Derrubar a corja, reerguer o Sporting

DERRUBAR A CORJA, REERGUER O SPORTING.

DESTITUIÇÃO DE JOSÉ EDUARDO BETTENCOURT DE PRESIDENTE DO SPORTING CLUBE DE PORTUGAL.

Faz no próximo dia 5 de Maio 11 meses que Bettencourt chegou à presidência do Sporting, na linha da continuidade e do sistema iniciado por José Roquette em Junho de 1995.

O mandato de José Eduardo Bettencourt tem-se caracterizado por uma conduta e um comportamento deplorável, indigno para com o Sporting Clube de Portugal e para com os Sportinguistas, que têm sido constantemente envergonhados e humilhados e sujeitos a sucessivos desaforos e vexames.

Os atropelos ao bom nome do Sporting Clube de Portugal, aos seus estatutos, à gestão financeira sempre deficitária e envolta em mistério, bem como a miserabilista gestão desportiva com os resultados que se conhecem e que se adivinham, têm sido as linhas mestras da sua governação, tendo como pedra de toque a forma desbragada e insultuosa com que permanentemente se dirige aos sócios e adeptos.
Como se tudo isto não bastasse as suas tristes e lastimáveis intervenções e aparições públicas, têm transformado o Sporting e os Sportinguistas como alvo de chacota nacional.

Nesta conformidade, existem três processos para resgatar o respeito e a credibilidade e devolver ao Sporting e aos Sportinguistas a dignidade que estes merecem e que têm direito, destituindo o ainda presidente José Eduardo Bettencourt e em acto contínuo derrubar a estrutura e o poder instalado.

- A BEM
Através dos meios legais que os estatutos e a lei prevêem, nomeadamente eleições, assembleias gerais, auditorias, providências cautelares, impugnações, provas de inimputabilidade, juntas médicas, tribunais, etc.

(este é um processo moroso, nebuloso, passível de manipulação, de subornos, de arquivamentos, de teias organizadas, de grupos de interesses, de jogos de bastidores e com a burocracia e o tempo de que carecem, corre-se o risco de depois ser já tarde demais e de o Clube já estar definitivamente perdido e empalmado.)

- A MAL
Através da força, da indignação, da revolta, da violência, do ajuste de contas, de não ficarem rabos-de-palha, em suma da limpeza total.

(processo que sempre defendi.)

- DEIXÁ-LOS CAIR
Através da incompetência de quem lá está, do compadrio, da delapidação, do desmantelamento, do roubo, desejando que Bettencourt continue a falar, da vergonha, da debandada e sobretudo dos maus resultados.

(este é sem dúvida o processo mais doloroso para todos nós, mas não despiciendo, correndo apenas o risco de, ao deixá-los continuar em funções, o Clube também acabar.)

Ainda assim e para aqueles que acham que estes dirigentes sairão a bem, acreditam nos processos institucionais e pensam que Bettencourt e o Polvo que ele representa e do qual é Comissário, se deixam derrubar por assembleias gerais e eleições, previamente manipuladas por eles próprios, existem no actual momento, claros atropelos e situações gritantes de incumprimento aos Estatutos do Sporting Clube de Portugal.

A saber:

CAPÍTULO II – SÍMBOLOS DO CLUBE

Artigo 11º
O distintivo dos equipamentos é de pano verde, cortado em oval, orlado a branco ou a preto, consoante as imposições do equipamento adoptado, tendo ao centro o leão simbólico e as iniciais em branco, e é usado do lado esquerdo do peito em todos os equipamentos que o permitam, podendo os demais alterar a colocação de acordo com a sua especial configuração, sempre obedecendo às opções tradicionais.

ARTIGO 12º
O emblema do Clube tem a forma de escudo, de campo verde, com leão em relevo ao centro e as iniciais em coroa.

ONDE ESTÃO AS INICIAIS NOS EQUIPAMENTOS?

CAPÍTULO III – SÓCIOS DO CLUBE
SECÇÃO II

Artigo 21º
a) Honrar o clube e defender o seu nome e prestígio;

g) Manter impecável comportamento moral e disciplinar de forma a não prejudicar os legítimos interesses do Sporting Clube de Portugal, nomeadamente defendendo e zelando pelo património do Clube.

BETTENCOURT, COM RESPONSABILIDADES ACRESCIDAS E SANÇÕES AGRAVADAS, TEM VIOLADO REPETIDAMENTE ESTAS ALÍNEAS.

CAPÍTULO IV – ACTIVIDADE ECONÓMICO-FINANCEIRA

Artigo 34º
2- Caberá a uma empresa especializada de auditoria, de reconhecido nível internacional, com sede ou representação em Portugal, realizar anualmente uma auditoria completa às contas do Clube; o parecer da empresa de auditoria acompanhará, obrigatoriamente, os documentos referidos no número 1 do presente artigo.

ANUALMENTE? DESDE JUNHO DE 1995 QUE NÃO É REALIZADA UMA AUDITORIA COMPLETA ÀS CONTAS DO CLUBE.
PORQUE NÃO A FAZEM?
DE QUE TÊM MEDO?

CAPÍTULO V – ÓRGÃOS SOCIAIS

Artigo 36º
1- Os membros dos órgãos sociais devem cumprir e fazer cumprir os estatutos e regulamentos do clube e exercer os respectivos cargos com a maior dedicação e exemplar comportamento cívico e moral.

NÃO CUMPREM, NÃO FAZEM CUMPRIR, NÃO SE DEDICAM E O COMPORTAMENTO É A TODOS OS TÍTULOS VERGONHOSO.

Haveria muito mais a imputar ao ainda presidente e restantes órgãos sociais, como até o artigo nº 2 do Capítulo I, mas para incumprimento dos regulamentos e dos estatutos, basta uma. Não é preciso mais.

Em conclusão, poderá talvez haver um outro processo de derrubar a corja e reerguer o Sporting, que poderá passar por um pouco de cada uma das outras três.

Com a Auditoria ou a falta dela que será sempre um estigma de que nunca se libertarão, com a indignação e a revolta, desgastando-os e retirando-lhes condições de governabilidade e por fim deixando-os lá estar com os consequentes e inevitáveis maus resultados.

Infelizmente para a maioria, os resultados são o barómetro e os maus resultados desportivos são a única coisa que os move e a única coisa que os faz indignar, não percebendo que eles são apenas a parte visível do iceberg.
Não percebendo que só haverá bons resultados de forma consistente e continuada, quando o rochedo de gelo for completamente dinamitado e destruído.

Já estou por tudo.
É preciso maus resultados? Ainda piores?

VENHAM ELES!

eu tentarei fazer o máximo para ajudar nesta nobre causa!!

:clap: :clap: :clap: :clap:

concordo com tudo

o Sporting é o nosso grande amor e não pode ser destruído! :hand:

Agora mais do que nunca…

Aqui estou eu para ajudar no que me for possível.

Abraço,

Acho que é impossível não concordar com o que o Chirola escreveu. O ano de presidência do JEB é realmente muito mau, nunca eu pensei que fosse possível fazer tanta asneira quando nem é preciso inventar muito para se acertar em certas cosias… Eu até tenho falado muito pouco no tópico dele porque contra factos não há argumentos.

Como é que alguém podia dizer que ele era um grande gestor, de topo, do Totta?! Um bom gestor normalmente tem inteligência para criar soluções e adapta-se a qualquer cargo. Até agora não vi nada de genial, tirando algumas nuances. Tudo bem que o SCP provavelmente tem de preparar 500 powerpoints e apresenta-los a 40 bancos diferentes para que nos estendam um empréstimozito enquanto que a orcalhada é só estalar os dedos, mas isso não justifica ISTO que vemos, e os episódios SEGUIDOS de burrice autêntica.

Mas em relação ás acções a tomar:

A MAL - Tudo bem, usar a força também acho que é o caminho mais eficiente, sempre será. Mas isso significa o quê? Que vamos chegar lá, alguns 20 ou 30 (se tanto) invadir os camarotes e espancar fisicamente quem lá esteja…?! Para o uso da força ás vezes nem é preciso a murraça, é necessário acima de tudo as claques, pois alem da imagem ameaçadora que representam quando estão contra algo, são o melhor meio de influenciar e passar mensagens aos restantes adeptos e sócios.

A BEM - A única forma que vejo de mudar é convocar eleições antecipadas (já agora como se pode fazer isso?) e encontrar-se um candidato da oposição decente, conhecido, com nível reconhecido por todo o universo Leonino, que invente um projecto fantástico (mesmo que seja mentiroso é para uma “boa causa”), que prometa Messi, Ronaldo e Rooney, ao ponto de dividir até a mente dos mais acérrimos seguidores da “continuidade”. Que consiga realmente ganhar aquilo, basicamente. O que interessa é lá chegar acima.

Um tema já conhecido. A justificação assumida é que a equipa de futebol é da SAD e por isso não está obrigada a respeitar os estatutos do Clube.

CAPÍTULO III – SÓCIOS DO CLUBE SECÇÃO II

Artigo 21º
a) Honrar o clube e defender o seu nome e prestígio;

g) Manter impecável comportamento moral e disciplinar de forma a não prejudicar os legítimos interesses do Sporting Clube de Portugal, nomeadamente defendendo e zelando pelo património do Clube.

BETTENCOURT, COM RESPONSABILIDADES ACRESCIDAS E SANÇÕES AGRAVADAS, TEM VIOLADO REPETIDAMENTE ESTAS ALÍNEAS.

Manda calar, insulta, oferece pancada, ameaça expulsar, revela dados privados. Só a conivência do Conselho Fiscal explica a impunidade de JEB.

CAPÍTULO IV – ACTIVIDADE ECONÓMICO-FINANCEIRA

Artigo 34º
2- Caberá a uma empresa especializada de auditoria, de reconhecido nível internacional, com sede ou representação em Portugal, realizar anualmente uma auditoria completa às contas do Clube; o parecer da empresa de auditoria acompanhará, obrigatoriamente, os documentos referidos no número 1 do presente artigo.

ANUALMENTE? DESDE JUNHO DE 1995 QUE NÃO É REALIZADA UMA AUDITORIA COMPLETA ÀS CONTAS DO CLUBE.
PORQUE NÃO A FAZEM?
DE QUE TÊM MEDO?

A auditoria prevista pelos estatutos tem sido feita anualmente, mas respeita apenas às contas do Clube, e não do grupo (que, como é sabido, é composto por um total de 19 entidades).

Tendo participado com outros foristas num projecto que visa, acima de derrubar JEB, devolver o Sporting Clube de Portugal aos seus proprietários, os sócios, não podia estar mais de acordo. Confio no trabalho que tem sido desenvolvido pelo grupo pelo qual fui contactado, e espero sinceramente que na AG dos VMOC’s esta pandilha de incompetentes saia toda,a bem ou a mal, temos de salvar o SCP enquanto é tempo

Estou Convosco!

Estou mais do que pronto para apoiar com ideias e sugestões os modelos “a bem” ou “a mal”. Obviamente não será aqui no Fórum que iremos debater o que fazer, pois o resultado seria certamente o de podermos contar com meia dúzia de espingardas, as mesmas de sempre e ainda teríamos de nos desviar do fogo das forças situacionistas.

Não darei força ao terceiro modelo. Deixar cair a fruta de podre é algo que face à situação do clube não podemos permitir.

:arrow:

Não é só pela situação do clube, trata-se de respeito pela história e verdadeira essência do mesmo.

Eu não percebo uma coisa, o que é tomar o clube “a mal”? É entrar com uma série de espingardas no gabinete do actual presidente e demais funcionários do clube e coagi-los a sair? É fazer esperas aos Salemas desta vida para os agredir na esperança vã que abandonem as funções que têm desempenhado de forma incompetente no clube? É que, felizmente, não vivemos na Idade Média e existem leis que regulam e impedem esse tipo de comportamentos, portanto essa medida “pistoleira” é pura e simplesmente uma ilusão e roça o delírio.

Convençam-se que só existem duas formas de as coisas mudarem. A primeira é tentar demonstrar a todos os sócios os problemas da gestão dos últimos anos, com factos concretos e num clima de não-hostilidade porque a agressividade leva a reacções que bloqueiam os canais cognitivos - isto é, as pessoas ficam preocupadas em se defender e não ouvem. Esta abertura mental pode ser feita através de pessoas colocadas estrategicamente em meios de comunicação social para propagar a mensagem, bem como através da Internet e do boca-a-boca. É uma estratégia muito complicada de implementar, teria que ser muito bem pensada para ter sucesso e, muito honestamente, com o poder que os bancos (BES) e os senhores que estão no Sporting têm neste momento é praticamente impossível de concretizar.

A segunda é através do apodrecimento. Isto pode levar a duas situações: o clube entrar numa espiral de resultados descendente o que leva à contestação e ao aparecimento de uma alternativa que saiba unir os sportinguistas, ou então entrarmos por e simplesmente em bancarrota o que levará à refundação.

Enquanto continuarmos a gastar energias à “pancada” com os sócios de certo modo inconscientes e pouco informados é que as coisas não se irão alterar. É preciso pensar num plano de acção estratégico, concertado para agir em várias frentes capazes de chegar aos sportinguistas. Penso ser essa a grande função do Ser Sporting nos próximos anos. Apesar de pouco esperançado, há uma parte de mim que ainda acredita ser possível chegar lá.

Quanto ás vias que o Chirola apresenta
A bem. . Difícil, para não dizer impossível. A única coisa tentada no passado foi 1 flop.
Deixá-los cair.. Longo, muito longo, mas é o que vai acontecer
A mal. Convém não deixar entrar os chapéus de chuva, como ontem no parlamento ucraniano
http://www.youtube.com/watch?v=kDl4Z9YwuE8&feature=player_embedded#!

Se eles se têm safado até agora das “trafulhices” que têm feito, porque haveria agora de mudar algo? Eles bem sabem de onde poderia vir o maior perigo para eles e depressa se apressaram a comprá-los (falo claro das claques), para o bem e para o mal é onde está o maior “nicho” de Rebeldia do Sporting, se a Claque estiver bem, o clube está bem e pacífico, mas se as claques estiverem descontentes e a protestar é capaz de se juntar ainda mais simpatizantes com a causa e aí sim ser realmente capaz de mandar esta direcção abaixo!

Eu creio que a violência seja mesmo a nossa última solucção, mas para isso teremos que ter a nosso lado quem se vendeu e isso creio que dificilmente acontecerá. Mesmo juntando 100 elementos aqui do forum mais amigos e tudo mais, NUNCA se conseguiria reunir pessoas suficientes para marcar realmente a diferença!

Eu estou pronto para a guerra, mas atenção, aqueles que digam que o estão é para dar a cara e marcar presença, não para dizer que fazem isto e aquilo e depois à última da hora cortam-se e desmarcam-se!

SL

Problema é a juve não estar connosco…porque se estivesse…

enfim é triste… :frowning:

Já leste o Artigo 13º?

Alguns estão…falo com conhecimento de causa. :wink:

Apoio esta iniciativa no que puder. :clap: :clap:

Mais vale actuar já do esperar pela morte certa…ainda hoje a ler a entrevista do JEB fiquei mais convencido disso. :think:

Só não percebo porque não se junta o pessoal que está contra esta corja e se reunem forças para que de uma vez por toda se deite abaixo esta direcção miserável.

Eu estou aqui e como eu já li muitos mais interessados em se aliar .

Agora era preciso era organização :arrow:

Estou farto de ver o símbolo do clube ser enxovalhado por outros :arrow:

EDIT: Chirola, assume o comando que rapidamente tens 2000 gajos a te apoiar :mrgreen:

:arrow: :arrow: :arrow:

Tendo em conta o que se tem passado nos ultimos 2 anos, prevejo uns 25/30 e uns tantos que tb queriam ir, mas fazem parte das claques e têm de OBDC.