Maus exemplos no balneário.. pontual ou estrutural?

Oceano - noitadas até de manhã e treino no dia a seguir
Dani - é o que se sabe
Peixe - também andava por caminhos “tortuosos”
Beto - quer é festas e tabaco
Celsinho - bebedeiras de caixao á cova
Jardel - putedo, alcool e drogas
Carlos Martins - acho que ne é preciso dizer nada…
Grimi - apanhado na noite pela policia por duas vezes… e aquelas em que não é apanhado?.. nos meus bons velhos tempos andava sempre na borga e nunca fui apanhado pela polícia…
Grupo da picanha - “organização internacional” conhecida pelas suas churrascadas e pela qualidade da caipirinha

mas deve haver mais casos que não conheço…

acham que existe no Sporting uma mentalidade (que não vem de agora) de lascismo e irresponsabilidade que potencia estas atitudes?

Oceano e má cultura Sportinguista não fica bem no mesmo post!

Se isso for um problema de cultura sportinguista, temos leões por tudo que é lado.

Quem é que não faz isso? São miudos, jovens, cheios de guita, idolos de multidões (algusn de multidõezinhas, mas mesmo assim…)

Para parar isso só alterando a fonte de recrutamento para as paroquias e grupos de jovens crstãos. :lol:

Jogadores que gostem da noite haverá sempre. Se saírem esporadicamente durante as folgas não me incomodam, desde que mantenham um comportamento moderado.

Mas caberá à estrutura do Sporting deixar bem claro que não tolera excessos e ter a capacidade punitiva e, essencialmente, restritiva no que toca a esses comportamentos dos seus jogadores.

pois eu acho que os meus velhos deveriam dar o exemplo e o oceano era um péssimo exemplo para os mais novos…

se calhar não é bem cultura sportinguista… estava a falar no balneário do Sporting…

para ser bom profissional e responsavel acho que não é preciso ir a paróquias e grupos de cristãos…

Faz-nos falta um Reinaldo Teles… :twisted:

o que me parece é que no balneário do Sporting deve haver assim uma espécie de propensão para a noite que empurra os jogadores para hábitos pouco condizentes com a alta competição…

no porto, por exemplo, acho que isso está controlado, pois os dirigentes do clube controlam a noite da cidade ao ponto do mcCarthy ter que ir para a borga em vigo…

talvez…

Também acho que o Oceano está aí a mais, principalmente se pensarmos que o que mostrava em campo, o profissionalismo e a garra que sempre empregou, não condiziam nem reflectiam minimamente alguém que fizesse tamanhas asneiras fora do relvado…

Mas sim, concordo que a politica de controle dos futebolistas em Alvalade está longe de ser a ideal.

Há que respeitar a liberdade minima de cada individuo, ok, mas numa entidade patronal e profissional, ainda mais no clube histórico que é o Sporting Clube de Portugal, também é exigido (ou deve-se exigir) responsabilidades minimas. Regras a serem cumpridas.

Não queria estar aqui a sugerir que se tivesse de criar uma politica de policia (perseguição?) interna, como se faz mais a Norte mas, se para grandes males grandes remédios, não sei não…

Sou o único a achar que este tópico não faz sentido?

Jogadores de futebol = putas, saídas nocturnas e bebedeiras…

TODOS os clubes têm jogadores desses! Não sei que necessidade há de apontar os do Sporting! :inde:

há cenas que não têm lógica nenhuma…
esta é uma delas…

O CR7 é conhecido pelas orgias que organiza, o que não o impede de ser o melhor do mundo, sabe separar o lúdico do trabalho.

Este é o exemplo, pode-se curtir, mas as nossas obrigações profissionais estão primeiro.

Topico não faz qualquer sentido, tal como se pode dizer isso dos jogadores do Sporting tambem se pode dizer o mesmo dos jogadores de todos os clubes mundiais…

:arrow:

Toda a razão, eles são pessoas como nós e não podem viver só para o trabalho, convém também se divertirem.

Isto faz parte da cultura de todos nós jovens. Este pessoal da bola é que tem responsabilidades acrescidas pelo dinheiro que ganham e pela visibilidade que têm. E claro, porque esta actividade nocturna influencia o desempenho profissional. Como dizia o Skinner, quando se tem folgas no dia a seguir não vejo problemas nenhuns. No dia a seguir levantam-se e vão po ginásio.

Existe em todos os clubes , com especial predominancia nos 3 grandes. Se é assunto no Sporting , é porque se calhar o permitimos.

Acho que ele não é conhecido por isso… :lol:

:rotfl:

Sou mais um que pensa que este tópico não tem sentido. Os sportinguistas tem é que se unir e tentar defender o que é seu, criticar quando temos de criticar!!!
Neste caso não parece que o sporting seja diferente de qualquer clube, não é por estar no sporting que o fazem ou faziam, ou se calhar o carlos martins nos orcs n faz o mesmo?!!! Dizermos que isso é cultura de sporting é estarmos a auto-flagelar-nos!!!

Não creio que seja má cultura, porque isto existe em todos os clubes e existirá sempre.

Casos desses como se refere existirão sempre com qualquer jogador de cada grupo de trabalho. Não é chocante um jogador se poder divertir como um ser comum normal, interessa é que saiba colocar a sua profissão como prioritária.

O resto, é tudo uma questão de organização e estrutura do próprio clube.

Os jogadores do SPorting não são diferentes dos outros, não são nenhuns “bandidos” e isto aplica-se a outras situações. Tudo depende do grau de liberdade que se dá para tal, da forma como se lida com estes assuntos na estrutura e do respeito que quem manda impõe aos funcionários. O Sporting não é eficiente a fazê-lo e permite que passemos recorrentemente por algumas vergonhas que seriam perfeitamente possiveis de evitar.

Atitudes pouco dignas e dias infelizes existem e acontecem em todo o lado.

Respondendo à tua pergunta, não me parece que exista “má” cultura Sportinguista, penso sim que existe “ausência” de cultura Sportinguista. Ausência de ambição, disciplina, respeito e responsabilização, valores básicos para quem quer singrar na vida. Uns têm-nos intrinsecamente como Cristiano Ronaldo, outros precisam de ser trabalhados, e é esse trabalho que tem falhado.

No dia em que deixarmos de ouvir “Acertámos na formação do jogador, mas falhámos na formação do homem” ou de assistirmos a cenas de risinhos e descontracção total nos treinos logo após derrotas copiosas, então estaremos mais perto do rumo certo. No fundo, no dia em que os nossos jogadores nos transmitirem o sentimento demonstrado em baixo no vídeo, então podemos dar-nos por satisfeitos. 8)

[youtube=425,350]http://www.youtube.com/watch?v=oFDErWwJvpg[/youtube]