Guilherme Santos

Guilherme Santos | Wiki Sporting

Nome: Guilherme Mascarenhas Sousa Santos
Nacionalidade: Portuguesa
Nascimento: 06/02/2005
Naturalidade: Portugal
Posição: Médio
Pé preferencial: -
Altura: - cm
Peso: - kg
Contrato até: ??/0?/202?
Cláusula de Rescisão: ?? Milhões de Euros
Custo de Aquisição: -

Cresceu bem neste ano… A par do Essugo a grande estrela da geração de 2005

Menino de ouro: já está bem maior. Se ganhar mais densidade será um fenómeno. Amorim certamente o saberá.

Parabéns, miúdo.

3 Curtiram

Medio ofensivo? Trinco? Regista?

Med. Ofensivo. Ele proprio disse na Sporting TV que preferia a posição 10. É um talento

1 Curtiu

É um 10 puro. Vamos ver como evolui de futuro e para que posições caminha, mas nesta fase é aí que se sente peixe na água.

Espero que fisicamente se desenvolva porque é mesmo muito, muito, muito baixinho. Mas tecnica e tacticamente tem tudo, um diamante!

Pela foto cresceu bem este ano… Não dá para perceber a 100%, mas parece-me que cresceu.

Oxalá!

Espero vê-lo nos júniores para o ano… tem demasiado talento para andar a ir para os juvenis

É preciso definir a sua posição, extremo, avançado ou 8. 10 puros já não existem.

1 Curtiu

Muito cedo para endeusamentos mas que é promissor, não há grande dúvida.

Espero que esteja integrado nos treinos dos Sub23 ou, pelo menos, que os venha a integrar em breve, quando terminarem a época oficial.

1 Curtiu

Dá aparência de que cresceu mesmo (?!!)

Parece que sim: conseguindo essa densidade, o resto está lá tudo — talento, inteligência e personalidade.

Força, miúdo.

Vai ser incrível, assim tenha sorte, que também é preciso, porque talento e trabalho tem.

Existem. O Bruno Fernandes é um deles.

Quando eu digo 10 puro, é no sentido de ser um médio-ofensivo com grande capacidade de desequilíbrio. Não é no sentido de não trabalhar, não pressionar, não ajudar os médios mais defensivos ou não ser um médio de ligação. É no sentido de ofensivamente jogar muito bem entrelinhas.

O Bruno Fernandes um 10 puro? Para mim não. O Bruno é um 8 com propensão ofensiva.

Para o gui, é preciso definir se será um 8 à lá BF ou um extremo/avançado à lá Pote ou mesmo um 2º avançado à felix.

É um número 10, sim, um médio-ofensivo. Como joga no United ou na Seleção onde atua à frente de Danilo e William, claramente à frente de uma dupla de médios de equilíbrios e por trás do avançado.

Não vejo o Pote e o Bruno assim com tantas diferenças de características, vejo sim de qualidade (Bruno é bem melhor) e de disponibilidade para vestir o fato macaco (a atitude e trabalho sem bola do Bruno é quase ímpar entre médios-ofensivos!)

Mas ambos são médios de características ofensivas, que devem ter um grande papel no processo ofensivo, e que assistem bem e marcam muitos golos. São jogadores de equipa, não são jogadores de dribles, fintinhas e 1x1 permanente, são médios-ofensivos mas muito bons quando se chegam à área adversária. Acredito que seja por aí que o Guilherme evolua. No sistema do Amorim por exemplo não o consigo imaginar como 8 mas no ataque, com liberdade, como o Pote. Não acho que tenha de se “definir” porque basta ver o caso do Pote, até ao ano passado era médio-centro ofensivo, no Famalicão também, este ano de repente muda no Sporting já com 21 ou 22 anos…

Discordamos. Isso do numero 10 puro (os Maradonas) já não existe no futebol atual. Existem jogadores como o BF que é um médio ofensivo mas que colabora no processo defensivo, sendo também capaz de jogar mais descaído para uma ala ou mesmo como 2º avançado. Ainda ontem o BF foi muito mais médio do que avançado.

É esse trabalho que, a partir de agora, o gui tem de fazer, aliar á sua fantástica técnica a capacidade de defender e de se adaptar às exigências do futebol moderno.

Discordamos mesmo mas acho que é mais por não estares a querer perceber.

Eu quando falo no 10 puro não falo no “10 puro de antigamente”, falo no 10 puro de hoje. Continuam a existir médios-ofensivos centro no futebol (podes chamar-lhes assim se quiseres), tal como continuam a existir segundos-avançados.

Se a ideia que tens do Gui é que é um 10 puro à Maradona, que não trabalha para a equipa, que não pressiona, essa ideia está errada.

É um 10 à futebol moderno, ou seja, um médio-ofensivo centro com criatividade, visão de jogo e desequilíbrio mas também capacidade de trabalho.

O que lhe falta é obviamente além da evolução natural da idade uma evolução específica física que também depende do corpo dele, isso o miúdo não controla. É essa evolução física que ditará se tem de ser extremo/avançado ou se pode ser médio-ofensivo. Não é a falta de predisposição para correr e trabalhar sem bola, porque essa é muita.

2 Curtiram

Parece-me mesmo um híbrido entre as características de Bruno Fernandes e as de, por exemplo, Félix. Vamos ver. Muita expectativa sobre este miúdo. Muita.