Portugal: O País que Somos

-Uma adolescente de 16 anos pode fazer livremente um aborto mas não pode pôr um piercing.

  • Um jovem de 18 anos recebe 200 do Estado para não trabalhar; um idoso recebe de reforma 236 depois de toda uma vida do trabalho.

-Um marido oferece um anel à sua mulher e tem de declarar a doação ao fisco.

-O mesmo fisco penhora indevidamente o salário de um trabalhador e demora 3 anos a corrigir o erro.

-Nas zonas mais problemáticas das áreas urbanas existe 1 polícia para cada 2 000 habitantes; o Governo diz que não precisa de mais polícias.

-Um professor é sovado por um aluno e o Governo diz que a culpa á das causas sociais.

  • O café da esquina fechou porque não tinha WC para homens, mulheres e empregados. No Fórum Montijo a WC da Pizza Hut fica a 100mts e não tem local para lavar mãos.

  • O governo incentiva as pessoas a procurarem energias alternativas ao petróleo e depois multa quem coloca óleo vegetal nos carros porque não paga ISP (Imposto sobre produtos petrolíferos).

  • Nas prisões é distribuído gratuitamente seringas por causa do HIV, mas é proibido consumir droga nas prisões!

  • No exame final de 12º ano és apanhado a copiar chumbas o ano, o primeiro-ministro fez o exame de inglês técnico em casa e mandou por faxe e é engenheiro.

  • Um jovem de 14 mata um adulto, não tem idade para ir a tribunal. Um jovem de 15 leva um chapada do pai, por ter roubado dinheiro para droga, é violência doméstica!

  • Uma família a quem a casa ruiu e não tem dinheiro para comprar outra, o estado não tem dinheiro para fazer uma nova, tem de viver conforme podem. 6 presos que mataram e violaram idosos vivem numa sela de 4 e sem wc privado, não estão a viver condignamente e associação de direitos humanos faz queixa ao tribunal europeu.

  • Militares que combateram em África a mando do governo da época na defesa de território nacional não lhes é reconhecido nenhuma causa nem direito de guerra, mas o primeiro-ministro elogia as tropas que estão em defesa da pátria no KOSOVO, AFEGANISTÃO E IRAQUE.

  • Começas a descontar em Janeiro o IRS e só vais receber o excesso em Agosto do ano que vem, não pagas as finanças a tempo e horas passado um dia já estas a pagar juros.

  • Fechas a janela da tua varanda e estas a fazer uma obra ilegal, constrói-se um bairro de lata e ninguém vê.

  • Se o teu filho não tem cabeça para a escola e com 14 anos o pões a trabalhar contigo num oficio respeitável, é exploração do trabalho infantil, se és artista e o teu filho com 7 anos participa em gravações de telenovelas 8 horas por dia ou mais, a criança tem muito talento, sai ao pai ou à mãe!

-Numa farmacia pagas 0.50€ por uma seringa que se usa para dar um medicamento a uma criança. Se fosse drogado, não pagava nada!

Obrigada Portugal. Estamos orgulhosos.

Gostei das observações.

So gostava de falar sobre este:

  • Um jovem de 14 mata um adulto, não tem idade para ir a tribunal. Um jovem de 15 leva um chapada do pai, por ter roubado dinheiro para droga, é violência doméstica!

É verdade que se pode duvidar sobre a serenidade para este tipo de problemas, quando se trata de diferença de idades 14 / 15 anos. Isto porque há que ter um limite de idade para levar um jovem a tribunal. Como exemplo lógico dou-te este: Aos 18 anos, uma pessoa atinge a maturidade e pode reger-se em qualquer negócio sozinho, assumindo as suas responsabilidades, etc. Bom aqui também poderiamos nos perguntar. Porque não aos 17 ? Ou porque não aos 19 ?
Outro exemplo disso, a questão do aborto. 10 semanas. Mas porquê 10 semanas exactas ? E se a mulher quiser abortar 1 dia depois ? (não estando aqui a questão de dizer ou não se sou a favor da despenalização do aborto)

Acho que se trata sobretudo de se impor um limite legal quando se trata de idades.

Mas isto não quer dizer que ache muito duvidoso quanto se trata destes problemas.

Bom se isto é um tópico para apontarmos as falhas do nosso rico país, então vamos ter um tópico para fazer concorrencia ao numero de paginas do Stojkovic e do Moutinho.

Antes deste tópico começar a descambar, deixo aqui, para reflectirmos um pouco, uma citação de (olha nem de propósito :lol:) um Leão:

“Toda a gente pensa em mudar o Mundo, mas ninguém pensa em mudar-se a si próprio”

  • Leão Tolstoi

Amen e siga o baile.

Bem, mas se não impões uma idade, tens de fazer uma avaliação (que é muito subjectiva) da capacidade e moralidade de cada um. Acho que a confusão ainda seria maior

Exactamente. A ideia da idade é mesmo impedir avaliações subjectivas. Era essa a ideia que queria mostrar.

Quando disse que acho duvidoso em alguns desses casos, foi mais referente à questão do aborto, o facto de imporem 10 semanas exactas, sem sequer mais um dia. Questiono-me até que ponto eles conseguem impor esse limite de modo objectivo.

  • Para fazer o último lanço da CRIL expropria-se terrenos e casas de quem sempre lá viveu encarecendo a obra , mesmo que o futuro traçado seja completamente aos esses , e havendo um terreno livre a Quinta da Falagueira onde o traçado seria mais linear , este terreno entretanto já está comprometido nos corredores sombrios do poder pelos interesses imobiliários.

  • Exigem-se medalhas aos atletas que participam de quatro em quatro anos nos Jogos Olímpicos , mas durante esse intervalo só o futebol interessa neste país e que não ganha nada a nível internacional.

  • Dá-se casas a estrangeiros em bairos sociais enquanto os “nativos” têm que recorrer ao crédito de habitação ou alugar uma casa aos preços de mercado.

  • Perseguem-se os ciganos que andam a vender roupa contra-feita (ilegal) nas feiras , mas ninguem controla os ilegais que andam por aí.

  • Muitos participam no Dia Europeu Sem Carros para promoverem um melhor ambiente mas no resto do ano já podem poluír à vontade.

-Muitos para partciparem nestes dias sem carros e nas provas como as de bicicletas que se realizou em Lisboa e no Porto , vão de longe de Carro para os eventos , no evento Bike Tour (não sei se é este o nome ao certo) , foram x camiões Tir a transportar as bicicletas adicionando mais gazes efeitos de estufa para promover um evento em favor do ambiente.

  • A ASAE anda em cima de quem faz o queijinho e o docinho da terra , mas não fiscaliza se alguns ingredientes que vêm em alguns produtos são OGM`s ou não.

hehehe… se fizesse uma lista deste tipo aqui para a Suécia, passava as 30 páginas com toda a certeza :mrgreen:

Ok, não tinha percebido a tua opinião através do teu comentário… :great:

Em relação à questão do aborto, é verdade que, em termos de feto, não existe diferenças praticamente nenhumas de 10 semanas exactas para 10 semanas e um dia. Não sei até que ponto conseguem garantir com exactidão qual foi o dia exacto da “brincadeira” (acho inclusive que é impossível)

Este tópico resulta de um mail que recebi e que copiei para aqui, já que levanta alguns pontos interessantes. Não me revejo em tudo o que está escrito, mas existem questões que me obrigam a concluir existir alguma falta de coerência de quem manda. No entanto este tópico não foi criado para dizer mal de Portugal, país que é o meu com orguho apesar de todas as falhas e problemas que reconhecidamente por cá existem.

Dos vários pontos levantados, existem alguns que considero irrelevantes outros ( três ou quatro ) que para mim são graves ou no minimo merecem reflexão:

  • Uma adolescente de 16 anos pode fazer livremente um aborto mas não pode pôr um piercing.

A IVG é legal por isso não se coloca a questão. Os nossos legisladores acham que uma adoleceste tem capacidade para decidir se quer interromper uma gravidez, mas já não tem capacidade para decidir se pode colocar um brinco no nariz ou no umbigo!!! Algo me escapa nesta questão…

  • Nas prisões é distribuído gratuitamente seringas por causa do HIV, mas é proibido consumir droga nas prisões!

Esta é outra que me faz uma confusão imensa. O tráfico de droga é probido por lei. Aliás muitos dos nossos presos, foram condenados por tráfico. Dentro de uma prisão aplica-se, acho eu, a lei geral do estado, logo consumir, ou traficar droga é proibido. Os presos não tem contacto com exterior, excepto quando tem visitas. As visitas são revistadas, e os sacos e malas que transportam também. Como é que aparece droga dentro das Prisões ? Se um preso pedir uma seriga a um guarda prisional para se injectar, não seria obrigação desse guarda apreender a droga ? Não será esta lei completamente hipocrita ? Pune-se alguem por consumir ou traficar e depois enquanto se cumpre pena, o estado patrocina a infração à lei, a quem antes tinha punido…

  • Um jovem de 18 anos recebe 200 do Estado para não trabalhar; um idoso recebe de reforma 236 depois de toda uma vida do trabalho.

Esta é polémica, porque levava-nos a uma discusão sobre imigração, bairros sociais, integração, etc… Mas não deixa de ser obsceno as reformas que se pagam a quem trabalhou toda uma vida, ao mesmo tempo que se paga a quem não quer trabalhar.

  • Se o teu filho não tem cabeça para a escola e com 14 anos o pões a trabalhar contigo num oficio respeitável, é exploração do trabalho infantil, se és artista e o teu filho com 7 anos participa em gravações de telenovelas 8 horas por dia ou mais, a criança tem muito talento, sai ao pai ou à mãe!

Nem é preciso ir para as novelas. Basta pensar no futebol… transferir miudos de 13 e 14 anos por quantias obscenas não deveria também ser proibido? Qual a diferença entre um pai a quem lhe oferecem milhares de euros para o seu filho ir com 15 anos para a Academia do Chelsea, para um Pai que coloca o filho de 16 a ajudá-lo no Café da familia, durante os meses das férias de verão ? O pai do craque fica rico. O pai do puto do café se lhe aparece a ASAE está desgraçado…

Para não falar que cada feto tem um desenvolvimento relativamente diferente consoante imensas variantes de mãe para mãe.

A sério??? Sempre pensei que os países nórdicos fossem bem mais organizados nestes aspectos.

E quem diz a Suécia, diz a Finlândia:

http://www.youtube.com/watch?v=ATXV3DzKv68

E por aí fora.

“Isto só em Portugal”. ::slight_smile:

São melhor organizados em muita coisa, mas têm os seus podres, as suas incongruências e incoerências. Quando se diz que em Portugal é do terceiro mundo por todas essas coisas que estão na lista, isso é verdade… mas também não é menos verdade que os outros países como a Suécia são igualmente terceiro-mundistas, sob essa persepectiva. ;D

Tens a certeza de que não é necessário um tutor / encarregado de educacão para ser tomada uma decisão destas? Os médicos podem levar em conta a vontade de alguém com 16 anos sem consultar um maior de idade responsável pelo indivíduo? (não conheco a lei, estou apenas a perguntar)

Vou procurar.

  • Portugal através da Cooperação dá ajudas a Angola , dando mostras de se preocupar mais com os angolanos do que a elite dirigente e corrupta desse país , e havendo cá quem precise.

  • Portugal anda a enviar polícia e GNR em missões internacionais , faltando recursos e polícias nas ruas de cá.

http://www.juntospelavida.org/legislacao.html

0 consentimento é prestado:

Em documento assinado pela mulher grávida ou a seu rogo e, sempre que possível, com a antecedência mínima de 3 dias relativamente a data da intervenção; ou

No caso de a mulher grávida ser menor de 16 anos ou psiquicamente incapaz, respectiva e sucessivamente, conforme os casos, pelo representante legal, por ascendente ou descendente ou, na sua falta, por quaisquer parentes da linha colateral.

Obrigado kitty. Parece que a idade limite são então os 16 anos.

Portugal, essa província espanhola, onde acontece de tudo, onde não há leis, onde não há justiça, onde não há integridade, onde não há… nada.

  • Tribunais atulhados, mas com férias judiciais.

  • Listas de espera nos Hospitais que dá para se morrer de velhice antes de morrer de doença.

  • Trabalhadores por conta de outrém pagam impostos e têm as suas finanças escrutinadas, os trabalhadores por conta própria, declaram ordenados mínimos (indo mesmo alguns à televisão mostrar as suas declarações) e vivem à grande, com carros de luxo, vivendas e viagens.

  • Cidadão comum para constrir casa, tem que obedecer a um sem número de regras e obrigações, as obras camarárias e do Estado são feitas sem rei nem roque, mostrando cada aberração.

  • Um clube de futebol é penalizado com a subtracção de 6 pontos, por ter utilizado um jogador mal inscrito, mesmo quando foi a própria federação a aceitar a inscrição, exactamente a mesma penalização que outro clube tem por ter sido corrupto nos últimos 20 anos… :whistle:

Desculpem lá, mas tinha que meter esta >:(