Tiro à Bala

Concentração, persistência, amor ao treino são atributos dos praticantes do Tiro à Bala, uma modalidade com bastantes pergaminhos dentro do Sporting e que merece o apreço dos sportinguistas. A tradição leonina fica bem patente na longa fileira de troféus expostos no Museu e Secção, obtidos desde que a modalidade foi fundada no clube no longínquo ano de 1928 por Francisco Rafael Rodrigues conjuntamente com Raul Bastos, António José Baptista e Alfredo da Costa Santos, tendo já contribuído ao longo dos anos para a formação de atletas Olímpicos, inúmeros Campeões Nacionais e um Campeão Europeu Júnior.

Desde a sua já longínqua fundação há que referir alguns nomes que contribuíram para o sucesso constante desta modalidade no clube. Após os fundadores acima mencionados, citaremos Rafael Afonso de Sousa, Carlos Queiroga Tavares, Carlos Marques Loureiro, Rui Romão Ramalho, Manuel Pereira da Silva, Armando Nunes Henriques, Manuel Correia da Costa, Manuel Delfim Guerreiro, José Cayola Carpinteiro, António Lage, Mário Ribeiro, Fernando Carmo, José Jacques Pena e Mário Serafim. Destes atiradores há ainda a destacar a presença de Manuel Correia da Costa e de José Cayola nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 1964 e de José Pena em Los Angeles em 1984. Também Mário Serafim se destacou pelo Campeonato Europeu de Juniores que venceu em 1986 na Hungria na disciplina de Carabina Deitado.

Pelos pergaminhos que tem no clube, a secção de Tiro à Bala pode-se orgulhar de ter tido uma carreira de tiro desde 1940 disponível para os seus filiados e atiradores nas antigas instalações do Sporting na Rua do Passadiço. Na inauguração do antigo Estádio José de Alvalade em 1956, também fazia parte das suas instalações uma nova carreira tiro. Com o actual Estádio Alvalade XXI, em 2004 foi de novo contemplada a existência de uma Carreira de Tiro no Complexo Multidesportivo junto ao estádio, com 10 postos de tiro e a 10 metros para a realização de tiro com armas de ar comprimido.

www.sporting.pt

Sofia Santos vence Torneio Abertura FPT Realizou-se, nos passados dias 19 e 20 de Janeiro, o Torneio de Abertura da Federação Portuguesa de Tiro em Carabina e Pistola de Ar Comprimido. Esta prova teve lugar na Carreira de Tiro do Estádio Nacional e já foi organizada de acordo com as novas regras impostas pelo ISSF, entidade internacional que regula a modalidade.

Estas regras ditam que após os 60 tiros de competição apenas os 8 melhores iniciem uma final Olímpica a 20 tiros, iniciando de novo com zero pontos. Cada tiro é dado à voz de comando do árbitro num máximo de 50 segundos, contabilizado até às décimas (sendo o máximo 10,9) e nos últimos tiros vão sendo eliminados o atletas com pior classificação, até que fiquem dois atletas a disputar o primeiro lugar nos últimos dois tiros.

Sem dúvida, finais emocionantes para o espectador e com aumento de stress para quem nelas participa.

Em Carabina de Ar Comprimido Homens, depois de Gonçalo Diogo e Rodolfo Órfão se terem classificado para a final com 575 e 573 pontos, respectivamente, o primeiro manteve a frieza que o caracteriza, sendo eliminado no 18.º tiro da final obtendo assim a 3.ª posição. Rodolfo Órfão não foi além da 6ª posição.

Em Carabina Ar Comprimido Senhoras, classificaram-se para a final a oito, quatro atletas do Sporting: Sofia Santos, Ana Barreiro, Fernanda Romão e Marta Silva em 2.º, 6.º, 7.º e 8.º lugar, respectivamente. Na final, Sofia Santos levou a melhor sobre a melhor atiradora nacional da actualidade e venceu, categoricamente, numa final de muito boa qualidade.

Em Pistola de Ar Comprimido, Domingos Rodrigues foi o único atleta «leonino» a classificar-se para a final, tendo obtido depois o 6.º lugar.

Classificação dos atletas do Sporting:
Carabina Ar Comprimido Homens
3.º Gonçalo Diogo, 575 pontos+final
6.º Rodolfo Órfão, 573 pontos+final
11.º António Diogo, 550 pontos
15.º Ricardo Gonçalves, 532 pontos
16.º Nuno Miranda, 532 pontos
17.º António Fonseca, 511 pontos

Carabina Ar Comprimido Senhoras
1.º Sofia Santos, 384 pontos+final
6.º Ana Barreiro, 373 pontos+final
7.º Fernanda Romão, 374 pontos+final
8.º Marta Silva, 372 pontos+final

Pistola Ar Comprimido Homens
4.º Domingos Rodrigues, 563 pontos + final
11.º Jorge Sousa, 552 pontos
19.º António Carvalho, 537 pontos
21.º Wilson Correia, 536 pontos
28.º Pedro Lourenço, 520 pontos
31.º Adriano Cunha, 510 pontos
35.º Rui Barata, 494 pontos
38.º José Cruz, 481 pontos
40.º André Barbosa, 444 pontos

www.sporting.pt

Vocês sabiam que [wiki]João Costa[/wiki]o melhor atirador nacional (7º em Londres nos Jogos Olimpicos) já é do Sporting e que este fim de semana fez isto?

Realizou-se este sábado o Torneio Dia Olímpico em Pistola Livre 50 metros, na Carreira de Tiro do Estádio Nacional, no qual estiveram cinco atletas do Sporting. O destaque foi para o atleta olímpico João Costa, que após ter realizado 533 pontos nos primeiros 60 tiros, foi qualificado para a final olímpica em 1.º lugar.

João Costa esteve imparável no novo formato de Final Olímpica a 20 tiros, onde obteve impressionantes 196,5 pontos, resultado este dos melhores do mundo desde o início do ano.

João Costa representará Portugal na Taça do Mundo de Munique, a realizar-se de 23 a 30 de maio próximo.

Os resultados obtidos pelos atletas do Sporting na disciplina de Pistola 50 metros foram os seguintes:

1.º João Costa (558 e 196,5 na final)
5.º Domingos Rodrigues (528 e 125,8 na final)
16.º João Braga (471)
17.º Wilson Correia (467)
19.º José Pena (465)
21.º António Carvalho (432)

Grande Costa!

Grande João Costa! :clap: :clap:

Parabens

SL

João Costa 4.º em Munique

O atleta do Sporting João Costa, que esteve presente nos ultimos quatro Jogos Olímpicos, iniciou este sábado a sua participação na Taça do Mundo de Munique, nas eliminatórias de Pistola Livre a 50 metros, tendo obtido o passaporte para a prova de qualificação, ao alcançar o terceiro lugar na sua série, com 563 pontos.
Este domingo, realizou-se a qualificação da mesma disciplina em que João Costa obteve 564 pontos, classificando-se para a Final Olímpica, onde apenas os oito melhores atletas têm acesso para discutir os lugares do pódio.

Na Final Olímpica a 20 tiros, João Costa manteve-se sempre em terceiro lugar até ao 15.º tiro, onde um pequeno deslize acabou por não ser suficiente para prosseguir na prova, acabando numa excelente quarta posição. atrás dos atiradores da Sérvia, da Republica Popular da China e da Espanha.

Embora tenha sido uma grande participação do atleta sportinguista ao serviço da Seleção Nacional, ficou sempre a sensação de que poderia ter sido melhor, devido aos últimos bons resultados que tem vindo a obter.

A sua participação vai prosseguir na próxima terça-feira, em Pistola de Ar Comprimido a 10 metros, existindo igualmente grande esperança na continuação de excelentes resultados.

Boa prestaçao

SL

Pode estar aqui uma Medalha Olimpica em construção.

:clap: :clap: :clap:

No pódio do Mundo

O atirador do Sporting, João Costa, alcançou, hoje, 28 de Maio, a medalha de bronze em pistola de ar comprimido a 10 metros, na Taça do Mundo de Munique.
João Costa alcançou um total de 176,9 pontos. No primeiro e segundo lugares posicionaram-se Jongoh Jin (202.2) e Andrija Zlatic (199.6), respectivamente.

Grande João Costa :clap: :clap:

Para que conheçam melhor este Campeão

[wiki]João Costa[/wiki]

:mrgreen:

Sporting campeão nacional

O Sporting sagrou-se campeão nacional absoluto em carabina deitado 50 metros no sábado, com a equipa constituída por Rui Alves, o ainda júnior Gonçalo Diogo e Miguel Soares. O título foi alcançado durante as eliminatórias de acesso à fase de qualificação individual, tendo batido as equipas do MBCP e da Associação de Tiro de Ponta Delgada, que ficaram nos lugares seguintes do pódio.
Em juniores, Gonçalo Diogo sagrou-se também campeão nacional, com 568 pontos e em segundo lugar ficou Nuno Miranda, também do Sporting. Ainda em Senhoras, Sofia Santos sagrou-se vice-campeã Nacional, com 574 pontos, também em Carabina Deitado.

No dia 2 junho, realizou-se a fase de qualificação do Campeonato Nacional Absoluto individual, só com os 16 melhores apurados das eliminatórias, onde estiveram presentes os atiradores leoninos Rui Alves, Gonçalo Diogo e António Diogo. Nesta fase, Gonçalo Diogo e Rui Alves, com 571 pontos, passaram à final olímpica a 20 tiros, à voz de comando do árbitro. Gonçalo Diogo acabou a final olímpica em 8º lugar.

Em Carabina Três Posições Senhoras, Sofia Santos com 560 pontos, passou em 1º lugar à Final Olímpica e alcançou o mínimo para o Campeonato da Europa). Na final esteve muito forte e confirmou a sua mais-valia, tendo sido campeã nacional.

Em resumo, na 1.ª jornada do Campeonato Nacional, o Sporting obteve um título coletivo e dois títulos individuais, para um total de cinco pódios. A 2ª jornada do Campeonato Nacional prossegue nos próximos dias 8 e 9 Junho, nas disciplinas de Pistola livre a 50 metros.

Resultados dos atletas do Sporting:

Carabina Deitado Homens Absolutos

8º Gonçalo Diogo
9º Rui Alves
13º António Diogo
Sporting Campeão Nacional por equipas

Homens Juniores
1º Gonçalo Diogo (Campeão Nacional)
2º Nuno Miranda

Senhoras
2º Sofia Santos

Carabina Três Posições
1º Sofia Santos (Campeã Nacional)

Parabéns campeões! :clap:

Muitos Parabéns aos nossos CAMPEÕES :clap:

Muitos parabéns campeões. :clap:

E é destas modalidades que também se faz o Sporting.
Parabéns! :clap:

Parabéns campeões!! :victory: :victory:

Muitos parabéns :clap:

Campeões em Pistola Livre

O Sporting sagrou-se Campeão Nacional Absoluto em Pistola Livre a 50 metros, durante as eliminatórias de acesso à fase de qualificação individual, que se realizaram no sábado passado.
A equipa constituída por João Costa, Domingos Rodrigues e Licínio Santos bateu as equipas do Exército e das Praças da Armada. João Costa venceu a 1.ª eliminatória com 565 pontos, Domingos Rodrigues foi segundo na 2.ª eliminatória com 537 pontos e Licínio Santos terceiro na 3.ª eliminatória com 524 pontos.

Já a fase de qualificação do Campeonato Nacional Absoluto individual, só com a participação dos 15 melhores apurados das eliminatórias, decorreu no domingo. E aí, João Costa e Domingos Rodrigues terminaram em 1.º e 2.º lugar, respectivamente, apurando-se assim para a Final Olímpica a 20 tiros, à voz de comando do árbitro.

João Costa, que conquistou um 4.º lugar nesta disciplina na Taça do Mundo de Munique, há cerca de duas semanas, correspondeu às expectativas e sagrou-se Campeão Nacional, enquanto Domingos Rodrigues obteve a 8.ª posição.

Assim, após a 2.ª jornada do Campeonato Nacional, o Sporting obteve o segundo título colectivo e três títulos individuais, para um total de sete pódios.

A 3.ª jornada do Campeonato Nacional prossegue nos próximos dias 15 e 16 Junho na disciplina de Carabina Três Posições a 50 metros.

Parabéns campeões!

Campeões Nacionais em carabina

O júnior Gonçalo Diogo sagrou-se Campeão Nacional absoluto em carabina três posições pelo 2.º ano consecutivo. Foi na prova realizada na Carreira de Tiro do Estádio Nacional, no passado dia 15 de Junho, onde também o Sporting se sagrou Campeão Nacional por equipas.
A disciplina de carabina três posições é composta por 40 tiros de joelhos, 40 tiros deitados e 40 tiros de pé. Após os primeiros 120 tiros de competição, os atletas Gonçalo Diogo e Rui Alves qualificaram-se em 2.º e 7.º lugares, respectivamente, para a Final Olímpica.

Nesta fase foi apurado o resultado colectivo, onde o Sporting acabou então como Campeão Nacional com a equipa constituída por Gonçalo Diogo, Rui Alves e António Diogo, batendo a equipas do Exército e a da Associação Tiro de Ponta Delgada.

Para apuramento do resultado individual, e numa final Olímpica muito emocionante, composta por 20 tiros em cada uma das posições, em que cada tiro tem limite de tempo à voz dos árbitros e onde o stress é maior, Gonçalo Diogo foi o mais forte, ficando a decisão de Campeão para o último tiro.

Assim, após a 3.ª jornada do Campeonato Nacional com armas de bala, o Sporting obteve três títulos colectivos e quatro títulos individuais, para um total de nove pódios. A 4.ª, e última, jornada do Campeonato Nacional prossegue nos próximos dias 22 e 23 Junho nas disciplinas de pistola standard e pistola percussão central.

Parabéns malta! :clap: