Coisas que me fazem LIDAR mal

Lidar com gajas/os que querem sair na segunda ou terceira saída numa rotunda, e a contornam pela direita.

Lidar com estar a aparar a barba e acabar a bateria a meio.

Lidar com acordar, ir tomar o pequeno-almoço, e perceber que não há cereais.

O que é que vocês lidam mal ?

Temos que fazer do Lidar “a thing”.

Lidar com o facto de as pessoas baterem com a porta “for no apparent reason”.

Não consigo LIDAR bem com mentirosos como aquele Rui Pedro Braz da TVI.

Lidar com bestas que circulam a ocupar 2 faixas, especialmente quando se deslocam a 20 km horários.
Lidar com vermelhos.
Lidar com o extremo calor.

Lidar com os meus pais…

Alguém vai dizer lebron james e não vou ser eu.

Não consigo lidar com o facto de gente do mais corrupta que há como o mario soares, o socrates, a croquetada, gastar parte do meu oxigenio

Lidar com Sportinguistas desinformados que comem gelados com a testa!

Acabou-se a nomeação dos árbitos?

Lidar quando os empregados de algum estabelecimento não têm o mínimo de simpatia.

Lidar com os portões da minha garagem, que não sao eléctricos. Lidar com o facto de serem 2 portões, e de ser uma rampa ainda razoavelmente acentuada.

Lidar com aqueles gajos no ginásio, que por terem uma pila considerável, se passeiam sem toalha exibindo-se.

Lidar com aqueles gajos que viajam de carro em grupo, com as janelas abertas, a ouvir músicas brasileiras muito alto.

-Com pessoal que desfila nas passadeiras em modo tartaruga…

-Com namoradas que não me deixam vir a net… :whistle: :twisted:

Bom tópico, já por algumas vezes me pensei que seria bom ter um sitio para “libertar algum vapor” acumulado, por algumas situações do dia-a-dia :great:

Então é assim, eu LIDO mal com:

Trânsito:

Malta que não respeita um STOP e se mete à frente a “cagar e a tossir”;
Malta em excesso de velocidade em zonas onde andam crianças na rua;
Malta que se apresenta pela esquerda num cruzamento onde ambos temos perda de prioridade, e por alguma razão julga que tem prioridade;
Teenagers a atravessar a rua mais devagar que um octagenário apenas para mostrar que são “bad boys”;

Depois continuo…

Lidar com pessoas que comem estrelitas ao pequeno-almoço.

Lidar com pessoas que cortam as unhas pro meio do chão nos comboios da CP.

Pessoas que vão sempre na faixa do meio nas auto-estradas.

Pessoas que saem na última saída de uma rotunda e fazem a rotunda toda pela direita.

Pessoas que não sabem usar hashtags.

Lampiões sujos, passe a redundância.

Assim de cabeça, são coisas que me fazem maior rotura de lidamentos.

Várias coisas… Mas uma das mais “corriqueiras”:

Mau estacionamento (no geral… mas a ocupar dois lugares é a pedra de toque)

É daquelas coisas que me cria um impulso quase incontrolável de f*der a pintura do artista. Quase.

Lido mal com:

  • Hipocrisia
  • Quando me apressem
  • As asneiras diárias que vejo no tráfico
  • Cumprir hórarios

Lido mal com tanta coisa…
Mas assim de repente: aquela malta que está a falar contigo sempre a dar-te toquezinhos nos braços e no peito…

Lidar com pessoal que fica plantado do lado esquerdo das escadas rolantes no Metro.

‘Get out of the way motherfucker!’