Pedro de la Vega (Lanús) - O Jogo

“Espero que no Sporting o aproveitem, vão ter ali um talento tremendo”

Extremo de 31 anos que é o ídolo de “um dos valores mais promissores do futebol argentino” deixa o cartão de visita de De La Vega: “Joga pela esquerda, direita, meio, é rápido e muito forte no um para um”.

Pedro De La Vega marca, por estes dias, a atualidade leonina. O extremo de 18 anos do Lanús tem Alvalade no horizonte, na reabertura do mercado de transferências em janeiro, mediante a decisiva intervenção de Jorge Mendes, conforme já demos conta, e O JOGO foi à procura de quem pudesse apresentar aos seus leitores o potencial reforço dos leões logo a abrir 2020.

Lautaro Acosta, capitão de De La Vega no Lanús, aceitou o desafio e traçou o perfil de um jogador com um “potencial incrível” e que tem o que muitos não têm e "não se compra na mercearia: atrevimento.

“O Pedro é um extremo esquerdo que também pode jogar a partir da direita. Além disso, em alguma ocasiões jogou como médio-ofensivo, a dez, atrás do José Sand e mostrou que o pode fazer com qualidade. É jovem, tem de aprender, mas sem dúvida que é um talento com um potencial incrível”, começa por referir Lautaro Acosta, antes de perspetivar: “Vão levar um dos valores mais promissores do futebol argentino se concretizarem a transferência. Vamos sentir a sua falta.”

“É um jogador rápido, muito forte no um para um e sobre a bola. Apesar da sua altura [1,72m], sabe cabecear bem e é forte no jogo aéreo, pela forma como se posiciona e aborda os lances”, prossegue Lautaro. “Estamos a ver a sua evolução, é um miúdo, esteve bastante tempo na seleção sub-20 e agora está a jogar e a somar minutos. Chegou à equipa principal com apenas 17 anos e, mesmo em situações desportivas complicadas, nunca virou a cara”, verifica o capitão do Lanús, que deseja o melhor ao seu “afilhado”: “Quando o conheci, disse-me que eu era o seu ídolo, e vejam onde ele está agora, prestes a ir para a Europa. Espero que no Sporting o aproveitem, porque vão ter ali um talento tremendo por muito tempo.”

“Na sua estreia contra o Racing, perguntaram-me por ele e disse: “Temos que ir com calma, vai afirmar-se aos poucos”. Foi o que fizemos no plantel, é um miúdo muito respeitador, com muita vontade de aprender, pergunta muito e copia, observa e coloca a sua marca pessoal”, aponta Lautaro, traçando um paralelismo consigo próprio: “Cheguei a ir para a Europa muito jovem e não vinguei por várias razões. Espero que com ele seja diferente, porque lhe desejo o melhor.” “É atrevido e isso não se compra na mercearia. Ou se tem, ou não se tem - e ele tem”, remata Lautaro.

O Jogo

Atrevimento tem o Jovane.
Potencial tem o Joelson, Plata ou Bruno Tavares.
Falta de noção tem esta estrutura.

1 Like

Nem 100 mil euros quanto +

Mais um puto com algum potencial mas mais verde que a nossa camisola. E destes já temos. O que é necessário são reforços para entrar logo no XI e fazer alguma diferença.

Depois, para que jovens para desenvolver se hoje a nossa capacidade para potenciar e desenvolver é zero? Construir a casa pelo tecto são realmente fortes. Preocupem-se com as fundações.

Apostar nos nossos putos não, que não estão preparados e é muito cedo.

Dar 12 milhões por um puto suplente do Lanus já vai…

1 Like

E precisar do Mendes para o ir buscar…

Quanto sobra para o frederici?

Lá vai o dinheiro do Matheus voar para um puto da liga argentina que ainda não deu dois toques na bola.

Espero bem que isto não seja verdade. Seria mau demais vender o Matheus por 10M e ir buscar este por 12M.

Calma que para a semana já é 12m por 70 ou 80% do passe… :smirk:

Quando derem por ela afinal só ficamos com 30% do passe, o resto é para o Mendes.

Optimista! :stuck_out_tongue_winking_eye:

Eu jogo FM. Quem é este gajo?

1 Like

Há um miúdo que joga no Independiente igualmente muito bom. Rápido, atrevido, com técnica, enorme margem de progressão.

Acho que valeria a pena o esforço. Chama-se Joelson “La Serpiente” Fernandez.

4 Likes

Para mim o problema não está na idade nem pelo facto de vir tapar miúdos. Seja nesta ou noutra posição. É certo que temos o Joelson, o Plata e o Bruno mas se aparecer um jovem extremo talentoso e a quem se veja qualidade, o facto de termos dentro de portas qualidade não significa que em caso de bom negócio, não se avance.

Para mim o maior problema aqui é que acho que este jogador é ainda uma total incógnita. Tens uns flashes, umas jogadas fixes para vídeos de highlights, é rápido mas ainda está tão mas tão verde. Até para o próprio Lanus. Acresce a isto o facto de ser um hype argentino que faz disparar o preço e estar num país onde se negoceia com o clube mas depois se negoceiam as comissões e os impostos à parte.

Sinceramente não ia por aqui.

Se é para procurar por extremos teenagers, preferia mil vezes o Adam Hlozek, que joga na Europa e tem sido associado a clubes da Premier por valores abaixo destes tais 12M que se falam para o De La Vega. E seria um passo muito mais sólido para o jogador que ainda não está preparado para a liga inglea. Mas cheira-me que esse vem para cá mas para outro lado.

4 Likes

Mete o Bruno Tavares, Joelson e Quaresma na América do Sul que o Sporting paga uns milhões para os ir buscar.

2 Likes

Concordo com tudo mas essa expectativa do Adam Hlozek abaixo dos 12 milhões parece-me demasiado optimista. Claro que mais depressa dava 50 milhões pelo miúdo checo do que 5 milhões pelo puto argentino. Mas não me parece que o Adam saia abaixo dos 20 milhões.

O Adam Hlozek não é para o nosso bico.

Tem Red Bull escrito na testa. Seja para Leipzig, seja para Salzburgo.

vejam pelo lado positivo…temos um Zorro na equipa!!
mas estas negociacoes ja nao surpreendem ninguem…alguem “manipula” o Doc e o diretor desportivo, até eu o conseguiria pra depois vender a mercadoria de marca prestigiada Wang para todas as posicoes

Ainda há-de vir para o futuro Red Bull Campo Grande…

2 Likes

Já o disse.
Mais depressa vem o José Veiga para a estrutura, que este Ponde Chaby de La Vega.