Futebol Feminino - Época 2022/2023

Há anos que defendo estes acordos. Como a época americana é trocada, de Abril a Outubro, O Sporting, ganharia porque teria jogadoras de nível superior até ao final de Março e os clubes americanos, ganham porque têm as jogadoras a jogar a WCL.

1 Curtiu

Conto consigo para retificar outros erros. Este, não existe….
Quando muito poderia dizer que este é o prémio do sindicato e que falta o da Federação.

1 Curtiu

Foda-se lindo. O Braga nem uma final da Taça contra o Famalicão quer ganhar.

1 Curtiu

O Famalicão está a aplicar melhor o dinheiro do Sporting do que o Braga. Pelo menos vai ganhando algo… :neutral_face:

4 Curtiram

Ahahah

Até mete graça

Não ganham nada

1000x o Famalicão

1 Curtiu

Os trolhas, neste caso, as trolhas a levarem na boca do Famalicão em tempo de descontos já.
Cheira-me que hoje em gajas, para a semana nos gajos, o trolha que prepare a vaselina porque vão ser duas enrabadelas a sangue frio. Se bem que até preferia que em masculinos ganhassem aos fruteiros.

os adeptos do Braga a seguir trocam a camisola e está tudo bem

Parabéns as famaliconas.

2 Curtiram

Boa vitória contra as Braginalgas … :sunglasses::nerd_face:

1 Curtiu

Agora, que a época acabou, falta só o Mundial (onde o selecionador promete uma equipa de que os portugueses se vão orgulhar. Deve ser com as centrais a convocar. Ir quem não joga e ficar de fora quem joga. Mas isso são outros quinhentos) e vamos analisar friamente e em números esta época. Uma época que ficou marcada em termos de percepção para os adeptos (principalmente os que vivem em função desse clube), por dois resultados. E esses resultados não podem ser escamoteados valeram duas eliminações. Mas não espelharam toda uma época. Época essa que até não começou mal em termos de jogo jogado, começou com um mau resultado, é verdade, mas num jogo em que até estivemos sempre por cima, sofrendo o golo que dá a cambalhota no resultado num penalti tão claro, como escusado e ainda por cima numa jogada a seguir a um falhanço claro que nos dava o 2-1. A uma quebra anímica resultante desta situação, juntamos as dificuldades físicas notórias nos finais de jogo e temos o 4-1 final. Foi jogo para isso? Não. Mas é o resultado que fica. Depois vem o período horrível, onde em 4 jornadas fizemos 2 pontos. Perdemos 10 pontos, e desses 10, 6, para não dizer 8, foram muito mal perdidos. O empate com o Famalicão, foi justo. Agora, os jogos perdidos e empatados nos últimos dois minutos, por falhas individuais ou ressaltos onde se voltam novamente a notar as dificuldades físicas finais. (Bastava ganhar ao Damaiense e empatar com o Benfica. Quanto ao Braga, até o empate era injusto. Deve ter sido o jogo em que criamos mais oportunidades de golo. Dava para golear. O Braga teve 3 oportunidades, ganhou 2-1). Se esses três jogos têm acabado aos 88 minutos no final, o Benfica teria tido 61 pontos e o Sporting 60. O Sporting sofreu 14 golos na liga. 7, foram nessas 4 jornadas. Na segunda volta, sofremos tantos golos como o Benfica, 5, sendo que 2, foram no jogo de Braga. Um jogo que tal como em Alcochete nem empatar merecíamos, tal as oportunidades criadas. A Patrícia foi a melhor jogadora em campo e novamente falhamos oportunidades para golear. O Braga fez três remates perigosos, empatou 2-2. Curiosamente, o jogo que marcou a viragem, foi a receção ao Benfica em Alcochete para a TL. Um jogo onde apesar do resultado 2-4, enquanto tivemos 11, fomos sempre superiores e o quarto golo vem já nos descontos. Agora, vem uma nova época. Esta apesar de tudo, não foi boa em resultados (não ganhamos nada), mas não foi assim tão má como aqueles dois jogos podem fazer crer a quem apenas vive em função da interação com aquele clube. No entanto a próxima época vai qualificar dois para a WCL, e se é uma constatação que neste momento somos superiores ao Braga. Não nos podemos encostar à sombra da bananeira, pois certamente que o Braga vai investir em busca do segundo lugar. Temos que nos reforçar estrategicamente e se a formação tem a técnica, é preciso reforçar a força. Aqueles 6 pontos perdidos aos 88, uma equipa com força, certamente não os perdia.

Que exercicio de mediocridade, em especial a parte final adorável, temos que ter cuidado com o 3o para não perder o 2o lugar. É esse o caminho. Que não queremos.
Esta época foi um fracasso total, nos jogos a sério não chegamos perto de discutir o resultado, tivemos jogos péssimos ao longo da época, a nossa sorte foi o Braga estar muito abaixo do normal. Mas a nossa luta devia ser pelo 1o lugar e não pelas vitórias morais da 2a volta

6 Curtiram

Ganhaste um. Empataste outro. Perdes 2-1 aos 88 minutos e não estás perto de discutir. Explica lá essa? Eu disse que falava de campeonato.

Na minha opinião o Sporting precisa de fazer algumas contratações de valor, quer FL, quer NFL.

Duas portuguesas, uma para a defesa e outra para o ataque. As minhas escolhas seriam Diana Gomes de quem sempre gostei bastante e considero uma das melhores defesas centrais portuguesas, e para o ataque uma destas três, dependendo do perfil que a treinadora quererá: Ana Dias, Telma Encarnaçao ou Bia Meio Metro.

Depois temos de ir buscar duas craques NFL. Uma jogadora rápida para extremo e que mete as defesas com medo. Podíamos ir ao Brasil buscar outra Maiara(grande contratação), mas para extremo.
Precisamos também de uma médio centro com força e potência.

Estas quatro contratações são cruciais. Depois precisamos de outros ajustes e ver quem sai e quem fica.

E, ao contrário da grande maioria que vê na Bravo a nossa grande promessa(eu também gosto, atenção), é na Maísa que tenho as minhas grandes esperanças, por isso conto com ela muitas vezes para titular. Acho que vai ser uma das melhores jogadoras portuguesas nos próximos dez anos.

PS- E claro, estar sempre atento para ver se alguma das universitárias quererão regressar, como a Alagoa ou a Albuquerque.

2 Curtiram

Se o critério continuar a ser a contenção, acho que nem a Champions vai fazer desviar um bocadinho do rumo deste projeto, já que nenhum retorno financeiro trás (antes pelo contrário).
A nível nacional são poucas as atletas disponíveis que poderiam acrescentar qualidade (talvez a Diana Gomes ou a Fátima Pinto, por motivos diferentes).
Acho que se mantiverem as jogadoras cuja renovação está em dúvida (Dutra, Brenda, Neto, Capeta e Chandra), não irão haver contratações.

1 Curtiu

Com as renovações, essas 2 contratações que falas e uma contratação forte para o setor ofensivo ficaríamos com uma equipa muito competitiva.

Resta saber se há essa ambição.

2 Curtiram

O que dizes teria toda a lógica, se a Mariana saísse. Como não deve sair, já sabemos como a equipa irá jogar. Só com uma central de raiz. Como a Bruna não deve sair, uma central seria a não ser que conseguissemos um negócio de oportunidade, com a Diana, algo de redundante. Temos a Sofia e a Leah, além da Beckert, da Mairos e da Bruna Ramos. Agora se a Bruna sai, é necessário uma central indiscutível. Como se devem manter as vinte na ficha, isso quer dizer que poderemos ter 7 NFL na mesma. 7 é o número que temos agora. Deve sair só a Melissa e depois é de pensar vamos buscar duas NFL, ficando sempre uma de fora? Eu faria isso. Cada jogadora ficaria de fora duas vezes. Mas o nível do campeonato, faz com que isso seja possível. Eu ia buscar NFL a Portugal e a Famalicão. Traria a Lais e a Alidou (a CS, gosta de enaltecer uma compatriota porque lá está, joga onde joga. Mas a Alidou é a segunda melhor estrangeira a jogar em Portuga. A melhor é a Hannah Seabert) e já agora fazia um forcing e oferecia a Kika, que está lá por Vila Verde em troca da Leticia. Concordo em pleno com a Meio Metro. De resto, acho que Chandra, Capeta, Maisa, fazem um bom ataque, mas não recusaria a Ana Dias. Põe este 11. Seabert, Borges, Bruna, Dutra, Maiara, Lais, Brenda (Maisa) , Alidou, Neto, Capeta (Chandra) e Diana. Qual seria a capacidade deste 11.

Nota: Mesmo com essas contratações, este 11 seria improvável. Não tem Alicia e Joana.

Mas andamos a brincar aos futebois? Nem nos distritais se deixa para depois do final da época as renovações. Não me passa pela cabeça que neste momento não tivessem ainda renovado. Com as redes todas, já teriam sido feitos posts de despedida logo no dia 15.

Eu não conheço muito bem essas jogadoras do Famalicão. Mas conheces bem o mercado e se dizes que eram boas contratações, eu acredito.

A Dutra e a Chandra foram contratações dentro de portas e são boas jogadoras. Acho que ambas deviam ficar, até porque nem devem ser muito caras.

Já a Brenda não sei se fica. Deve ser bem paga e o nível dela decaiu um pouco. Se houver a oportunidade de ir buscar uma NFL craque para o seu lugar diria já que sim. Mas se for para ir buscar pior, que renove, naturalmente.

Essas do Famalicão que falaste jogam em que posição?

A Alidou joga na posição da Brenda, mas centro esquerda. . A Lais, tipo Maiara, mas mais experiente, com WCL e tudo, assim como a Alidou. Curiosamente, a Lais, nos Universitários Americanos era médio. Na Austrália e Chipre, passou a avançada. Quando chegou ao Madrid CFF, voltou a recuar e no Famalicão é a box to box. Se queres ter uma jogadora como o Benfica tem a Pauleta, acho que é a que mais se assemelha.

1 Curtiu

Já conhecia a opinião do Ribatejano e concordo globalmente com ele e vai de encontro ao que tenho também escrito por aqui e na tasca do Cherba - nem o benfica é tão forte nem o Sporting é assim tão fraco. Para mim os jogos que deitaram a equipa para baixo foram as derrotas com braga e logo a seguir com o benfica - este último foi para mim o pior de todos no campeonato, sem garra, sem oportunidades e se não tem sido a Hannah tinhamos levado com uma goleada em casa.

Mais uma vez, o “grande” investimento do outro lado da segunda circular tem sido o manter as melhores jogadoras no plantel, nada mais e este ano vão perder a melhor jogadora. Em relação a novas contratações, acertaram na Jéssica, na Norton e talvez na alemã que chegou em Janeiro, porque de resto têm sido só meios flops, duas nórdicas, a americana que esteve no Sporting e as duas guarda redes deles por exemplo, este ano lá vão contratar mais uma suplente lesionada do Werder Bremen - Lena Pauels. Nós no scouting também somos maus porque o clube não quer gastar um tostão, podemos dizer que falhamos na contratação da Mariana Larrouquete (não por falta de qualidade da jogadora) e na Shen Menglu, a Melisa chegou como bom reforço depois foi perdendo lugar na equipa mais por causa da ideia que a MC tem para aquele lugar do que própriamente da falta de qualidade da jogadora. De resto, temos tido apostas acertadas, até ver: Chandra, Brenda, Doris, Hannah Seabert, Fátima Dutra, Ana Teles, Neto, Maiara e acredito que a americana Leah Scarpelli e até a Sofia Silva vão ser apostas ganhas.

Quanto aos próximos reforços é no meio campo e toda a ala direita que temos que trazer mais valias quer elas sejam FL quer sejam NFL. Mas já se percebeu que a Mariana Cabral gosta muito de jogadoras polivalentes nas suas posições, por isso seguindo esse critério a Laís Araújo era um bom reforço sem dúvida, também tenho falado nela. Só em Junho é que devemos ter novidades, está tudo de férias.