A paixão de Sousa Cintra - Um exemplo a seguir.

http://www.youtube.com/watch?v=yz4hQYFEBFA

Quando vi isto… Fiquei com saudades.

:frowning:

Apesar da sua peculiar postura - quantos dirigentes diriam ao presidente adversário que este tinha comprado o árbitro, ou aos próprios árbitros que conhecê-los foi uma “honra do c*****o”? -, a atitude fervorosa de Cintra é uma das razões que me faz ter saudades do espírito entusiástico com que se vivia o Sporting nesses anos, em oposição aos dirigentes engomados de hoje em dia, que contagiam toda a massa adepta com o seu discurso miserabilista, segundo o qual perder finais europeias não é trágico porque se poupam os prémios de vitória, ou ficar em segundo é quase tão bom como ser campeão, porque se ganha o dinheiro da LC.

Embora preferível ao senhor que agora manda, este Sousa Cintra também é pródigo em trafulhices, se bem que não me lembre de nada que lhe possa apontar como “servidor” do Sporting.

Aquele abraço ao “major” :sick:

porra, as saudades que eu tinha deste vídeo, aos anos que isto foi, lembro-me de ver na RTP. O último presidente a mostar verdadeira paixão pelo clube, e em toda a sua boçalidade, o único a deixar também uma equipa em condições e património.

Desconhecia este Video e fiquei sem palavras eheh epa quando o Arbitro marca o Penalty que o Gomes marca a maneira como o Sousa Cintra vive esse lance antes, durante e depois :clap:

“voce comprou o arbitro” :rotfl:

o gajo era mesmo marado, mas foi foi nesta altura que vivi com maior intensiadade o SCP. saudades do SCP clube grande de Portugal. Hoje é cada vez mais o Sporting de Lisboa.

UM SENHOR :victory: :victory: :victory:

E o “foda-se” que o gajo solta ao lado do Jorge Sampaio! :smiley: priceless. Podia ser um boçal, mas foi o maior presidente do Sporting da minha era, em todos os sentidos. Ninguém mais amava o Sporting que este avariado.

Esse gajo é um palhaço, toda a gente o gozava e ele sempre a rir e a ser enrabado, até eu acabei de dar umas gargalhadas que me entristecem, pois quando o vejo a fazer aquelas figuras tristes, pergunto-me como foi possivel um artista destes ser durante seis anos o Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Não me parece. Ele foi para o Sporting essencialmente para conseguir exposição mediática, e conseguiu-o. Verdadeira paixão pelo Clube, não me parece que a tivesse.

Ele pode ser o que for, e sei que nao era muito amado por muitos adeptos do sporting, mas uma coisa eu sei ele conseguia cativar os adeptos em redor da equipa !!
O Sporting tinha mais gente a assistir aos jogos que tem hoje, e o unico erro grande que Lhe reconheco foi ter despedido o Robson, ele proprio ja o reconheceu publicamente, o sporting era um clube muito mais dinamico que hoje!!
Ele conseguia unir os sportinguistas por todo o pais em redor da equipa, cheguei a ir a alvalade e eram excursoes de todo o pais para ver jogar o sporting, havia uma relacao muito estreita com os nucleos de norte a sul, o que hoje nao acontece!!
Para alem disto ele recuperou o sporting financeiramente , e com Marinho Peres andou os primeiros 11 jogos sem perder , mas depois comecaram as roubalheiras, e a equipa comecou a cair!!
Para mim ainda hoje demonstra que e um grande sportinguista, pela forma como fala do sporting!!

nem mais :clap: :clap: :clap:

Saudades. Muitas saudades mesmo :frowning:

NENHUM dos engravatados faz nada semelhante.

Evitou a falência ou o esvaziamento do Clube, mas não o deixou em condições muito favoráveis.

E sim, os “engravatados” fizeram muito pior em menos tempo.

acima de tudo é bom ver a felicidade quase infantil com que ele fica com uma vitória!! quem diz que o seu sportinguismo não é genuino só pode estar a brincar!!!

Até agora ninguém disse que o Cintra não era sportinguista. O que eu disse é que, à medida de por exemplo Santanas ou netos de fundadores, não acho que ele tivesse ou tenha verdadeira paixão pelo Sporting. Fora da actual esfera dirigente, Dias Ferreira é um exemplo de paixão pelo Clube.

Outros tempos, outra mentalidade.

Nessa altura em Alvalade havia outro espírito, principalmente nas bancadas do antigo estádio, que nos dias de hoje se perdeu parte dessa Alma.

Foi tão enrrabado como os que se lhe seguiram, a diferença é que os que se seguiram realmente não se importavam muito com isso, eram outros os interesses.

Vejam também o video das declarações (eufóricas) no final do Sporting - Benfica. Adiciono-lhe a informação da biografia do robson, que referiu que o cintra estava tão eufórico neste dia que foi ao balneário duas vezes duplicar o prémio, uma antes do jogo e outra no intervalo. Assim já percebem o pique do homem na entrevista da SIC :slight_smile:

yep, não sei explicar tb, possivelmente era da idade, mas o Sporting para mim era um sonho cheio de potencial, era tipo a minha “Disner” nessa altura, vivia aquilo com uma alegria e entusiasmo brutais. Ajudava também o discurso possivelmente não realista e megalómano que se vivia, versus o discurso miserabilista de hoje em dia, mas era um facto que nessa altura dava uma pica do caraças. E a verdade é que com todos os desmandos que Cintra e seus protagonizaram passaram por lá grandes jogadores, grandes plantéis (podiam ser os planteis que fossem que percebemos hoje que nunca ganhariamos ponta pelas razões que sabemos), ficou uma boa equipa e um passivo que ao pé de hoje é uma brincadeira, e ainda património que hoje já não existe.