Melhor plantel do Sporting desde que vejo futebol

O grande momento atual da nossa equipa e os resumos de jogos antigos que tenho visto no Youtube fizeram-me pensar em qual seria o melhor onze e plantel de 22 jogadores do Sporting dos últimos trinta anos, o período em que me lembro de ver jogos do nosso Sporting.

As regras para a escolha são as seguintes:

  • Só conta a qualidade que o jogador teve enquanto jogador do Sporting.

  • A escolha não é um prémio pelo jogador ter estado no Sporting muitos anos. Uma época boa é suficiente para entrar na lista.

  • O onze e o plantel são baseados na tática de 3-4-3 em que jogamos atualmente. E a escolha de jogadores tem como objetivo construir a equipa mais sólida e vencedora possível, não enfiar os melhores jogadores possível (de uma perspetiva individual) na equipa.

  • O 3-4-3 atual não é necessariamente a melhor tática para os jogadores disponíveis. Mas eu gosto desta tática e isto é o meu onze, logo é essa a tática usada.

  • A escolha do 3-4-3 tem algumas implicações a nível de perfil dos jogadores escolhidos:

  1. Para os defesas centrais é muito importante a capacidade de sair a jogar com bola.

  2. Os alas ideias combinam muita velocidade e capacidade de progressão com bola para apoiarem o ataque com boas características a nível defensivo.

  3. Os avançados interiores têm de ser jogadores capazes de jogar por dentro. Certos extremos que se distinguiram pela velocidade, mas que não eram muito fortes a nível técnico ou de visão de jogo serão hipóteses para ala (tal como o Ruben Amorim faz), e não para avançado interior.

  4. O ponta de lança ideal é capaz de se integrar no jogo coletivo em tabelas, mas ao mesmo tempo é uma referência a nível físico na qual a equipa pode contar para ganhar bolas mais diretas.

  • Na minha lista, os jogadores não são penalizados por terem rescindido com o Sporting ou terem traído o Sporting.

Para fazer esta lista, eu revi todos os planteis do Sporting desde 1992-1993 até ao atual (estão disponíveis no site do Transfermarket).

Sem mais explicações, aqui fica a minha equipa ideal do Sporting dos últimos trinta anos:

Guarda Redes

Titular:

Peter Schmeichel – Um dos melhores guarda redes da história do futebol. Já não estava no seu pico quando esteve no Sporting, mas ainda tinha grande capacidade de liderança da defesa. Foi com ele na baliza que ganhamos o título pela primeira vez em muitos anos.

Suplente:

Rui Patrício – Tirando o Schmeichel, acho que foi o melhor guarda redes a passar pelo Sporting desde que vejo futebol. Muito forte entre os postes e muito bom a sair a fazer a mancha. O maior ponto fraco era ser relativamente medíocre a jogar com os pés. Pena ter saído do clube da forma que saiu.

Menções honrosas:

Antonio Adan – Muito forte nas duas primeiras épocas no Sporting. Bom entre os postes e excelente a fazer a mancha. Relativamente bom a jogar com os pés. Tem decaído na última época e meia, mas esta lista baseia-se no pico.

Tomislav Ivkovic – Sinceramente não me lembro muito dele. Mas sei que era um guarda redes com um bom currículo e tendo em conta que a maior parte dos outros guarda redes que tivemos neste período foram medíocres, acho que fica bem como quarto nesta lista.

Jogadores de relevo que ficaram de fora:

Ricardo – Era um guarda redes com algumas qualidades, particularmente ser bom com os pés, incluindo a marcar penalties. Mas sempre me pareceu demasiado inseguro no jogo aéreo.

Defesas Centrais

Titulares:

Jeremy Matthieu – Chegou cá em final de carreira, mas ainda chegou a tempo para ser, na minha opinião, o melhor central para jogar em 3-4-3 que tivemos. Era muito forte no processo defensivo, com muita velocidade apesar da idade, e também muito forte com a bola.

André Cruz – Muita forte com a bola e excelente a bater livres. Jogava a titular da seleção do Brasil por altura de jogar no Sporting.

Stan Valckx – Outro central com boa qualidade com a bola e com potente remate de fora da área. Tenho também memória de ter passada larga e bom poder de choque.

Acho que esta tripla seria fortíssima a construir jogo a partir de trás.

Suplentes:

Marco Aurélio – Rápido, atlético, muito seguro a nível defensivo. Não tenho memoria de ser excelente a sair com bola, mas também não tenho memoria de ser tosco.

Anderson Polga – Seguro, bom com a bola, jogou várias vezes a titular do Brasil. Acho que foi um bocado subvalorizado enquanto estava no Sporting.

Sebastian Coates – O central mais forte no jogo aéreo que passou no Sporting nestes trinta anos. Bom líder da defesa, muito forte no choque. O maior ponto franco é ter relativamente pouca agilidade.

Menções honrosas:

Noureddine Naybet – Seguro, forte fisicamente. Não me lembro de ser excelente com bola, nem de ser tosco.

Gonçalo Inácio – Fortíssimo a lançar o ataque. Acho que tem subido na segurança defensiva. Mas é menos forte fisicamente que todos os outros acima nesta lista, o que faz que perca vários duelos. Com a evolução que ainda vai ter, talvez me venha a convencer a subi-lo nesta lista.

Ousmane Diomande – Bom de bola, mas sem ter a qualidade do Gonçalo. Forte fisicamente, mas sem ser extraordinário (ainda). Ainda tem margem de progressão.

Jogadores de relevo que ficaram de fora:

Beto – Voz de liderança, relativamente bom a sair com bola. Mas sempre me pareceu ter pouca calma, o que levava a levar demasiados cartões e às vezes a ter lapsos, tanto com bola como em movimentos defensivos.

Adaptações:

João Palhinha: Não o ponho na equipa principal a central porque praticamente nunca jogou nesta posição na carreira. Mas acho que se fosse trabalhado taticamente para isso, também seria um excelente central. Neste momento é possivelmente o jogador mais forte do mundo no desarme.

Outros jogadores que entraram na minha shortlist:

Rubem Semedo, Phil Babb, Facundo Quiroga, Eric Dier, Marcos Rojo, Budimir Vujacic, Tonel

Ala Direito

Titular:

Pedro Porro – Foi de longe o melhor defesa/ala direito a nível ofensivo que passou pelo Sporting nos últimos 30 anos. Fortíssimo no desequilíbrio e no último terço em geral. Sendo um lateral de origem era capaz a nível defensivo, pelo que é ideal para a posição. O único senão é sofrer lesões de forma relativamente frequente.

Suplente:

Cesar Prates – Muito forte fisicamente, boa técnica. Era uma locomotiva no lado direito da nossa equipa campeã de 1999-2000.

Menções honrosas:

Gelson Martins – Por uns tempos, parecia estar a tornar-se num jogador imparável com bola. Parece-me que o ponto forte dele era mais a velocidade do que a técnica e visão de jogo, pelo que no meu plantel ideal contaria para ala direita e não para avançado interior direito (acho que o Ruben Amorim concordaria, particularmente se tivesse todas as opções deste plantel). Não tenho ideia de ter sido muito testado a nível defensivo, logo fica abaixo do Porro e do Cesar Prates.

Cristiano Piccini – Muito seguro a nível defensivo, boa estatura, relativamente bom com bola. Também poderia contar para defesa central pela direita.

Outros jogadores que entraram na minha shortlist:

Nelson, Ricardo Quaresma, Ezequiel Schelotto

Ala Esquerdo

Titular:

Nuno Mendes – Excelente combinação de critério com bola, capacidade de desequilíbrio, velocidade, capacidade defensiva nos duelos, e stamina. Não esteve muito tempo na primeira equipa do nosso clube, mas deixa saudades. E’ pena que continue a ter as lesões musculares que já o tinham começado a apoquentar no Sporting, e que provavelmente farão que ele nunca venha a ter a carreira que poderia ter sem as lesões.

Suplente:

Fábio Coentrão – Muito critério com bola, muito forte a apoiar o ataque, e muita garra. Era relativamente seguro a nível defensivo. Já não chegou ao nosso clube no pico da sua capacidade física, mas na primeira época no Sporting ainda era bastante rápido e capaz de fazer a ala o jogo todo. Acho que é relativamente subvalorizado pelos adeptos portugueses por nunca se ter afirmado como titular no Real, mas chegou a fazer muitos jogos apesar de competir com o excelente Marcelo.

Menções honrosas:

Emiliano Insua – Forte fisicamente, fiável com bola, muito forte nos cruzamentos e no remate. Infelizmente não passou muito tempo no nosso clube.

Emmanuel Amunike – Grande velocidade e explosão e relativamente forte no drible progressivo. Não me lembro de ser um jogador com grande visão ou capacidade para jogar em espaços curtos, logo acho que se daria melhor na ala que a avançado interior. Não me lembro de ser testado em funções mais defensivas, o que o impede de ficar mais acima na minha lista. Mas é possível que esteja a ser injusto em não o ter mais acima.

Jogadores de relevo que ficaram de fora:

Rui Jorge – Jogador inteligente, com boa técnica, e razoável pulmão. Não era um portento físico ou um desequilibrador, logo não dá para por mais acima.

Outros jogadores que entraram na minha shortlist:

Ivone De Franceschi

Médio Defensivo

Titular:

William Carvalho – Muito boa técnica para um medio defensivo, muito inteligente a lançar o jogo, exímio a proteger a bola e a rodar com ela. Tinha uma boa presença física e, nos primeiros anos, era relativamente rápido. A versão do William que tenho em mente foi a dos primeiros anos no Sporting (por exemplo, a época do Leonardo Jardim), em que estava em excelente forma física e foi um dos melhores jogadores da liga (pela menos na minha opinião). Mais tarde, começou a ficar mais lento e acho que muitos adeptos começaram a esquecer-se das qualidades do William. Sinto que esta provavelmente será a escolha mais polémica da minha lista, pois tem concorrência fortíssima e muitos sportinguistas não lhe perdoam a forma como saiu do clube. Mas acho que balança melhor o lado físico e o lado de lançar jogo que eu valorizo num medio defensivo do que os dois jogadores a seguir.

Suplente:

Paulo Sousa – Excelente visão de jogo, boa técnica, muito bom recuperador de bolas. Quando saiu do Sporting foi imediatamente um dos melhores jogadores da Juventus no ano a seguir, onde ganhou o campeonato de Itália. Embora tivesse um bom motor antes de ter começado a ter lesões, acho que no cômputo geral do aspeto físico ficaria um bocado atras do William, pelo que para melhor balancear a equipa, eu escolheria o William como titular.

Menções honrosas:

João Palhinha – Fortíssimo recuperador de bolas (na minha opinião dos melhores jogadores do mundo nesse aspeto, senão o melhor), fortíssimo em todos os aspetos físicos. Infelizmente, apenas razoável com bola, pelo que na minha opinião fica abaixo dos dois jogadores acima.

Morten Hjulmand – Grande visão de jogo, excelente técnica, é um líder da nossa equipa atual. Bom no desarme, embora não tenha a capacidade de recuperação de bola de um Palhinha ou Ugarte. E’ possível que mereça um lugar mais acima na lista.

Manuel Ugarte – Excelente recuperador de bolas e muito forte fisicamente, mas sem atingir os níveis do Palhinha. Por outro lado, melhor com bola do que o Palhinha, mas abaixo dos outros jogadores acima na lista.

Outros jogadores que entraram na minha shortlist:

Aldo Duscher, Oceano, Luís Vidigal, Paulo Bento

Médio Centro

Titular:

Luís Figo – Excelente visão de jogo, excelente em drible progressivo, excelente técnica – apesar de ainda não ter atingido no Sporting os níveis que viria a atingir no Barcelona e no Real Madrid. Pelo que voltei a ver recentemente nos resumos dos jogos das últimas épocas do Figo no Sporting, ele fez muitos jogos como médio descaído pela esquerda num meio campo a três. Pareceu-me nesses resumos que o Figo dessa altura tinha boa agressividade na recuperação de bola e não se esconderia ao trabalho defensivo. Pelo que acho que caberia bem na posição de medio centro “8” no nosso esquema de 3-4-3. Vendo como o Pote tem tido muito sucesso recentemente nessa posição, acho que o Figo teria ainda mais, contribuindo para grande qualidade no lançamento e transporte de bola a partir do meio campo.

Suplente:

João Moutinho – Constante entrega ao jogo, muita inteligência, boa técnica, pilhas que nunca acabam. Relativamente franzino, mas batia-se sempre bem e ganhava muitas bolas. A maior pecha, na minha opinião, era ser relativamente fraco no remate. Muitos dos sportinguistas não lhe perdoam a traição em ter forçado a saída para o Porto – o que eu compreendo – mas esse não é um fator nas minhas escolhas.

Menções honrosas:

Fábio Rochemback – Muito forte no choque, excelente no passe à distância, fortíssimo no remate de longe. Tenho em mente o Rochemback que chegou inicialmente ao Sporting em 2004, que ainda tinha relativamente boa agilidade e velocidade. O Rochemback que voltou ao Sporting uns anos mais tarde era demasiado lento para entrar nesta lista.

Marat Izmailov – Jogador muito inteligente, grande visão, excelente a desequilibrar em espaços curtos. Foi pena que as lesões não nos tenham deixado ver mais do Izma.

Jogadores de relevo que ficaram de fora:

Pedro Barbosa – Refinado tecnicamente, muito boa visão de jogo. Infelizmente era relativamente lento de processos e nem sempre estava em forma física para aguentar 90 minutos de ritmo alto.

Miguel Veloso – Relativamente boa técnica, boa visão de jogo, bom remate e cruzamento com o pé esquerdo. Infelizmente não era muito rápido ou ágil. Ficaria abaixo do vários dos jogadores na listagem seguinte.

Outros jogadores que entraram na minha shortlist:

Matheus Nunes, Adrian Silva, Mustapha Hadji, Hidemasa Morita, João Mário, Wendel

Avançados Interiores

Titulares:

Krasimir Balakov – Excelente visão de jogo, excelente a driblar, excelente na finalização. Dos melhores jogadores que já passaram pelo Sporting.

Bruno Fernandes – Excelente visão de jogo, passe longo, e remate. Muito disponível para correr o jogo inteiro e fazer pressão. Uma pecha relativamente aos outros jogadores que competem para esta posição é ser pouco capaz de dribles progressivos. Embora muitas vezes jogue no meio campo, penso que jogar mais perto da baliza adversaria beneficia mais as suas qualidades (os números que acumulou no Sporting foram na maioria dos jogos a segundo avançado ou nas costas do ponta de lança) pois muitas vezes os passes de morte que tenta fazer acabam por resultar em perdas de bola. Pode parecer mais natural trocar a posição que eu proponho para o Figo e o Bruno, mas acho que estas posições relativas beneficiariam mais uma equipa que queira dominar a posse de bola.

Suplentes:

Nani – O Nani que foi emprestado pelo Manchester United ao Sporting em 2014 era um excelente desequilibrador, grande visão de jogo, excelente técnica, muito bom na finalização (o Nani que saiu para o Manchester uns anos antes também era um bom jogador, mas não estaria tão alto nesta lista).

Pedro Goncalves – Excelente na finalização em jeito, contribui muito para o jogo coletivo, e é abnegado na pressão. A maior pecha é não ser muito forte no drible.

Menções honrosas:

João Pinto – Excelente técnica e visão de jogo. Muito forte em espaços curtos e muito bom cabeceador para a estatura que tinha. Já estava em decaída no aspeto físico quando chegou ao Sporting, pelo que não entra mais acima nesta lista.

Pablo Sarabia – Refinado tecnicamente, muito inteligente, bom desequilibrador, frio na finalização. Pena que não tenha estado mais tempo no Sporting.

Jogadores de relevo que ficaram de fora:

Ricardo Sá Pinto – Grande espírito de luta, relativamente bom tecnicamente. Infelizmente as vezes perdia a cabeça o que levava a cartões e expulsões. Apesar da abnegação, não tinha qualidade suficiente para estar mais acima na lista.

Outros jogadores que entraram na minha shortlist:

Raphinha, Bryan Ruiz, Simon Vukcevic, Matias Fernandez, Edmilson

Ponta de Lança

Titular:

Viktor Gyokeres – Um portento físico, que alia a isso ser muito bom a correr com a bola e ter alguma criatividade no drible. Tem boa finalização e gosta de servir os colegas. Ter o Gyo a servir o Bala e o Bruno após as arrancadas que faz seriam golos atrás de golos. Não é um portento de técnica, mas a disponibilidade física sobre-humana que tem, tanto em termos de velocidade como choque, fazem com que os colegas tenham sempre uma boa opção onde por a bola. As arrancadas que fazem lembrar um R9 um pouco mais tosco. Tendo em conta tudo o que dá à equipa, o Gyo é o melhor ponta de lança que já passou no Sporting.

Suplente:

Jardel – O melhor matador que passou no Sporting nos últimos 30 anos, o melhor cabeceador que já passou no campeonato português provavelmente de sempre, excelente a procurar o posicionamento para a finalização na área. Por outro lado, não era muito rápido e, tendo uma técnica razoável no toque, era relativamente incapaz de criar desequilíbrios com bola. Essas limitações a nível de velocidade e capacidade de desequilíbrio limitariam a equipa com o Jardel a titular, pelo que o Gyo seria o meu titular apesar do Jardel ser melhor na área.

Menções honrosas:

Liedson – Muito bom finalizador, muito rápido e ágil, grande faro pela desmarcação. Apesar de ser magro e não muito alto, marcou muitos golos de cabeça batendo centrais mais altos. Tinha boa técnica, mas não era excelente em termos de combinações em espaços curtos.

Islam Slimani – No seu melhor, era um ariete físico comparável ao Gyo, sendo superior ao Gyo em agressividade e no jogo aereo. Mas era relativamente limitado a nível técnico, pelo que não traria a mesma qualidade ao jogo coletivo que o Gyo traz.

Jogadores de relevo que ficaram de fora:

Bas Dost – Muito alto e exímio no jogo aéreo, bom finalizador na área, bom a procurar espaço para a finalização. Com estas qualidades marcou muitos golos pelo Sporting. Mas acho que limitava muito o jogo da equipa por ter pouca agilidade e velocidade, ser relativamente mediano a nível técnico, e ser relativamente fraco no choque para um jogador da estatura que tinha.

Outros jogadores que entraram na minha shortlist:

Andrzej Juskowiak, Marius Niculae, Jorge Cadete, Beto Acosta

Dito tudo isto, fica então o meu onze titular:

B. Fernandes Gyokeres Balakov

N Mendes Figo William Porro

Matthieu A. Cruz Valckx

P. Schmeichel

E o onze suplente:

Pote Jardel Nani

F. Coentrão J. Moutinho P. Sousa C. Prates

A. Polga Coates M. Aurélio

R. Patrício

Aguardo com curiosidade os comentários dos colegas foristas, incluindo quais seriam os vossos onzes ou planteis ideias da historia do nosso Sporting.

1 Curtiu

Não seriam 3 palavras que colocaria seguidas. Só este plantel tem uns 4 ou 5 centrais melhores que o Polga.

11 Curtiram

Subscrevo.
O Polga no plantel atual so estaria acima do Neto. De resto partiria atrás dos outros todos.

1 Curtiu

O Polga foi titular do Sporting durante nove epocas, e acho que e’ o jogador estrangeiro com mais jogos no Sporting a seguir ao Coates- nao acho que tenha sido so por treinadores serem todos burros. Sempre me pareceu um defesa muito fiavel, mas por alguma razao sempre foi subvalorizado pelos adeptos do Sporting.

O Goncalo Inacio e’ muito bom com bola, mas nas ultimas epocas foi comido inumeras vezes. Ainda nao tenho uma perspectiva muito solida em quao bom e’ o Diomande - admito que seja melhor que o Polga, mas ainda so tamos a falar de uns 20 e poucos jogos ao mais alto nivel. O Edu Quaresma, que tenho adorado, ainda so tem 4 ou 5 bons jogos. Acho que e’ facil sobrevalorizar o presente em relacao aos jogadores antigos.

De qualquer forma, a escolha do Polga nao e’ das que eu tenha uma opiniao mais forte.

1 Curtiu

A partir de 92/93? Podia ser 90/91 mas vamos lá em 343.

Titulares

GR - Schmeichel

DC - Valckx/Coates/André Cruz

AD - Porro

AE - Rui Jorge

MC - Paulo Sousa/Moutinho

AI - Balakov/Figo

PL - Jardel

Tive pena em deixar de fora aqui o Bruno Fernandes, Liedson, n quis meter para já jogadores titulares na atual temporada.

Para mim qualquer 11 do Sporting dos últimos 30 anos para cá teria sempre de incluir Valckx, Paulo Sousa (mesmo q fosse só um ano) Balakov (melhor estrangeiro q passou cá) e Figo (jogador formado cá com mais rendimento e evolução progressiva).

Ah e claro podia ter metido ali o Nuno Mendes na última temporada em q fomos campeões, mas o Rui Jorge até foi campeão 2 vezes cá, e n teria problemas em jogar neste sistema.

Fora q do ponto de vista fisico e das lesões o Rui era bem mais fiável, n falo de qualidade em termos absolutos q aí o Nuno n lhe ia dar hipótese, mas a regularidade também conta.

N vou meter suplentes e já agora para quem estranhe de alguém q já deve ter pedido 20 vezes a dispensa do Coates nas suas piores fases, para este sistema no seu melhor e com a sua experiência acho q n ia ter problemas nenhuns em jogar entre o Valckx e André Cruz.

Embora deixar de fora um Mathieu, Inácio, Naybet custe sempre…

Como disse tirando o caso do Porro q já cá n está n quis ir atrás de jogadores muito recentes, e optei pelo Moutinho ao lado do Paulo Sousa pq acho q seria um match perfeito os 2 no seu melhor, mesmo sendo um FDP.

Daí n ter encaixado o Bruno nem no meio campo e se n existisse Balakov e Figo antes dele encaixava como interior.

E pronto o Jardel n precisa nem sequer de palavras, mas seria engraçado um futebolista com aquelas caracteristicas neste sistema a jogar em 2024, mas também com Balakov e Figo mais Porro nas alas acho q n era dificil ele fazer o q sabia…

Enfim, impossível haver unanimidades num espaço de tempo tão longo.

1 Curtiu

Plantel interessante mas para mim falhaste em 2 jogadores no meio campo.

Willian Carvalho nunca seria titular neste equipa ( nada tem a ver com a rescisão), Morten, Palhinha, ugarte e Paulo Sousa são muito superiores.

Figo nunca foi 8 na nossa equipa, nesse lugar a aposta seria o Bruno Fernandes.

2 Curtiram

Só me lembro a partir de 07/08, por isso:

Ádan (das 2 primeiras épocas)
Porro
Coates
Mathieu
Nuno Mendes
Palhinha
Bruno Fernandes
Pote (sou fanboy)
Sarabia
Liedson (o meu ídolo de infância)
Gyokeres

Posso estar a esquecer-me de alguém, mas acho que é isso

Um 11 intratável:

Schmeichel
Porro
Matthieu
Phil Babb
Nuno Mendes
Aldo Duscher
Bruno Fernandes
Figo
Balakov
Liedson
Jardel

Capitão: Yordanov

Banco:
Adan
Rui Jorge
André Cruz
Palhinha
Nani
João Pinto
Slimani
Acosta

4 Curtiram

Porquê 1993? O Sporting existe desde 1906, eu sigo o Sporting desde os anos 70, outros aqui se calhar até antes…

O Titulo devia ser «Melhor Plantel do Sporting que viste…»

Sem jogadores actuais e esquecendo muitos:

GR - Meszaros / Schmeichel / Damas

DC - André Cruz / Luisinho / Marco Aurélio / Ricardo Rocha

LD - Porro / Artur

LE - Rui Jorge / Nuno Mendes / Inácio

MC - Paulo Sousa / Valkx / Palhinha / Douglas / Matheus Nunes / Bruno Fernandes / Oliveira

AI - Balakov / Figo / João Pinto / Quaresma / Ronaldo / Nani

PL - Jardel / Yasalde / Jordão / Cascavel / Acosta

3 Curtiram

O Mochilas e o Silas estariam sempre no “meu” plantel. Tal como o Sá Pinto. Adorava ver o Marco Aurélio jogar, mas não o incluiria à frente do Coates, por exemplo (mais decisivo).

2 Curtiram

Foi um exercício rápido sem pensar muito…

O Silas talvez, mas o mochilas? Estás a falar do Capel? Esse nunca… Houve tantos que não referi melhores.

Acho que o William era bastante superior ao Palhinha em termos de controle de bola, visao de jogo e qualidade de passe. Perde na recuperacao de bola, como perde qualquer outro jogador. As diferencas para o Ugarte sao similares, mas menores, tanto no que o William e’ melhor como no que o Ugarte e’ melhor. Acho perfeitamente legitimo que para se ter uma equipa mais balanceada e dados os outros jogadores na equipa, um medio defensivo destruidor fosse preferido a um mais construtor. Mas na minha visao do que seria um meio campo ideal, preferiria ter um jogador forte a lancar o ataque nessa posicao.

Concedo que talvez o Paulo Sousa fosse superior a lancar jogo ao William (embora isso nao me pareca assim tao obvio a mim, que acho que a opiniao do William de muitos adeptos e’ injustamente baixa). Mas acho o William superior no choque e no jogo aereo, pelo que balancearia melhor a equipa na minha opiniao.

O Morten tem, em muitos aspectos, um perfil parecido com o William - excelente visao de jogo, bom no passe. Parece-me que talvez seja superior no passe ‘a distancia, embora eu ache que o William e’ superior a manter o controlo de bola. O Morten da-me a sensacao de ser um jogador um bocado mais estatico, mas mesmo assim consegue recuperar muitas bolas. O Morten tambem tem melhor remate. Em ultima analise, aceito que o Morten seja superior ao William, mas ainda nao o vi a este nivel tempo suficiente para ter essa opiniao solidificada.

Em relacao ao Figo, eu sei que ele nunca jogou a 8 num esquema como o nosso actual, ou mesmo num meio campo a dois. Mas acho que o Figo mais habituado ao trabalho defensivo dos tempos no Sporting seria uma boa opcao para essa posicao, dado a qualidade que tinha a construir jogo.

Eu nao adoro o Bruno Fernandes a jogar a 8. Acho que tem muita tendencia para tentar fazer passes de rotura, que 'as vezes dao bem mas outras vezes levam 'a perda de bola. Numa equipa com um futebol que se quer de dominio da posse, acho que faz mais sentido ter o Bruno Fernandes mais interventivo no ultimo terco do que mais atras.

Mudei o nome do topico :slight_smile:

1 Curtiu

Do que vi, vou colocar um top 3 de cada posição.

GR: Adan, Rato 1, Beto
DD: Porro, Porro, Porro
DC: Mathieu, Coates, Juste/Diomonde
DE: Nuno Mendes, Coentrão, Nuno Santos
MDC: Palhinha, Violador, Huljmand
MC: Rato 2, Adrien, Maçã Podre
Extremos: Izmailov, Nani, Bryan Ruiz, Edwards, Pote, Vukcevic
Pontas de lança: Gyokeres, Liedson, Slimani

GR: Franco Israel, Azbe Jug, André Paulo
DD: Bruno Gaspar, Welder
DC: Ramy Rabia, Fabrice Fokobo, Naby Sarr, André Pinto
DE: Marian Had, Zeegelaar
MD: Gelson Fernandes, Idrissa Doumbia
MC: Petrovic, Eduardo Henrique, Mattheus Oliveira e Battaglia
ED: Rafael Camacho, Jesé
EE: Bolasie, Diaby
PL: Castaignos, Bojinov

8 Curtiram

GK - Schmeichel, Damas
LD - Porro, Cédric
DC - Phil Babb, Marco Aurélio, Naybet, André Cruz
LE - Nuno Mendes, Rui Jorge
MDC - Palhinha, Paulo Sousa
MC - Balakov, Bruno Fernandes (traidor FDP!), Matheus Nunes
ED - Figo, Quaresma, Sarabia
EE - CR7, DeFrancheschi
PdL - Jardel, Liedson, Acosta

1 Curtiu

Bom tópico. Não vou responder por tática mas por plantel.

O melhor plantel de sempre para mim - desde meados da década de 80 - seria este:

Os 22 melhores

GR: Schmeichel, Damas
DD: Porro, Carlos Xavier
DE: Rui Jorge, Nuno Mendes
DC: Valcxx, Naybet, Marco Aurélio, Coates
MD: Paulo Sousa, Douglas
MC: Matheus Nunes, Ugarte
10: Bruno Fernandes, Pote
ED: Figo, Nani
EE: Balakov, Cristiano
PL: Jardel, Jordão

Excluí a maçã podre e o João Ratário que podiam estar lá na posição 8. Mas quero é que se f***********

5 Curtiram

Tantos jogadores de categoria que jogaram por nós desde finais dos anos 70 e que foram esquecidos…

Meszaros, Eurico Gomes, Carlos Xavier, Mário Jorge, Gomes (o do foculporco), Jordão, Manel de Sarilhos (mesmo com as estupidezes), António Oliveira (o do foculporco, que até foi nosso jogador-treinador), Iordanov (podia não ser um portento de técnica, mas tinha uma atitude competitiva brutal), Ricardo Sá Pinto, Capucho, Cherbakov, Saber…

7 Curtiram

Do que vi e SEM contar com actuais jogadores desta época, deixo aqui os meus 25 jogadores de eleição para melhor plantel:

GR: Schmeichel/Damas

Dc: André Cruz/Luisinho/Matthieu/Marco Aurélio

LD: Porro/Nélson

LE: Rui Jorge/Nuno Mendes/Coentrão

MC: Paulo Sousa/Ugarte/Palhinha

AI:Balakov/CR7/Figo/Nani/Quaresma/P.Barbosa/João Pinto/Bruno Fernandes

PL: Jardel/Liedson/Acosta

3 Curtiram

Do Yordanov, o que ele lutava está acima de qualquer outro.

3 Curtiram