Academia SCP - EUL

Caros,
Como devem saber funciona no EUL - Estádio Universitário de Lisboa, grande parte da formação do Sporting (penso que de Escolas a Infantis).

Ali evoluem todos os dias dezenas de jovens, que começam na pré-competição (Pre-Escolas 7 e 8 anos) até os Infantis.

Já era hora de lhes darmos um espaço e incentivo. Parem de criticar tudo o que mexe e façam alguma coisa pelo Clube

Eu vejo-os muitas vezes lá. São um espectáculo que até orgulha!

O meu ex-treinador treinava os escolinhas antes do meu treino de fut7 e por vezes ia mais cedo e ficava lá ver os putos a tocar na borracha. É incrível mas o facto é que eles em termos de visão de jogo estão tão à frente de gajos da minha idade e mais velhos ainda. Não sei se não leveva uma cueca ou outra de um dos miúdos, já vi lá toques que eu nunca conseguirei fazer!

Mas a melhor foi uma vez em que vi no final do treino um puto a levar 4 bolas para lá da área, na boa uns 20 metros da baliza. Meteu-as em linha e depois chutou-as uma a uma. Todas ao ângulo. Sem espinhas.

Outra gira foi durante um treino o mister gritar a um (não me lembro do nome por isso vou inventar) “Epa ó Fábio, não sabes chutar à baliza é? Remata, não andes para aí com mariquices”, então o puto não faz mais nada, pega na bola a meio campo, dá 3 passos e pimba, do lado direito do campo a bola vai entrar no ângulo esquerdo da baliza. Parece fácil…

Passei por lá um fim de semana destes por acaso e estavam a jogar os infantis, creio que jogo amigável. O que me impressionou foi o dominio táctico do jogo por parte da equipa. Á ordem do treinador, fecha, via-se de imediato os miúdos a encurtarem o espaço entre linhas (defesa, meio-campo, ataque) com cada um a ocupar espaços que estavam previamente definidos, ou numa transição atacante, à ordem do treinador, via-se de imediato os laterais a ocupar as faixas laterais, o meio-campo a apoiar a posse de bola e o ataque a alargar o espaço. Apesar de na generalidade serem mais pequenos que os adversários conseguiam a maior posse de bola, jogar em progressão organizada até à área adversária e, muitas recuperações de bola. Bonito…

Vão dando informações sobre o desenrolar da epoca :great:

SL

Quem acompanhar estes jogos deve tentar observar numa perspectiva maior do que o resultado. No Sporting, é importante ganhar desde pequeno no entanto existem uma série de vertentes fundamentais que os jovens devem assimilar nesta fase que em certa medida são mais importantes do que remates ou fintas fantásticas.

Mais ainda do que os Escolas e Infantis, eu gosto muito de ver os Pré-Escolas.

Sao meninos nascidos em 2002 e 2001, que ainda não têm competição - os de 2001 só têm no próximo ano - e que aos 7 e 8 anos de idade tem uma qualidade individual fabulosa.

Já vi uma ou outra vez os treinos do sintético do Benfica, eles lá é mais na base de jogo colectivo e tactico, mas a realidade é que no SCP vimos formar jogadores e no SLB, formam equipas.

Eu, independentemente da condição de sportinguista, prefiro que se formem jogadores… porque equipas têm muito tempo para crescer.

PÓLO EUL COM REFORÇOS DA EQUIPA PRINCIPAL

Por Sporting CP
21 Nov, 2019

FUTEBOL

“Uma só equipa”

As equipas de formação do Pólo EUL foram surpreendidas, nesta quinta-feira, com novos companheiros de equipa.

Bruno Fernandes, Tiago Ilori, Jérémy Mathieu, Luciano Vietto e Joelson Fernandes apareceram equipados e treinaram juntamente com os jovens jogadores entre os escalões de sub-6 e sub-13, que treinaram de segunda a sexta-feira no Pólo EUL entre as 18h00 e as 19h30.

Um treino diferente com os mais novos a terem a oportunidade de partilhar o campo com os ídolos da equipa principal e, acima de tudo, de comprovar que há uma só equipa no Sporting Clube de Portugal.

Foi isso mesmo que Beto Severo, team-manager da equipa principal, disse após esta acção: “A ideia foi passar os valores do Sporting Clube de Portugal, incentivá-los e mostrar-lhes que somos uma só equipa. Somos todos Sporting Clube de Portugal. Eu também cresci na formação Sporting CP e sei como isto é importante.”

Leia toda a reportagem na próxima edição do Jornal Sporting (28 de Novembro).

FORMAÇÃO DE REGRESSO AO PÓLO EUL

Por Sporting CP
19 Abr, 2021

PÓLO EUL

Primeiro treino presencial em mais de três meses

Mais de três meses depois da última vez, a formação de futebol do Sporting Clube de Portugal regressou, esta segunda-feira, aos treinos no Pólo EUL. Autorizadas pelas autoridades, centenas de crianças e adolescentes voltaram a ter treinos presenciais de Leão ao peito.

Após o confinamento que obrigou, mais uma vez, à interrupção dos treinos, esta segunda-feira ficou marcada pelo regresso do desporto de formação em praticamente todo o país. No Pólo EUL (Estádio Universitário de Lisboa), a formação de futebol masculino, até aos sub-13, e feminino, até à equipa B, do Sporting CP deixou os treinos por videochamada para voltar aos relvados.

Os atletas realizaram todos testes COVID-19 antes de integrarem os treinos de cada escalão, com os resultados a serem todos negativos. À entrada para os campos, foi também medida e registada a temperatura corporal e as mãos foram desinfectadas. Os balneários não foram, e não vão ser no futuro próximo, utilizados, com os jovens atletas a chegarem ao Pólo EUL já com os respectivos equipamentos vestidos.

Diogo Teixeira, coordenador técnico do Pólo EUL, explicou que o regresso “foi uma logística gigante”. “É óbvio que todos estes procedimentos tiveram de ser bem preparados. Basta pensar que, para uma criança que esteve tantos meses confinada sem fazer aquilo que mais gosta, as emoções estariam ao rubro no dia de hoje. Comprovou-se. Os adultos não fugiram à regra”, começou por dizer aos meios de comunicação do Sporting CP. “Há que tentar evitar excesso de atletas por espaço e ajustar o conteúdo ao momento. Não queremos privar as crianças de fazerem o que mais gostam, mas há que limitar algumas situações”, continuou.

O dirigente congratulou depois todos os envolvidos pelo trabalho realizado nos meses em que os treinos presenciais não foram uma realidade.

“Tenho de dar os parabéns a toda a estrutura, desde o corpo directivo ao coordenativo e passando pelo corpo docente, mas especialmente a estes jovens e aos encarregados de educação. Este processo foi super criativo, mas com muitos contratempos. Estar atrás de um ecrã não é o que os miúdos e os treinadores pretendem e interfere com a logística familiar. Há que dar os parabéns a todos”, frisou.

Por fim, Diogo Teixeira falou sobre os próximos tempos a treinar neste contexto pandémico.

“Temos de ter a percepção de que as incertezas interferem com o nosso planeamento. Há que ter os cuidados a que a situação nos obriga e ir gradualmente aumentando a complexidade e os contactos. Não podemos transformar os jovens em pequenas máquinas. (…) Temos de ir passo a passo e não forçar nada porque se o fizermos podemos ter contratempos e não queremos isso. Temos de nos focar naquilo que controlamos. Com tantas incertezas, não vale a pena estar a pensar nelas. Há que tentar crescer na realidade do treino, de um possível jogo daqui a algum tempo. Acima de tudo, há que criar situações dinâmicas, apelativas e competitivas que promovam o gosto pelo desporto e pelo futebol”, concluiu.

DIOGO TEIXEIRA CONTINUA DE LEÃO AO PEITO

Por Sporting CP
05 Jul, 2021

PÓLO EUL

​Coordenador técnico do Pólo EUL renova contrato

Diogo Teixeira, coordenador técnico do Pólo EUL, renovou esta segunda-feira contrato com o Sporting Clube de Portugal, emblema que representa desde a temporada 2019/2020.

“Fica um sentimento de orgulho pelo trabalho realizado com muitas pessoas que estão no Pólo EUL, a quem deixo uma palavra de agradecimento. Foram dois anos bastante diferentes, mas houve uma aproximação grande em todos os projectos e isso fez com que os departamentos trabalhassem em prol do bem dos jogadores, que estão cada vez mais preparados para as exigências da Academia. É essa a nossa meta”, afirmou aos meios de comunicação Leoninos.

Para o responsável, os objectivos para o futuro continuam a ser os mesmos que foram traçados até aqui: preparar os jovens talentos para que um dia possam subir ao relvado do Estádio José Alvalade, envergar a listada verde e branca e honrar o Clube que os formou.

“Eles estão a iniciar o seu sonho no Pólo EUL e tentamos passar essa mensagem todos os dias. Quando olhamos para o Estádio José Alvalade, dizemos que o sonho deve acabar ali ou, pelo menos, deve ser um local para brilharem. Estamos a trabalhar para isso”, concluiu.

TOMÁS MENDES ASSINA CONTRATO DE FORMAÇÃO

Por Sporting CP
08 Jul, 2021

PÓLO EUL

Extremo de 14 anos tem Pedro Gonçalves como referência

O Sporting Clube de Portugal continua a segurar talentos e, esta quinta-feira, foi a vez de Tomás Mendes assinar contrato de formação. Em Alvalade desde 2017/2018, onde chegou oriundo da UD Leiria, o avançado mostrou-se satisfeito na hora de colocar o ‘verde no branco’.

“Estou muito feliz por assinar este contrato e também muito orgulhoso do meu trabalho, vou continuar a dar o máximo todos os dias por esta camisola”, começou por dizer o jovem em declarações aos meios de comunicação Leoninos.

Natural de Porto de Mós, no distrito de Leiria, Tomás Mendes viaja várias vezes por semana com destino à Academia Sporting, em Alcochete, para poder treinar e jogar com a listada verde e branca, junto dos seus colegas de equipa, um esforço que, segundo o próprio, vale a pena. “É um sacrifício grande, mas tenho a certeza que vai trazer frutos no futuro”, sublinhou.

O atacante define-se como um jogador “rápido e inteligente, que sabe o que fazer com a bola antes de a receber”, e, apesar da tenra idade, já tem bem definido qual o seu grande objectivo.

“Quero chegar à equipa principal”, revelou, antes de apontar a sua maior referência entre os jogadores do plantel de Rúben Amorim. “O Pedro Gonçalves, admiro-o muito”, concluiu.

ESCALÕES DE FORMAÇÃO REGRESSAM AO PÓLO EUL

Por Sporting CP
02 Set, 2021

INICIADOS

​Jovens promessas voltaram a pisar o relvado um ano e meio depois

Arrancou na segunda-feira a temporada 2021/2022 para o futebol de formação no Pólo EUL. No regresso dos treinos presenciais na sua totalidade um ano e meio depois, mais de 150 jovens – cerca de 300 em todo o país - dos sub-6 aos sub-13 puderam voltar a trabalhar com bola e em conjunto, um momento há muito aguardado tanto pelos jogadores como pelos responsáveis Leoninos.

“Este regresso veio reforçar o mais importante: é aqui que começa o sonho. Atrás do Pólo EUL temos o Estádio José Alvalade, é para ali que estes jovens olham e ambicionam chegar. Para eles é um privilégio estar cá, treinam de acordo com os nossos métodos e alimentam o sonho no dia-a-dia. (…) Acima de tudo, temos de dar passos firmes, potenciar os aspectos em que eles já são muito bons e minimizar as suas lacunas, ajudando-os sempre a serem melhores”, começou por dizer Diogo Teixeira, director técnico do Pólo EUL, em declarações à Sporting TV .

“Sabemos que há miúdos que vão reagir de forma adversa a este regresso porque estiveram um ano e meio sem conviver e outros que estiveram muito tempo no conforto das suas famílias. Cabe-nos tentar encontrar as melhores estratégias para ajudar a lidar com novos momentos de emoção, tanto positivos como negativos. Temos de ser nós a criar contextos nos treinos para colocá-los em situações adversas e ajudá-los a saber lidar com isso”, considerou, garantindo em seguida que “o grande objectivo passa por estimular os atletas”. “Olhamos para todo este processo numa perspectiva de englobar, educar, formar e fazer crescer”, vincou.

Tiago Almeida, técnico dos sub-9 e coordenador dos traquinas e dos petizes que vai para a sexta temporada no Pólo EUL, frisou que “é bom voltar a fazer aquilo de que mais se gosta”.

“Estivemos algum tempo limitados no que diz respeito aos treinos e aos jogos, mas esperemos que esta época tudo seja normal para podermos desenvolver as capacidades destes jogadores tendo em vista o futuro”, referiu, mostrando-se entusiasmado por voltar a estar em contacto com os jovens. “Vamos ver o que eles têm para dar e o que lhes podemos oferecer. Todo o trabalho desenvolvido no Pólo EUL visa transmitir os valores do Sporting CP e o ADN do Clube, ou seja, toda a garra, ambição e querer que isso implica”, atirou, definindo quais os objectivos.

“Formar bons seres humanos é o mais importante. Tudo o que queremos é transmitir valores que podem ajudá-los não só a nível desportivo, mas também em termos pessoais. Se algum dia se lembrarem de algum momento que passaram aqui com alguém da estrutura, seja com quem for, e isso ajudar a resolver um problema, é uma vitória para o Sporting CP”, lembrou.

Mateus Martins, jogador que integra a equipa sub-13, admitiu que “regressar ao Pólo EUL é muito especial” depois de tanto tempo sem poder pisar o relvado e tocar na bola.

“Estivemos praticamente um ano e meio parados. Voltar a ver os meus colegas e a equipa técnica é muito bom. Ainda assim, nada mudou, sempre fomos e continuamos a ser uma família muito forte e unida”, garantiu, antes de recordar as dificuldades trazidas pela pandemia de COVID-19. “Foi muito complicado porque só treinávamos por videoconferência. Agora que estamos de regresso, queremos apenas treinar e jogar futebol”, assegurou.

DIA DE SÃO MARTINHO NO PÓLO EUL

Por Sporting CP
11 Nov, 2021

FUTEBOL

Daniel Bragança e Ricardo Esgaio estiveram presentes

O Dia de São Martinho voltou a celebrar-se no Pólo EUL, em Lisboa, dois anos depois da última vez. Jogadoras e jogadores da formação de futebol do Sporting Clube Portugal estiveram reunidos, esta quinta-feira, entre os treinos a comer castanhas e a conviver, mas não só.

O regresso do magusto contou com duas novidades: Daniel Bragança e Ricardo Esgaio. Os jogadores da equipa principal verde e branca apareceram no Pólo EUL e foram eles próprios que entregaram as castanhas aos jogadores mais jovens, acabando também por partilhar brincadeiras e tirar muitas fotografias.

Para Daniel Bragança tratou-se do regresso a um espaço que bem conhece, uma vez que foi dos primeiros jogadores da formação a trabalhar no Pólo EUL. Já Ricardo Esgaio, seis anos mais velho do que o companheiro de equipa, só trabalhou em Pina Manique, onde antigamente trabalhava o futebol de formação Leonino.

“É muito bom tê-los aqui porque são ídolos nossos”, disse Dinis Barreiros, médio de 12 anos que faz parte dos sub-13, aos meios de comunicação do Sporting CP, dando conta do conselho que mais tem ouvido dos mais velhos: “Nunca desistir, aconteça o que acontecer”.

Joana Dantas, jogadora da equipa B feminina do Sporting CP, também falou sobre esta iniciativa, sendo a porta-voz do futebol feminino, e manifestou a importância destas acções para a formação. “É muito importante para nós ter aqui os atletas da equipa principal porque servem de inspiração para todos nós. Eles já ganharam muitas coisas e nós ansiamos por chegar onde eles já chegaram”, começou por dizer, sublinhando: “É um privilégio partilhar histórias e momentos com eles aqui Pólo EUL, onde nós trabalhamos”.

Ricardo Esgaio também teve a palavra, deixando por uns momentos a entrega das castanhas a cargo de Daniel Bragança, e revelou ter-se lembrado dos seus tempos na formação do Sporting CP: “Eu não passei por aqui, fiz a formação em Pina Manique, mas entrar aqui e ver os miúdos a treinar fez-me reviver aquilo que nós também passámos e aquilo que tivemos de fazer para chegarmos à equipa principal do Sporting CP. Eu e o Dani vínhamos a falar disso mesmo e do tempo que já passou”.

“É muito bom estar aqui e ver os miúdos a crescer e para eles também é importante que nós estejamos aqui. Acredito que sejamos uma motivação extra e que seja uma alegria para eles terem a oportunidade de conviverem connosco e de verem que um dia podem estar onde nós estamos hoje”, disse o defesa verde e branco, antes de ‘cruzar’ um conselho: “Neste momento o mais importante é que se divirtam a jogar à bola, que é algo que eles gostam. As oportunidades acabarão por surgir depois”.

1 Curtiu

Foto Isabel Silva

112 JOGADORES NO QUADRO DE MÉRITO ESCOLAR

Por Sporting CP
23 Fev, 2022

PÓLO EUL

​Jovens foram recompensados com ida ao relvado de Alvalade

112 jovens jogadores do Pólo EUL e das Academias de Formação Sporting, dos escalões de petizes, traquinas, benjamins e infantis, entraram nos respectivos quadros de mérito escolar.

Os atletas que tiveram notas de excelência no primeiro período escolar foram recompensados com uma ida ao relvado do Estádio José Alvalade, no intervalo do jogo diante do GD Estoril Praia, no domingo, e vão receber um diploma assinado pelo presidente Frederico Varandas.

Alexandra Graça, psicóloga do Pólo EUL que trabalha diariamente com estes atletas, explicou na Sporting TV, esta terça-feira, qual a importância da existência de um quadro de mérito.

“O objectivo no fundo é valorizar e reconhecer o trabalho dos nossos atletas especificamente no contexto escolar. No final de todos os períodos, solicitamos aos pais as avaliações escolares no sentido de podermos acompanhar o percurso académico e podermos premiar os atletas que entram no quadro de mérito pelo seu esforço, mérito e aproveitamento escolar”, disse no ‘Sporting Grande Jornal’, enaltecendo a relevância de garantir o sucesso escolar dos atletas.

“A escola é o primeiro trabalho deles e, por isso, falamos muito da carreira e promovemos a compatibilização da vida escolar com a vida desportiva. Além disso, fazemos algum trabalho com os pais em que abordamos temas como a carreira dual, as competências escolares e os métodos de estudo. É importante os atletas estarem preparados para saberem planear, organizar e gerir o seu tempo, algo fulcral em todas as áreas da vida de um atleta”, frisou, antes de sublinhar “a importância da psicologia e pedagogia exercidas nas camadas jovens”.

“É importante valorizarmos e estimularmos desde o início todas estas áreas. Tanto a formação como a educação são pilares do nosso Clube e fazem parte da formação integral de um atleta e de uma pessoa. Portanto, desde novos incentivamos ao estudo e à conciliação com a área desportiva, algo que é muito importante. A parte escolar é sempre fulcral”, considerou.

Alexandra Graça destacou ainda a forma como as jovens promessas foram recompensadas.

“O que aconteceu no domingo, com a ida ao Estádio José Alvalade, foi algo fora do comum e uma excelente oportunidade para estes meninos poderem pisar o relvado. Nestes momentos de avaliação e em que eles chegam ao quadro de mérito, tentamos proporcionar-lhes sempre momentos diferentes e importantes. É uma forma de valorizar o empenho escolar”, atirou.

Pode consultar aqui a lista dos jovens atletas premiados.

Foto João Pedro Morais

INFANTIS VENCEM TORNEIO INTERNACIONAL DE PONTE DE FRIELAS

Por Sporting CP
01 Mar, 2022

PÓLO EUL

Na final, os jovens Leões bateram o CF “Os Belenenses” nos penáltis

A equipa sub-13 de futebol do Sporting Clube de Portugal foi o grande vencedor do Torneiro Internacional de Ponte de Frielas ao superar na final, esta terça-feira, o CF “Os Belenenses” por 3-1 no desempate por pontapés de penálti, após o 0-0 no tempo regulamentar.

Na cerimónia de entrega de prémios do torneio, os Leões Rafael Fial (melhor marcador) e Guilherme Alves (melhor guarda-redes) também foram distinguidos individualmente.

Dado o pontapé de saída na final do torneio, o equilíbrio foi a nota dominante nos primeiros dez minutos. Depois, seria o Sporting CP a somar as primeiras aproximações à área adversária. Servido com um cruzamento, Rodrigo Correia desviou para a baliza, mas à figura do guardião dos azuis.

Logo a seguir, o mesmo camisola 16 protagonizou uma excelente arrancada pela direita, porém a finalização saiu em direcção à malha lateral. Apesar do ascendente verde e branco, o nulo seguiu para a segunda parte, onde também não sofreu qualquer alteração até ao apito final. Ainda assim, a melhor oportunidade para desbloquear o 0-0 nos segundos 25 minutos pertenceu ao CF “Os Belenenses” através de um pontapé de penálti, no entanto defendido com segurança por Guilherme Alves.

O jovem guardião repetiria a façanha, de seguida, no desempate por pontapés de penálti, travando mais um, além de ver os azuis a desperdiçarem outros dois - marcaram apenas um. Por sua vez, os jovens Leões foram mais eficazes e converteram três (falhando apenas um) para confirmar a conquista em Loures.

O jogador Dário Essugo, presença habitual nos treinos da equipa principal, assistiu à final e, após a entrega do troféu, foi ao balneário cumprimentar os jovens Leões - ele que já participou numa das edições anteriores deste torneio.

Pelo caminho, a formação verde e branca derrotou o SL Benfica nas ‘meias’ (3-0) e na fase de grupos empatou com o FC Porto (1-1) e bateram o anfitrião UD Ponte de Frielas (0-15) e os neerlandeses da Prestige Football Academy (0-1).

Onze do Sporting CP : Guilherme Alves [GR], Santiago Felício, Alexandre Rosado, Francisco Cabeçana, Mário Almeida, Duarte Tomás, Francisco Simões, Rafael Fial, Martim Almeida [C], Vítor Conceição e José Lino.

1 Curtiu

O habitual portanto.

Somos os máximos vencedores desse torneio.

se não me engano 8º vitoria nossa , sendo a 6º internacional no torneio , bermelhos 7 , 6 das quais internacionais no torneio e porto 3 internacionais .

SUB-11 CONQUISTAM NUMBER ONE CUP

Por Sporting CP
07 Mar, 2022

PÓLO EUL

​Leões venceram duas equipas da Barça Academy na Polónia

A equipa sub-11 de futebol do Sporting Clube de Portugal conquistou no último fim-de-semana a Number One Cup, torneio que juntou várias equipas europeias em Gdańsk, na Polónia.

Em 15 jogos, os Leões venceram 14 e empataram um, com destaque para o facto de terem sido a única equipa sem derrotas e de terem batido por duas vezes equipas da Barça Academy.

Na primeira fase, os Leões alcançaram o primeiro lugar do grupo A com um total de 34 pontos, resultado de onze triunfos e um empate em jogos compostos por uma parte de 15 minutos.

Nas finais, seguiram-se mais três duelos, desta vez de 20 minutos cada. Nos quartos-de-final, a formação de Alvalade derrotou a Barça Academy BLAU por 2-0 (depois de ter vencido a Barça Academy GRANA por 2-1 na fase de grupos), seguindo-se nova vitória nas meias-finais, desta feita diante dos polacos do Lechia Gdansk por 1-0. Na final, o UKS Gol Brodnica caiu com 3-0.

Sexta-feira – 4 de Março

Sporting CP 3-0 Jaguar Gdańsk
Sporting CP 3-0 Akademia Sandecja Nowy Sącz
Sporting CP 2-2 Lechia Gdansk

Sábado – 5 de Março

Sporting CP 3-1 Gentofte Fodbold Akademi
Sporting CP 2-0 IF Brommapojkarna
Sporting CP 2-0 MFS Gdańsk
Sporting CP 2-1 Barca Academy GRANA
Sporting CP 7-0 Voetbaloa 1
Sporting CP 1-0 UKS Gol Brodnica
Sporting CP 2-0 FC Nordsjaelland
Sporting CP 2-0 Baltic Football Academy (BFA)
Sporting CP 2-0 Slovan Liberec

Domingo – 6 de Março

Quartos-de-final - Sporting CP 2-0 Barca Academy BLAU
Meia-final - Sporting CP 1-0 Lechia Gdansk
Final - Sporting CP 3-0 UKS Gol Brodnica

1 Curtiu

vi um dos jogos em direto, com o slovan liberec temos uma equipa muito talentosa ,acho que um dos miudos era o laurindo junior,parabens equipa,parabens SPORTING.

1 Curtiu