Venda de Património & Gestão Empresarial

Não me parece que as palavras do Dias da Cunha se referiam á venda de Jogadores, mas sim á Venda do Património!

E é possivel separar uma coisa da outra? FSF disse que venderia esse património para poder manter os melhores jogadores.
Antes tínhamos uma clausula que obrigava o Sporting a fazer todos os anos 5M em jogadores.

Não me parece que as palavras do Dias da Cunha se referiam á venda de Jogadores, mas sim á Venda do Património!

E é possivel separar uma coisa da outra? FSF disse que venderia esse património para poder manter os melhores jogadores.
Antes tínhamos uma clausula que obrigava o Sporting a fazer todos os anos 5M em jogadores.

Não vou voltar á mesma discussão, mas enquanto não me provarem que o património não dava mesmo dinheiro, enquanto não me mostrarem porque é que metade do edificio Visconde não tinha contratos de arrendamento, enquanto não me mostrarem o porque do Ho,mnes place não ser pago por ele próprio, etc…

Eu digo que são coisas completamente distintas, pois considero que fui enganado com a venda do Património …

Se um dia me provarem que o nosso património não era efectivamente rentável, quando um dia me mostrarem que o património foi bem vendido, então eu posso associar as duas matérias, e dizer que uma existe para salvaguardar a outra!

Até lá, para mim essa conversa é para calar e desviar o assunto!

O dinheiro da venda do património um cheque de 50 milhoes euros, foi directamente entregue aos bancos para pagar a dívida. Qto é 5% de juros de 50milhoes de contos num ano? Dá para pagar o ordenado do Moutinho e Liedson e ainda sobra dinheiro só em juros, tirando o facto de que a divida teria de ser paga de alguma maneira.
Qual era a alternativa? Nao ter renovado com o Liedson, e vender o Moutinho? O Sporting tem de ir buscar o dinheiro à liga dos campeoes e era impossivel viver vários anos tao estrangulado com juros.
A quase falencia técnica deu-se com Roquette e Dias da Cunha. Dizes que nao tens o acesso às contas, mas se o Alvaláxia e o resto dessem dinheiro, porque é que a dívida chegou aos 270 milhoes euros antes de FSF lá entrar :?:

O dinheiro da venda do património um cheque de 50 milhoes euros, foi directamente entregue aos bancos para pagar a dívida. Qto é 5% de juros de 50milhoes de contos num ano? Dá para pagar o ordenado do Moutinho e Liedson e ainda sobra dinheiro só em juros, tirando o facto de que a divida teria de ser paga de alguma maneira. Qual era a alternativa? Nao ter renovado com o Liedson, e vender o Moutinho? O Sporting tem de ir buscar o dinheiro à liga dos campeoes e era impossivel viver vários anos tao estrangulado com juros. A quase falencia técnica deu-se com Roquette e Dias da Cunha. Dizes que nao tens o acesso às contas, mas se o Alvaláxia e o resto dessem dinheiro, porque é que a dívida chegou aos 270 milhoes euros antes de FSF lá entrar :?:

jccgold isso que acabaste de dizer todos sabemos … vinha no panfleto do FSF … o que queria saber era as respostas ao que escrevi ali em cima … coisa que ainda ninguem me conseguiu explicar!

Isso que dizes está correcto, mas só pode ser tomado em conta depois de ver as respostas ás questões que coloquei!

Como é que um edificio construido apenas para o Holmes Place, que está em uso pelo Holmes Place, não paga o investimento feito ?

Quais as rendas que estavam a ser pagas no eidficio visconde, por quem, qual o valor, porque é que não tinham contrato de arrendamento algumas delas.
Como é que um prédio de escritórios totalmente ocupado, não paga o investimento feito ?

Quanto ao Alvaláxia … ainda vá! O resto … fico á espera!

Avantix podes dizer que essas contas deviam ser publicas, a verdade é que Dias da Cunha qdo se opôs à venda de patrimonio nao desportivo, teve oportunidade de argumentar como quiz. E nunca o ouviste dizer que o lucro anual que Holmes Alvalaxias e afins, era superior ao $ poupado em juros com a venda. Se nao o disse, é pq muito provavelmente tal coisa nao acontecia.

Avantix podes dizer que essas contas deviam ser publicas, a verdade é que Dias da Cunha qdo se opôs à venda de patrimonio nao desportivo, teve oportunidade de argumentar como quiz. E nunca o ouviste dizer que o lucro anual que Holmes Alvalaxias e afins, era superior ao $ poupado em juros com a venda. Se nao o disse, é pq muito provavelmente tal coisa nao acontecia.

Mais uma vez, não respondeste a nenhuma das perguntas que fiz, por isso parto do principio que não tens resposta para elas!

O Dias da Cunha não me interessa para nada! o FSF é que se quer transparência, se quer que os adeptos e socios acreditem nele, tem de abrir o jogo todo …

Pois o discurso dele é como a Credibom! É tudo fácil e rápido … todos podemos ter mais 2500€, é só telefonar mesmo!
Para a maioria da população isso pode chegar, para mim não … peço desculpa por ser pouco crente!

Aliás até pergunto, o que levará uma empresa a comprar um prédio de escritórios que está completamente arrendado e dá prejuizo! Será que vão aumentar as rendas, será que simplesmente vão fazer contratos, será que vão simplesmente perder dinheiro ? Hmmmm

Pergunto o que levará uma empresa a comprar o Holmes Place, quando o Holmes Place já lá está … talvez para mandarem para fora o Holmes Place e lá meterem outro ginásio , ou será que o Holmes Place vai começar a pagar mais pelo espaço ?

É que se em nenhuma destas situações a entrada de dinheiro fôr maior, a outra empresa vai perder dinheiro á grande, tal como nós faziamos … ou será que não ?

Aliás até pergunto, o que levará uma empresa a comprar um prédio de escritórios que está completamente arrendado e dá prejuizo! Será que vão aumentar as rendas, será que simplesmente vão fazer contratos, será que vão simplesmente perder dinheiro ? Hmmmm?

O que é que leva uma empresa a comprar, e outra a vender? A 1ª acredita que o negócio é bom, a 2ª acredita que o negócio é bom.
Eu nao tenho acesso às contas em promenor como qto $ recebe o Sporting pela clínica CUF ou Holmes, já vi as contas gerais. E as receitas geradas sao baixissimas. Penso que é do conhecimento comum que esse património nao estava a gerar lucro, inclusivé o bingo estaria a dar prejuizo.
É como digo, se todo esse património estivesse a gerar receitas, Dias da Cunha nao teria qq problemas em atacar o projecto de FSF com isso.
Se outra empresa comprou esse patrimonio é pq acredita que consegue gerir melhor os espacos. Pode ser até que cheguem à conclusao que nao deviam ter comprado.
Eu acho interessante essa tua conversa de pq é que se vendeu, qdo provavelmente desconheces coisas como que no tempo de Dias da Cunha, foram vendidos os lugares de estacionamento para cobrir o défice de tesouraria. Também era pq os parques estacionamento estavam a dar prejuizo? :idea:
O Sporting estava numa situacao em que ou fazia o que fez, ou teria de continuar com um orçamento para o futebol curtissimo, e nao conseguiria por ex renovar com o Liedson. Sem Liedson provavelmente nao teríamos acesso directo à liga dos campeoes coisa q vale 7 milhoes euros. O Sporting nao podia concorrer com Benfica e Porto, com um orçamento que nao lhe permitisse pelo menos renovar com os melhores jogadores.
Questionas se as receitas geradas nao seriam maiores que os juros poupados. Mas mesmo que se poupassem 2.5M de juros, e as receitas fossem 3.5M, mesmo assim a venda pode ser benéfica, pq com o desafogar instantaneo de contas, permite ao Sporting maior investimento desportivo numa melhor equipa e com isso ir buscar mais dinheiro à liga dos campeoes.
No tempo de Paulo de Andrade, estávamos a entrar numa espiral de Wenders e Joes Alves, que levariam o Sporting à mediocridade de resultados desportivos e consequentemente receitas miseráveis, isto num ciclo vicioso.

Aliás até pergunto, o que levará uma empresa a comprar um prédio de escritórios que está completamente arrendado e dá prejuizo! Será que vão aumentar as rendas, será que simplesmente vão fazer contratos, será que vão simplesmente perder dinheiro ? Hmmmm?

O que é que leva uma empresa a comprar, e outra a vender? A 1ª acredita que o negócio é bom, a 2ª acredita que o negócio é bom.
Eu nao tenho acesso às contas em promenor como qto $ recebe o Sporting pela clínica CUF ou Holmes, já vi as contas gerais. E as receitas geradas sao baixissimas. Penso que é do conhecimento comum que esse património nao estava a gerar lucro, inclusivé o bingo estaria a dar prejuizo.
É como digo, se todo esse património estivesse a gerar receitas, Dias da Cunha nao teria qq problemas em atacar o projecto de FSF com isso.
Se outra empresa comprou esse patrimonio é pq acredita que consegue gerir melhor os espacos. Pode ser até que cheguem à conclusao que nao deviam ter comprado.
Eu acho interessante essa tua conversa de pq é que se vendeu, qdo provavelmente desconheces coisas como que no tempo de Dias da Cunha, foram vendidos os lugares de estacionamento para cobrir o défice de tesouraria. Também era pq os parques estacionamento estavam a dar prejuizo? :idea:

O Bingo faz parte do alvalaxia, e como nunca conseguiram rentabilizar o espçao, ocupando a sua totalidade é normal dar prejuizo!

Os parques de estacionamento a mesma coisa, o Parque não atinge nunca a sua lotação máxima, como tal é normal não dar lucro.

O edificio visconte estava totalmente ocupado, se não dá dinheiro, pelo menos o suficiente para pagar o investimento … algo está definitivamente muito mal!

A clinica CUF estava completamente entregue e o HolmesPalce tb.

Uma coisa é uma outra empresa conseguir rentabilizar melhor os espaços, atraindo novas lojas para o alvalaxia, rentabilizando os parques de estacionamento e o espaço do alvalaxia.

Outra coisa completamente distinta é rentabilizar um espaço totalmente ocupado, ou completamente entregue a outra empresa!

Constroi um prédio! Tens duas hipoteses ou alugas o prédio totalmente rentabilizando o espaço e conseguindo pagar o investimento ( se não o fizeres és um pessimo gestor), ou então ficas com a taxa de ocupação a meio, e ai tens um problema de rentabilização de espaço e investimento …

Não vamos misturar alhos com bugalhos!

Já o disse antes, percebo o Alvalaxia, pois não foi rentabilizado, e assim percebo o porquê de outra empresa o querer, pois poderá fdazer um melçhor trabalho. Não consigo perceber em espaços que foram totalmente ocupados, e como tal atingiu-se a rentabilidade e ocupação que se pretendia … teria de dar para pagar o investimento.

Lê a 2ª parte do que eu escrevi. Tem a resposta a essa pergunta

Lê a 2ª parte do que eu escrevi. Tem a resposta a essa pergunta

Bem, admites que as receitas até poderiam ser supeirores, o que invalida então tudo o que o FSF disse, pois o que ele disse é que não eram suficientes para amnortizar os custos!

Mas admitindo que ele se enganou nessa declaração, pergunto então:

Porque não vender Alvaláxia, e todo o patrimóniuo não desportivo que dava prejuizo, amortizando assim o investimento, tornando então o valor de juros a pagar menor, e fazendo com que a rentabilização dos espaços que estavam a gerar receitas suficientes para amortizar o investimento, se tornassem ainda maiores ?

Porque se considerarmos que desta forma não lá iamos, então vendendo o que se tem tb nunca lá iremos, pois algo está desiquilibrado nas nossas contas, e já não se pode atribuir esse desiquilibro aos juros …

Tem de existir outra coisa a dar um prejuizo extremo, para que algo que dê lucro tenha de ser vendido de forma a amortizar e desafogar! E se isso fôir verdade, então pergunto, quantos anos até o dinheiro que acabamos de encaixar deixar de esconconder o real problema ? Depois o que fazemos, se já não temos nada para vender ?

vende-se o estádio e a academia para novamente desafogar ? E quando isso já não chegar ? Começamos a vender os jogadores novamente ?

Numa optica empresarial, só nos descartamos das coisas que nos fazem perder dinheiro … não das que nos fazem ganhar … digo eu, que não sou gestor!

Bem, admites que as receitas até poderiam ser supeirores, o que invalida então tudo o que o FSF disse, pois o que ele disse é que não eram suficientes para amnortizar os custos!
Eu nao disse nada disso. Eu disse que mesmo que as receitas fossem superiores aos juros, mesmo assim poderia compensar a venda, nao disse que o eram.
...Numa optica empresarial, só nos descartamos das coisas que nos fazem perder dinheiro ... não das que nos fazem ganhar ... digo eu, que não sou gestor!

Pois mas isso nao é realmente assim. Um gestor tem é de maximizar o lucro. Se acha que com o dinheiro da venda da empresa A, consegue ganhar mais dinheiro se o usar na compra da empresa B, vende a empresa A que dá lucro, e compra a empresa B na esperanca de ter ainda mais lucro.
É isso o projecto de FSF sendo neste caso a empresa A o património nao desportivo, e a empresa B as receitas da liga dos campeoes, e ao poder manter os melhores jogadores, a receita proveniente da valorizacao no plantel. Qto valeria por ex hoje um Cristiano Ronaldo se o Sporting n tivesse tido de o vender antecipadamente, ou perguntando de outra forma qto é que o Sporting perdeu por ter o dinheiro “empatado” no patrimonio nao desportivo, impedindo folga financeira para renovar com o CR?

Bem, admites que as receitas até poderiam ser supeirores, o que invalida então tudo o que o FSF disse, pois o que ele disse é que não eram suficientes para amnortizar os custos!
Eu nao disse nada disso. Eu disse que mesmo que as receitas fossem superiores aos juros, mesmo assim poderia compensar a venda, nao disse que o eram.
...Numa optica empresarial, só nos descartamos das coisas que nos fazem perder dinheiro ... não das que nos fazem ganhar ... digo eu, que não sou gestor!

Pois mas isso nao é realmente assim. Um gestor tem é de maximizar o lucro. Se acha que com o dinheiro da venda da empresa A, consegue ganhar mais dinheiro se o usar na compra da empresa B, vende a empresa A que dá lucro, e compra a empresa B na esperanca de ter ainda mais lucro.
É isso o projecto de FSF sendo neste caso a empresa A o património nao desportivo, e a empresa B as receitas da liga dos campeoes, e ao poder manter os melhores jogadores, a receita proveniente da valorizacao no plantel. Qto valeria por ex hoje um Cristiano Ronaldo se o Sporting n tivesse tido de o vender antecipadamente, ou perguntando de outra forma qto é que o Sporting perdeu por ter o dinheiro “empatado” no patrimonio nao desportivo, impedindo folga financeira para renovar com o CR?

O Sporting perdeu menos, do que quando precisar de dinheiro e de receitas suficientes para conseguir renovar com futuros CR!

O Sporting vendeu tudo o que tinha investido, por menos dinheiro do que poderia ter feito, quanto é que perdeu que nos possibilitava comprar CR ?

Mas não vale a pensa prosseguir com esta discussão, as minhas duvidas e questões continuam por responder, e já vi que tu não tens resposta para elas tb, infelizmente! Aquilo que dizes já disse o FSF, e isso não bastou para me elucidar … Para mim é dificil aceitar que se vendam coisas a baixo preço sem justificação sustentada em contas! Contas que ele, nem tu alguma vez apresentaram!

Quero apenas saber quanto custavam os edificios que referi, quanto era o pagamento mensal incluindo juros que se pagava por isso, e quando é que esses edificios rendiam em rendas …

Mas não quero essa informação mascarada com o Alvalaxia e com o Bingo … quero isolado, para se avaliar verdadeiramente o problema. Ele não o quis fazer, tu não tens essa informação, como tal … ficamo-nos por aqui!

(...) Um gestor tem é de maximizar o lucro. (...)

Nada mais errado.

Um gestor de uma empresa tem de gerir os recursos para que a empresa cumpra o seu objectivo. E só muito raramente (pra não dizer nunca) o objectivo de uma empresa é ganhar dinheiro. Uma empresa precisa de dinheiro para cumprir os seus objectivos, o que é uma coisa completamente diferente.

Segundo percebi bem FSF, este quis vender património para com esse dinheiro abater a dívida para diminuir o juro anual do Sporting em relação a essa dívida. Logo menos despesa anual, logo o balanço entre despesas e receitas conseguir ser positivo ao ponto de conseguir melhorar contratos de jovens promessas e mantê-los assim no clube durante mais tempo… acreditando que é esse o factor que vai levar o Sporting a ter mais sucesso desportivo que o habitual.

Mas as questões colocam-se: será que esse abatimento é suficiente? FSF estará ou não a contar a verdade toda? Como é que se pode confiar em alguém que durante imenso tempo defendeu o contrário e que tanto diz uma coisa hoje como amanhã outra? Será que o Sporting vai ficar com todo esse dinheiro da venda de património? Será que não há abutres aqui no meio?.. e por aí fora.

De referir já agora, que quando o plano do Presidente do Sporting para o seu Clube é única e exclusivamente o que referi acima, então estamos mal… um Clube não é só aquilo, mas também era difícil esperar muito mais de FSF.

O Sporting perdeu menos, do que quando precisar de dinheiro e de receitas suficientes para conseguir renovar com futuros CR! O Sporting vendeu tudo o que tinha investido, por menos dinheiro do que poderia ter feito, quanto é que perdeu que nos possibilitava comprar CR ?

Eu nao acredito que nao tenhas percebido o que eu disse portanto nao sei o pq dos trocadilhos. Obviamente que nao é para comprar o CR, era para ter renovado com ele e isso era impossibilitado por o orçamento para ordenados ser pequeno logo vendia-se.

Um gestor de uma empresa tem de gerir os recursos para que a empresa cumpra o seu objectivo. E só muito raramente (pra não dizer nunca) o objectivo de uma empresa é ganhar dinheiro.

lol. Entao o objectivo dum gestor nao é ganhar dinheiro mas cumprir o objectivo da empresa. Adivinha lá qual é o objectivo duma empresa cotada em bolsa (SAD). Aumentar o valor das accoes dos acionistas. Como? Lucro :roll: Claro que podem também em vez de investir em comprar outras empresas para a longo prazo ter mais lucro. Se achas que o unico objectivo das empresas nao é terem lucro aconselho-te veres o filme “Corporation” de Michael Moore pelos vistos aprenderás qq coisa. Parece que nao ouviste o Rui Oliveira um dos maiores acionistas da SAD Sporting, dizer que preferia dois 2ºs lugares do que um 1º e um 3º pq era melhor financeiramente.

Logo menos despesa anual, logo o balanço entre despesas e receitas conseguir ser positivo ao ponto de conseguir melhorar contratos de jovens promessas e mantê-los assim no clube durante mais tempo... acreditando que é esse o factor que vai levar o Sporting a ter mais sucesso desportivo que o habitual. Mas as questões colocam-se: será que esse abatimento é suficiente?

Se é suficiente? Conseguimos renovar com o Liedson e Moutinho nao conseguimos? Foi suficiente.

Um gestor de uma empresa tem de gerir os recursos para que a empresa cumpra o seu objectivo. E só muito raramente (pra não dizer nunca) o objectivo de uma empresa é ganhar dinheiro.

lol. Entao o objectivo dum gestor nao é ganhar dinheiro mas cumprir o objectivo da empresa. Adivinha lá qual é o objectivo duma empresa cotada em bolsa (SAD). Aumentar o valor das accoes dos acionistas. Como? Lucro :roll: Claro que podem também em vez de investir em comprar outras empresas para a longo prazo ter mais lucro. Se achas que o unico objectivo das empresas nao é terem lucro aconselho-te veres o filme “Corporation” de Michael Moore pelos vistos aprenderás qq coisa. Parece que nao ouviste o Rui Oliveira um dos maiores acionistas da SAD Sporting, dizer que preferia dois 2ºs lugares do que um 1º e um 3º pq era melhor financeiramente.

O objectivo de uma empresa não é ganhar dinheiro.
O objectivo da Sporting SAD não é ganhar dinheiro.

Os gestores existem para ajudar as empresas a cumprirem os seus objectivos e não para “maximizar” lucros. Diz-me uma empresa cujo objectivo seja o de “ganhar dinheiro”.

Diz-me uma empresa cujo objectivo seja o de "ganhar dinheiro".

Das cotadas em bolsa todas. A obrigacao dum gestor duma SAD é para com os acionistas, para mais ninguém o que implica como objectivo unico aumentar o valor de cada accao.
Qto às outras 99% delas.

Das cotadas em bolsa todas. A obrigacao dum gestor duma SAD é para com os acionistas, para mais ninguém o que implica como objectivo unico aumentar o valor de cada accao. Qto às outras 99% delas.

Estás enganado. Qual é o objectivo da Sporting SAD? Qual é o objectivo da PT? Qual é o objectivo do BCP? É ganhar dinheiro? Andas um bocado trocado.

A obrigação de um gestor de uma SAD é o quê para com os accionistas? É aumentar-lhes o valor de cada acção? Para quê? Para a sua empresa ganhar dinheiro, é isso? E o que vai ele fazer com o dinheiro?.. segundo a tua lógica, nada, pois então se ele já atingiu o objectivo da sua empresa.
A obrigação de um gestor da Sporting SAD é conseguir obter resultados desportivos para o clube. É para isso que a empresa foi criada, é esse o seu objectivo, não é para ganhar dinheiro.

E ainda não me disseste o nome de uma empresa cujo objectivo seja o de ganhar dinheiro. :roll: :arrow:

Mas ele é Sportinguista?
Será Sportinguista quem defende uma política para apenas ganhar dinheiro e nao uma política de conquistas desportivas???

Qual é o objectivo da PT? Qual é o objectivo do BCP? É ganhar dinheiro? Andas um bocado trocado.

Paracelsus eu nao sei qual e a tua formacao, mas tenho de dizer muito directamente que de economia nao percebes quase nada. E além disso nem sequer pelos vistos conheces a realidade nacional
A PT é a empresa mais odiada em Portugal. Se há empresa “chupista” citando expressoes de muita gente é a PT. Qdo em 2000 usava a Esoterica para ter acesso à net pagando 15 euros por horas ilimitadas, ainda a Sapo da PT custava 50 euros.
Vou-te so mostrar um link e citar 1 pessoa
http://www.correiomanha.pt/noticia.asp?id=216226&idCanal=9&currPos=20
“- Zé Rui
Cada vez gosto mais desta OPA!!! Está na hora de acabar de vez com os chupistas!!! A “eliminação” do grupo PT é uma dádiva para todos os Portugueses que são diariamente enganados…”

Vê o Corporation do Michael Moore, e depois conversa mais esclarecido.

O objectivo de uma empresa não é ganhar dinheiro. [...] Diz-me uma empresa cujo objectivo seja o de "ganhar dinheiro".

Acho que não deve haver nenhuma que o diga assim “de caras” porque é politicamente errado dizê-lo dessa forma, mas obviamente o objectivo de 99% das empresas é ganhar dinheiro, ou eufemisticamente falando “criar valor para os seus sócios/accionistas”.

O dinheiro é usado depois como meio para 2 coisas: pagar aos sócios/accionistas e realimentar a empresa, tanto para o seu dia-a-dia (operações) como para o seu futuro (investimento). Podes portanto converter o dinheiro em dividendos, reservas, carros, edifícios, equipamento informático, whatever, mas no fundo o que uma empresa faz é: ter um produto/serviço -> promovê-lo/fazer chegar ao mercado -> vender -> facturar -> fazer entrar dinheiro, depois o ciclo renova-se, mas se perguntares aos donos de uma empresa (sócios, accionistas) onde é que eles querem que o ciclo páre caso tenham que acabar com a empresa, acho que a resposta é óbvia.

Há empresas que podem ter outros objectivos, os tais 1%, mas são excepções. Porque os seus donos não são sócios/accionistas normais, com objectivo capitalista (ganhar dinheiro pela aplicação que fazem do seu dinheiro). E isso leva às SAD’s.

Obviamente uma SAD não é uma empresa normal, e embora tenha como objectivo, na mesma, dar lucro, esse não deve ser o objectivo único. Mas isso explica-se porque os seus accionistas maioritários são normalmente entidades sem fins lucrativos, mas sim com fins desportivos…