Uma das vitórias das quais me orgulharei para sempre - 08.03.2012

Caros e prezados colegas do fórum: tenho uma vontade imensa de partilhar com todos vocês, colegas de tantas e animadas discussões, tantas horas passadas em torno de uma mesma paixão, o meu sentimento para com o jogo que decorreu no dia de ontem, 08.03.2012, contra o Manchester City, pois, por muito que tenha sido um fogacho no meio de mais uma época triste, abaixo do esperado e desejado e sobretudo, abaixo do que é merecido pelo nosso Sporting, irei recordar-me do dia de ontem como um dos meus melhores dias enquanto adepto e apaixonado pelo Sporting. Peço desculpa por me repetir, mas espero que compreendam que não é mais do que um acto de paixão para com este grande amor que nos tolda o coração e verdadeiro amor que mesmo nos fazendo sofrer, faz-nos querer estar com ele logo a seguir. Aqui vai:

Mas que jogo… há muito que não via tanta raça e tanto querer… até a estrelinha da sorte connosco.

Apraz-me dizer que, não considero nenhuma exibição negativa ou menos conseguida. Todos estiveram bem no seu papel. O 11 titular, os 3 suplentes, Sá Pinto… fantásticos, todos, o verdadeiro orgulho e raça leonina representados em cada jogada, em cada corte, em cada ataque, em cada sprint. Vibrei como não vibrava há muito, quiçá pelo desacreditar de que poderíamos fazer muito contra o todo poderoso City, mas que de poderoso tem, sobretudo, a conta bancária.
Até Polga, caramba. Fez mesmo o jogo da vida dele. Xandão, fantástico. Patrão no centro da defesa. Os jogadores do City é que pareciam os novatos nestas andanças. Patrício, nem é preciso comentar. Ao nível dos melhores do mundo. João Pereira personifica o máximo de entrega em cada jogada. Quero lá saber das carvalhadas e dos adversários que vêm de umas “curtas” não sei de onde… quero lá saber que se pique com todos os que lhe passam ao lado… é a verdadeira entrega em campo e acredito nas suas palavras em que morreria por aquela camisola em campo. Eu sei que o faria. Porque bom ou mau rapaz, defende a sua dama até à morte e ainda que esta não seja do seu coração, é sem dúvida a que o faz vibrar e dar tudo neste momento. Insua: quem eram mesmo os extremos do City? Não sei, não vi, não conheço. Carriço: caramba rapaz, alguém que se atreva a voltar a dizer que não tens raça nem entrega, que és um jogador mole. Que cegos te criticam todos os dias no nosso prezado fórum…
Schaars: é isto um patrão no meio campo, é isto o verdadeiro cérebro de uma equipa. Não é preciso correr milhares de km, mas ainda assim, apesar de toda a técnica e qualidade que existe no cérebro e em microsegundos trespassa a espinal medula com sinais nervosos para o pé, dá o que dá um combatente, um purista do futebol.
Matias: vou ser franco e honesto: nunca te vi como te vi ontem de verde e branco vestido. Aquele correr destrambalhado, a dar o máximo que o corpo pode dar, a velocidade de processos, a qualidade com que um pé engana um adversário inteiro, a certeza da atitude a tomar, o pressing defensivo, qual trinco único a jogar contra uma equipa inteira, ontem foste um pequeno “deus” dentro de campo. Capel: quem te ligou à ficha? Essas pernas não se cansam? Sei lá, decides mal, mas ainda assim, adoro ver-te com a bola no pé, qual extremo dos anos 80/90, qual purista do futebol. Tácticas para quê? Passar para quem? O futebol é jogado com o coração. Poderias ser mais assertivo, certo, mas a pureza que existe em cada drible, compensa o facto de que, por vezes, a decisão até é mal tomada.
Wolfswinkel, nota-se o teu receio de falhar, nota-se a tua timidez na forma como a bola é dominada, mas a tua entrega e raça foram importantíssimas no jogo de ontem. Se pensas que tens as esperanças de 4 ou 5 Milhões de adeptos Sportinguistas confiadas em ti, pensa duas vezes em vez de carregares com todo esse fardo. O que tens são 4 ou 5 Milhões de adeptos que confiam e acreditam em ti.
Renato Neto, Carrillo, Pereirinha, deram o melhor que tinham e podiam, mais ninguém pode pedir.

Izmailov, ficaste para o fim, e ficaste para o fim porque, és um triste, um injustiçado. Serias neste momento, caso a genética te tivesse atribuído dois joelhos funcionais, um dos jogadores no top 3 dos melhores do mundo. O perfume que sai em cada jogada, em cada toque, em cada paradinha, em cada rotação, és fantástico. Obrigado por um dia teres decidido pelo nosso Sporting, ainda que por poucos jogos, raros são os que não foram cheios de qualidade e a roçar a perfeição.

Grande Sá Pinto, coração de Leão: Obrigado por mostrares aos jogadores o que significa Esforço, Dedicação, Devoção e Glória, o que significa o nosso grande Sporting. Obrigado. Uma vitória com uma qualidade, raça, entrega, bom senso, a roçar a perfeição, quando muitos adversários esperavam que fossemos enxovalhados. Obrigado grande Sá.

Uma vitória que ficará marcada na minha memória para contar quando um dia tiver idade para algo relembrar aos mais novos.

Grande vitória. Grande Sporting. Obrigado pelo dia de ontem. OBRIGADO!

Uma grande vitória, sem dúvida. À SPORTING!!! Um Sporting forte no relvado, no banco e na bancada do Estádio José Alvalade, como deveria sempre acontecer, todos puxando para o mesmo lado e da forma correcta, com vista a engrandecer ainda mais o Clube e fazer jus ao seu mote.

A propósito, vão passar daqui a momentos uma reportagem sobre o trabalho de Rui Patrício ontem em Alvalade frente ao City no telejornal da estação televisiva que transmitiu o jogo.

Concordo com tudo. Todos os Leões, fora de dentro de campo, já mereciam esta vitória. :clap: :clap:

p.s- Também realço o Izmailov. E também que estaria entre os melhores do mundo caso não fossem as suas constantes lesões. É um jogador fenomenal. Faz o que quer à bola.

Ontem acabei o jogo com a camisola toda suada. :mrgreen:

Sem dúvida, uma excelente vitória!

Que seja o renascimento da maior força desportiva do país: o SPORTING CLUBE de PORTUGAL! O nosso grande amor!

Uma e um grande abraço a todos os que o amam e sofrem por ele!

Grande jogo
Deixo aqui uma sugestão de criar um subtópico no orgulho Leonino com os jogos mais marcantes na história do Sporting como algumas finais, reviravoltas ,resultados expressivos, entre outros quer em futebol ou nas restantes modalidades
cumps

De todos os jogos que vi (confesso que não foram muitos :-[) este foi sem dúvida alguma o mais emocionante!

Excelente!!! com ambiente [glow=greenyellow,2,300]VERDE[/glow] ESCALDANTE! :great:
Grande jogo, realmente.

Foi sem dúvida uma excelente vitória mas, perdoem-me os foristas, colocar uma vitória contra o Manchester City no Orgulho Leonino mostra bem o estado de espírito deste clube.

O Orgulho Leonino não deve ser banalizado desta forma. É óbvio que cada vitória para este clube é uma satisfação, e quando jogamos bem é ainda maior, mas colocar uma vitória contra um clube dos sheiks nesta área, só nos diminui. Nós não somos um Braga ou um Marítimo desta vida.

Abraços a todos :great:

Filipe Barros, primeiramente começo por te agradecer por partilhares o mais profundo de ti sobre o nosso Sporting.

Depois, começo por dizer que é por Leões como tu que ainda não desisti disto, pois tu és dos que sente orgulho no nosso clube e dos que o defende como eu até á morte, quase aposto que a vitória contra o City que não conhecia o nosso enorme Sporting Clube de Portugal que é só o segundo maior da Europa em titulos, te fez ficar acordado longas horas, pois a mim fez eram 3h e 48 minutos da manhã e ainda não dormia tal era a minha alegria. Fui trabalhar de manhã de rastos, mas feliz homem, muito feliz, tão feliz como quando era puto!

A mim não necessitas de pedir perdão pelas tuas repetições, pois eu compreendo-as, ponto por ponto, o teu coração fala mais que a tua cabeça e acabamos repetitivos por este amor que nos consome a alma. Só entende isso quem sofre verdadeiramente pelo clube como se nada mais existisse.

Sim, Filipe Barros foi uma enorme vitória, a lembrar o nosso grande Sporting dos velhos tempos, repleto de raça, dedicação e devoção só que este conseguiu a glória.

Tal como tu também eu não consegui ver nenhum patinho feio e tal como sempre disse neste jogo existiu o que não temos tido, ou seja equipa, desta vez sim, fomos equipa a meu ver nunca foi A ou B quem esteve mal, não são os ódios mesquinhos, é sim a nossa equipa que estava sem chama, sem fogo, sem alegria, sem nada, e neste jogo conseguiu tudo isso de uma só vez, por isso trouxe todo este orgulho ao nosso coração foi a equipa no seu todo o nosso grande Sporting.

Obrigado Filipe Barros, por ao menos tu agradeceres como é mais que merecido a todos os nossos jogadores, todos sem excepção, porque todos foram bravos, todos foram uns heróis, que recordaremos talvez até morrer ou quem sabe até pelo menos o nosso cérebro o permitir.

As tuas enormes palavras para com Izmailov são fenomenais e de alguém verdadeiramente Leão, pois é o mesmo que penso, esta classe, esta garra de o ver jogar dá-me uma alegria imensa, sempre lutei por ele e sei que vale a pena lutar é fora do comum ver um jogador destes jogar pelo nosso maravilhoso clube, é algo que dá prazer e que ficará connosco para sempre.

Sempre acreditei que voltaria a ver o enorme Izmailov e Deus permitiu que tal acontecesse estou grato, muito grato, pois é com grande alegria que o vejo deixar todo o seu perfume dentro de campo, sem vaidades, sem cabelos bonitos, sem chuteiras bonitas, mas tal como chegou ao nosso clube, simples mas fabuloso, simplesmente fabuloso, os grandes jogadores do Mundo os verdadeiramente grandes, não tem tiques de vaidade, nem de vedetismo, são grandes, porque Deus nosso Senhor lhes deu o que o futebol pretende dois pés fantásticos. Izmailov tem-nos, para alegria de todos nós.

Sá Pinto, merece o nosso enorme obrigado Filipe Barros, por isso fui ao tópico dele agradecer-lhe, porque é um Leão, porque sempre o foi, como jogador e está a passar o seu Sportinguismo a cada um deles, é o seu coração que está a treinar, como estaria o teu ou o meu, que trataria cada jogador do nosso clube como se de um filho meu se trata-se e defenderia o nosso clube até á morte, penso ser essa enorme mensagem que Sá Pinto está a passar, a mostrar a todos quem é o Sporting Clube de Portugal e o orgulho que é envergar esta belíssima camisola.

Este lindo dia ficará para sempre marcado na nossa história e na nossa cabeça, pois foi um dos grandes dias da já fantástica história do Sporting Clube de Portugal.

Termino dizendo enorme obrigado Filipe Barros, por partilhares aqui o que te vai no coração e acima de tudo muito obrigado por seres do enorme Sporting Clube de Portugal.

Enorme abraço! :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap:

Grande Leão fica aqui para recordar para todo o sempre!

Sporting CP 1 x 0 Manchester City Relato Antena 1 Golo de Xandão

E o Sporting é o nosso grande amor!

Adorei este texto, concordo com cada palavra nele dita. Já não via o Sporting a jogar assim desde 2001/2002, mas com uma pequena diferença que fez toda a… diferença, passe a redundância: A garra foi muito maior. Defensivamente só me lembro de jogo igual naquele contra os corruptos em que acabámos com 8 em campo, uma vez que o Martins dos Santos tinha um fio no cartão que era puxado pelo Flatulento sempre que havia uma falta. Em termos tácticos… Bom, estivemos ao nosso melhor nível desde que me lembro de ver futebol, só pecámos no ataque.

Fantástico jogo, mesmo que não passemos a eliminatória ao menos caímos como LEÕES, dando luta até ao último segundo.

Nao sei como se chama este relatoR da antena1 mas certamente que deve de ser Sportinguista!!
O Homem ficou euforico!! :dance: :dance:

“Uma das vitórias das quais me orgulharei para sempre - 08.03.2012” :great:

Sem qualquer duvida, depois de muitas desilusões (algumas esperadas) e de ter falhado os últimos grandes resultados Europeus (Inter, Lazio) esta vitoria tem um significado que não consigo exprimir por palavras ainda.

Estou emocionada com as vossas palavras (ai maldito coração de manteiga)
Enchem a minha alma de felicidade ao saber que ainda existem adeptos com tanta paixão inata dentro deles.
Infelizmente não vi o jogo, estava no hospital na altura e também vivo em Londres :frowning:

Mas vou estar em Manchester, vou estar lá a gritar, torcer e saltar pelo meu Sporting. Eu acredito e sempre acreditei! É possivel vencer, é possivel fazer história.
Tristes são os que não acreditam, frustrados são os que desprezam a qualidade do Sporting.
Não se avalia um clube só pelo presente, tem que se olhar para ele como um todo: as suas conquistas, as vitórias e todos os ergueres de todas as quedas (todos caem, mas é com essas quedas que se evolui e que se cresce)

Podemos ser poucos adeptos, mas o nosso amor é tão forte que mesmo poucos temos a força e garra de muitos juntos. Vamos fazer mais barulho que os bifes, vamos mostrar que o nosso amor é mais forte.
Eles desprezaram a capacidade do nosso clube, desvalorizaram a nossa capacidade e no dia oito de Março viu-se quem foi superior.

Tenho fé, esperança e acredito no clube que amo desde que tenho consciência de mim.
Quando me entrego a cem por cento a algo, não há vento que me mova, nem água que me mole.
Bocas são demasiado baixas para os meus ouvidos e criticas não fazem a pessoa.

Parabens pelo topico
Parabens pelo teu orgulho leonino

Ana

Olá Ana, agora está tudo bem? Espero que sim.As melhoras. :great:

Ola:) Sim obrigada ^^
Melhor não podia ficar quando chego a casa e sou contemplada com uma noticia destas:’)
Vamos ver como corre em Manchester

Obrigada pela preocupação
SL

Grande @ Filipe Barros, obrigado pelo teu texto e por teres posto em palavras aquele que é o sentimento generalizado de todos os Sportinguistas. :clap:

Sem dúvida que voltámos a ter uma grande noite europeia.

Pelo resultado, pelo adversário, pela exibição, pelo comportamento dos adeptos que tiveram o prazer de assistir e apoiar “in loco”… tudo funcionou às mil maravilhas, tudo se alinhou para um marco memorável na história do Clube.

Bem sei que o Manchester City não tem a história do Sporting. Mas, neste momento, deve ter um “naipe” de jogadores que pode rivalizar com as melhores equipas do Mundo.

O Sporting vinha duma derrota horrível com o setúbal e passa um dos momentos mais negros da sua insigne história-

Todos nos faziam o funeral antecipado (inclusivé muitos Sportinguistas), todos argumentavam que era impossível vencermos uma das melhores equipas do momento em Inglaterra.

O que é certo é que ganhámos. Pela margem mínima mas ganhámos. Com um golo de classe em qualquer parte do Mundo. E por toda a Europa se ouviu falar no tal clube que é de Portugal mas que persistem em associá-lo a Lisboa.

Fomos grandes, enormes.

Agora, era lindo na 5ª feira, eliminarmos o City… Porque nâo?

O city n~~ao tem historia, o city tem dinheiro, ´´e bem diferente

desculpem isto dos acentos nao sei o que se passa:S

e muito bem falado @Gebeeme

Entretanto ja foi mudado para a Redaccao 10A. Contudo, com todo o respeito que o Filipe Barros me merece, acho que esta seccao deveria ser reservada para artigos com mais profundidade e / ou assuntos com mais importancia. Nao enquadro em nenhuma dessas categorias este relato exaltado de uma vitoria num jogo europeu, que nem representou nenhum ponto de viragem, nem sequer garantiu uma passagem nuns oitavos-de-final.

Confesso que tentei abrir o tópico na Redacção 10A, mas simplesmente não consegui e acabei por colocá-lo aqui e não o fiz sem antes pensar algumas vezes. Mas há determinados momentos no nosso clube que deverão ser considerados, por todos, um orgulho. E orgulho por quê? Muitos motivos. Orgulho por termos um verdadeiro Coração de Leão a comandar o nosso Sporting, orgulho por vencermos os Milhões e voltarmos a mostrar que o capitalismo não é tudo e que jogar com alma e coração será sempre o factor número 1 para estar mais próximo da vitória. Orgulho, por nos tentarem rebaixar a um clube banal e desconhecido e ouvir, ler jogadores com uma confiança e garra que não percebi de onde vinha, pelo menos antes do jogo. Pensaram bem em que posição Patrício se colocou? Vão ficar a conhecer o Sporting? E se perdêssemos o jogos? E se fôssemos goleados? Pior, e se o GR falhasse? Não é motivo de orgulho ver e sentir como um jogador formado no Sporting defendeu o seu clube do coração, mesmo depois de tantos lhe pedirem para ir embora, saber que ele atirou tudo para trás das costas e continua a defender o seu/nosso clube com unhas e dentes? Não é um orgulho, depois de uma derrota frustrante, com o pior futebol exibido em muito tempo, fazermos uma das exibições mais perfeitas de que me lembro desde que sou apreciador de futebol? Não é um orgulho um jogador adversário que “desconhecia” o clube, sair a aplaudir os adeptos do clube que ele desconhecia?

Compreendo que achem um orgulho leonino um jogo especial, uma final, uma passagem, uma reviravolta no estado de uma equipa. Mas acreditem que já ganhámos Taças, finais nas quais não vibrei tanto. Porquê? Porque infelizmente, fraco como sou e são muitos adeptos do Sporting, esquece-mo-nos de que nunca seremos um clube pequeno, nunca iremos para o cadafalso para onde nos tentam atirar todas as semanas. De um momento para o outro, o leão acorda, ruge, e coloca as garras… seja quem for o adversário. Ainda que o jogo da próxima quinta feira nos traga mais uma derrota, mais uma desilusão, um jogo abaixo do que foi feito, este jogo em Alvalade, ficará para sempre marcado na minha memória como um dos dias em que mais vibrei pelo Sporting Clube de Portugal, pelos 11 que estiveram em campo e pelos 3 que entraram, sem excepção. Pelo Sá Pinto. Caramba, pelo Paulinho, que sendo um adulto, vibra qual criança com a maior felicidade do mundo. A simplicidade das crianças é essa: a felicidade é real e verdadeira, ainda que por momentos, pois esquecem tudo à sua volta quando estão felizes. Na passada 5ª feira, senti-me, novamente, uma criança…

Para sempre grato a todos os que permitiram que tal dia fosse para mim memorável. Mais uma vez, Obrigado grande Sporting.

Antes de mais parabéns Filipe Barros pelo texto que abre este tópico. Os leões são mesmo assim!

Na abertura do tópico, todas as tuas frases estão carregadas de emoção e amor pelo nosso grande Sporting e eu vivo cada uma delas como se por mim tivessem sido escritas.
No entanto não posso deixar de chamar a atenção para este segundo texto. Nele a emoção dá lugar á razão e algumas verdades enormes são ditas.
Penso que se porventura algum sportinguista perder o orgulho no seu amado clube, então pode utilizar as tuas palavras para se recompor e integrar de uma vez por todas o grupo dos que amam o Sporting incondicionalmente.

Mais uma vez obrigado e Viva o SPORTING!!!