Assembleia Geral dia 8 de Outubro de 2023 - Aprovação das contas e i-voting

Nada que uma “normal” ag "eleitoral"não resolva…

Vocês criam um bicho de 7 cabeças onde não há…

Claro tem de haver garantias de fiabilidade e segurança. Lê isto:

image
image

Não é bicho de 7 cabeças, é saber do que se fala.

Caso seja voto “em casa”, quais as contramedidas a adotar?

Lê isto:

image

Porra, esse é o processo de autenticação?

Tamos fodidos.

@Diego8 nas eleições do Sporting o voto eletrónico já é usado, só que ainda tem de ser presencial… e já alguém levantou alguma objecção ou levantou ondas? Não… se for empresa independente, não há problema

Eu sei disso tudo.

Mas as urnas são auditadas e posteriormente lacradas, num sistema fechado sem acesso externo.

Isto é outra coisa completamente diferente, cheia de vulnerabilidades.

É possível de fazer, mas não deste jeito. Isto é dar carta branca para a roubalheira.

E se por exemplo após efetuares o teu sentido de voto eletrónico, seja num PC ou tablet ou smartphone no final gerar um comprovativo do voto em PDF, para guardarem como prova?

Isso que disseste não faz sentido, porque o voto é secreto e não tem como fazer conferência.

Só dá para conferir se o voto deixar de ser secreto. Ou então usar outras contrapartidas.

Eu não me refiro a comprovativo do sentido de voto. Isso é proibido até pela RGPD. Refiro me a um comprovativo de como naquela assembleia exerceste o teu direito. Só isso.

Mas o atual gera um voto em papel depositado em urna selada.
Isto de votar a partir de casa “cheira mal” por todos os lados.
Preferia delegados nos núcleos e os sócios iam votar lá.

1 Curtiu

E além de emitir um recibo, é urna auditada sem acesso externo, então é outra coisa completamente diferente.

Isso serve para nada.

Mas lá está, a urna é selada e no fim papéis tem de bater certo com o sistema eletrónico. Remotamente é óbvio é impossível fazer isso

Tens um meio termo que é ter voto presencial em núcleo

1 Curtiu

Então mas este sistema também terá de ser auditado por empresa independente do SCP. É mesma coisa.

Sim, também é boa ideia. E sempre se valorizava os núcleos.

Mas nada impede depois, caso o i voting seja aprovado, de os núcleos organizarem ajuda aos sócios a votarem.

Não é a mesma coisa.

Imagina que o varandas se recandidata. Ele é presidente, então tem acesso a todos os dados dos sócios. A partir daí, só não ganha se não quiser.

1 Curtiu

Não pode ter acesso. Único com poderes de acesso é a MAG e o seu presidente e nos cadernos só pode estar nome, número sócio e votos. Mais nada.

Caso seja empresa independente, só tem lhes facultar a base dados e a partir daí é a empresa trata do resto. SCP não pode interferir

Um gajo tão grande e ainda acredita no pai natal…