Voleibol Masculino - Época 2020/2021

Parabéns pela vitória

Hoje sem Canhoto, PV, Renan, Fidalgo e Hélio só entrou para um serviço…

SPORTING CP METE A QUINTA

Por Sporting CP
21 Nov, 2020

VOLEIBOL

Leões somam, em Matosinhos, o quinto triunfo seguido por 3-0

A equipa principal de voleibol do Sporting Clube de Portugal visitou e venceu o Leixões SC por 3-0, no Pavilhão Ilídio Ramos, em Matosinhos, no jogo referente à 14.ª jornada da fase regular do Campeonato Nacional.

Apesar da vitória clara por 3-0, o primeiro set mostrou aos comandados de Gersinho que apesar do mau momento no campeonato do Leixões SC – apenas um ponto somado – a formação de Matosinhos é uma equipa particularmente difícil em casa. O Sporting CP foi lutando, mas passou a maioria do primeiro set em desvantagem, com a equipa adversária a conseguir uma diferença de 15-11 no marcador. A partir dessa altura, os Leões tornaram-se mais assertivos no ataque e conseguiram equilibrar a partida, primeiro igualando a 16, depois a 18 e por fim a 21. A formação nortenha agarrava-se à liderança, mas os Leões não desistiram e deram a cambalhota no resultado, vencendo o set inaugural por 23-25.

Já no segundo set, o conjunto de Gersinho subiu de produção e não deu qualquer hipótese aos locais. Apesar de algum equilíbrio inicial (7-7), o Sporting CP superiorizou-se e foi cavando uma distância confortável até ao 17-25 final, que colocou os Leões a vencer por 2-0 em sets.

Com a vitória final na mira, que significaria o quinto triunfo consecutivo por 3-0 no campeonato, o Sporting CP atacou o terceiro set. Apesar de a vantagem no marcador ter estado sempre do lado verde e branco, desta vez, o Leixões SC conseguia manter-se à tona e acompanhava o ritmo Leonino no marcador. Esse esforço dos homens de Matosinhos permitiu que, com o avançar dos minutos, igualassem o marcador em certos períodos. Contudo, na fase final do encontro, o conjunto de Gersinho voltou a superiorizar-se e fechou o terceiro e último set por 19-25.

Assim, o Sporting CP soma agora cinco vitórias seguidas na fase regular do Campeonato Nacional e tem a liderança da prova a seis pontos de distância. Com este resultado, os Leões de Gersinho alcançaram os 24 pontos em dez partidas e sobem ao segundo lugar do campeonato, à condição, uma vez que o VC Viana tem menos dois jogos disputados. Na próxima jornada, o Sporting CP recebe o AA São Mamede, no Pavilhão João Rocha, uma partida referente ainda à 11.ª jornada.

GERSINHO: “JOGADORES TIVERAM DE SE ADAPTAR AO RITMO DE JOGO”

Por Sporting CP
21 Nov, 2020

VOLEIBOL

Reacção do técnico ao triunfo sobre o Leixões SC

No rescaldo de mais um triunfo, o quinto consecutivo no Campeonato Honda, o treinador da equipa de voleibol do Sporting Clube de Portugal, Gersinho, explicou as dificuldades sentidas no primeiro set do encontro com a escolha de alguns jogadores com menos minutos nas pernas.

“Entrámos em campo com o Miguel Maia, o André Saliba e o José Rojas, que são três atletas que precisam de ganhar mais ritmo de jogo. Esta equipa jogou muito pouco tempo em conjunto. Treinam juntos, mas não têm tido muito tempo de jogo juntos durante a época. Depois há a questão de jogar de manhã, a preparação é completamente diferente. Felizmente conseguimos vir um dia antes e dormimos uma boa noite de sono”, começou por dizer o técnico, identificando depois a razão para que os Leões conseguissem a reviravolta ainda no primeiro set.

“Foi uma questão de se adaptarem ao ritmo de jogo. Na sequência de alguns bons serviços do Robinson Dvoranen e de boas acções defensivas, empatámos e depois conseguimos dar a volta ao marcador. O primeiro set ditou o ritmo de jogo. O Leixões SC precisava de vencer para poder ficar entre os primeiros oito classificados, que jogam a segunda fase, e entraram com um ritmo mais forte para ver se conseguiam a vitória”, referiu.

Por fim, Gersinho afirmou que o objectivo da equipa neste momento é “terminar a primeira fase do campeonato no segundo lugar”, olhando desde logo para os dois próximos jogos, diante da AA São Mamede e do VC Viana.

“No fim-de-semana jogamos em casa contra a AA São Mamede, uma equipa mais jovem, mas que também precisa de fazer um bom jogo. Já o VC Viana é uma equipa a ser batida, têm bons valores individuais e têm alcançado bons resultados. Vamos a Viana do Castelo para conseguir a vitória a qualquer preço, até para assegurarmos uma melhor posição nesta primeira fase. Vamos querer também impor já o nosso ritmo de jogo a pensar na segunda fase do Campeonato Honda”, concluiu.

Sporting Tático

9 h ·

🔎 Voleibol - Leixões SC 0-3 Sporting CP

📌 Primeiro set assustou o Leão, que respondeu a rugir com Miguel Maia!

A secção de voleibol viajou este fim de semana até Matosinhos para defrontar a clássica equipa da cidade. Pela frente, o último classificado do campeonato, com apenas uma vitória.

Dada a acessibilidade do jogo, Gersinho promoveu rotação para dar confiança e tempo de jogo às suas segunda linhas. Eder Levi, Maia, Saliba e Rojas foram titulares e Gil também actuou o jogo todo.

O primeiro set foi equilibrado, porque o Sporting não estava a conseguir fazer breaks e especialmente porque o bloco chegou tarde. Leões chegaram a estar a perder por 4, mas rapidamente acentuaram o seu jogo e empataram. Ainda assim, com 21-18 no resultado, as coisas tremeram, mas Hélio Sanches, excelente no serviço, entrou para isso, causou muitas dificuldades à recepção adversária e conseguiu fazer com que o empate se restabelecesse. A experiência e individualidades fizeram o resto. Destaque para o primeiro bloco ponto ter vindo de Miguel Maia, que com 49 anos não pára de surpreender.

Nos últimos 2 sets, com maior ou menor dificuldade, Sporting evidenciou toda a sua superioridade clara. Começou a acertar na defesa, sobretudo porque Maia estava genial nesse capítulo, no bloco, e por meio de um serviço mais agressivo ia afastando-se nos resultados. Leixões começou a desesperar e a cometer vários erros não forçados, fruto da influência do Sporting.

Não foi um jogo com muita história, residiu quase exclusivamente no primeiro set. Uma boa vitória e uma aposta de confiança de Gersinho a receber garantias.

Daqui a uma semana, Sporting recebe a formação jovem da Académica de São Mamede, que este fim de semana conseguiu vencer um set no Pavilhão da Luz. Não têm muita experiência mas têm garra, irreverência e talento.

🔎 Análise Jogadores:

✅ Bob Dvoranen:

Jogo fácil para si.

✅ Rojas:

Aproveitou - substituiu Renan e mostrou a sua capacidade no ataque à rede. A sua subida de forma, ainda assim, parece demasiado gradual. Precisa de acertar com o ataque na pipe sem pisar. Quando assim for, será imparável.

✅ Eder Levi:

Está bem! - Pregou-nos um pequeno susto no jogo da semana passada, mas recuperou, felizmente. Muita facilidade em atacar, precisamente por contactar a bola lá bem em cima. Bom blocador.

✅ Victor Hugo:

Jogo à sua imagem.

✅ Saliba:

Grande jogo - Foi várias vezes solicitado por Miguel Maia e respondeu com categoria. Pontuou umas 20 vezes no encontro e isso é fruto da sua qualidade. Alguns erros não forçados mas que fazem parte do processo de crescimento. Uma boa dor de cabeça para Gersinho.

✅ Miguel Maia:

Eterno - Não acabem com o voleibol e sobretudo não deixem este homem reformar-se. O que ele faz com 50 anos mete inveja a atletas com metade da idade. Tem 2 passes geniais para Saliba no último set, vai lá acima blocar e fechar o ponto se for preciso, já para não falar dos áses e de sequências de 4/5 serviços seguidos. Eterno Miguel Maia!

✅ Gil:

Sem problemas - Fez o que podia na defesa, muito por culpa do bloco (ou falta dele). Recepções impecáveis, na maioria.

✅ Hélio Sanches:

Decisivo - Quando não falha serviços, mostra bem o perigo que é a bola a sair da sua mão. Entrou e empatou o set que estava complicado. Evolução notável.

🔎 Resultado por Sets:

🏐 1.º Set: Leixões 23 Sporting 25

🏐 2.º Set: Leixões 17 Sporting 25

🏐 3.º Set: Leixões 19 Sporting 25