Comidos pelos "porcos"...?

Provavelmente, este não é o local ideal para abrir o tópico, pelo que os moderadores estão à vontade para o mover.

Em conversa com um amigo, simpatizante do folculporco, em que discutíamos uma possível venda do Merdinho, deparei-me com um cenário com o qual não tinha sonhado

Eu dizia-lhe que essa hipotética transacção nos beneficiaria, dado que temos direito a 25% das mais-valias, ao que ele me responde que não. Que na Invicta já se arquitecta (mais) uma finta de corpo ao Sporting. Segundo ele, os porcos vão tentar vender o gnomo num pacote, inviabilizando a existência das tais mais-valias.

Imaginemos o cenário:

O folculporco vende Álvaro Pereira e ognomo por 40M, ao mesmo clube, ficando estabelecido no contrato que o uruguaio é cedido por 29M e o Merdinho por 11M. Assim, não teremos direito a qualquer valor (não há lucro) e os porcos ficarão, mais uma vez, a rir-se de nós…

Isto serve para não nos esquecermos que, um dia, um presidente do Sporting Clube de Portugal cedeu aos caprichos de um puto mimado e aos milhões de um rival. Vender um capitão de equipa a um adversário como os porcos, com o objectivo de acabar com as birras do menino, e na esperança de lucrar com isso no futuro, revelou-se (para quem não o viu na altura) um erro tremendo. Mais: uma vergonha e uma mancha no nosso (pelo menos no meu) orgulho leonino…

Claro que isto é especulação, contudo, pensar neste cenário faz-me lembrar quão anjinhos somos, perante o presidente dos corruptos e seus pares…

Que o porco vai fazer isso ou deverá fazer isso já se percebeu desde o dia em que o vendemos…

Eu conto com 0 de mais valias desse jogador.

JEB em grande nessa clausula ^-^ ^-^

Já se falou aqui nesse cenário várias vezes.

Comidos pelo Porto? A sério? Comidos, logo em primeiro lugar, pelo asno que rubricou a assinatura no contrato de venda do Moutinho ao Porto: Bettencourt.

Comidos por quem nos deveria representar, lá está! Não se sabe que um negócio deste tipo poderia sempre oferecer ao clube vendedor oportunidades de contornar os moldes e impedir que um clube como o Sporting receba dinheiro? Sendo o clube vendedor presidido por um rato pestilento como o Pinto da Costa, fico com a ideia de que o Bettencourt exigiu, de joelhos no chão e com o rosto a escassos centímetros da zona genital do Pinto da Costa, ser ludibriado.

não esperava outra coisa… ficava estupefacto se não tivesse acontecido

O contrário é que seria de admirar…

Sinceramente já estou à espera que isso aconteça.

O que eu gostava mesmo, era que após essa manobra dos corruptos, esta direcção tivesse tomates para cortar relações com a direcção dos corruptos e impedir a entrada dos mesmos no nosso estádio ou qualquer recinto desportivo sob o nosso controlo.

Mas já sei que isto sou eu a sonhar… e nem deveria ser preciso mais esta “manobra” para isso ser feito, o filho da puta do pinto da costa e seus capangas já há muito tempo que deveriam estar proibidos de entrar em Alvalade.

O mais certo é que a nossa direcção faça como as anteriores e voltem a abrir as perninhas com o buraco bem à mostra para levarem com ele ainda mais vezes.

Vai ser giro ver o relatório e contas do fcp, se isso acontecer.

Quero ver quanto vai lá constar nas comissões pagas ao empresário do Moutinho e ao do Álvaro Pereira. Porque isso é tudo muito bonito, mas os empresários recebem as suas famosas comissões, de acordo com o valor declarado das transferencias, logo para o fcp entalar o Sporting, tem também de entalar o Pina Zahavi.

Dir-me-ão, o fcp declara uma coisa, mas depois paga outra aos empresários, talvez, mas os contratos e os recibos com os pagamentos das comissões, ainda são documentos oficiais, que obrigam ao pagamento de impostos. Aldrabar esses documentos é crime, facilmente detectável se for denunciado.

De qualquer das formas, duvido que o fcp venda os dois jogadores em conjunto seja a quem for. Como o mercado esta nem sei se vende algum.

:arrow:
Isto não é assim tão fácil como muita gente pensa.

Se os tipos do Porto fazem isso, estão a violar directamente a lei. É um caso de simulação, previsto no artigo 240º do CC. Se se considerar que este não se aplica, pode ainda ser um caso de reserva mental.
Se os cromos dos dirigentes do SCP tiverem dois dedos de testa, o porto não nos passa a perna nisto.

Aldrabar o R&C deve ser o mais fácil…basta “acordar” com o empresário um pagamento faseado, ou seja, hoje recebes 1 M por uma transferência de 40 M, amanhã recebes 500 mil por uma transferência de 2 milhões. Enganar o R&C para estes profissionais do roubo será o mais fácil.

Wild card no calor da noite para o resto da vida com consumo á descrição e está resolvido 8)

Se isso acontecer, há que dar os meritos e agradecer a José Eduardo Bettencourt que imbecilmente o vendeu á concorrencia.

Quanto ao negocio em si, o Sporting nada pode fazer para o contrariar.
Apenas aprender e abir os olhos para que futuras situações destas não aconteçam.

Não me parece assim tão fácil fazer esses esquemas.
!º é preciso arranjar um clube que queira comprar “pacotes” de jogadores. Normalmente por estes valores são clubes que compram selectivamente, que têm um alvo num determinado clube e é esse que querem comprar.
2º seria preciso o clube comprador (na hipótese de compra do pacote) alinhar nas vigarices do clube vendedor.
3º ainda há os interesses dos empresários, como já referido

Isso é o mais facil de fazer… :whistle:

Vê o caso Ruben Micael/Falcão. Como fazer um 2 em 1.
Qualquer clube alinha em “vigarices” (em linguagem empresarial chamam-se arranjos contabilisticos :P), desde que ganhem alguma coisa, seja um belo desconto ou livrar-se de 1 peso morto a preços de saldo (declarado) sem ter que encher o cu de um rival com 50% da transferencia :whistle:, :twisted:!

Pois o caso Falcão/Micael é o mais escandaloso…mas há mais, vide Pizzi, Bebe entre outros. Nesta altura Jorge Mendes e Cia. dominam 15/20 clubes por essa Europa fora, não deve ser dificil arranjar um negócio desses.

Comidos por esses porcos corruptos desde 1982 em todos os sentidos logo penso que é tudo normal.

Admirado ficaria se não o fizessem os nossos são servicais e autênticos totós.

Deixa lá ver se percebi…o clube vendedor vê-se livre de um peso morto, e o comprador que até não lhe interessa a “prenda” que vem em anexo, fica alegremente a pagar-lhe o salário.
Ou então essa do “belo desconto”…suponho que queiras insinuar que para o venderem por um valor declarado abaixo do valor real, façam um belo desconto? Para evitarem pagar apenas 25% da mais-valia da venda, e para ser compensador, o desconto não pode ser muito “belo”.

Não é tão fácil assim como dizes. No caso que referes, ajudou o facto do Mendes ter realizado a operação e não havia que fazer falcatruas porque nenhum dos jogadores tinha uma clausula semelhante à do Moutinho.

E explico porque é mais difícil.

O Moutinho é representado pelo Pina Zahavi. O Alvaro Pereira tem outro empresário, e como não sei o nome, vamos chamar-lhe Mr. X :wink:

Vamos ainda supor que ambos os jogadores vão para o Tottenham onde está o AVB. E o negócio real faz-se por 30 ME valor atribuido ao Moutinho e 10 ME para o Alvaro Pereira.

Se tudo fosse normal, o Pina Zahavi receberia os seus 5% sobre 30 ME, o Mr. X, iguais 5% sobre 10 ME.

Ao querer enganar o Sporting, fica então escrito que o Tottenham pagou 29 ME pelo Alvaro Pereira e 11 pelo Moutinho, desta forma víamos cheta.

Acontece que o FCP a seguir tem de emitir um documento a justificar a saída das comissões. E para que a tramóia não seja “descoberta” o Zahavi vai receber uma comissão sobre 11 ME, em vez dos 30 ME reais, e o Mr X, receberá sobre 29 ME em vez dos 10 ME. Aqui começa logo o primeiro problema convencer o Zahavi a receber menos, e não é pouco de comissão. Mas também existe outro problema com o Mr X.

Estas comissões são pagas como prestação de serviços, por isso existe IVA a ser deduzido. E quero ver o fcp convencer o Mr X a pagar IVA sobre uma comissão de 29 ME, quando na verdade ao bolso dele só chegou o cheque sobre a venda real, que foi de 10 ME.

Ora como é facilmente perceptível , até é possível fazer jogada para enganar o Sporting, mas para isso acontecer, tem de estarem coniventes os dirigentes do Tottenham que vão ter de aldrabar os contratos dos jogadores e os dois empresário. É muita gente ao barulho. Como se costuma dizer, um é suficiente, dois é muita gente, três é uma multidão. São muitas pontas soltas, e basta algo correr mal para que facilmente se saiba.

Por isso, não vejo essa facilidade toda que se apregoa, para falsear a venda do Moutinho.

:arrow: :arrow:

Tenho um feeling que o Merdinho e o Álvaro vão ou para os Spurs ou para o Chelsea por 40M€, no conjunto.