Andebol- Época 2020/2021

Correcção, será André Gomes

Sporting Tático

1 h ·

🔎Campeonato Placard Andebol 1: Sporting CP 31 - SL Benfica 29

📌 Garra e Raça do Leão marcam o Dérbi, numa exibição vintage de Carlos Ruesga e na cartada do timoneiro Rui Silva!

Foi na raça, na crença, no coletivo e no crer que o Sporting levou de vencida o rival lisboeta, num jogo disputado taco a taco, mas não na qualidade desejada!

Este jogo era para ser ganho e não para ser bem jogado e devido a isso, não foi um excelente jogo mas sim uma excelente vitória.

Contra todas as contrariedades e possibilidades, com apenas 2 laterais disponíveis (e um deles que se lesionou a meio do jogo), sem um único canhoto de primeira linha (Jens encontra-se doente), com o pivot ofensivo da equipa muito condicionado fisicamente devido à lesão, com Djukic a regressar de lesão e sem poder contar com os reforços de inverno (Spruk, Andrewjew, Edmilson), foi assim que o Sporting se apresentou para defender o seu pavilhão frente a um Benfica na máxima força e que teve todo o tempo para preparar este jogo.

Visto ser um jogo em atraso da 14ª jornada, Sporting não pôde utilizar jogadores que na altura não estariam inscritos e apresentou-se a jogo com um plantel curtíssimo e com poucas soluções, o que não impediu que os pontos ficassem todos no PJR para alegria dos adeptos. Este jogo foi tanto uma vitória do plantel e treinador do Sporting, como uma derrota clara do Benfica (plantel, equipa técnica e estrutura), pois Chema e os seus pupilos tinham obrigação de ganhar este jogo.

Sporting entrou em campo com a lição estudada e a saber muito bem como ferir a águia: o plantel encarnado tem carências graves do ponto de vista defensivo e visto o Sporting não poder apresentar a sua primeira linha normal, o foco de Rui Silva foi no bloco central do Benfica, onde Paulo Moreno (jogador fraquíssimo do ponto de vista defensivo) e Matic defendem. Sporting explorou, durante o jogo todo as debilidades deste setor e foi por aqui que construiu a sua vitória. Sabendo que apenas teria 2 laterais para rodar o jogo todo, foi muito inteligente por parte de Rui dar mais jogo aos seus centrais e pivots, ao mesmo tempo que explorava de forma clara as lacunas apontadas acima. Tiago Rocha, mesmo apresentando-se pós lesão com limitações, fez o que quis da defesa vermelha e somou uma boa exibição no plano ofensivo (Doro completou o português na defesa e deu seguimento ao seu bom momento de forma). Para este fator, contribuiu muito a exibição do central espanhol, que terá realizado o melhor jogo dos últimos anos, fazendo lembrar algumas das suas exibições nos primeiros anos de leão ao peito. Carlos Ruesga esteve muito forte na exploração dos espaços e no remate exterior (Sergey também não teve uma noite feliz para os seus standards), contribuindo ainda com várias assistências e tendo, juntamente com Rocha, construído a vitória no Sporting no plano ofensivo.

Salvador, que saiu lesionado na 2 parte, realizou uma bela primeira parte, quer do ponto de vista defensivo (esteve a bom nível ao segurar Djordic tendo em conta ser o jogador que é) quer no ponto de vista ofensivo, onde muitas vezes ganhou o 1v1 na zona central e permitiu a equipa ganhar vantagem numérica para a equipa aproveitar. Francisco Tavares realizou mais uma boa exibição e com a sua confiança habitual, foi permitindo aos leões ferirem águia no contra ataque. Notou-se a falta de Schongarth na defesa, para ajudar a fechar melhor o bloco central e a defender os pivots, tendo o Sporting concedido 10 livres de 7metros!

De forma geral, notou-se a intenção de jogar mais pausadamente no ataque, fruto do banco curto e falta de profundidade para este jogo e a estratégia acabou por resultar na perfeição, existiu a noção perfeita de como gerir o jogo.

Skok… foi Skok e mais uma vez prova o porquê de, em forma, ser um guarda-redes de nível. Segurou o resultado várias vezes e ainda assistiu no contra-ataque e até uma bola interceptou! Exibição completa do Esloveno que se deverá manter nas redes leoninas a próxima época.

Sporting chegaria a ganhar ao intervalo pela vantagem mínima, que poderia ter sido mais alargada caso tivéssemos conseguido defender melhor Belone, que foi um dos elementos mais na primeira parte benfiquista. Joel não esteve feliz do ponto de vista defensivo da primeira parte e o experiente e rápido lateral direito encarnado soube explorar muito bem essa lacuna. De realçar que o central Kukic saiu lesionado no início do jogo e acabou por prejudicar a estratégia adversária para o resto do jogo.

Segunda parte semelhante, jogo muito disputado, com ambas as equipas a conseguirem vantagem no marcador e quando se esperava que a equipa do Sporting rebentasse e fosse abaixo (lesão do Salvador deixou equipa com apenas 1 lateral), Roque apareceu no jogo a lateral direito e realizou uma bela segunda parte, dando seguimento ao plano incutido no primeiro tempo e foi importante na forma como acrescentou serenidade e experiência num jogo de nervos. Quando se pensava que Benfica poderia ganhar uma vantagem considerável no final da partida, o Sporting realiza um parcial de 6-1 e “mata” o jogo, ficando com vantagem de 4 golos com o jogo a terminar. Sporting soube gerir os tempos de jogo e controlou o jogo até ao fim, numa vitória justa, suada mas muito merecida, dado o sacrifício de vários jogadores e toda a turbulência que tem sido esta época.

Como disse, não uma grande exibição, mas uma grande vitória, marcadas pela preparação de jogo de Rui Silva e pela excelente exibição de Carlos Ruesga.

Noutro tópico, foi revelado o nome de um dos novos pivots do Sporting para a próxima época: Jonas Tidemand de 26 anos, 199cm, 108kg, pivot all rounder do Skjern que atuou as últimas épocas na liga dinamarquesa e foi inclusive cobiçado pelo Aalborg para a próxima época. Sendo assim, o lote de pivots deverá estar fechado, com Tideman, Rémi Levanthoux e Andrejew a formar um trio equilibrado, jovem e forte de pivots para atacar a próxima época.

Concordo muito com este tipo de contratação: jovens/jogador no auge de carreira, com ambição, experientes e enquadrados no estilo de jogo do treinador e adicionalmente, gosto muito que a preparação da próxima época já esteja finalizada em Abril, o que é importantíssimo no Andebol. É como ir à fruta ao mercado, quem vai depois de almoço fica com as maças tocadas.

Fica a faltar saber o nome do central (Natan Suarez é falado mas para este verão é difícil, fruto das negociações serem complicadas só deverá vir em 22/23 - grande contratação dum dos melhores centrais da Asobal), a renovação de Tavares e o seu companheiro de posição (Rumores apontam para Gassama do Granollers), o LD de rotação e o 2º PE para juntar a Folques, também já contratado para a próxima época.

🔎 Resultados por parte:

1.ª Parte: 14-13

2.ª Parte: 17-16

🔎 Marcadores

🤾‍♂️ Ruesga (8)

🤾‍♂️ Rocha (6)

🤾‍♂️ Tavares (6)

🤾‍♂️ Valdes (4)

🤾‍♂️ Bingo (2)

🤾‍♂️ Roque (2)

🤾‍♂️ Salvador (1)

🤾‍♂️ Joel (1)

🤾‍♂️ Doroshchuk (1)

“esta fase”?

Que queres dizer com isso?

Tínhamos sobretudo de ganhar . Depois logo se via. Pode ser que o porco perca pontos

Não vai haver segunda fase. Esta época o campeonato é disputado apenas numa fase. Quem tiver mais vitórias ganha!

Sim, se o porto empatar na luz p. ex, “basta” ir ao dragão ganhar por 1.

Sim, verdade. Mas para o porto empatar na luz vai ser necessário acender muitas velinhas…

Realmente é difícil mas pode acontecer.
O Porto já esta época ganhou um jogo à rasca por 1 golo, contra o Águas Santas ou Avanca já n me recordo.

Se tivermos todos os laterais disponíveis e o Ruesga, o Skok e o Bingo bem fisicamente tudo é possível. Estes 3 não têm grandes substitutos/concorrentes à altura no plantel.

Avanca

1 Like

Então o campeonato de Andebol este ano é tipo o de Futebol?

Acho quase impossível a fruta não ser campeã, até pelo folclore em volta da morte do Quintana.
Mas podem sempre ter uma “caganeira” e serem surpreendidos.

Um Sporting muito forte, perdeu num ISMAI recordo.

Exacto! Na minha opinião, uma modalidade de pavilhão sem uma fase final (seja segunda fase, play-off, ou qq outra coisa), sai a perder

1 Like

a sério?..

1 Like

Sim.
Aproveitamento a mais de uma situação tão triste, com tentativa de vantagens desportivas em várias modalidades.

Mas que esperar da agremiação?
Fizeram aquele festival com o caso do Marega em Guimarães, mas recentemente não colocou (como todos os clubes) a inscrição “Não ao Racismo” nas camisolas!!!

1 Like

Exacto.
Se acredito? Não…mas não podemos deitar a toalha ao chão. Somos um clube que por força da pouca vergonha que se passa neste país ganha tudo com muito esforço.

1 Like

Mas estás a esclarecer me de alguma coisa relativamente aos moldes de disputa do campeonato?

O porto é super favorito, porque é de longe a melhor equipa, mas temos que dar o máximo até ao fim, nunca se sabes o que pode acontecer.

Fiquei com a ideia que tinhas colocado aqui a questão. Depois deixei a minha opinião.

Não foi o caso. Houve um user que usou a expressão “ficar em 2o nesta fase” e eu questionei por efectivamente não haver mais nenhuma a seguir nem esta época, nem na próxima onde o campeonato se realizará nos mesmos moldes

E quem treinava o Ismai nessa altura? Sabes?

1 Like