[Eleições '13] Candidatos | [LISTA A] Carlos Severino

Interessante, espero para ver o seu programa…

Talvez procure só adicionar alguns pontos à campanha eleitoral. Depois, quando o cenário se afunilar, ou desiste sem apoiar um dos candidatos, ou é engolido por uma candidatura mais forte.

Embora possa, aos olhos de alguns, contribuir para enevoar a campanha, até nem desgosto desta estratégia.

Por isso, avança, Zeferino Boal, pois de ti espero dados sumarentos sobre a Linha Roquete. :lol: :lol: :lol: :mrgreen:

[size=16pt][b]SOS – Salvar Sporting promete apresentar-se às eleições[/b][/size]

O movimento SOS – Salvar o Sporting, liderado pelo jornalista Carlos Severino, anunciou esta terça-feira que vai apresentar-se ao ato eleitoral do clube, marcado para 23 de março.

No comunicado enviado às redações, o movimento explica ainda os seus pressupostos:

«FUTEBOL:
O Futebol Profissional vai girar em torno de jogadores saídos da formação, reforçado com contratações cirúrgicas, devidamente negociadas de forma a não haver outros detentores dos passes dos atletas que não o Sporting. A nossa referência é o modelo Barcelona.

POLÍTICA DESPORTIVA:
O Sporting não pode andar a reboque seja de quem for. Connosco, o clube será independente; não será subalterno de ninguém; estará representado nas estruturas que gerem o futebol; estará à altura de se bater com os principais rivais: FC Porto e Benfica. O mesmo comportamento é extensivo às modalidades.

POLÍTICA ECONÓMICA E FINANCEIRA:
O grande ativo do Sporting são os adeptos, mais de 3 milhões, Núcleos são 250 espalhados pelo Mundo, e é neles que o ‘SOS’ assenta a resolução dos problemas económicos e financeiros, com iniciativas atrativas e funcionais, envolvendo-os, o mais possível, com o clube. Queremos abordar os credores, nomeadamente a banca, e com eles encontrar as melhores soluções para que a dependência financeira do Sporting não continue a condicionar o seu funcionamento.

COMUNICAÇÃO:
Seremos rigorosos na mensagem; respeitaremos os profissionais da Comunicação Social e a sua difícil e importante missão.»

Mão cheia de nada.

Boal és tu?

Aí vem o Joaquim Oliveira e o Marinho Neves.

Matchbox,

respeita aquilo que o Boal pode adicionar a uma campanha eleitoral que sucede a mais uma presidência repleta de truques e esquemas sujos.

Sinceramente, a não ser que algo substancial me esteja a escapar, há dentro de cada um de nós - Sportinguistas honestos - um Boal. :dance:

É necessário “boalizar” os podres do Sporting conspurcado pela Linha Roquete.

:arrow: :arrow:

Oliverinhas, Não Obrigado :hand:

Eu digo isso porque o Boal não foi até ao fim sequer e este parece-me outro. Não digo que não tenha tido a sua utilidade.

As minhas apostas para esta lista:

Severino presidente do Clube.
Baltazar presidente da SAD.
Dias Ferreira presidente da MAG
Alguém ‘abençoado’ pela Olivedesportos para o CF.

Oh pá! Lê lá bem o que escreveste e vê lá se não inverteste a ordem de importância das personagens…

Não. Todos eles são ‘abençoados’ pelos Oliveirinhas, não é só o ‘a designar’ do CF.

O Oliveira vai estar com DF :great:

Comunicado, todo ele, bastante vago. Aliás, nem outra coisa seria de esperar atendento à precocidade da candidatura. Haverá que aguardar pelo projecto e pelas suas caras, de modo a deslindar em que páram as modas, isto é, de que modo se posiciona Severino. Para já e para termos uma ideia da vacuidade do dito, basta verificar que quando se aborda a política financeira, sugem à balia os 3 milhões de adeptos…

Ah! Ei-lo, o populismozinho maroto que poderá muito bem dar mote a estas eleições:

POLÍTICA DESPORTIVA:
O Sporting não pode andar a reboque seja de quem for. Connosco, o clube será independente; não será subalterno de ninguém; estará representado nas estruturas que gerem o futebol; estará à altura de se bater com os principais rivais: FC Porto e Benfica. O mesmo comportamento é extensivo às modalidades.

Com os recentes acontecimentos, será um filão a explorar pelos candidatos. Parece que já os ouço a falar ao coração do incauto Sportinguista: “Ó senhores, comigo que é, comigo acabaram os negócios vexantes com o Porto!”…

Ou muito me engano ou este não chega às urnas, vai ser tipo o Boal, em termos de intenções de voto.

Sinceramente não acredito minimamente!

Para mim é mais um a fazer número. Não tem expressão está figura para conseguir um bom resultado. Acredito que possa desistir mais tarde ou mais cedo.

E parece-me que ambos vão estar com Severino. Caso contrário o Severino desiste em favor da candidatura dos Oliveiras. Basta ler o que o Severino escreveu nas eleições de 2011! :great:

Poderá ser bom para, nos debates, atacar o candidato lambuças. Agora para ser sério candidato tenho muitas dúvidas.

Next.

Penso que esta é uma candidatura apenas para dividir votos, vinda de alguém com ligações a outra figura (Dias da Cunha) que como sabemos, ainda há pouco tempo quis privar os sócios interpondo uma providência cautelar contra a assembleia geral extraordinária.

Para mim, é uma candidatura de continuidade, que tenta cativar com propostas que puxam demasiado para o populismo, “modelo à Barcelona” e “estar à altura de se bater com os rivais”.

Neste momento, pede-se sobretudo realismo, não vir para aqui com histórias da carochinha.

Se é que não é este mesmo O candidato da continuidade. Espero pelo resto da equipa para tirar conclusões…