar que naturalmente encontram pouca motivação para se manterem num clube onde além de ganharem menos não ganham nada pela envolvência derrotista em que trabalham.

É isto que me custa que ninguém perceba. Não é com discursos bebidos ou com mini aumentos que se seguram putos bons… é com uma dinâmica positiva de conquista. Um puto com cabeça não se importa de ficar mais 1 ou 2 anos do que o normal se sentir que está num clube que, mesmo pagando-lhe um pouco menos, lhe dá títulos, competitividade, bom ambiente e exposição. Já um puto melhor do que é normal naturalmente quererá fugir de um clube onde ganhando menos, vive um ambiente depressivo, onde não ganha nada a não ser taças da treta e onde ainda por cima o metem a jogar com cepos contratados sabe-se lá porque critérios e que possivelmente ganham mais do que ele sem que se perceba bem porquê.

Há alternativa? Há. É fazer o trabalho em condições.

em principio, e segundo palavras do fsf é possivel chegar a um passivo de 150 milhoes de euros em pouco tempo e este é ponto em que se pode começar a investir pois pode-se renegociar a divida e aliviar os juros (pelo menos é o que eu percebo do “projecto”…)

neste momento pagam-se cerca de 10 milhoes de euros todos anos só em juros e a ideia é passar este valor para metade o que liberta cerca de 5 milhoes de euros a mais todos os anos para o orçamento… a mim parece-me que a estrategia é esta…

quanto ao fc porto do mourinho acho que é um erro procurar comparacoes… o que aconteceu no porto foi uma excepcao, um acontecimento altamente improvavel… nao procurem essa solucao para o Sporting porque isso nunca irá acontecer… ou pelo menos estrategicamente pensado… é fruto do acaso ou da sorte ou de o arbitro ter marcado um livre no ultimo minuto do manchester-fc porto…

a estrategia tem de ser pensada para ser logica, para ser provavel e o que aconteceu com o porto do mourinho nao foi nada disso…

concordo…

é uma das razoes que me levam a pôr em causa o projecto…

Volto à carga, Paulo:

Diz-me lá onde é que vês sinais de investimento até 2010? Estamos a falar de uma projeccão efectuada pelo mandato de FSF, ou seja, que em princípio já tem em conta as vendas de património.

mas eu nao disse que ia ser antes de 2010…

disse que supostamente seria para chegar aos 150 milhoes de passivo nos proximos anos e que só a partir daí seria feito um investimento serio no futebol…

ja agora informa-me acerca do quadro… de que ano é a tabela e a que anos correspondem as colunas?

Já expliquei isto em outros tópicos: as empresas não crescem diminuindo os seus activos para pagar contar. Para crescer investe-se. O caminho a seguir para acabar com esses juros seria o de criar receitas superiores ao juro. Já dei vários exemplos disto.
Quando não tivermos juros E não tivermos equipa, como vai ser? Contrai-se um empréstimo para comprar jogadores?

eu tambem defendo isso e acho que é um ponto importante sobre o qual se pode criticar ou pelo menos questionar a actual gestão…

no fundo existem duas posicoes:

1-prioridade ao abate do passivo para investir com maior segurança

2-investir na equipa e ir controlando o passivo de modo a que este nao cresça e com o objectivo de criar maiores receitas

a alternativa 1 apresenta maior segurança pois parte-se de uma posicao financeira consolidada sendo que o risco associado ao investimento nao poe em causa a sobrevivencia do clube…
contudo o periodo de nao investimento pode trazer mazelas irrecuperaveis para o clube como a perda de posiçao no futebol portugues, desmotivaçao dos socios, quebra de receitas de publicidade , pouca atractividade para jovens jogadores, pouca capacidade de valorizar os jovens jogadores etc, o que pode levar a que esse periodo de nao investimento dure mais que o previsto (devido á quebra nas receitas)

a alternativa 2 apresenta a meu ver maior risco… parte-se de uma posiçao instavel financeiramente em que um investimento errado pode pôr em causa o clube… deixa o clube mais dependente da bola entrar ou ir ao poste… existe maneira de controlar o risco que passa pela competencia das pessoas responsaveis pelo futebol… agora adquirir essas competencias é mais um golpe de sorte… pode calhar um mourinho ou um luis campos da gestao do futebol…