Novos Equipamentos - Hands on e informações úteis

Já tenho as duas camisolas, impressões:

- Camisola “principal” -

  • a questão dos logos fica melhor ao vivo que nas fotos
  • o corte da camisola é de facto engraçado, o colarinho está bem conseguido.
  • o tecido é duvidoso, faz lembrar o tecido das imitações de feira.
  • pior que o tecido é a estampagem das listas verdes e do “espírito santo”, com um ligeiro degradée típico da estampagem mal feita ou de baixa qualidade.
  • o logo PT estraga um pouco mas a camisola mantém o impacto positivo transmitido sobretudo pelas listas mais largas e o colarinho clássico.

- “Stromp” -

  • mto bonito embora mal pareça um equipamento, vai ser realmente diferente.
  • nota negativa apenas para o emblema, rodeado de um tecido preto brilhante um pouco foleiro, devia ser algo mais mate, aliás pq o centro do símbolo, o leão ppmente dito está mto bom.
  • Infelizmente confirma-se: o calção deste equipamento vai ser inexplicavelmente branco. O calção até seria engraçado em preto, pois para a versão branca foi feito um calção com o símbolo antigo idêntico ao da camisola Stromp. Que bem ficaria se o calção preto fosse idêntico… os que estavam na loja são idênticos aos do ano passado infelizmente.

Nota final: parecem-me melhores equipamentos que o ano passado e os melhores equipamentos de “centenário” cá da nossa superliga, no entanto estiveram a um pequeno passo da excelência, não atingida por pormenores ridículos de tão fáceis que eram de corrigir.

Outras informações úteis:

  • quem fizer questão de ter camisolas com números e nomes esqueça. Mais uma vez o marketing deu show, faz-se um lançamento dos equipamentos a um terço de gás, sem equipamentos de guarda-redes, sem camisolas com espaço para número e nome e sem lettering para quem quisesse ir escolhendo nome e número em vez de levar camisolas com nomes e números do plantel. Até podem estampar números e letras do ano passado, mas as camisolas que lá estão são das que ainda não estão preparadas para levar a estampagem.

  • Para as meninas existe agora um top stromp, além dos anteriores às riscas

Mauras,

O Fundo negro onde assenta o emblema, parece um bolso, e era um bolso originalmente, apenas pretende seguir o original.

Em relaçao aos calções, é pena, mas o facto é que a primeira forma do “Stromp” é mesmo com calções brancos, mais uma vez seguiram o original.

Já agora, confirma-se segundo o site as meias pretas para o Stromp, e completamente verdes para o listado…

Em relação ao resto que falas, é a costumeira parvoice da Reebok, mas nada de desespero, segundo o que sei, na proxima época será Puma, a ver vamos o que fazem…

Incy, não critico a imitação do bolso, isso está correcto, o que critico é o tipo de tecido: é uma espécie de nylon brilhante, dificilmente o original seria assim, certamente seria um tecido qq mate e baço, aliás pq como a maioria sabe o primeiro equipamento do Sporting era feito de algodão e… tecido de mesa de snooker.

Quanto ao calção é possível que assim seja mas tenho muitas fotos dos primeiros tempos do Sporting em que o calção e meias que surgem são pretos… penso que no imaginário dos Sportinguistas é esse o verdadeiro equipamento stromp… por vezes não é preciso levar tão longe a exactidão e corresponder melhor às expectativas dos adeptos, sobretudo qd o objetivo é vender e bem… senão até faziam os equipamentos no tal tecido de snooker :).

Quanto às meias lá estavam, são todas verdes (para o equipamento principal) e pretas para o stromp.

PS - Isso da Puma a ser verdade deixa-me mto contente. Os equipamentos Puma são muito bons em termos de design e acabamentos. Para quem gosta de equipamentos larilas e modernos é reparar nos do guimarães… a Kappa já os tinha feito simples e bonitos a época passada, os desta época são ainda mais engraçados apesar de simples.

Pois, como dizes Mauras, o imaginario da Stromp é com calcoes pretos, mas a verdade é que os historicos sao brancos!!!

Tal como as meias verdes no equipamento do rugby!!!

E as meias são verdes porque é uma replica da equipa de 64. Tal como o equipamento do GR todo preto (ou verde-escuro, ainda não percebi bem).
Mauras, eu sou dos que gosto dos “equipamentos larilas”. E acho os do guimarães bastante bonitos. Oxalá para o ano os nossos tenham o mesmo tecido.

off topic.
Mauraas, segundo a tua assinatura estiveste a um pequeno passo de ser milionário :slight_smile: .
é muito azar ter uma chave dessas.

Se os equipamentos seguem os originais nao tenho nada a dizer :smiley:

PS: Quanto a essa dos equipamentos larilas, so espero que seja mentira, nao estou sequer a imaginar aquilo em Alvalade :shock: Simplesmente mau demais :roll:

Cativo,

é a moda mas não só. A Kappa inventou mas quase todos estão a imitar: equipamentos justos. Além de serem mais confortáveis e permitirem uma mais rápida “limpeza do suor” são muito úteis numa questão: são mais difíceis de agarrar e quando são agarrados o árbitro nota com maior facilidade.

PS - RAF não me digas nada :). Não fiquei muito chateado mas ainda pensei 2 vezes no “what could have been”. Ainda tive outro boletim onde me saiu 2 números e 2 estrelas outra vez, é o que dá jogar na “máquina”, a máquina repete mtos números, quando tens a sorte de acertar em alguns é garantido vários prémios. As 12 biscas estiveram perto paciência :)… eu que já pensava em reforços para o Sporting :).

Cativo,

é a moda mas não só. A Kappa inventou mas quase todos estão a imitar: equipamentos justos. Além de serem mais confortáveis e permitirem uma mais rápida “limpeza do suor” são muito úteis numa questão: são mais difíceis de agarrar e quando são agarrados o árbitro nota com maior facilidade.

PS - RAF não me digas nada :). Não fiquei muito chateado mas ainda pensei 2 vezes no “what could have been”. Ainda tive outro boletim onde me saiu 2 números e 2 estrelas outra vez, é o que dá jogar na “máquina”, a máquina repete mtos números, quando tens a sorte de acertar em alguns é garantido vários prémios. As 12 biscas estiveram perto paciência :)… eu que já pensava em reforços para o Sporting :).

Mauras eu sei que todos temos gostos diferentes, mas eu simplesmente nao consigo imaginar o rochemback com esse equipamento :lol:

Eu acho que o efeito é bom em equipamentos lisos, e acho que no nosso Stromp era capaz de ficar bem, agora em camisolas listadas tenho as minhas duvidas…mas como a reebok e tao mazinha era questao de esperimentar e logo se via. Pior nao seria certamente :smiley:

Por acaso gosto dos equipamentos “larilas”, creio que serao mais confortaveis para jogar e como disse o Mauras é mais dificil o agarranço!!

Por outro lado ficam melhor com os tipicos calções italianos, tipo cuecas dos anos 50, o que se torna pior pq mais facil de agarrar.

Mas gostaria de ver outra marca a produzir os equipamentos, de preferencia a Umbro.

Mauras eu sei que todos temos gostos diferentes, mas eu simplesmente nao consigo imaginar o rochemback com esse equipamento :lol:

Acabaste de dar outra razão pela qual esse tipo de equipamentos é útil. :slight_smile: Teria sido insustentável Rochemback manter o pneu caso o Sporting utilizasse esse tipo de equipamentos, seria a galhofa generalizada obrigando jogador e Sporting a fazer alguma coisa para levar o gordo ao peso profissional :).

Além de anti agarrão os equipamentos larilas são anti gordo :).

Além de anti agarrão os equipamentos larilas são anti gordo :).

:evil: :evil: :evil: :oops: :oops:

Além de anti agarrão os equipamentos larilas são anti gordo :).

:evil: :evil: :evil: :oops: :oops:

:mrgreen: :mrgreen:

Eu sabia que o incy ia espernear :).

Aqui estão elas :

Ainda não vi ao vivo, mas mesmo assim aqui vai a minha opinião:

Principal:

Globalmente até gosto, e penso que é a primeira vez que o digo de uma camisola listada da Reebok.

Agrada-me a recuperação das riscas mais largas e o design do colarinho. Saúda-se a fidelidade ao equipamento de 64, embora gostasse de ver no Centenário uma camisola com cordões (e só podia ser a listada, porque historicamente não existiu equipamento “Stromp” com cordões).

Por outro lado, a integridade histórica impede a Reebok de entrar naquelas invenções que deitam sempre tudo a perder, como as riscas pretas no meio do verde (02/03) ou a faixa preta debaixo do sovaco (04/05).

Um pormenor que me deixa dúvidas é o “expositor de emblemas”. Penso que teria sido possível encontrar uma solução mais original, e tenho grandes dúvidas que os dois primeiros emblemas tivessem a tonalidade fluorescente que aparentam nesta camisola. Preferia ter apenas um emblema colocado no centro da camisola, o utilizado em 64, e os restantes numa faixa nos calções ou algo do género.

A propósito, vi os calções de relance na reportagem do jantar do Centenário, e gostei. Pretos, simples, embora o corte não me pareça fiel ao original de 64. A rever.

O grande problema deste equipamento parece-me ser, naturalmente, o logo e as cores da PT. A sorte grande sairá a quem conseguir arranjar uma camisola das competições europeias, que deverá estar bastante mais equilibrada.

Stromp:

Gosto muito da camisola. Está muito fiel ao original, embora o “bolso” devesse estar mais abaixo.

Como já foi dito, o botão em vez dos cordões é uma opção historicamente correcta. Não tenho registos de camisolas “Stromp” com cordões.

Penso que o conjunto perderá com a utilização dos calções brancos. Sem querer duvidar das vossas fontes, a verdade é que nos muitos livros que tenho sobre a história do Sporting existe uma única foto da camisola “Stromp” com calções brancos, e por sinal data de 1923.

Acresce que o equipamento deve ao seu nome fundamentalmente à foto de Francisco Stromp que o Juba ostenta no avatar (o modelo actual é praticamente uma cópia), e nessa ele está de calções e meias pretas. No imaginário sportinguista é essa a versão correcta e ponto final.

Presumo que a opção pelo branco seja mais logística do que histórica. Se jogasse de calção preto com o Stromp o Sporting teria apenas dois equipamentos de camisola verde e branca e calção preto, o que seria complicado contra determinadas equipas.

GR:

Gosto muito de ambas, principalmente da preta. Tinha graça se os GR também tivessem luvas “à antiga”, imitando o couro castanho usado por Azevedo ou Carvalho. O conjunto ficaria engraçado.

Dúvida:

E grande: as costas. Teremos uma enorme extensão ocupada pelo BES, e deixada pura e simplesmente em branco nas competições europeias?

Teremos o lettering foleiro do costume? Teremos letras pretas no Stromp, completamente ilegíveis sobre o verde escuro?

Teremos números “à moderna”, com logos da Reebok incrustados?

Da Reebok espero sempre o pior…

Conclusão:

Apesar de apreciar alguns pormenores, também penso que se perdeu uma oportunidade para fazer algo verdadeiramente marcante.

E acho inconcebível que, entre tanta camisola, não haja uma única a homenagear os Cinco Violinos e a época áurea do nosso Clube. E que linda seria uma réplica desta:

E que bonita seria essa camisola…

Concordo com a tua avaliação FLL. Apenas queria reiterar mais uma vez a falta de qualidade dos tecidos reebok, nitidamente tecido de feira. Mal vesti a camisola senti logo uma costura a dar o track do costume… Comparem a qualidade do tecido da Reebok com os tecidos da Nike, Puma e até mesmo Adidas… nada a haver.

Quanto à Stromp de facto é bonita mas que raio… fica aquele feeling que podia ter sido ainda mais impressionante, sobretudo quando vista de perto.

Uma dúvida: como vamos resolver situações de “kit klash” com clubes que tenham equipamentos verde e brancos (ex. Setúbal)? Não me parece que a solução stromp cubra todas as soluções.

E relativamente ao equipamento principal? Tinha ficado com a impressão que este ano ia ser o stromp o principal, pelas notícias do início do centenário, mas só acredito vendo… levamos a tanga ou vai mesmo ser assim?

PS - se alguém encontrar fotos decentes dos equipamentos indique plz. É incrível ver a falta de cuidado do Sporting, têm por objectivo vender camisolas e colocam no site 4 fotos ridículas, com uma falta de qualidade inaceitável.

Ainda não vi os equipamentos ao vivo e confesso que estou bastante curiosa. :wink:
Parecem-me bastante bonitos, quer o Stromp, quer o listado. A camisola Stromp mais parece um formal pólo do que propriamente um equipamento desportivo. Gosto da camisola, a ideia do calção branco é que não me agrada lá muito…
A listada também me parece bonita. A ideia da colocação de todos os símbolos do clube parece-me boa e adequada, mas esteticamente não sei se resultará muito bem. :?: A ver.
Quanto às camisolas dos guarda redes, aparentemente gosto muito da principal e desaprovo a alternativa apenas por uma questão de gosto pessoal, porque eu não gosto nada de amarelo, muito menos assim tão vivo. Além disso, eu associo o uso de camisolas amarelas a guarda-redes de outros clubes, como os nossos sabujos vizinhos. :evil:
Ainda assim, acho que estes são os equipamentos mais bem conseguidos por parte da Reebok. Espero que esses rumores de mudança de marca se confirmem e que brevememente o clube opte pela Puma ou pela Kappa.

Parece que vai sair uma edição limitada, com a camisola listada, mas sem qualquer patrocinio. E eu que já comprei a que tem o patrocinio…
Na volta compro, mas a versão manga comprida.
Se alguém souber os preços, é favor de comunicar.

Parece que vai sair uma edição limitada, com a camisola listada, mas sem qualquer patrocinio. E eu que já comprei a que tem o patrocinio... Na volta compro, mas a versão manga comprida. Se alguém souber os preços, é favor de comunicar.
65€

Oferta de portes para Portugal, até 31 de julho.

http://www.sporting.pt/