Mulher belga conduz por erro até à Croácia

Felizmente ja usei muitas vezes o GPS do Iphone aqui na Bélgica e nunca me deu indicações erradas…

Oh wait, aquele dia ^-^

:mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

Já fui dar uma voltas parvas à conta do GPS, mas atravessar meia Europa que me lembre não. :think:

Um certo dia, na Croácia, o GPS Tom-Tom dum colega meu dava menos uma hora de viagem que o meu Navigon para a mesma viagem de 300 kms. Decisão fácil, seguimos o GPS dele. Lá vamos nós, 4 pessoas num VW Polo, virados a um parque natural, numa estrada de alcatrão com largura apenas para uma viatura… volta e meia acabava o alcatrão, normal na Croácia, mas 200/300 metros adiante recomeçava.

Seguimos, seguimos, sempre em frente, até nos enbrenharmos bem no meio do parque natural, até porque não conhecíamos o caminho… a meio do parque a estrada ainda estreita mais, começa a ser completamente gravilha e vão-se sucedendo, estranhamente, sinais de trânsito no meio da floresta…

… javalis? Soft…

… ursos? FDX, queres ver?.. tranquem as portas do carro…

… minas? Mas, minas, tipo “minas-bum”? Mas há dessa m£rda na Europa? Queres ver que eu fico aqui hoje?.. ó mãezinha, tirem-me deste filme… :wall:

Só vos digo, se eu não borrei a cueca naquele dia, então posso esperar ter uma velhice condigna porque não volta a haver um momento tão oportuno…

Quando finalmente saímos do meio da floresta, a coisa não melhorou, as casas tinham todas um aspecto similar a isto…

Quando chegámos à costa, há 1 hora que ninguém falava e parecíamos todos zombies, tal era a falta de cor na cara de cada um… PQP, que susto…

É por isso que, depois de atravessar um campo de minas numa floresta com ursos, só me dá vontade de rir quando alguém diz “ah e tal, o meu GPS enganou-se e andei mais N quilómetros”… são uns meninos… :whistle:

Claramente peta. Ninguém é estúpido o suficiente para fazer isto por engano.

Referes-te à belga ou ao Juziel? :twisted:

True story bro, e tenho testemunhas. E se tivesse chegado a borrar as cuecas, era homem para mostrar as provas circunstanciais… :lol:

Isto tem uma explicação simples: depois de estar no meio da floresta e andar nos rodados dos tractores (notava-se que passavam pelo menos tractores naquelas zonas, havia marcas das rodas…), quem é que arrisca tirar o carro do meio dos rodados e fazer uma inversão de marcha numa zona que não está calcada? :inde:

Com todo o receio das minas, ao meio da estrada não deveriam existir minas, por a estrada estar calcada, mas o problema seria sempre se aparecesse um carro de frente e ter que fazer manobras em zona suspeita…

Para piorar, ainda fizemos esses quilómetros todos sem rede de telemóvel… se houvesse alguma avaria com o carro, era sair dali a pé…
^-^

Enquadramento:
Tínhamos ido visitar os Lagos Plitvice (nota: vale bem a pena), mas não sabíamos que estávamos tão perto da fronteira com a ex-Jugoslávia (hoje, aquela zona é a Bósnia, mas a independência da Croácia e da Bósnia têm períodos diferentes, a da Croácia dá-se primeiro, numa altura em que a Bósnia ainda pertencia à jJugoslávia e até foi nesse parque que tiveram lugar os primeiros incidentes separatistas, coisa que só descobri depois). Quando cheguei a Portugal é que li umas tretas acerca disso e me apercebi onde tinha andado…

Mulheres :rotfl:

@juziel
:o

:rotfl: A mim a única coisa que me aconteceu foi andar perdido durante umas 2 horas em Marrocos neste verão, mas felizmente não fui parar à Argélia :mrgreen:


Juziel se tivesse na tua pele tinha-me borrado todo :o

Houve uma altura em que pensei se não me estavam a ajustar o banco, parece que a posição de condução estava a ficar mais elevada… :rotfl:

Agora dá vontade de rir, mas juro que nunca tive a adrenalina tão a topo… ???

Bem que cena a história do Juziel :xock:

Eu nessa situação devia ser uma coisa esperta :rotfl:

A minha patroa é que teve uma reacção “à boss”…

Eu quando conzudo raramente presto atenção aos sinais, às vezes até os semáforos me escapam… vou sempre concentrado nos outros carros e estrada e perco visão lateral…

Naquele dia já íamos aflitos porque já há alguns 30/40 quilómetros que era só andar no meio do pinhal, em estrada de gravilha, e não havia jeitos de chegar a nenhuma povoação…

Éramos 4 no carro e as ervas e raízes no meio do caminho já roçavam na parte do baixo do VW. Eu, qual Futre, “concentradíssimo”. Apareciam sinais no meio da floresta mas eu não via nada…

Nisto, vira-se a prima da minha mulher para ela:

  • Olha lá, tu viste aquele sinal a dizer “Cuidado Minas”?
  • Eu não, estava aonde?
  • Ali atrás, não estás a ver aquela placa de costas? Era ali…

A minha patroa, like a boss:

  • Ah. 'Tá bem…

… e vira-se para o outro lado do carro…

(3 segundos em silêncio e finalmente cai-lhe a ficha…)

  • Minas?, mas minas quê? “minas-minas-bum”?

:rotfl:

:lol: :lol:

Uma salva de palmas para a tua esposa :clap:

Eu era mais :

" Mas isto tem minas :xock: … PIP … vamos todos com o PIP … ai mãe falta-me o ar … PIP que pariu isto …"

É que nem me perguntavam se ia bater em alguém ou desmaiar , o pânico ia mostrar por si :lol:

Ainda pessoal diz que se borrava todo … quem me dera a mim só me borrar , nada que umas luvas de borracha , água , sabonete e uma hora de banho não resolve-se :lol:

Ao princípio ela julgou que a prima lhe estava a falar de minas tipo minas de carvão ou outra coisa qualquer, só depois é que caiu na real e, claro, passou-se… :lol:

A tua reacção foi a minha, só que eu comecei logo pelo cenário mais negro: “ai FDX, tanto sítio para morrer e há-de ser aqui no meio desta porra… piso uma mina, vamos todos com o c@r@lho, chegam os ursos e comem o que restar… tou lixado, se eu morro aqui no meio disto, ninguém sabe, a minha morte nem chega a ser notícia e só daqui a uns meses é que enterram uma urna vazia com uma foto minha por cima…” ^-^

:smiley: >:D >:D

Entrámos todos em pânico, mas depois saiu-me um berro a mandar calar tudo (saiu mesmo, foi tão instintivo que ficou tudo num silêncio sepulcral…), lá se calaram e concordámos que se não aparecesse ninguém em sentido contrário, passando sempre no meio da estrada, não devia haver problema. E assim foi. Com calma, lá nos safámos…
Mas claro, sempre de coração nas mãos, sempre a rezar para o Polo aguentar as pancadas nas raízes aqui e ali e sempre a rezar para apanhar rede de telemóvel assim que possível…

PS: isto é uma história de um tipo que nem sequer é nada aventureiro. Devido à criminalidade e ao medo da mesma, passar férias no Brasil ou México, para mim, é muita fruta… agora vejam a ironia numa situação destas… :wall:

Isto é uma história do camandro … não queria ter estado na tua pele …

É pá , mas a cena de " vamos morrer os ursos vão comer os nossos restos mortais " :lol:

Mas digo deve ter sido uma sensação de pânico …

@ juziel

saindo de plitvice e ir parar a bihac é mais comum do que imaginas… :-[ :rotfl: :rotfl: :rotfl:

aconteceu-me algo semelhante (não cheguei a entrar na bónia)… e tudo porque pensei á lá GL “eu estou certo! o gps e a namorada que vai com o mapa ao colo estão errados!”…

:arrow: :arrow: :arrow:

Acredita quem quiser… ou então a senhora tem Alzheimer, coitada… mas sendo assim, como se lembrou do número de telefone para ligar para casa? Há aqui alguma coisa que não bate…

Eu não sei por onde andei… sei de onde saí e sei (agora não, mas logo posso confirmar…) onde apareci, mas no meu caso foi para o lado da costa, Senj se não estou enganado…

Os GPS, além das opções “Evitar Auto-Estradas” e “Evitar Portagens”, claramente precisam de uma opção “Evitar Campos de Minas”…
:lol:
:think:
:wall:

Já lá passei. Quando a patroa vai de mapa ao colo e diz que é para a esquerda e o GPS diz que é para a direita, manda SEMPRE a patroa. Segues o GPS e dá raia, é certo e sabido que depois ninguém a atura, vale mais fazer 50 quilómetros e deixá-la gabar-se que é um ás na cartografia…
:rotfl:

PS: ela que nem sonhe que eu escrevi isto… dá direito, no mínimo, a quarentena… :mrgreen:

Espero que o sofá aí de casa seja confortável :mrgreen:

Ah tu fizete plivtice - senj… eu ia mesmo na direcção da bosnia!

sim, senj é na costa… acabei por não parar lá (no regresso fui a Rijeka entrando novamente na eslovenia para regressar a itália).

bela passeata então a tua pelo interior da croácia… só faltou estares num carro bósnio :stuck_out_tongue: