Crise de avançados da formação em Portugal

Desde que me lembro, sempre tivemos dificuldades em ter avançados de referência em Portugal.
Desde o Pauleta (amado por uns, odiado por outros), que não há um avançado que seja indiscutível na nossa Selecção Nacional. Os que aparecem a espaços, ou aparecem tarde ou desaparecem cedo; promessas adiadas e alternativas de última hora vão aparecendo a espaços.
Como melhor clube formador português, temos responsabilidade nisso, pois não me lembro de nenhum avançado a aparecer de caras na nossa equipa.
Gostava de saber a vossa opinião: será que é para continuar? Será que os jogadores portugueses têm fracas carecteristicas para serem avançados de referência? Há algum jogador da formação, no Sporting ou noutro, que se destaque dos demais?
Gostava de ver nascer uma referência dentro dos nossos quadros.

Quanto a mim, o Betinho nunca irá ser esse jogador.

Excelente tópico :clap:

A escola holandesa tem, ou pelo menos tinha, como prioridades a formação de
3 jogadores fundamentais:

  • ponta de lança
  • central
  • guarda-redes

Estes 3 lugares são o pilar central de qualquer equipe,
depois é fazer como o Guardiola, pessoal para o meio campo com força :slight_smile:

O Sporting tem de criar uma ideia para o que quer de um ponta de lança,
e fazê-lo. :great:

Exacto. Trabalhar certos jogadores segundo as suas potencialidades, em vez de ter miudos de 15 anos que são mais altos que os outros e só lhes vale essas características.

Podemos orgulhar-nos por sermos a melhor escola de extremos do mundo, tal como a emergência de vários médios centro de enorme qualidade.
Outra das posições onde vejo evolução na formação, é a de defesa central. Dier e Semedo prometem muito, depois de um Ilori com óptimas caracteristicas para a posição. O Daniel Carriço e o Nuno Reis são provas de uma situação que acho frequente nos centrais: quando se destacam cedo, têm tendência para ficar mais “duros de rins”, enquanto outros, quando parecem mais toscos, acabam por se tornarem importantes por volta dos 24/25.

Nós gostamos muito de jogadores tecnicistas a marcar golos,
para a nossa cultura , deixar crescer um jogador alto e magro,
algo tosco mas até bastante eficaz seria impossível…

… gozavam logo com ele e chamavam-lhe pinheiro :slight_smile:

Temos uma excelente geração de avançados, como há muito não havia na nossa formação.

Betinho, Ponde, Postiga, Mama Baldé (não sei se tem nacionalidade portuguesa), Alexandre Silva.

Veremos !

(em termos nacionais, atenção ao André Silva e Gonçalo Paciência, bem como o que fugiu de cá, Idrissa Sambu. Todos na formação do porto, o que indica que poderão não ser nada… mas têm todos muita qualidade).

Tomem calma, temos o Postiga mais novo. :twisted:

O choramingos bem podia ter posto o filho na Academia em vez de nos porcos…

Nelson Oliveira próximo Eusébio misturado com Pelé e toques de Maradona, fixem este nome.

Também não percebi o título do tópico quando temos essa estrela emergente do Rennes B.

O problema parece ser a forma como se trabalha os avançados em Portugal. Até aparecem miúdos com qualidade, mas acabam sempre desperdiçados. Devíamos importar métodos de trabalho do estrangeiro no que toca a formação de jogadores PL

eis alguns dos avançados portugueses da formação do sporting dos últimos 12 anos e a evolução das respectivas carreiras (não incluí wilson nem betinho):

carlos saleiro http://www.wikisporting.com/index.php?title=Carlos_Saleiro
fábio ferreira http://www.wikisporting.com/index.php?title=F%C3%A1bio_Filipe_Ferreira
silvestre varela http://www.wikisporting.com/index.php?title=Silvestre_Varela
diogo tavares http://www.wikisporting.com/index.php?title=Diogo_Tavares
tomané http://www.wikisporting.com/index.php?title=Toman%C3%A9
sebastião nogueira http://www.wikisporting.com/index.php?title=Sebasti%C3%A3o_Nogueira
fábio paim http://www.wikisporting.com/index.php?title=F%C3%A1bio_Paim
ricardo nogueira http://www.wikisporting.com/index.php?title=Ricardo_Nogueira
vivaldo arrais http://www.wikisporting.com/index.php?title=Vivaldo_Arrais
bruno matias http://www.wikisporting.com/index.php?title=Bruno_Matias
andré cacito http://www.wikisporting.com/index.php?title=Andr%C3%A9_Cacito
henrique gomes http://www.wikisporting.com/index.php?title=Henrique_Gomes
amido baldé http://www.wikisporting.com/index.php?title=Amido_Bald%C3%A9
alexandre guedes http://www.wikisporting.com/index.php?title=Alexandre_Guedes

se calhar alguns destes poderiam ter sido melhor aproveitados, qual a vossa opinião?

A mim parece-me que sim, mas confesso que tb não conheço a % de sucesso de outros países na formação de PL’s

A convocatória de Edinho é um dos expoentes máximos do problema que este tópico aborda.

Sou da opinião que devia-se tentar estudar outras escolas (holandesa por exemplo) de forma a trazer alguns métodos que permitam desenvolver os jogadores nessa área.

Já faz tempo que não se tem um PL completo

A maneira como está estruturado o nosso (português) futebol de formação é o principal culpado.
Os miudos do Sporting vão dos 10 aos 18 anos, a bater em mortos.
Para os fantasistas é o ideal, porque sentem a confiança (e espaço) para explorar a critatividade e aumentar o seu reportorio técnico.
Um avançado passa a sua formação toda a marcar golos de “cagar”. Ja feitos. Com espaço. Sem o minimo de competitividade.
Alias, arrisco dizer que aprendem mais nos treinos contra os defesas da propria equipa, do que contra os das outras equipas.

Chegam a seniores com a sua formação a meio. E a mudança é brusca. São jogos duros. Curtos de espaço. Com muita porrada.
Ou se espera por eles até aos 24/25 ou então vai continuar a ser negro o cenário.

acho que o sporting tem de apostar mais na formação para a equipa principal e só deve comprar estrangeiros, no caso de ser um bom jogador mesmo que ultrapasse dos 5M€.
tenho esperança que o BdC não vai cometer os mesmos erros do passado de vender jovens jogadores ao preço da uva mijona.

Temos algum ponta de lança que possa ser craque?

Sim acordei este tópico para saber isto.