«Lance não foi bem ajuizado» (Soares Franco)

[b]Soares Franco considera que o lance que ditou a derrota no Dragão «não foi bem ajuizado» por Pedro Proença[/b].

O líder leonino descarta, porém, protestar o jogo e reitera total confiança em Stojkovic. A três dias do fecho do mercado de transferências, esclarece: «Não contratamos mais nenhum jogador».

ASF
«Foi com alguma mágoa que vi os comentários que o próprio árbitro fez ao lance, dizendo que a Lei é muito clara, inequívoca e objectiva. A Lei é tudo menos clara e objectiva. A Lei 12 diz que tem de existir o propósito de um jogador passar a bola ao guarda-redes, mas isso fica sempre dentro da subjectividade do árbitro poder julgar ou não o lance. Pareceu-me efectivamente que o lance não foi bem ajuizado», afirmou Soares Franco, à margem da apresentação da Corrida de Touros do 101.º aniversário do Sporting.

O líder dos leões discordou da avaliação do juiz lisboeta mas fez saber que não será apresentado qualquer protesto junto da Liga. Sobre o «clássico» no Dragão, Soares Franco mostrou-se «orgulhoso» com a equipa e com a forma «briosa» como se bateu, reconhecendo, porém, que «os primeiros trinta minutos de jogo não foram aqueles que o Sporting queria».

E esclareceu manter total confiança em Stojkovic: «É um enorme guarda-redes, tem toda a confiança do Paulo Bento e toda a solidariedade de toda a equipa e da administração da SAD. Tenho a certeza daquilo que o Paulo Bento sente e transmitiu ao Stojkovic».

Estupefacção, tristeza, admiração e verginha! No ano passado numa situação em que era possível que o árbitro não tivesse visto o que se passou (golo de Ronny), o jogo foi protestado. Agora, que o árbitro assume desconhecer as regras, vamos ficar calados e satisfeitos. Será que somos filial do porto e nã osabemos!? O porquê deste silêncio e submissão!??!

Isto na minha terra tem um nome: vassalagem!

Eu queria era que ele ao contrário do PB viesse a terreiro queixar-se do arbitro…mas acima de tudo que viesse a terreiro defender o Stojkovic…porque ate agora ninguém esponsavél do Sporting o defendeu

Mas enfim ficou-se por este timido protesto !

Tarde piaste…

Enfim não esperava mais, estão presos aos interesses instalados.

Protestar o quê? :question:

A má interpretação do lance por parte do árbitro?

As palavras do árbitro a interpretar a lei?

A 1ª parte de futebol distrital por parte do Sporting?

Poupem-me! ::slight_smile:

Protestar com Base nas Declarações do FDP do àrbitro, alegando neste caso

ERRO TÉCNICO POR DESCONHECIMENTO DAS LEIS DE JOGO

Já Agora

Gostava de me poder cruzar com o àrbitro num qualquer Hipermercado e poder “cumprimentá-lo” da forma como o Pedro Emanuel fez ao Derlei…

ou então cruzar-me na Rua e fazer-lhe o que o Quaresma fez ao Miguel Veloso, ou na Pior das Hipoteses varrer-lhe a mulher e os filhos como o Bosingwa fez ao Moutinho…

Acho que só assim, estes Palhaços vão entender que não podem gozar com os Adeptos, que num Espectaculo de Milhões e entre Empresas não podemos continuar a deixar que amadores, incompetentes e que desconhecendo as leis sejam os principais
responsaveis pelo negócio futebol… Não pode ser.

Se um jogador num jogo destes (com este tipo de árbitro que afaga a cabeça de quem agride…) pode ficar fora de competição durante meses, porque não provocar o mesmo a um árbitro que não interessa e que erra deliberadaMENTE…

Este exemplo serve para paratys, elmanos, olegários, costas e afins…

Marcação Cerrada.

Pu! :smiley:

Corrigido! :mrgreen:

Tarde piou e MAL.

Se atentarem em todo o detalhe das declarações o pipinho diz que a lei é dúbia. Onde é que a lei é dúbia. A lei é clara como a água, mais uma vez damos tiros nos pés, baixamos as calças.

Cada vez me convenço mais que muitos sportinguistas são mesmo sadomasoquistas e gostam de ser expoliados, dá-lhes gozo serem gamados, não fazerem barulho e ainda aplaudem os tiros nos pés que os nossos responsáveis dão. E depois dão com a chibata nas costas e apertam o silício nas coxas.

Meu Deus… que mal fiz eu para ver este clube ter esta filosofia banana…

Mais do que protestar o jogo gostava que lhe tivessem perguntado se não tencionavam processar o árbitro. É que para isso parece-me existir fundamento, com base nas declarações do mesmo. Quanto ao protesto do jogo disso já não percebo nada, mas se de facto um árbitro admite que decidiu um lance capital e influente com base numa interpretação errada de uma lei que afinal não conhece bom… se isto não é fundamento para repetição de um jogo não sei o que é.

Enfim… mais um caso em que se aplica a 100%: votaram neles? Mamem com eles. Eis os grandes defensores do Sporting.

Digam-me sinceramente querem protestar o jogo porquê ?

Para a palhaçada do costume e ver o prostesto ser arquivado ?

Razões de sobra tivemos nós para ter sucesso no protesto do jogo em Leiria o ano passado e o que deu ? ZERO !

Deixemos-nos de brincadeiras… A lei do jogo protege o arbitro. Basta ele ter escrito no relatorio do jogo que entendeu o atraso como passe deliberado ao GR e qualquer protesto morre pela base.

pura perda de tempo o protesto.

já repararam que para todos, o lance é claro (como todos os lances)? a diferença é que para uns existe atraso e para outros não passa de um corte limpo sem intenção. acho que no momento de decisão rápida, possa existir duvida, e estando no estádio do visitado e com todos a protestarem o tal atraso, o juiz na duvida (ou nao) apitou. Eu (como quase todos, aposto) no momento que vi o lance, gritei pro GR chutar a bola…é que era limpinho e acredito que a esmagadora maioria dos GR chutaria a bola, para não permitir que num lance de duvida, o arbitro apite contra a equipa. Se o GR não teve duvidas, como já li por aqui, então teve um erro de interpretação. Há cortes feitos por trás que são limpos, como são lances arriscados convém não faze-los na grande área…são mais susceptiveis de erro…

Acho que se está a amplificar demasiado o caso, vamos encarar a derrota com ‘dranguilidad’ e seguir em frente.

Isso…
somos gamados.
o árbitro apresenta declarações públicas como prova em que, pela leitura que faz da lei prova o erro, ao descreve-la de forma diferente do que ela é e assim fundamentar a sua decisão com base em principios errados e deficiente interpretação…

e nós…
encerramos com “dranguilidad”.

Viva o Sporting Gandhi :slight_smile:

Protestar o jogo não vale de nada, porque a resposta será igual à palhaçada da época passada.
O BRANQUEAMENTO na imprensa já à muito que foi feito, durante e a seguir ao jogo, podemos apresentar uma exposição à Liga sobre as declarações do arbitro que desconhece as Leis do Jogo (será que desconhece e/ou intepreta como lhe dá jeito), pouco mais poderá ser feito.

Os dirigentes do Sporting (alguns), mais uma vez, prestaram um péssimo serviço ao clube e aos seus associados, o silêncio dos ultimos anos a toda a palhaçada que gravita à volta do futebol não se compreende, somos lesados todos os anos e continuamos em silêncio, agora falamos tarde e mal.
Porque?

Como escrevi em cima, tarde piaste.

Mauras, tens de reconhecer que é um lance que pode deixar duvidas no momento de decidir…ainda por cima perante as condicionantes que referi anteriormente.

Se o árbitro desconhece as leis (acho estranho visto ter sido o primeiro classificado na temporada passada) então terá de ser punido pelas entidades “competentes” (aquilo coloco umas grandes aspas).

Eu acho que não vejo muitos lances no futebol que não deixam dúvidas no momento de decidir, são raros os casos. É uma fracção de segundo, o árbitro pode não estar no enquadramento, etc… Mas é por isso que os árbitros estão lá. É por isso que treinam, que até já têm patrocínios e qq dia até são pagos.

Mas também sei porque é que aquele lance nunca seria assinalado ao contrário. Também sei porque é que o quaresma não foi expulso. Também sei porque é que o P. Emanuel, o bosingwa também não o foram.

Mas há sportinguistas que parece que esqueceram, e este papel até nunca foi bem o meu, e isso é que me faz confusão.

Quanto ao lance ser dúbio… enfim como já o disse só pode ser para quem nunca tenha jogado muitas vezes à bola. Para se realizar um passe é preciso o seguinte:

  • ter a bola controlada nem que seja um segundo.
  • receber uma bola de um colega ou adversário e executar um passe de primeira, em direcção a um colega ou adversário.

Se ainda por cima lhe juntarmos a intenção, ou seja o “passe deliberado” então a lei até permite ao árbitro não assinalar falta no caso de um jogador que tenta passar para outro colega e dá nas orelhas da bola, que sai toda enrolada em direcção ao keeper, pois certamente não existe deliberação nesse gesto e isso é interpretável na maioria das vezes através da postura corporal do jogador.

Agora vem-me convencer que o polga, ao esticar-se para tirar o pão da boca do postiga, que está em posição perigossisima para rematar cumpre algum dos requisitos acima referidos e eu pago-te um almoço. Sabes que é missão impossível logo não percebo onde é que o lance é dúbio. Só pode ser dúbio para quem nunca pensou bem ou não percebe a diferença entre um passe e um corte.

Nada vai acontecer e os arbitros como sempre ficam-se a rir, ja esteve mais longe o dia em que vou deixar de ver futebol tuga…

Não interessa… temos de lutar porra!!
Também não achas que fazeres a tua reciclagem em casa de nada vale se o Bush tem as fábricas todas a bufar esterco prás nuvens?! Se aplicamos esse principio a tudo estamos tramados na vida.

Quero lá saber se os protestos dão em alguma coisa ou não! Eu até sei que dão, já vi um jogo do Sporting ser repetido com base em leituras de lábios de jogadores!

Somos sempre uns meninos, é sempre a mesma m*****. Este jogo até tem muito mais bases para protesto que o do ano passado, pois nessa altura não tivemos a sorte de o árbitro vir para os media dizer que segundo a lei um jogador que meta a mão à bola na área não faz falta.

Mesmo não dando nada é a imagem que se transmite: a de lutar pelos interesses do clube, nos casos em que somos prejudicados. É exactamente por termos a postura passiva e mijada que sempre tivemos que ninguém nos respeita!

Concordo com tudo o que dizes Mauras, excepto no malhanço ao Paulo Bento.

O jogo de domingo foi para pagar a super-taça

O Paixao supostamente nao marcou 1 penalty.

Que fez o grande vitor pereira…poe la o diabo vermelho.

Agora dizem ha e tal o gajo ficou em 1º o ano passado e eu digo nao tenham memoria curta.

Durante o defeso o diabo vermelho fartou-se de criticar os seus dirigentes…mas passdo 15 dias ja dizia maravilhas deles.

Ou seja em 15 dias passou de reaccionario a seguidor devota qual seita no seu melhor.

Ele transformou-se simplesmente no moço de recados do chefao.

E o recado foi…vai la limpar o que se passou na super-taça.

Parece uma historia de maquievel…mas nao deve fugir muito da realidade.

Porque 1 lançe ainda se come…agora uma mao cheia deles todos para o mesmo lado…

So nao ve quem nao quer.

Quem protestou esse jogo?
Quem era o outro clube? Estás recordado que depois aquele jogo no Restelo afinal não contou para nada.
A intepretação nessas alturas são sempre diferentes do que é para nós, temos a consciência disso, são anos de história com acontecimentos comprovados de nunca nos darem razão.

Concordo contigo num aspecto, que somos um clube de brandos costumes, até acomodados com o status, de facto isso revolta-me