Suspeitas relativamente a interesses e ligações de (ex-)dirigentes

Palavras recentes de Marinho Neves no seu facebook (quem for amigo dele, pode ver aqui: https://www.facebook.com/marinho.neves/posts/3846195602752 ):

"Estou triste com o que está a acontecer com o Sporting. Trabalhei 6 anos no clube de Alvalade com o sentido de ajudar a limpar e abrir novos caminhos. Foi o período mais vitorioso dos últimos 20 anos. Não tenho de me queixar porque fui pago para isso. Mas se o Sporting quiser encontrar o seu caminho, a primeira coisa que tem a fazer, é libertar-se da aliança e espiões que tem a Norte. Que lhe sirva de exemplo o que aconteceu ao Salgueiros e Boavista quando optaram pela mesma aliança."

“Vou dizer-vos uma coisa, uma só, porque não posso ir mais além. Quando Dias da Cunha teve conhecimento de que o clube era um centro de negócios para alguns, alguns ilustres sportinguistas, fizeram tudo, mas mesmo tudo, para que ele se demitisse. Mostrei-lhe provas de como os meus relatórios, pagos pelo clube, iam parar às mãos de Pinto da Costa e Valentim Loureiro e havia apenas 4 pessoas que tinham acesso a eles. Arranjei provas de como eram negociados alguns jogadores com graves prejuízos para o Sporting e o envolvimento que havia entre dirigentes sportinguistas e presidentes de clubes do Norte. Eu, com ajuda preciosa de um grande sportinguista que trabalhava no clube, arranjamos provas de como dirigentes do clube, nos bastidores com a ajuda de elementos da juve arquitectavam a derrota para criarem mau ambiente ao presidente e ao treinador. Sabem o que fizeram? elegeram os traidores e os negociantes e voltaram a eleger e a eleger os mesmos traidores. Chegaram mesmo ao ponto de contratarem um elemento ligado à claque para agredir um elemento que estava comigo nas investigações. Tenho todos os meus relatórios e juro-vos que se um dia eles fossem publicados dariam o livro mais polémico da história do futebol.”

“Tenho lido com atenção todos os comentários e só me ocorre uma coisa: isto não é um problema do Sporting é um problema do povo português. No futebol como na política ninguém se mostra atento com quem nos prejudica e quando confrontados com um novo problema voltam a errar e a apostar em quem os traiu. A bandeira eleitoral de Godinho Lopes, foi Carlos Freitas, um negociante de jogadores que nem sportinguista é. Um elemento que já foi despedido do Sporting por 4 ou 5 vezes e sempre me situações pouco claras. Pois os sportinguistas voltaram a apostar nele e voltaram a despedi-lo. Querem o quê afinal?”

“Há muita coisa que até para mim é difícil de entender. Dias da Cunha despediu Carlos Freitas depois de devidamente alertado de como foi feito o negócio da compra de Silva ao Boavista. Mas o mais grave é que depois de várias pessoas o terem avisado e com provas de que Rui Meireles era um traidor, sempre se deixou manipular por ele, assim como por Soares Franco, Eduardo Bettencourt e Ribeiro Telles, todos indiciados em negócios e alianças pouco transparentes. Hoje parece que já ninguém tem dúvidas que estes foram os coveiros do clube. O projecto Roquete é apenas uma história para encobrir outras histórias.”

Eu sei que alguns não gostam muito do Marinho e acham que ele é parcial em certos aspectos, mas acho que não se pode ignorar estas palavras. Porque todos nós já percebemos que os “tiros nos pés” que acontecem no Sporting, talvez não sejam incompetência, mas sim outras coisas bem mais graves.

Ficam aqui “screenshots” dos textos:
http://i45.tinypic.com/j5gy11.jpg
http://i46.tinypic.com/2db5tgx.jpg
http://i50.tinypic.com/2a631af.jpg
http://i45.tinypic.com/n68395.jpg

Outras palavras de Marinho Neves, numa entrevista feita no inicio deste ano: http://bancadadeleao.blogspot.pt/2012/02/marinho-neves-o-sistema-e-o-sporting.html

[hr]

Palavras de Carlos Severino, que trabalhou no Sporting na altura de Dias da Cunha, na área da comunicação. Ficam aqui alguns links de artigos interessantes do blog dele para perceberem os conflitos de interesse que acontecem no Sporting e que estamos minados por dentro:
http://reporterx24.blogspot.pt/2009/12/o-milagre-de-alkmaar.html
http://reporterx24.blogspot.pt/2010/02/crises-no-sporting-o-golpe-falhado.html
http://reporterx24.blogspot.pt/2010/02/crises-no-sporting-2-empurrao-final.html
http://reporterx24.blogspot.pt/2012/01/futebol-o-lobi-que-tudo-comanda.html

Algumas passagens desses artigos:

Falando do período do clube em 2005: "... Num momento conturbado, mais um, da vida interna do Sporting, [b]um grupo encabeçado pelo então Vice-Presidente, Miguel Ribeiro Teles, contestava o então Presidente, Dias da Cunha. Por via disso mesmo, o balneário da equipa, treinada por José Peseiro, não vivia os melhores momentos mas, mesmo assim, os resultados e exibições eram deveras animadores. [/b] ..."

Textos de fevereiro de 2010:
“…
Em Outubro de 2004, com Peseiro como treinador, o Sporting conhecia uma grande onda de contestação ao treinador e ao Presidente. Jogava-se mais uma jornada e os leões deslocavam-se ao Estoril. Nos bastidores havia grandes movimentações para desalojar Dias da Cunha que eram patrocinadas por gente que hoje está em Alvalade e que preparou as claques para, no final do jogo, exigir as cabeças dos “culpados”.
…”

“…
Na semana seguinte, O Sporting jogou em casa com o Belenenses e voltou a vencer, desta vez por 2-0. Mas as movimentações continuaram e muita gente recebeu SMS’s a apelar para que no estádio se gritasse: “Ribeiro Teles a Presidente, já.” Confrontado com esta situação por Dias da Cunha, Teles apressou-se a desmentir que tivesse alguma coisa a ver com aquilo.
…”

“…
O Sporting tinha acabado de sair daquilo que ficou conhecido pela “época do quase.” E foi um milagre o Sporting ter chegado aonde chegou dadas as rupturas internas e as pressões vindas de fora daqueles que não perdoaram a Dias da Cunha ter tido a ousadia de apontar os “rostos do sistema”, situações que vulnerabilizaram o balneário e, alegadamente, terão condenado o início da temporada seguinte.
…”

Texto de janeiro de 2012:
“…
Aqui há uns anos Dias da Cunha denunciou, publicamente, os dois rostos do Sistema, em entrevista que com ele preparei na condição de seu assessor. Em privado, no Estádio da Luz, o ex Presidente do Sporting à frente de conhecidas figuras, confrontado com a coragem de ter apontado os nomes de Pinto da Costa e Valentim Loureiro como os rostos do Sistema, riu-se e disse que havia mais um. Com grande curiosidade todos quiseram saber o nome. Dias da Cunha agarrou em Joaquim Oliveira, ali presente, e disse: " trata-se do ‘amigo’ Joaquim Oliveira! O visado ficou visivelmente incomodado e com os olhos prometeu vingança. Passados meia dúzia de meses, Dias da Cunha farto de ser insultado e pressionado, saiu do Sporting, para satisfação do lóbi interno que tinha vários braços do chamado Sistema, empenhados em servir os objectivos que outra coisa não eram do que a utilização do bom nome do Clube em benefícios próprios.
…”

[hr]

Palavras do nosso ex-presidente João Rocha relativamente a José Roquette:

[hr]

Relativamente a Lino de Castro (PMAG por altura das eleições em 2011) e a venda do Moutinho para o porto: http://www.forumscp.com/index.php?topic=35851

:clap: :clap: :clap:

:clap: :clap: :clap: :clap: :clap:

Ui, o que foram desenterrar.

A compra do Silva ao Boavista dava um livro sobre a vigarice de Freitas e restantes dirigentes do Sporting (Bettencourt e Miguel Ribeiro Telles incluídos). Diz-se que há quem tenha provas (acho que o Incitatus é que sabe quem as tem).

O Polvo anda aí… Correr com essa Escória toda do SCP >:D

No dia em que desenterrarem todos os podres que o nosso clube tem muitos vão presos. Ou deveriam.

Isto só demonstra que a malta é facilmente manipulada. Quem me diz a mim que o bdc não é outro peão, ou dias Ferreira ou Abrantes mendes. Infelizmente vivemos neste clima de incertezas. Só é candidato quem tem carcanhol e maquina montada, portanto ha sempre interesses por detrás.

O que as pessoas dizem publicamente será sempre um bom fiel da balança, compara o que diz BdC, desde que é uma figura do universo leonino, com o que foi dito até hoje por Dias Ferreira e Abrantes Mendes, o primeiro já foi a favor e contra quase tudo, concorda e discorda com a mesma coisa, enfim, é o típico advogado tuga, o Abrantes Mendes foi protagonista da maior metamorfose que me lembro de ver num sportinguista, a diferença do vídeo que anda por aí quando era PMAG, assim como os seus discursos em campanha, com o que diz atualmente, é vergonhoso.

Interesses existem em tudo na vida, ainda assim apesar disso BdC foi dos mais transparentes no que a este assunto diz respeito, mas mesmo que nao fosse a escolha parece-me simples: Godinho e restante saga roquettista são claramente 100% peões de quem toda a gente, BdC talvez sim, talvez nao.

Eu pouco me Importa que BdC, GL, Abrantes Mendes, Baltazar, Freitas sejam peões, venham para o Sporting ganhar €€€, tenham outros interesses, lucrem com transferencias, etc etc etc…

Se colocarem o Sporting a ganhar titulos, sem aniquilarem o nosso futuro, que roubem á vontade, que sinceramente vou estar a Borrifar-me para isso.

Estou contigo! Só acrescento um ponto. A grande diferença do Porto em relação aos Lampiursos e a nós, e que no Porto roubam em benefício da equipa, ou pelo menos sem prejuizo do clube. No lado de lá da Segunda Circular e em Alvalade, rouba-se para proveito próprio, prejudicando o clube.

Sei que vou ouvir, mas…

A história do Silva era que ele ia ser dispensado pelo Boavista e ia rescindir porque o treinador não contava com ele, mas o Freitas(ou o Meireles, não tenho a certeza) ao saber disso e tendo a janela de oportunidade da lesão do Niculae e necessidade de um ponta-de-lança, foi ao Boavista e arranjou um acordo onde todos ficaram a ganhar menos o Sporting, que desembolsou 750 mil €(+ comissões) por um jogador que poderia ter vindo a custo zero.

Eu não estarei. Conheço, por exemplo, vários adeptos do porto que também não estão. Apesar de PdC ter tornado este clube regional num dos melhores clubes da Europa, de facto e não apenas por palavras. De vender, bem, como nenhum outro clube no mundo. Consideram inaceitável que a gestão desportiva de excelência, que admiram e aplaudem e que tanto dinheiro e títulos deu, não tenha tornado o seu clube com um passivo muito mais controlável e que as modalidades tenham as dificuldades que têm no cumprimento das responsabilidades do dia a dia. O seu clube está bem. Mas consideram que podia estar melhor ainda, não fosse a ganância de alguns.

Não há aqui uma dualidade competência/seriedade. Ou títulos/ausência de responsabilidades financeiras. Acho muito bem que quem tenha resultados, seja pago e muito bem pago. Lesar património do clube, a bem do enchimento dos bolsos através de manobras ilegais, não. Nunca. Se prefiro algo assim à trampa que se assiste hoje? Claramente. Mas se me mete nojo a quantidade de mentiras, meias verdades e maquilhagem da incompetência que grassa no clube, que moral tenho se não me importar que o Sporting seja um meio para o enriquecimento pessoal? A bem de títulos, vitórias? E estas só acontecem se tivermos gente desse calibre? Porquê?

Lion73,

Tudo isto é bonito se vivermos num Mundo perfeito ou cor-de-rosa. Subscrevo ias tuas palavras que o ideal é uma gestão desportiva de Excelencia, sem estas negociatas que servem unicamente para promover e enriquecer quem lá está.

Mas infelizmente não vivemos nesse mundo perfeito, e muitas vezes esse “Lado Negro” do Dirigismo Desportivo, é o preço a pagar pelo Clube, para ter uma gestão de Top.

Se não fosse esse “Lado Negro” das negociatas, se calhar alguns dirigentes de Top, nunca teriam vindo para o futebol e os clubes que são beneficiados com essa gestão de Top, não seriam metade daquilo que são hoje.

De acordo, mas é fácil dizer o que as pessoas (neste caso a facção contra) quer ouvir. Foi isso que fez PPC e também ninguém colocou em hipóteses que nem 2 anos volvidos estaria com os costados num tribunal a responder por 7 crimes. Isto demostra , claramente, que no mundo do futebol não entram anjos. E se fizermos a análise mundial facilmente concluímos isso. É um mundo aparte, que movimenta biliões, que não tem crise e que tem estreitas relações com o mundo das apostas, da droga, da moda, etc etc. Anjos nunca entraram, nem nunca entrarão, e essa é a única certeza que tenho: nem GL, nem BdC, nem DF são anjinhos. Querem ir para lá com um propósito, que pode ser o facto de gostarem do SCP, mas que a base de motivação é ter o manto de impunidade que o futebol dá (vide PdC ou LFV ou Valentim Loureiro) e ter as várias pontes de negócio e de tráfico de influências.

Mas como aí disseram, se os resultados aparecerem, se houver lucros, acho muito bem que se sirvam todos, desde que o SCP seja sempre beneficiado com isso.

PPC enganou quem quis ser enganado, na altura critiquei a escolha e hoje tenho a certeza que eram críticas justas e corretas.

Quanto ao resto, acabo por concordar, o que hoje é verdade amanhã é mentira, mas daí até não podermos analisar e comparar comportamentos, vai muito, Dias Ferreira, abrantes Mendes, Godinho Lopes, Paulo P. Cristovão, etc, tem todos um trajecto que fala por si, tem todos declarações públicas que falam por si, Bruno de Carvalho também as tem, a única diferença é que continua fiel às mesmas, não se vai se vai continuar, mas até agora não o vi a saltar a cerca, dos outros já não podemos dizer o mesmo, é aí que reside uma das grandes diferenças, outra é a responsabilidade nos últimos 15 anos de governo, BdC não tem nenhuma, os outros têm todos as mãos sujas, de uma forma ou de outra.

De facto nós não sabemos o amanhã, mas sabemos o hoje e também sabemos o passado, sobretudo este último.

Que anda muita gente a roubar o Sporting disso não tenho duvidas. Se calhar por isso é que tantos notavei estão contra haver eleições. Parece-me que muiat gente tem muito medo mas é do que se possa saber depois do fim da era roquette.

RUA LADRÕES!

Não digo roubar, isso implicava ficar com o proveito, mas a ganhar muitos euros à custa do Sporting sim…Digo mais lesar o Sporting

Esse “lado negro” pode ser o preço a pagar mas não TEM que ser o preço a pagar. Não vejo que um dirigismo duro, implacável nas negociações e nas decisões, de perfil estratégico, corajoso e ambicioso, mas que se coadune com os valores da nossa instituição, possam existir apenas num universo alternativo. Dinheiro do clube, mesmo que originado por decisões competentes de um determinado gestor, é dinheiro do clube. É disto que falo.

:arrow: :arrow: :arrow: