Alcançar o barbear perfeito.

A tortura diária nasceu há cerca de dez mil anos A.C. Começou com peças rudimentares. Depois passou usar-se a faca.
Houve um tempo em que o quartzo afiado era o instrumento predilecto. Hoje, há quem prefira a navalha. Mas o mais comum mesmo é a “gilete”. Enfim: fazer a barba sempre foi um sacrifício para a maioria dos homens.

Afinal, a actividade é muito mais complexa do que se possa imaginar. São milhares de folículos pilosos a cobrir apenas o rosto. E são eles os responsáveis pela aparência da barba. Aparência, aliás, foi o que sempre ditou o hábito de cortar ou não os pêlos do rosto. No Egipto antigo, por exemplo, a barba era sinal de pobreza e negligência.

Para Alexandre Magno (356-323 a.C.), que introduziu o costume no mundo greco-romano, a barba atrapalhava o combate corpo a corpo. Por isso, ele ordenou aos seus soldados que passassem a fazê-la frequentemente. Alguns historiadores, no entanto, creditam o costume de Alexandre à pura vaidade. Segundo eles, o líder queria parecer-se com o deus Apolo.

Nos primeiros tempos do Império Romano, ostentar barba voltou a ser comum entre a classe nobre e os súbditos. Isso porque o imperador Adriano (117-138 d.C.) usava barba para esconder cicatrizes no rosto (causadas em batalha) e uma grande verruga na bochecha.

Pedro, o Grande (1672-1725), famoso por seus dois metros de altura, as suas botas e a sua crueldade, num desejo de ocidentalizar o império russo, passou a obrigar seus súbditos a tirarem todo e qualquer pêlo do rosto. Quem se negava era obrigado a pagar um imposto. Se não pagasse, era condenado a trabalhos forçados. A lei — totalmente impopular — só foi abolida em 1763, por Catarina, a Grande.

Ainda nos dias de hoje, o costume divide opiniões. Para alguns povos, apenas questão de moda. Para outros, representante da fé que professam ou de virilidade. Caso dos muçulmanos. Para eles, a barba é fundamental à essência do homem — o que diferencia, de facto, os dois sexos. Aqueles que se barbeiam, segundo eles, estão ia imitar o sexo feminino. E mais: os que se barbeiam para agradar as suas mulheres dão prova de que são fracos e costumam ser rejeitados pelos demais homens da sociedade.

Abraham Lincoln sempre abominou a barba. Tanto que só foi deixá-la crescer pela primeira vez em 1860, aos 52 anos de idade. Segundo contam, a responsável por convencer o político a deixar os pêlos do rosto crescerem foi uma menina de 11 anos. Certa vez, Lincoln recebeu uma carta de Grace Bedell com alguns conselhos para conseguir eleger-se presidente dos Estados Unidos. Na carta, a menina sugere que ele deixasse a barba crescer. Desta forma, ela conseguiria, pelo menos em casa, convencer os quatro irmãos mais velhos a votarem nele. Lincoln deixou a barba crescer e venceu as eleições presidenciais. Nos 30 anos seguintes, não houve um só presidente americano sem barba, à excepção do sucessor imediato de Lincoln, Andrew Johnson.

Mas vamos ao que interessa realmente:

Máquina ou “gillette”?

“Gillette” ou navalha?

Espuma posta com as mãos ou com o pincel?

Corte no sentido do crescimento do pêlo, ou contra ele?

Eis as grandes questões, para quem diariamente tenta que a pele não se irrite. A barba de um homem adulto cresce em média um centímetro por mês. E se existem aqui daqueles que gostam de manter o rosto livre de pêlos, saibam que vão passar pelo menos 3 mil horas da vossa vida frente ao espelho! :twisted:

Todo o tempo passado em frente ao espelho, vai certamente garantir uma aparência mais leve ao rosto. Por outro lado, a agressão constante da lâmina de barbear pode causar alguns transtornos e comprometer a saúde de sua pele. Quem nunca ficou com um pêlo encravado, ou com aquelas borbulhinhas irritantes?

Pois aqui vão algumas dicas, para o barbear perfeito.

1 - É melhor barbear-se pela manhã. A pele descansou a noite toda.

  1. Lave o rosto. Tentar não barbear sem ter a pele perfeitamente limpa. Isto ajudará a prevenir infecções ou saliências. Para tal sugiro o meu método próprio que é pegar em alcool etílico e passar um pouco na barba e na lâmina para matar toda a bactéria que por lá ande.

  2. Aplique água quente ou barbeie-se depois do banho. O vapor aumenta a elasticidade da pele e amacia sua barba. Na verdade a água quente amacia o pêlo, o que pode aumentar a vida útil da lâmina. Os pêlos húmidos são mais fáceis de cortar.

  3. Aplique o creme, espuma ou gel de barbear com movimentos circulares. Isto amacia os pêlos, suaviza a pele e ergue os pêlos, permitindo um barbear mais rente e com menos irritações.

  4. Se a barba for cerrada, coloque uma toalha quente sobre o rosto por 30 segundos. Quanto mais macio o pêlo, melhor desliza a lâmina sobre o rosto.

  5. Comece o barbear pelas laterais do rosto, onde a pele é menos sensível, deslizando a lâmina no sentido em que os pêlos crescem. Deixe a região do queixo, onde os pêlos demoram mais a amolecer.

  6. Evite passar a lâmina no sentido contrário do crescimento do pêlo. Ir contra o sentido do pêlo resulta num barbear um pouco mais rente, mas irrita muito a pele e favorece o aparecimento de pêlos encravados.

  7. Substitua a lâmina após três ou quatro usos. As lâminas gastas cortam, arranham e queimam a pele, especialmente as mais sensíveis.

  8. No caso de uma pele com acne, cuidado para não cortar as ditas cujas borbulhas, disseminando a bactéria presente na acne pelo resto da cara.

  9. Enxaguar o rosto com água fria para fechar os poros.

Este sãos o 10 passos generalistas, se alguem tiver as suas técnicas próprias, que partilhe com os seus companheiros de “guerra”…!!! :mrgreen:

Dado ao imenso esforço que fazer a barba exige, acabei por optar por deixar crescer.

De 3 em 3 semanas vou a um barbeiro em Benfica, num sítio de muito mau aspecto, fazer aquilo que não confio a mim próprio: aparar. Trabalho bem feito, baratito e rápido.

Infelizmente tenho de fazer a barba todos os dias por causa do trabalho.
A Minha barba é muito escura, mas mal plantada, o que dá um aspecto estranho e feio quando tem um dia! Com dois dias a barba já se aguenta, mas para ter dois dias, tem de passar pelo fase de 1 dia :slight_smile:

Por isso opto por fazer a barba todos os dias de manhã após o banho! Corto como é indicado no primeiro post, mas tenho uma pele muito sensivel o que faz com que fique sempre com a pele irritada após o corte!

Não consigo fazer a barba com máquina … irrita e não corta :frowning:

Ao fim de semana deixo crescer.

De onde tiraste esse texto?

A minha pele é muito propícia a irritar-se, de modo que faço a barba apenas 3 vezes por semana. Faço a barba antes de tomar banho.

Uso pincel e o creme de barba que mais uso é o Palmolive (Aloe Vera?). Lâminas usei durante muito tempo aquelas azuis descartáveis da Gillette, e já há uns dois anos que uso a Mach 3 que é quase perfeita (excelente corte, suavidade, menos irritação e as lâminas duram mais tempo que as das máquinas descartáveis), excepção feita a ter pouca precisão para acertar patilhas e cortar nos cantos junto ao nariz.

Essa parece ser uma das melhorias da Gillette Fusion que já me senti tentado a experimentar.

um pouco de todo o lado que o google me deu sobre a historia da barba :wink:

mais info:

Wallace Pinfold - A Closer Shave. A publicação, disponível por enquanto apenas nos Estados Unidos e na Europa, é um verdadeiro manual de instruções, com a história da barba, conselhos, dicas e detalhes até hoje pouco conhecidos.

já agora se alguem usar a navalha tradicional, que me diga onde a adquiriu.

Este tópico era excelente para fundir com o tópico metrossexual, também se fala lá de barbear, lâminas, etc.

Para mim fazer a barba não é nenhuma tortura, pelo contrário, mas também só faço de 3 em 3 dias. Só uso lâmina, detesto máquina. Não tenho nenhuma técnica especial, apenas certificar-me que a lâmina está bem afiada e usar um bom creme (já experimentei gel e espuma, prefiro a espuma). Essa de lavar a cara e desinfectar a lâmina antes de barbear para prevenir as infecções está bem pensada, nunca me tinha ocorrido. :great:

Eu faço de sexta à sexta. Ou seja, durante a semana vou parecendo o Miguel Veloso, que me parece ser o homem mais aconselhável para dar os seus palpites sobre como fazer a barba e em que moldes. :mrgreen:

Mais a sério, repito que faço de sexta à sexta, sempre depois do banho, com alguns passos que o texto do Majestade elucida e normalmente não tenho problemas. É uma questão de habituação.

Costumo passar a gillette duas vezes, sem irritar a pele, de resto é um alívio quando andamos com a cara limpinha. ;D

Ao Domingo é barba e cabelo :mrgreen:

Nãooooooo! :xock:

Deixem lá o tópico metro-abichanado em paz e não o misturem com este, que isto sim é coisa de macho. ;D

E não venham estragar o tópico a falar dos cremezinhos para pelezinha irritadinha.

O meu instrumento para fazer a barba é este:

:mrgreen:


Agora a sério, eu faço a barba com lâmina só à segunda-feira. Uso desde à poucos meses a Gillete Fusion, que é simplesmente espectacular. Antes usava umas lâminas da Wilkinsson que tem uns aramezitos perpendiculares às lâminas para evitar os cortes.

Para manter a barba feita durante a semana, uso a Phlishave Cool Skin que é uma máquina porreirissima pois dá para usar no banho. Antes desta usava uma Braun, mas tinha que ser a seco. :slight_smile:

Eu uso maquina. Sinceramente, vai tudo dar ao mesmo para mim e com maquina poupo bastante tempo e trabalho. É so ligar e em 2 ou 3 minutos ta perfeito.

Eu faço a minha á Gillete e passado 2,3 dias já tenho que fazer de novo! Que bela merda

Faco a baraba com a Gillete. Se a fizer todos os dias ou mesmo dia sim dia nao fico com a pele numa bela merda mesmom :naughty:.
Costumo fazê-la após 4/5 dias. Por norma ao fim de semana antes de ir pa night :mrgreen: assim vou sempre como um cu de bébé :mrgreen:

Cu de bebé tem mosca?
:lol:

Mosquito :whistle: :mrgreen:

Dou-me melhor com espuma que com gel. Como tenho pele ultra-sensível, tenho de usar produtos de (para)farmácia, no caso “Eau d’Avène”, tanto para a espuma como para o fluido após a barba, sem alcóol.

É preferível fazer a barba antes do duche que depois. Depois já a pele está menos relaxada e mais irritável.

Não tenho remédio senão fazer a barba todos os dias, descansando ao Domingo.

Tenho uma barba rebelde mas macia como tal faço 1 a 2 vezes por semana ,uso lamina e espuma, costumo deixar pequenas patilhas e de vez enquando deixo três a quatro semanas a barba crescer (quando ando mais desleixado ,desmotivado, triste com o SCP ,por exemplo)! :frowning: :’(

maquina, uma vez por semana … também não sei se lhe posso chamar barba :rotfl:

Aos 20 anos ainda não tenho uma barba rija ^-^ … e em geral em todo o corpo, sou muito pouco peludo, ehehe a sócia gosta!

Pois eu também uso máquina dia sim dia não,tenho uma barba mal semeada que me deixa andar assim, também para quem anda a tirar um doutoramento não há propriamente uma grande exigencia a nivel de apresentação como há num emprego.

Já há uns anos que faço todos os dias da semana, ao fim de semana é para descansar.
Sempre me habituei a fazer depois do banho e não gosto de usar after shave, antes usava alcool etilico agora não uso nada mesmo.
Até há um ano e pouco atrás usava a Gillette Mach3 com gel espalhado pelo pincel. Dava um bocado trabalho, decidi experimentar a máquina, aconselharam-me comprar uma boa pois para quem não está habituado, começar com uma máquina mais fraquinha raramente resulta.

A Braun estava com uma promoção em que podiamos experimentar durante um mês e se naõ gostassemos devolviam o dinheiro, se gostassemos devolviam 40 ou 50 euros do preço.

Experimentei, adaptei-me bem e devolveram mesmo esse dinheiro ;D Desde aí que só uso a máquina, limpa-se sozinha e tudo.