Exercício: SCP vs A Equipa Ideal

Proponho um exercício:
Enumerar as características e o tipo de jogadores que deve ter a vossa equipa ideal e compará-la com a do SCP.

Jogadores:

Guarda Redes
Alto (>1,95m), forte, com reflexos e com mentalidade forte.

SCP: Patricio (não corresponde)

Defesas laterais
Fisica e morfologicamente fortes, com capacidade defensiva acima de qualquer suspeita e alguma capacidade para subir.
Mentalidade forte.

SCP: (nenhum corresponde)

Defesa central 1
Fisicamente brutal (>1,9m).
Intratável no jogo aério.
Um guerreiro com fortíssima personalidade, um líder nato.

SCP: (acho que o SCP talvez nunca tenha tido um central assim…)

Defesa central 2
Não tão forte fisicamente mas mais ágil e rápido.
Eximio a dobrar os companheiros.
Jogador inteligente e forte mentalmente.
Bom a subir com a bola controlada.

SCP: Carriço (pode corresponder no futuro, não está descartado…)

Médio Defensivo
Jogador forte fisicamente.
Boa mentalidade, grande pulmão e grande capacidade de sacrifício.
Um guerreiro!
Fortíssimo nas tarefas defensivas.
Embora não seja a sua especialidade, também é capaz de sair a jogar.

SCP: Moutinho (embora bom jogador, não corresponde ao ideal para a minha equipa)

Médios laterais
Jogadores com bom pulmão, inteligentes, com boa capacidade defensiva e com grande capacidade para flanquear.
Fortes no drible.
Personalidade forte.

SCP: (Izma e Vuk servem para suplentes talvez…)

Nr. 10
Jogador inteligente, com grande visão de jogo e grande capacidade de drible.
Um criativo de 1ªágua…

SCP: (o Matias talvez lá pudesse chegar…)

Ponta de Lança 1
Jogador rápido, inteligente e eficaz.
Boa capacidade de pressão.
Mentalidade forte.

SCP: Liedson (Corresponde na perfeição)

Ponta de Lança 2
Jogador brutal físicamente (>1,9m).
Não faz da sua técnica a sua maior virtude mas é jogador de futebol, ou seja, domina a arte da recepção, do passe e do remate.
É capaz de reter a bola.
Letal do jogo aério e dotado de forte remate.
Grande personalidade.
Um guerreiro !

Características da equipa:

Equipa bem orientada, consciente de si própria, dotada de forte personalidade, auto-confiança, sentido de responsabilidade e grande espírito guerreiro.

No momentos mais difíceis, quando as coisas não estão a correr bem e a arte não está a resolver, consegue intimidar o adversário através de um jogo e uma atitude mais…física.

Conciliação entre capacidade técnica e pujança fisica.
Uma equipa capaz de pressionar, de asfixiar o adversário pois tem jogadores que não só são morfológicamente possantes mas têm mesmo capacidade atlética para correr os 90 minutos. Quando foram contratados pensou-se nisso e resulta…
Não é apenas uma questão de treino físico, é uma questão de genética dos jogadores contratados…

Equipa forte nos lances de bola parada, quer defensivos, quer ofensivos.
Há muitos jogadores altos e fortes, com grande agressividade no jogo aério que não dão hipóteses em termos defensivos e que causam grande destabilização nas áreas adversárias em momento ofensivo.
Existem várias opções para a marcação de livres tanto do lado esquerdo, como do lado direito.

Uma equipa cheia de soluções ofensivas, com vários jogadores com capacidade de finalização e asfixiante em termos defensivos.
Uma equipa brutal.
Uma equipa sem medo de ser feliz e para a qual nenhum resultado é bom demais !!!

Infelizmente, esta equipa é o …anti-SCP.

[u]Guarda Redes[/u] Alto (>1,95m), forte, com reflexos e com mentalidade forte.

SCP: Patricio (não corresponde)


Curiosamente eu que sou por vezes um forte crítico do RP surjo aqui a defendÊ-lo.
Acho que se as características que colocas são as que definem para ti um keeper ideal acho que estás bem servido, pois julgo que essas são exactamente as características que ele tem.
Apenas considero que o que falta ao Patrício é capacidade de liderança (que não é o mesmo que mentalidade forte, e deixo o exemplo do Ricardo que tinha mentalidade para dar e vender mas simplesmente acabou por se revelar um lider mas na corrida ao ouro).
E falta-lhe factor X (de Xmeichel :smiley: ) que no fundo é defender tudo e mais alguma coisa, é aquele GR impressionante que rouba golos feitos, que inventa defesas impossíveis, que parece ocupar 90% da baliza e ter os outors 10% completamente controlados, e um guarda-redes que dê segurança à sua defesa.
[u]Defesa central 2[/u] Não tão forte fisicamente mas mais ágil e rápido. Eximio a dobrar os companheiros. Jogador inteligente e forte mentalmente. Bom a subir com a bola controlada.

SCP: Carriço (pode corresponder no futuro, não está descartado…)

Acho que este é que é o líder de uma equipa ideal. E o Carriço parece-me perfeito. No fcp já era titular da selecção, aqui ha-de ser quando o carvalho arrumar as botas.

[u]Médio Defensivo[/u] Jogador forte fisicamente. Boa mentalidade, grande pulmão e grande capacidade de sacrifício. Um guerreiro! Fortíssimo nas tarefas defensivas. Embora não seja a sua especialidade, também é capaz de sair a jogar.

SCP: Moutinho (embora bom jogador, não corresponde ao ideal para a minha equipa)

Não considero o Moutinho um médio defensivo. Aliás ele gosta pouco de defender. O Moutinho é um Maniche que não sabe rematar, é um Deco que não sabe driblar, é uma espécie de Médio Centro numa equipa que joque com 3 centrais, um número 10 numa equipa que jogue com 3 avançados, mas não é um médio defensivo. É um jogador forte, com grande pulmão e capacidade de sacrifício, mas no Sporting parece-me não ter neste momento “lugar” no losango. Gostava muito de o ver no futebol espanhol, que quanto a mim lhe assentava como uma luva.

[u]Médios laterais[/u] Jogadores com bom pulmão, inteligentes, com boa capacidade defensiva e com grande capacidade para flanquear. Fortes no drible. Personalidade forte.

SCP: (Izma e Vuk servem para suplentes talvez…)

Não concordo que o Izma fosse suplente. Não concordo que o Vuk seja médio-lateral.

[u]Nr. 10[/u] Jogador inteligente, com grande visão de jogo e grande capacidade de drible. Um criativo de 1ªágua...

SCP: (o Matias talvez lá pudesse chegar…)

O Matias é tudo isso. E ainda marca livres directo como ninguém e nunca falhou uma penalidade. Simplesmente o Sporting não joga futebol de ataque em mais de 10% do tempo de jogo e o Matias só sabe jogar futebol de ataque.

[u]Ponta de Lança 1[/u] Jogador rápido, inteligente e eficaz. Boa capacidade de pressão. Mentalidade forte.

SCP: Liedson (Corresponde na perfeição)

Aqui concordamos plenamente. Claro.

[u]Ponta de Lança 2[/u] Jogador brutal físicamente (>1,9m). Não faz da sua técnica a sua maior virtude mas é jogador de futebol, ou seja, domina a arte da recepção, do passe e do remate. É capaz de reter a bola. Letal do jogo aério e dotado de forte remate. Grande personalidade. Um guerreiro !

Pareces estar a descrever o nosso Felipe Caicedo. Mas infelizmente, por uma multiplicidade de razões, ainda não perceberam que este sim valia a pena insistir com a titularidade, mesmo que não se revele logo, porque mesmo sem querer faz mais em 10 minutos que o Postiga em 80 ou 90.

No geral acho que a nossa lacuna principal reside na defesa.
Laterais. E um Central, na ausência de Polga em forma e de Tonel com a confiança do treinador.
A minha equipa ideal era o Sporting que jogou contra os porcos, mas tirava o Polga e o Postiga e punha o Tonel e o Caicedo. Penso que tinhamos ganho o jogo se tivesse sido essa a equipa.

Não ha jogadores modelo… ha bons e maus jogadores… indepentemente do peso, altura, para a posição X ou Y … o sporting tem uma equipa mediana… no meu ponto de vista…

E claro um treinador mau!

Penso que o número e o tipo de respostas que este tópico teve ilustra bem o pensar do universo Sportinguista que está bem representado na política desportiva do clube nas últimas décadas. Sem nenhum sucesso, diga-se…
E por isso que eu costumo dizer que temos o clube que a generalidade dos adeptos merece.
Preferimos usar a lógica do bode expiatório.
Os alvos agora são o Polga e o PB (também não colhem a minha simpatica, principalmente o 1º).
Mas o verdadeiro problema é muito mais grave, é a propria filosofia de construção do plantel…

Ninguém se interessa por fazer uma análise global do plantel contemplando as várias vertentes de análise que determinam a força de uma equipa. Para os adeptos, apenas interessam os aspectos técnicos. O jogador joga bem, perguntam todos ???

Ainda assim, um aplauso para os poucos que fizeram um esfoço por pensar sobre isto.
O Skyr teve uma intervenção interessante mais focada na avaliação dos jogadores do SCP vs as caracteristicas ideiais dos jogadores para as 11 posições. Fez também algumas considerações de ordem táctica e estratégica.
Achei interessante e concordo com algumas.

Quanto ao Jardel, não trouxe mais valia para a análise que pretendia fazer.

A todos escapou o verdadeiro objectivo da análise.
Identificar as caracteristicas chave que uma equipa de sucesso deve ter e ao mesmo tempo pensar que tipo de jogadores poderiam encaixar numa equipa assim.
O fundamental é perceber que uma equipa deve ser um conjunto harmonico.
Deve acautelar aspectos essenciais no futebol moderno muito para além dos meramente técnicos.
Ninguém faz esta análise no mundo Sportinguista.
Estamos a pagar cara esta falta de massa conzenta nos lugares chave…

O essencial daquilo que estou a referir pode ser sintetizado no seguinte:

A uma equipa, para ter sucesso, não basta ter um conjunto de bons jogadores.
Isso o SCP até se pode considerar que tem.
Não chega…

Para se ter sucesso, além de ter atletas com a necessária qualidade técnica (que repito, não é o nosso maior problema) é necessário ter atletas com capacidade física/morfológica e personalidade.
Uma equipa tem sempre 4 dimensões:

  • Técnica
  • Táctica / Estratégica
  • Física
  • Mental

Ou seja, não basta contratar jogadores que saibam dar um toques…
É preciso ver a construção da equipa como a construção de um todo harmónico que tem nota alta em todas estas vertentes nas contas finais. Isto é o centro de tudo!

Ora, o SCP é um farrapo físico e mental há anos e anos…
E é-o porque se contratam jogadores incapazes de nos dar mais valias em sentido contrário!

Eu já tinha reparado neste tópico mas optei por não postar porque apesar de abordar as coisas de forma um pouco diferentes, vai acabar por dar no mesmo que outros tópicos que já por aqui existiram.

Podemos falar de características específicas que os jogadores de cada posição deveriam ter e aquilo que deveriam ser os seus pontos fortes consoante essa posição e as necessidades da equipa, mas acaba por ir tudo por terra quando se percebe que com esta equipa técnica não há qualquer planeamento de nada.
Por exemplo, olhamos para os laterais e vemos que a equipa técnica acha que nem temos necessidade de nos reforçarmos nesse sector porque estamos bem servidos, quando toda a gente percebe a mediocridade gritante que é o conjunto de laterais do Sporting, o que assume uma importância ainda maior tendo em conta a táctica que utilizamos… ora a partir daqui é desmotivante estar a discutir coisas como a capacidade física, mentalidade ou capacidade atacante…

Dito isto, penso que a maioria das pessoas concorda contigo em algumas das posições que referes. As mais evidentes são os já referidos laterais e os centrais.

Nos laterais, concordo com a necessidade de terem uma boa capacidade física já que são muito solicitados em subidas, teriam também de preferência serem mais altos, para compensar a baixa estatura global da equipa. O André Marques é um bom exemplo do que se pretende, mas apenas fisicamente…
Acho que a boa capacidade ofensiva até é mais importante que a defensiva, mas como é óbvio não poderiam comprometer defensivamente. Ofensivamente tinham que ter boa tecnica, velocidade e capacidade de ir à linha cruzar (e saber cruzar…).

Nos centrais, deviamos ter duas torres, um titular indiscutível (aqui concordo com tudo o que defendes para a posição) e um outro também fisicamente muito forte mas jovem e com margem de progressão, que fosse jogando para ganhar calo. Com um jogador deste género ao lado, as qualidades do Carriço tornar-se-iam ainda mais evidentes.

Médio defensivo, nesta posição eu só pedia um recuperador de bolas, exímio do desarme e com capacidade física para andar o jogo todo tipo “carraça” a destruir jogo. Nem precisava de ser fisicamente um “boi” nem precisava de ter grande qualidade técnica, nem qualidade de passe excelente, só precisava de recuperar bolas e passar, fosse para ao lado ou para a frente.

Médios laterais, neste caso jogamos com interiores por isso acho que estamos bem servidos com Izma e Vuk, o papel de subir e ir à linha ficaria reservado para os laterais, mas aqui preferia jogar com extremos puros, rapidíssimos e com capacidade de dribble acima da média, o que obrigava a ter outro tipo de laterais mais fortes defensivamente.

Nº 10, o Matías chega e sobra, tem é de ter bola e liberdade, todo o jogo ofensivo tem de passar por ele. Deve ter liberdade de movimentos, seja para vir buscar jogo atrás, seja para aparecer em zonas de finalização ou para distribuir jogo para as laterais ou passes letais para os avançados. O Matías tem características que lhe permitem fazer tudo isto…

Com o “segundo” ponta de lança também concordo com o que defendes e é algo que não temos de todo no plantel. O Caicedo fisicamente vai de encontro ao que é pretendido mas depois falha em dois pontos importantes, o jogo aéreo e a capacidade goleadora.
Outra opção seria outro jogador tipo Derlei que se viu que também dá resultado se se entender bem com o Liedson. Poderiamos também ter os dois tipos de jogador e variar consoante os jogos e a necessidade.

Por fim, no guarda-redes, não vejo a necessidade de ser tão alto (mínimo 1,85m) e teria que ser “perfeito” a sair dos postes (jogo aéreo) coisa que o Sporting já não tem há séculos. Em cantos e livres aquela zona à frente da baliza tem de ser do GR seja lá como for. O Patrício apesar de cumprir noutros aspectos neste está longe de o fazer mas acredito que tenha margem de progressão por isso deveria ser suplente de outro tipo de GR.

Sendo as bolas paradas um dos nossos pontos fracos mais evidentes, com estas alterações a equipa ficava logo mais forte. Defensivamente teríamos um GR forte neste tipo de lances, laterais mais altos, o tal central tipo “poste” que limpa tudo o que é jogo aéreo e ainda o tal avançado e ofensivamente ganhávamos soluções que actualmente só temos quando o Tonel joga, apesar de o Liedson também marcar alguns golos assim.

Era este tipo de posts que eu gostava que tivessem aparecido mais.
Um excelente post com o qual concordo na generalidade!
Muito bem !

Só não concordo com 2 coisas:

  • Independentemente da maior ou menor qualidade do nosso treinador, é sempre bom discutir estes temas
    (Epahhh…nem que seja por gozo pessoal de pensar como deveria ser a equipa…:P)
  • Infelizmente, ao contrario do que dizes, a maioria dos Sportinguistas não estão de acordo comigo naquilo que digo.
    Infelizmente, eles nem sabem do que é que eu estou a falar sequer…

O adepto de futebol típico em Portugal só se preocupa com aspectos técnicos.
Nisso, o adepto Sportinguista é o mais Português dos adeptos…

Depois, quando se joga com Bayerns, reparamos que falta sempre muita coisa em termos físicos e em termos mentais.
Também perguntamos porque é que o Porto consegue resultados e exibições impensáveis para nós contra essas equipas…

A resposta encontra-se olhando para essas vertentes no plantel deles.
Porto é sinónimo de personalidade e força física.

Epahhh…Eu também quero um SPORTING GUERREIRO e com técnica!!!
TENHO DIREITO.
PENSO NISSO…

PS:
Agora…Não posso é pedir a jogadores meia-lecas que sempre foram cobardes na sua forma de jogar…para passarem a ser guerreiros de repente. Isso não existe e não é justo que se peça…Tem que se comprar de raíz!

Acabas por ter razão, mas eu só escrevi aquilo por causa de algum sentimento de impotência que tenho perante alguns aspectos que acho que qualquer qualquer um consegue ver, mas que infelizmente os que estão à frente do clube não vêem.
O já velho exemplo dos laterais é daqueles que mais me custa e irrita-me profundamente ver que nada é feito no sentido de mudar essa lacuna tão grande no plantel, tal como o problema da estatura.

Eu não acho que sou dono da verdade, mas há coisas que não percebo como é que quem está à frente do clube não vê. Coisas básicas e que na minha opinião trariam logo melhorias à equipa e ao modelo de jogo.
Ainda mais num clube com dificuldades financeiras como é o Sporting e que como tal não pode contar com o melhor que há no mercado e assim sendo deveria haver uma maior percepção daquilo que são os pontos fracos da equipa e tentar combate-los de forma racional, o que não acontece minimamente.
Mas sinceramente acho que a principal razão para isto acontecer está no Paulo Bento e na sua teimosia, há certas concepções que estão na cabeça dele e que não o deixam ver o que está à sua frente nem evoluir. Estou a referir-me quer às contratações quer à forma de jogar da equipa.

Quanto à parte de a maioria das pessoas concordarem contigo aqui admito que me estava apenas a referir ao fórum, o que é de facto errado pois o universo Sporting é bem maior e mais variado, como se tem visto ultimamente.

Eu percebo o que queres dizer.
Tanto neste parágrafo como no geral.
E concordo que esse é um dos grandes problemas tanto do Sporting como dos Lampios nos últimos anos.
Olhamos para as partes e esquecemos o todo, achando que este é apenas a soma das suas partes.

Não posso é deixar de dizer que aquilo que criticas acaba também por ser aquilo que tu próprio começas por dizer.
Ou seja, este tópico tem como extensão principal uma análise fria e um pouco obtusa de alguns jogadores da nossa equipa e do suposto perfeito jogador para aquela posição.
Ás tantas, já nem sei o que prefiro.
Adeptos muito preocupados com aspectos técnicos apenas, descurando outros aspectos que constituem um jogador e uma equipa; ou adeptos idealistas, que tecem críticas interessantes e relevantes, mas que incorrem naquilo que criticam (porque, no fundo também teceste comentários de cariz técnico).

O Sporting vive uma crise de identidade enorme.
Acho que poucos jogadores do 11 do Sporting são verdadeiramente sportinguistas (talvez RP e DC) e isso reflecte-se em campo.
Mais do que mentalidade ganhadora era preciso mentalidade sportinguista.
Individuos que fossem para casa chateados e tristes pelo SEU Sporting ter perdido.
O seu clube do coração.

Acho que a minha equipa ideal era constituída só por Sá-Pintos, Manuel Fernandes, Oceanos, Vidigais, Carlos Xavieres etc…

Na parte inicial do meu post, o meu objectivo era imaginar que tipo de jogadores poderiam dar suporte a uma equipa com as caracteristicas da parte final do post, essa sim, a parte mais importante da análise.
A inclusão dos jogadores do SCP que ocupam aquelas posições serve apenas para termos um termo de comparação com a nossa situação actual. Uma graça…
É importamnte frisar que aquela é a apenas a minha abordagem e incorre sempre nalguma subjectividade.
Estou certo que com mais reflexão, poder-se-ia fazer melhor.
E também não tenho dúvidas de que se conseguiria uma equipa fabulosa na mesma mesmo com várias excepções aquelas regras mas de forma a acutelar sempre as vertentes de que falei em baixo.

Por exemplo, quem tem um jogador com tanta qualidade como o Moutinho, pode bem mantê-lo mesmo que as suas caractristicas não sejam as ideiais para a posição em que joga. O risco desta opção numa equipa com vários jogadores fortes na vertente física seria mínimo. Até poderia ser vantajoso.
É um balanceamento que se tem que ir fazendo ano a ano.
Aliás, a construção de uma equipa destas, mais a mais num clube como o SCP, também não é algo possível num curto prazo.
Há que entender as limitações financeiras do clube e a indisponibilidade deste tipo de jogadores em condições financeiras vantajosas no mercado.

O que é preocupante é não se ver uma linha estratégica e uma preocupação com estas vertentes cruciais de qualquer política desportiva ao longo dos anos no nosso clube…
Em profissionais pagos a peso de ouro, parece que estas matérias são tratadas completamente ao calhas.

A vertente mental ainda é muito descurada por alguns clubes da europa.
Alguns estão a ser um bocado amadores nisso…
Mas na vertente física, digam-me que clubes de top é que conhecem cujos plantéis sejam tão débeis fisicamente como o do SCP?
Acham esta distração aceitável num clube que movimenta milhões de euros por ano?

Porque é que havemos sempre de ser os originais na arte de fazer asneiras que mais ninguém faz?

Acho que este topico merece a classificação de LOL do ano.
A equipa ideal de toda a gente será sempre superior a qualquer jogador do SCP.
Até a equipa ideal do Real é superior à do Real.

A equipa ideal do Sporting nem com 500 Milhoes de Euros.

Enfim…topico dos gambuzinos

Jogadores:

Guarda Redes

Nao precisa de ser uma torre, “basta dizer esta baliza é minha”, sei o que faço. Agilidade, reflexos de ouro, instinto incrivel, saber sair aos cruzamentos, um grito de ordem na defesa quando é preciso, uma palavra de calma aos defesas o que so por aqui se passa seguraça pra defesa e da defesa pra frente idem. Enfim na baliza se perdem e ganham titulos.

SCP: Patricio ( pra defesa tremida que temos o patricio tinha que ser um fenomeno.)

Defesas laterais

Um cruzador eximio, rapido no flanco e que nao é papado em contra-pé, e o outro um latreral de força e garra, mais defensivo, sempre no sitio pra limpar investidas atacantes pelo seu lado. Mentalmente a altura da posiçao.

Defesa central 1

Um lider! Um lider nas bolas altas a defender e a marcar golos, no corte antecipado, na marcaçao de livres. Personalidade inrreversívelmente forte, mentalmente nao se abala com nada dentro do campo, quando é preciso um grito temido para os colegas da-lo, uma relaçao de irmao com o keeper.

SCP: ( nenhum deles. )

Defesa central 2

( Um central ali e ali mais novo, a sair bem com a bola, ajudar o companheiro de posiçao nas bolas altas, forte na marcaçao. Forte mentalmente, incentivado pela liderança do companheiro.

SCP: Carriço ( Pode chegar la…)

Médio Defensivo

Um tipo forte, com a personalidade e mente da defesa, lider de meio campo a destruir, toda a zona é dele, grande pulmao e os pés com classe suficiente pra destribuir jogo.

SCP: Veloso ( Classe nos pés, falta-lhe destruir mais jogo )

Médios laterais

Aqui ao atacam ou estao na posiçao errada, apartir daqui exige-se acima de tudo qualidade técnica. A confiança, a vontade advem da uniao da equipa e do que sabem realmente fazer. Atacar e ajudar a defender nao o contrario. Velocidade, drible, tabelar, cruzar, rematar, marcar livres e cantos…

SCP: Vukcevic, Izmailov, Pereirinha nao preenchem todos os requesitos.

Nr. 10

Acima de tudo aquele jogador que da o primeiro toque na bola e levanta a cabeça, o toque por si chama logo atençao dos adeptos.Tecnicamente bastante evoluido e astuto a jogar para os avançados. Faz jogar e joga que se farta. Marcaçao de livres sao dele.

SCP: (o matias pode chegar la…)

Ponta de Lança 1

Ponta de area. Na area tem tudo, rapido e eficácia letal, inteligencia entre os centrais, eximio cabecador ( basta saltar bem, nao e preciso ser muito alto)… pé direito ou esquerdo consideravelmente bom. Fora dela a bola dos pés sai sempre jogável.

SCP: Postiga, Djalo, Caicedo…loge, estao muito longe…

Ponta de Lança 2

Suficientemente bom e eficaz na area ou pra se entender com o companheiro. Fora dela avançado de espaços, bom a tabelar, bom remate, bons pés, alguma fantasia na jogada ou em golos, pulmao, carraça a pressionar…

SCP- Por ex…Liedson.

Características da equipa:

Equipa de um trabalho arduo e competente dos responsáveis, com a qualidade e responsabilidade mais que suficiente do que cada um tem que fazer na sua posiçao, uma equipa unida em torno do objectivo de ganhar porque estao no Sporting e chamar os seus adeptos. O futebol ainda é um espectaculo portanto acima de tudo mais qualidade ofensiva, mais golos, mais consistencia, mais posse, mais segurançao, mais liderança, mais ambiçao…tudo isto = mais organizaçao dentro da equipa.
Se a coisa nao esta a correr bem pq na vida nao ha nada perfeito, essiste organizaçao e consistencia do que fazemos sem que se rasguem com 1 ou 2 golos ou uma qualidade maior até ai invidenciada do adversário.
Qualidade, coragem nunca faltar em momento algum pra conseguir ou tentar plausivamente contrariar as adversidades.

Conciliação entre capacidade técnica e pujança fisica.

Equipa preparada, que faz ginasio, com ritmo, com pulmao, pra aguentar o tempo de jogo " como aguentam os pés" a pressao de jogar no Scp. Sem qualidade tecnia no futebol, o fisico da pra o rugby.

Bolas paradas pra defender ou marcar equipa com jogadores na defesa e no ataque com qualidade pra isso.

Uma equipa respeitada,estudada ao promenor nos videos pelos adversarios, com o seu futebol e a sua tactica, grande qualidade ofensiva, segurança e liderança a defender. Unida, consistente e solidária nos piores momentos.

Uma equipa como disse com coragem, que faz sempre o seu jogo venham que vier, Real Madrid, Manchester, ou inter.

No fim esta minha equipa essiste na minha imaginaçao.

:o
Agora passou a ser…
Post mais engraçado do século no tópico LOL do ano…
Uma pérola da arte da análise!

Enfim…Bom para descontrair.
:rotfl:

Muy bien!

O que estás a dizer fazia algum sentido se alguém estivesse aqui a avançar nomes para nos reforçarmos. Podias falar de preços ou de salários de contratações impossíveis, mas como ninguém está a fazer isso o que não faz grande sentido é esta tua análise e só demonstra que não percebeste muito bem o sentido do tópico.
Isto não é a equipa ideal do Sporting, é a equipa ideal de quem quer ser competitivo e não ter falhas gritantes no plantel, como é o nosso caso relativamente por exemplo à estatura da equipa. A nossa equipa actual, da forma como está construída é caso raro no futebol mundial.

Já agora quanto ao Real, no papel sim, têm a equipa ideal olhando para as características dos jogadores consoante as posições que ocupam. Agora se se mudava alguma coisa olhando a nomes isso já é outra questão completamente diferente…

Epah basta ler a descrição das posições dos jogadores ideiais e do que temos…
Querem jogadores de 5M para cada posição.
E eu é que não percebi a cena do topico.

Claro que queria uma GR de 1.95 e bom.
Claro que queria laterais rapidos e que cruzassem bem.
Claro que queria centrais fortes e ageis.
Claro que queria dois matadores lá a frente.

Mas isso tudo paga-se, e caro.

OK!
Este post já foi bem mais construtivo que o outro. :great:

Resumidamente, este tópico tinha 3 objectivos:
1.
Idealizar as caracteristicas e o perfil dos jogadores que poderiam constituir a equipa ideal.
Essa equipa é a referência.
É sempre importante ter uma referência que nos orienta!
2.
Olhar para o SCP e ver a diferença em relação à referência para perceber, à nossa escala de possibilidades, o que nos falta e em que sentido deveriamos orientar a nossa política desportiva para obtermos melhores resultados.
3.
Através desta análise, expôr o amadorismo com que as vertentes física/morfológica e mental estão a ser tratadas no nosso clube.
Um autêntico atentado…

Eu considero-me um apostador semi-profissional dado o tipo de montantes de lucro que tenho tido nos últimos meses.
Isto tem-me obrigado a ver muito desporto (muito mesmo…) e a fazer muita análise daquilo que vejo.
Quando é o nosso dinheiro que está em causa, somos obrigados a ver mais longe.
Quem aposta sabe do que estou a falar…

E sinceramente, conheço poucas equipas séniores de alguma dimensão que desprezem tanto a vertente física e a vertente mental como o SCP.
Isto não é aceitável num clube com o nosso orçamento…

Eu acho que muitos dos problemas da equipa se resolviam não com um investimento assim tão grande no plantel mas com um investimento numa rede de prospecção eficiente e em olheiros que explorassem vários mercados de forma eficiente. Há jogadores com essas características que são caros mas há tantos outros por esse mundo fora por descobrir.
Aqui imagino que concordes comigo, a prospecção do Sporting é quase anedótica e a principal causa para os desequílibrios que temos no plantel é essa, clara falta de conhecimento do mercado que nos permitam explorar solucões válidas a preços acessíveis.

Dou um exemplo de uma equipa que age no mercado de uma forma que poderia trazer frutos ao Sporting. Essa equipa é a Udinese que tem apostado constantemente em jovens dos mercados sul-americano e africano e tem levado para o clube algumas pérolas, antecipando-se a outros clubes com maior poderio financeiro.

Precisamente!
Embora eu ache que o maior cancro do SCP neste momento seja a incapacidade de gerar as receitas necessárias para permitir um orçamento para o futebol mais condizente com a ambição do clube (o maior desafio e também o maior perigo para o SCP como clube neste inicio de século), acabaste de focar uma vertente absolutamente crucial para nós e que está a funcionar muito mal nos séniores: a prospeção.

Sei que isto não é tão fácil como possa parecer…
A verdade é que, sobretudo nos mercados sul-americano e africano, o filão por explorar deve ser inimaginável.

No caso do SCP, até acho o filão africano mais interessante.
É mais barato.
Nele abundam jogadores com características físicas que não existem no SCP sem prejuízo da vertente técnica.
Cabe-nos a nos trabalhar as outras vertentes e delapidar os diamantes.
Olhem o exemplo do Arsenal.

Imagino os Traore’s, Gallas, Song, Essien, Drogba’s, Patrick’s Vieras, John Carew’s, etc… que estarão a passar ao lado de grandes carreiras só porque, ou ninguém viu, ou foram para o clube errado…

nem o barcelona preenche todos esses requisitos quanto mais o… :twisted:

A respeito da vertente mental de uma equipa de futebol e dos jogadores que a compõem, não posso deixar de referir as recentes declarações muito inteligentes do Grande Sá Pinto a este respeito.
Não fiquei nada admirado que ele focasse esta vertente.
Sempre o considerei uma espécie de meu representante dentro do campo pela garra, pela mentalidade e por dar sempre a ideia que queria do jogo o mesmo que eu. Sensação que se tem relativamente a muito poucos jogadores no SCP.
Um Guerreiro que terá sempre lugar na minha concepção de SPORTING IDEAL !!!