Como evitar a queda do nosso Sporting ?

Gostava de criar este tópico para podermos discutir que soluções é que o nosso clube necessita para evitar que deixe de ser considerado um “grande” e passe a ser simplesmente um clube com história. No geral, como evitar a tal “belenização” do nosso clube, com tudo o que de mau isso acarreta.

Não nos vamos iludir, o Sporting, a continuar o estado actual das coisas, caminha para o abismo. E as razões são de vária ordem:

1 - A não existência de uma estrutura dirigente eficiente e sobretudo exigente, que exija resultados e procure soluções. É verdade, temos agora um presidente mais “presente” no dia à dia do clube, mas faz falta ao clube pessoas que sintam o clube, que entendam que ele precisa é de uma cultura de vitória e não de segundos lugares, que precisa de praticar bom futebol para encher estádios, para ter mais sócios e adeptos, que precisa de vencer troféus, campeonatos, para levar a marca Sporting mais longe pelo mundo fora.

Só o facto dos dirigentes actuais manterem o técnico Paulo Bento à frente da equipa, mesmo depois dos milhões de erros praticados por esta equipa técnica, explica que eles não percebem a cultura sportinguista.

2 - A aposta em técnicos que, na minha perspectiva, não têm competência para estar num clube grande:

  • Eurico Gomes - Alguém que tem a missão de ir buscar um jogador ao aeroporto e confunde esse jogador com um do Benfica NÃO pode ser competente;

  • Pedro Barbosa - Um director desportivo, que gere a pasta do futebol, tem de ter um relacionamento mais eficaz e de maior qualidade com o mercado de jogadores, algo que Barbosa não tem. Para além do mais, tem de perceber que a sua função é evitar que a imagem do treinador e as relações com os jogadores se desgastem, ou seja, tem de dar a cara, o peito às balas, e isso também Barbosa não faz.

  • Paulo Bento - É um treinador marcado por uma imagem de disciplinador (mas apenas para alguns), de discurso fácil e repetitivo e de uma teimosia e rigidez táctica inexcedível. Para mim, desde que acompanho o clube (há 22 anos) é o treinador responsável pelo pior futebol que eu já vi.
    É o treinador do quase, mais do que o José Peseiro. Quase campeão, quase qualificado, quase aproveita o deslize do Porto ou do Benfica, etc. Só numa coisa não foi o quase. É que foi mesmo responsável pela pior goleada sofrida por uma equipa na Champions, enxovalhando o nome do clube por essa Europa fora. Deve ser tembém o treinador responsável por mais goleadas sofridas pelo Sporting (no campeonato e na Europa).
    Um treinador que quando se apanha a ganhar por um zero dá primazia ao “controlo do jogo” em vez do “matar do jogo” é um técnico medroso, e esse medo e intranquilidade são transmitidos aos jogadores.
    E outra coisa, para além de enfadonho, aquilo que o Sporting pratica não pode ser chamado de futebol… futebol é mais do que bola no central e pimba para a frente. Não existem jogadas construídas com princípio, meio e fim, começando na defesa, e depois no meio campo e ataque. Não há um conceito de jogo, não se notam jogadas ensaiadas… Com isto, a juntar à falta de capacidade física, pelo amor de Deus, eu até me custa a acreditar que os jogadores treinam juntos todos os dias…

  • João Aroso - Para mim, não tem capacidades para ser preparador físico de um grande. Basta observar os níveis físicos dos jogadores do Sporting, que muitas vezes parecem seguir de bicicleta enquanto que os outros vão de mota.
    E o que dizer da forma física de jogadores como Rochemback, Polga e Pedro Silva, só para citar alguns nomes ?

  • Ricardo Peres - Também não será com ele que o Rui Patrício vai aprender mais alguma coisa na baliza.

  • Dr. Gomes Pereira - Só tenho a dizer: Que saudades do Dr. Fernando Ferreira…

3 - A inexistência de um departamento de recursos humanos (vamos chamar-lhe assim) capaz de gerir a entrada e saída de jogadores. Departamento esse que deveria de ter como homens fortes Pedro Barbosa e Paulo Bento e que, a meu ver, só tem acumulado erros. Vejamos:

  • Contratação do “problema” Stoijkovic, um jogador que já no Vitesse e no Nantes tinha tido problemas disciplinares. Como é que os nossos dirigentes não tiveram isso em conta ?

  • Contratação do “inadaptado” Purovic - Um jogador com as suas características precisa de se enquadrar num tipo de futebol feito de extremos rápidos e muitos cruzamentos. Hum, mas a nossa equipa joga em losãngulo, com médios interiores e sem extremos, baseado num futebol apoiado e lento. Enfim…

  • Contratação de Celsinho - Mais um jogador com historial de boémio e mau profissional, tanto que o seu clube em Moscovo até nos fez o favor de o ceder, a custo zero, durente cinco anos !!!

  • Regressos de Caneira e Rochemback, jogadores com a carreira feita, acomodados, que não acrescentam mais valia à equipa.

  • A contratação de Romagnoli a título definitivo para depois (pouco mais de dois anos depois) o fazer sair a custo zero.

  • A contratação de Tiuí por 600 mil euros para depois só se apostar nele em situações de recurso, o homem até nos deu uma taça, nem foi ele que pediu para vir, e depois deixá-lo sair a custo zero.

  • O empréstimo de Caicedo - Custa-me a crer que não haveria mais nenhum avançado de qualidade para pedir emprestado ou comprar por esse mundo fora. E aqui estou a pensar num jogador em particular, que foi do Boca Juniores para o “colosso” Génova por 4,5 milhões de euros - Rodrigo Palácio.
    Por um lado, temos tanto dinheiro que até podemos fazer sair a custo zero jogadores pelos quais pagémos bom dinheiro, por outro, não há dinheiro para mandar cantar um cego…

  • A aposta “cega” em tudo o que mexa na academia, mesmo que se comprove que não têm qualidade para corresponder numa equipa que luta pelo título - André Marques, Rui Patrício, Pereirinha e Saleiro não são jogadores para uma equipa como o Sporting, e veremos isso se pusermos de lado o coração verde e branco.

  • A perda de Varela para o Porto (não seria uma boa alternativa para o ataque ?) e de Hugo Viana para o Braga (querem melhor pé esquerdo para os cantos, livres e desmarcações ?

  • A falta de olho para contratações boas e baratas: Podem dizer o que disserem mas Cissoko, contratado ao Setúbal por 500 mil euros e depois vendido uns meses depois por 12 ou 13 milhões ao Lyon, há de ser sempre um exemplo de como é possível encontrar jogadores bons e baratos. Há que procurá-los. Aliás, é para isso que os técnicos e directores do Sporting são pagos de forma tão principesca.

4 - O discurso em vigor no clube - Algo que começa no presidente e acaba nos jogadores. O discurso do conformismo e, mais grave, o atirar areia para os olhos dos sócios.

“Vamos levantar a cabeça”, “aprendemos com os erros”, “temos confiança no futuro”, “demos tudo dentro do campo e não conseguimos”, etc, etc, etc… Ah, se ao menos eles realmente sentissem o que estão a dizer !!!

Bom, desculpem… Eu podia continuar a dar exemplos e mais exemplos de como o nosso Sporting anda mal governado e caminha para a banalização.

Agora, o que é que é possível fazer para evitar que isso aconteça ? O que é que nós, sócios e adeptos, gostávamos que mudasse ao nível do clube ?

As eleições já foram há uns meses atrás.
Havia 2 caminhos.
90% dos sócios do Sporting optaram por 1 e não se reveêm de certeza absoluta no que escreveste.
O tópico que criaste é apenas mais um para se poder dizer mal da Direcção, do Paulo Bento, etc etc etc.
É outro como o topico moribundo ou adormecido.
Mas nesta fase em que não há jogos temos de dizer alguma coisa não é verdade!!!

Convenço-me cada vez mais que já não há nada a fazer nos próximos anos e resta-me guardar forças para quando quiserem mudar o rumo para um rumo vitorioso, poder ajudar com o que poder.

Gamebox já não tenho e quotas mantenho-as pq já são 16 anos de socio e não quero perder a oportunidade de os meter fora do poleiro qd surgir a oportunidade!

o Sporting clube de Portugal continua um excelente clube

O FUTEBOL do Sporting está em declínio á 30 anos consecutivos, e quem pensar o contrário, está completamente errado.

Eu não criei este tópico para dizer mal de nada. São apenas constatações de factos. Se houver alguma mentira naquilo que eu escrevi, alguém que me diga.

Criei este tópico porque me preocupo com o Sporting.

Quanto aos 90 por cento, isso seria verdade, se o Sporting só tivesse cerca de 12 mil sócios. Já esteve mais longe, de facto…

Mas que se lixe, está tudo porreiro com o nosso clube, não é verdade ?

Constatações não são verdades, duvido que vivas o dia a dia do sporting para teres 100% de credibilidade em muitas das afirmações que fazes. Quem sabe o que se passa no Balneário? quase ninguem, logo, tudo o que se diga sobre o que lá passa, são tudo meras suposições.

esses 12mil sócios são os unicos dos 100.000 que realmente se interessam com o sporting. Têm as cotas em dia e participam activamente na vida do clube, o que é excelente. os outros 88.000 não se interessaram, e agora, se querem mudanças, esperem pelas proximas eleçoes, em que decerteza que serão na mesma os mesmo 12mil a votar!

Com o nosso clube vai tudo de vento em poupa.

O nosso futebol vai a miséria que se vê.

Para quando um verdadeiro Manifesto sportinguista?

Aahahahahah…so falta dizerem que o Sporting está a lutar para não descer de divisão! Este post é ridiculo com todo o respeito, o Sporting tem sido sempre dos 3 grandes com a equipa mais fraca! Mas não vamos exagerar…devem de querer um presidente como o Pinto da Costa que é campeao de forma duvidosa e mais nao sei que juntando-se ao Orelhas! Mas é essa admnistração que querem?! Falam…falam, mas este ano mais uma vez comemos o segundo lugar(com muita pena minha) e tuma taça de portugal! O PB e JEB fazem muita asneira mas nada de surreal!

Metam maze sabonete no WC sector A-23, que quero lavar as mãos!

MOD EDIT: Linguagem imprópria editada.

Comemos o Segundo Lugar… muito bem.

Dos tres grandes com a equipa mais fraca…muito bem.

A palhaçada continua…

Quanto ao topico em si…por muita pena minha, é mais alago que se abafara passado pouco tempo…

Quanto ao estado deste Sporting…uma Vergonha.

MOD EDIT: quote editado.

Nada a fazer. É um rumo sem volta. Estas eleições eram demasiado importantes para muitos sportinguistas não o terem percebido…

Caminhamos para estar num plano bastante inferior aos nossos eternos rivais, caminhamos para uma dimensão igual à do Braga e Guimarães. As nossas assistências já não são assim tão diferentes. Cabe aos milhares de sportinguistas juntarem - se e regressarem, sabendo que o clube nada fará para isso, para decidirem o que realmente querem para o clube.

Vai? A nível financeiro, por exemplo, vai? Temos um pavilhão para as modalidades amadoras? Temos ganho títulos em andebol e futsal nos últimos 3 ou 4 anos?

O futebol é onde se encontram grande parte dos problemas do clube, mas fora dele o Sporting não é também como foi outrora.

Ora aqui está uma grande verdade!

Mas para quê um pavilhão para as modalidades amadoras?
Para aumentar a crise financeira?
Para dar emprego no sector da construção civil?
Para dar emprego no sector das limpezas?

É que só pode mesmo ser para isso, porque encher, só vai encher se tiver uma capacidade de 500 pessoas e isso será só em jogos de playoff contra os outros grandes!

Ahhh, ou seja, os atletas de Futebol têm direito às melhores condições do mundo, mas agora os outros atletas de outras modalidades, onde a maioria sente mais e sua mais a camisola por este clube que os do Futebol não têm direito a ter boas condições? A ter um pavilhão só nosso, onde possam treinar e jogar?
Então nesse sentido porque não nos limitamos só ao futebol?

x2

Mas, para o Sporting, qualquer um é caro. O consórcio bancário que comprou o clube - e investiu ao mesmo tempo nos rivais - põe na tribuna administradores delegados com muitas competências, mas todas por azar estranhas ao futebol. Festejam umas taças, recebem prémios por segundos lugares, mas não ganham um campeonato nem fazem um único grande negócio.

Excelente o comentário do Carlos Enes. Sem papas na língua! :clap: :clap: A pergunta essencial que todos os sportinguistas TÊM de fazer, independentemente da qualidade (ou falta dela) dos dirigentes que o clube tem tido, e que tem a ver com o parágrafo em cima, é porque é que a banca estrangula o Sporting e dá rédea larga aos nossos rivais. TEMOS de saber porquê. Neste país de economia condicionada, interessa aos poderes estabelecidos que haja apenas dois candidatos ao título. É preciso saber porquê para se poder combater o condicionamento que estão a impôr ao Sporting, inclusive a nível directivo.

http://fragmentosdeapocalipse.blogspot.com/2009/08/futebol-e-obrinhas.html

e já agora a situação grave do Sporting é so no campo ou também nas bancadas?! parece-me é que muita gente só aparace ou quando o clube está bem, ou quando é um derby ou clássico! Epa ai todo o mundo vai ao estádio…até aos juniores! Fdx a mentalidade tambem vai mal…ou ja se esqueceram…SPORTING SEMPRE!

Mas o Soares Franco não era funcionário do BES? Claro que estratégia passa por um risco mínimo para os bancos…

Eu acho que o clube não está assim tão mal. Não se esqueçam da crise que assola o Mundo…

Quanto a mim, o modelo a seguir é, como diz o nosso presidente, o modelo inglês. Posição minoritária na SAD e abertura aos grandes investidores. As modalidades só dão prejuízo e sugam o dinheiro que devia ser para o futebol. Este é que é o caminho. Apostar numa marca forte e, simultâneamente, com glamour. E podem crer que ainda vamos agradecer muito à banca por nos estar a ajudar a ultrapassar esta recessão.

Eu acho que eles têm todas as condições para grandes prestações, não é por não ter pavilhão próprio que vão perder jogos. Aliás no Casal Vistoso e em Loures recebem tanto apoio como iriam receber se tivessem um pavilhão próprio. Dou-te até o exemplo do Inter que tem sido campeão de Itália sem ter um estádio próprio.

Quando se começar a ter cultura desportiva, sou totalmente a favor da construção de um pavilhão, até lá acho que é apenas mais prejuízo para as nossas contas.

:arrow: :arrow: