Como destruir uma equipa em 6 meses

Esqueçamos por um momento a tremenda desilusão e trauma que sofremos todos no final da época passada. Esqueçamos por um momento as palhaçadas do Dias da Cunha e os desvarios cavalares de Peseiro. Esqueçamos por um momento os méritos e os deméritos dos vários protagonistas. E façamos uma reflexão simples. Uma reflexão sobre a constituição da equipa.

Em Junho de 2005 os jogadores mais utilizados foram:

Ricardo na baliza, na defesa R. Jorge, Polga, Enak, Beto e Rogério. No meio-campo, Custódio, Rochembach, Barbosa, Hugo Viana e no ataque Liedson, Duoala e Sá Pinto. Com uns pózinhos de Tello, Carlos Martins e Pinilla. Moutinho surge apenas a meio da época.

Hoje em Janeiro de 2006constatamos que:

R.Jorge, Enak, Rogério e mais que provávelmente Beto, estão fora. Sobra Polga. Ou seja, dasaparece a defesa.

Barbosa, Hugo Viana, Rochembach também saíram do clube. Sobra um desamparadíssimo Moutinho, Custódio e Carlos Martins. Tello entretanto é adaptado a defesa esquerdo. Ou seja, desaparece o meio-campo.

No ataque, aparentemente o sector com menos mexidas, mas sai Pinilla.

Entretanto em apenas 6 meses, para além de desaparecer a defesa e o meio-campo, contratam um defesa esquerdo, Edson, que entretanto já saiu. Contratam um avançado, Manoel, que nem chegou a vestir a camisola. Contratam outro, Wender, que entretanto também já saiu. Contratam ainda outro, Deivid, que ainda hoje se tenta arranjar uma explicação para a sua contratação e que pelos vistos também quer sair. Para o meio-campo contratam Loureiro e João Alves que de tão patético tem sido o seu rendimento, nem me vou dar ao trabalho de comparar com o meio-campo que foi desmantelado. Entretanto já chegou outro carregamento de jogadores.

Hoje, em Janeiro de 2006 constatamos que o nosso Sporting tem como jogadores acima da média, Moutinho, o enigmático Carlos Martins, o terminal Sá Pinto e Liedson sem o seu contrato resolvido e em perspectiva de outra deserção. É curto e pobre. Muito curto e muito pobre.

Honestamente, reflectindo…títulos? No way. Com uma equipa completamente destroçada e destruída, com enormes e graves lacunas, entretanto com um treinador inexperiente e sem calo (categoria?) que veio substituir o que iniciou a temporada, títulos? Não brinquem com coisas sérias. Ao menos os tripas, que fizeram o mesmo, fizeram-no com títulos, prestígio e muito dinheiro na bagagem.

E quem assume responsabilidades pela estratégia deste desmantelamento? E quem assume responsabilidades pela desfaçatez contínua do discurso “Temos uma grande equipa e vamos lutar pelo título” perante um cenário cada vez mais catastrófico? Mas acham que somos todos otários? E como é que ainda alguns conseguem defender esta gente (não os classificando como merecem…) que tem governado os destinos do Sporting?..

A analise está correcta. A equipa foi desmantelada, sem se ter contratado gente à altura.

Análise correctíssima. Estava a lê-la e interrogava-me sobre que argumentos que lhe poderiam ser opostos pela “brigada da situação”, tal foi a tua objectividade. Até que chego ao último parágrafo, em que cometes o “erro” de dar uma opinião, o que demonstra claramente que és um bandido ressabiado e maldizente, e não um bom sportinguista temente ao Projecto e crente na salvação que ele há-de trazer, mais década menos década.

Sem duvida uma boa analise, um bom ponto de vista, muita razão nas palavras, mas criticar é fácil, agora fazer criticas construtivas é que é dificil.
É facil dizer que A ou B sairam, mas se não tivessem saído se calhar estavamos a dizer que já deviam ter saído no final da época, tal como grande parte dos foristas fez em relação ao Douala.
Não estou de acordo com opções do PB, tal como critiquei o JP, mas quando as coisas correm mal é facil dizermos tudo o que nos vai na alma e em parte é para isso que este forum serve, mas tambem temos que ser constructivos e aí é que está a dificuldade em saber ser e estar em qualquer lado.

Análise correctíssima.

Apenas acho que falta dizer que a generalidade dos adeptos( contra ou pró projecto ) apoiaram a generalidade das saídas.

E mais, por vontade da mesma generalidade de adeptos, Ricardo, Polga, Tello, Custódio, etc também já cá não estariam…

Análise com alguns pontos válidos, mas muito parcial.

A degradação da qualidade do plantel não começou há 6 meses, vem de há muitos anos. A afirmação e rápida venda de Hugo Viana, Quaresma e Ronaldo serviu para disfarçar que o Sporting, mais que os seus concorrentes directos, se nos cingirmos ao período pós-camionista presidente do Glórias, comprou muitas vezes gato por lebre no mercado externo e poucas vezes comprou um jogador de jeito no mercado interno.

Quanto a uma análise com algum detalhe das trocas entre esta época e a anterior, focando os pontos todos - o zeze já deu algumas achegas na mensagem anterior - sendo um exercício com algum interesse, não devo ter tempo para o fazer hoje, mas alguém se deverá encarregar de o fazer por mim.

A degradação da qualidade do plantel não começou há 6 meses, vem de há muitos anos.

Exactamente o que ia escrever, poupaste-me tempo de escrita, ganhei tempo para ir comprar mais kompensan.

Eu até acrescentaria outro vector à análise do Toca: a delapidação do plantel no que diz respeito aos jogadores com mais anos de casa e que constituem o núcleo duro do balneário. Aqueles que garantem a solidez do mesmo, encarnam a mística do clube e integram os novos jogadores.

Dos jogadores que chegaram ao Sporting entre 94/95 (Sá Pinto) e 98/99 (Rui Jorge), verificamos que no passado defeso saíram Pedro Barbosa e Rui Jorge. Beto está aparentemente de saída. Nelson acaba contrato daqui a 5 meses e até agora não foi contactado para o renovar. Não acredito que o façam. Restam Sá Pinto, que já assumiu que esta é a sua última temporada e Tiago, cujo contrato termina, salvo erro, na próxima temporada.

Algo está a mudar na estrutura nuclear do plantel. Seja pela idade, e consequente perda de capacidade competitiva, seja por questões de incompatibilidades pessoais, está a decorrer um processo de renovação das referências do plantel.

Moutinho, Martins, Custódio e Ricardo parecem formar o conjunto das novas referências do plantel a curto prazo.

Moutinho, Martins, Custódio e Ricardo parecem formar o conjunto das novas referências no plantel a curto prazo.

O que é curto! Curto e pouco forte!
Convenhamos que o Martins e o Ricardo são emocionalmente muito instáveis, o Moutinho é muito novo (ainda há um ano tratava os mais velhos por senhor) e o Custódio muito apagado (se bem que neste caso a postura no exterior e interior do grupo são coisas diferentes)

Às referencias perdidas ao longo dos ultimos anos acrescentaria alguem que teve uma passagem rápida mas com uma influencia não desprezivel dentro do grupo: Rogério

Juntando todas as opiniões acima transcritas se faz a análise do futebol do Sporting actual. Bem visto e bem explicado, é um facto da quebra do nosso clube neste aspecto. Não é nada de novo, mas convém ser realçado e para isso nem fica o meu espanto.
O desmoronamento de uma equipa como o Sporting já vem de à muito. Como será o futuro do Sporting é uma pergunta que n sei responder sinceramente…

:? Análise correcta , nem mais, tudo o que seja projecto ou afim nem pensar ---- VAMOS A VOTOS ------ 8)

(...) Até que chego ao último parágrafo, em que cometes o "erro" de dar uma opinião, o que demonstra claramente que és um bandido ressabiado e maldizente, e não um bom sportinguista temente ao Projecto e crente na salvação que ele há-de trazer, mais década menos década.

Caro FLL,
acho que não há necessidade para tanto sarcasmo. Existem divergências nas opiniões sobre o projecto, mas daí aquilo que escreves vai uma grande diferença.
Por outro lado, existe a tendência de para cada decisão a nível do futebol do SCP, correrem todos a criticar o projecto, quando são coisas completmente diferentes. Podemos concordar que muitas decisões foram erradas, mas daí a criticar todo o trabalho vai uma distância muito grande.
Mas isto é uma discussão bem antiga, neste momento, interessa-me discutir o tópico em si, que quanto muito, é uma pequena parte do dito projecto.

Vamos, então , ao demantelamento da equipa:

R.Jorge: contam-se pelos dedos de uma mão (e não é preciso ser o álvaro magalhães) aqueles que não queriam que ele saisse.
Foi contratado o Edson para a sua posição, por motivos desconhecidos, não rendeu aquilo que se esperava dele. É claramente uma posição a reforçar, apesar do Caneira.

P.Barbosa: Jogador, que quer se goste ou não (eu até gostava bastante dele, até uma certa altura), era de uma irregularidade enervante, com 34 anos, em fim de carreira, pouco mais poderia dar ao SCP. Muitos concordaram com a sua saída, e mesmo aqueles que discordaram, duvido que acreditem que seria ele a fazer a diferença neste SCP.
A sua saída permitiu que jogadores como C.Martins, Nani ou João Moutinho pudessem lutar por um lugar, situação do agrado de todos os sportinguistas.

Enak: Um jogador que não queria ficar e que ainda por cima gerou um lucro aceitável para o SCP. Também muito poucos foram contra a sua venda.
Foi contratado o Tonel e agora o Caneira, jogadores cuja a valia não é muito inferior à do nigeriano.

Roca: Tinhamos poucas ou nenhumas hipoteses de o segurar. Não era nosso jogador e a sua saída foi inevitável. Talvez seja aquela que o SCP mais tenha se ressentido, já que até agora não foi encontrado um jogador à sua altura.
As contratações de Loureiro, principalmente e João Alves, não surtiram resultados. Mas, em relação ao J.Alves, acho que devemos dar mais um pouco de tempo, para aferir das suas reias capacidades. Mas não esquecer, que foi um jogador por muitos referenciado como uma boa contratação, talvez não pelos valores praticados, mas continuo a achar que é muito cedo para o dar como caso perdido.
Para além disso foram buscar o Romagnoli que ontem já deu boas indicações.

Rogério: Saiu por sua opção, todos sabemos em que moldes, acho que não é preciso dizer mais nada.
Foi contratado o Abel que, pelo jogo de ontem, poderá fazer o lugar tão bem ou melhor que o Rogério, face à sua velocidade.

Silva: Jogador mais criticado que ele, só o Hugo. Acho que não deve existir sportinguista que nunca malhou nele. Vir agora acusar alguém de o ter despachado só pode ser por má fé.
Pinilla: Jogador que sempre defendi, mas lá está, só agora soube de todos os problemas extra-futebol deste menino. Enfim, uma pena.
Varela: Muito verde, acho que o SCP só fica a ganhar se ele rodar e jogar mais vezes.
Foi prometida a vinda de outro atacante, portanto é aguardar, Janeiro ainda vai a meio, por isso temos tempo.

Enfim, todos sabemos das dificuldades financeiras do SCP, muitos falaram dos problemas internos existentes, alguns deles, teoricamente, derivados do antigo treinador, J.Peseiro, ou seja, por diversas razões a equipa estava mal e a precisar de ser renovada.

É isso que tem vindo a ser feito, e não me parece, que face a todos os constrangimentos existentes, o trabalho mereça as criticas tão acirradas que já li neste tópico.

Em relação ao Pedro Barbosa não concordo quando dizes que pouco mais poderia dar ao Sporting. Pedro Barbosa seria muito importante no balneário e além do mais é certo que titular poderia não ser mas era daqueles jogadores essenciais para acabar com um jogo. Relembro aquele com o Newcastle a época passada. A equipa inglesa com tanta pressão, já toda rota e quem entra e quem é importante ? Pedro Barbosa com a sua classe enervante era capaz de em 10 minutos acabar com uma equipa desgastada se é que me entendo. Quanto a Rui Jorge, sempre é melhor com a idade que tem do que aquele chileno que por lá anda.

Mas são pontos de vista meus, no básico tb concordo contigo. Um abraço.

Pinilla: Jogador que sempre defendi, mas lá está, só agora soube de todos os problemas extra-futebol deste menino. Enfim, uma pena.

E curioso que quando ele veio para Portugal a vida extra-futebol dele e os problemas que lhe causavam ja eram do conhecimento publico…

Visto que tanta gente sabe desses problemas extra-futebol, nãoé segredo nenhum, algum de voces poderia aqui dizer quaisa são já agora??
Eu não sei e até sou daqueles que acha que o Pinilla é bom jogador.

Obrigado

Visto que tanta gente sabe desses problemas extra-futebol, nãoé segredo nenhum, algum de voces poderia aqui dizer quaisa são já agora?? Eu não sei e até sou daqueles que acha que o Pinilla é bom jogador.

Obrigado

Eu sei o que veio nos jornais espanhois, que ele e o amigo (tambem ja do Sporting no passado por emprestimo) Contreras andavam metidos em longas noitadas, incluindo ‘fugas’ dos estagios…

Uma analise correcta.

Acrescento que a limpeza do balneario continua a ser feita, e que a autoridade de Paulo Bento dificilmente falaria mais alto que Pedro Barbosa ou que Rui Jorge por isso foram afastados. Beto é o ultimo dos resistentes e está a ser empurrado para fora do Sporting
(até ver já acautelado com o empretimo de Caneira que vem para jogar a central e não para a lateral esquerda).

Convém também referir que ao “Projecto” não interessa se há mais ou menos referências no Clube, se elas estão a ser ou não recriadas.

Interessa sim que as ditas “referências” não incomodem em demasia. Se fossem todas acéfalas, ainda melhor. Mas como isso não é possível, contentam-se com todo o tipo de jogadores potencialmente enchedores dos bolsos aos negociadores que não reivindiquem muito, que não exerçam demasiada influência junto dos adeptos, que não façam valer sua personalidade e os seus princípios quando são chamados a lidar com algum problema bicudo. Tá tudo numa nice, ninguém levanta ondas, quem quiser mama à conta do Sporting, quem não quiser não mama e…

… vão todos felizes para casa, uns porque ganham o seu enormíssimo ordenado quer ganham quer percam, os outros porque também ganham o seu ordenado mais o que mamaram à conta dos negócios por baixo da mesa e ainda têm tempo para um joguinho de golf (vejam lá como é bom o Sporting não ter golf! Não há adeptos -> não há reclamações -> pode-se fazer m**** à vontade).

O delapidar do futebol do Sporting reverte-se com uma boa gestão que revolucione métodos e atitudes. É a única saída e mesmo assim vai levar tempo.

O Sporting anda um bocado à deriva, são necessárias eleições ainda antes do previsto, as mesmas já deviam ter acontecido.

A minha utopia de Sporting:

Presidente- Dias Ferreira

Gestores de activos- Luis Duque e Miguel Ribeiro Telles

Director Técnico- Sá Pinto

Treinador- Carlos Bianchi

Plantel;
Gr- Ricardo, Tiago

Defesas- Abel, Garcia, Tonel, Beto, Zé Castro, Miguelito e Valdir

Médios- Martins, Romagnolli, Moutinho, Nani, Loureiro, Custódio, Aldo
Duscher, Touré (Leiria, extremo direito), Rossato (Braga)

Avançados- Liedson, Douala, Marcel e Varela.

A vender muito rápido pelo melhor preço possivel;

  • Polga
  • Tello
  • Silva
  • Hugo
  • Paíto
  • Lourenço
  • Edgar Marcelino (não deu)
  • Paulo Sérgio (não deu)
  • Semedo (não vai dar)

A vender com retorno igual pelo menos;

  • João Alves (Ja nao vai dar)
  • Deivid (Adeuzinho)

Era mais ou menos isto, só no futebol, não falo no resto.

A vender muito rápido pelo melhor preço possivel;
  • Polga
  • Tello
  • Silva
  • Hugo
  • Paíto
  • Lourenço
  • Edgar Marcelino (não deu)
  • Paulo Sérgio (não deu)
  • Semedo (não vai dar)

A vender com retorno igual pelo menos;

  • João Alves (Ja nao vai dar)
  • Deivid (Adeuzinho)

O melhor preco que consegues por esse pacote é de borla…