Top Ten - edição 6 - Bob Marley / Wailers

Um Top para eu voltar a participar! :lol:

No fim-de-semana faço um “post” em forma. Votação aberta até 27 de Setembro (próxima Quinta).

Mais um em que me abstenho. Reggae não entra em minha casa. :hand: :naughty: >:( ;D

:o :cartao:

  • Redemption Song
  • Jamming
  • Stir It Up
  • Exodus
  • Is This Love
  • Waiting In Vain
  • Could You Be Loved
  • Satisfy My Soul
  • Iron Lion Zion
  • No Woman No Cry

Eh pá, já tinhas isso engatilhado! :lol:

Isso é musica para pessoas que têm piolhos >:(

:lol: Olha que há para aí muito queque de Cascais que gosta de Reggae e Hip-hop, por exemplo.

:stuck_out_tongue:

:victory: Não me canso de ouvir!

Faço mais tarde o meu top.

Get up, stand up, stand up for your rights!

Um “link” que pode ter algum interesse para quem queira participar:

http://www.hermosarecords.com/marley/QueenSite/webdocs/bmdiscography.html

Aí vai então:

  1. I’m Still Waiting (Studio One)

Infelizmente, a única versão que encontro online é uma versão alternativa muito inferior. A versão a que faço referência é a que saíu na Caixa “Songs of Freedom”. Há uma versão pavorosa desta música de finais dos anos 60, gravada (julgo eu) para Danny Simms.

  1. Waiting In Vain

Parece que esta recolhe aprovação geral. :wink:

  1. Rastaman Chant

O encerramento perfeito de “Burnin’”.

  1. Get Up Stand Up

Brutal. O melhor momento de sempre de Peter Tosh.

  1. Mr. Brown (1970, Lee Perry)

Fantasmagórico em vários sentidos, e atestando o génio do produtor.

  1. Sun Is Shining (Lee Perry, 1971)

Vão por exemplo ao Deezer.com e oiçam a versão que sáiu no álbum “African Herbsman”. Mais uma prova do génio do produtor, na forma como a guitarra é percurtida e no sentimento de tensão, realçado pela harmónica.

  1. Hypocrites (1967, Wail’N’Soul)

Uma excepcional auto-produção da banda, e um dos ritmos mais utilizados em temas “dancehall”. Infelizmente, difícil também de encontrar online.

  1. I’m Going Home

Ska original, energia pura. Para encontrarem esta canção (e muitas outras, incluíndo a nº 10 deste meu top) da 1ª fase da banda vão ao Deezer.com e procurem por “One love at Studio One”.

  1. Kaya (Lee Perry, 1971)

“Keyword” para o Deezer (resultado único): “Kaya Trenchtown”. Aka “Turn me loose”. Mais que uma ode à “ganja”, um monumento de espiritualidade, e (mais uma) atestação do génio de Lee Perry. A versão do álbum homónimo é completamente deslavada em comparação.

  1. Mr. Talkative (Studio One)

Para finalizar em beleza, mais um excepcional tema “Ska”. Refeito uns anos mais tarde para Bunny Lee, em “Early Reggae mode”, como “Mr. Chatterbox”.

Mas esses não tem gosto pessoal, apenas vão em “modas”…

Epá essa Waiting in Vain com o ritmo que tem é ideal para fumar um cigarrinho com aditivo >:D

Mais um em que fico à margem. Conhecerei, sem apreciar por aí além, umas quatro ou cinco músicas, aqueles hinos cuja letra qualquer um sabe. Sou um tipo muito eclético em matéria musical, já se vê… :-[ :lol:

  • Redemption Song
  • Jammin
  • Sun is Shining
  • No Woman No Cry
  • Is this Love
  • Waiting In Vain
  • Could You Be Loved
  • Buffalo Soldier
  • Iron Lion Zion
  • Get Up Stand Up

Não posso acreditar que ninguém tenha citado:
Lively up yourself
Burning and looting

As outras oito

Could you be loved
No woman no cry
Redemption song
Buffalo soldier
Sun is shining
Jammin’
Exodus
Kaya

Não suporto, nem nunca irei suportar Reggae…

Nem mesmo para fumar os cigarrinhos com aditivo que o Dave fala… :mrgreen:

Também não é a minha onda… :inde: Next! :arrow:

É como eu as tatuagens! :twisted:

Tópicos de fumarada é com o Angel. :mrgreen:

Não sou fã mas também não tenho nenhum ódio especial pelo Regae. De Bob Marley conheço os hits apenas.

Não sou conhecedor o suficiente para uma escolha do género. Gosto o suficiente para ter um best of dele, mas seria um universo de escolha algo limitado.