Surf

https://twitter.com/SCPModalidades/status/1611045168391520272?s=20&t=49UavqYBmoV8oogG-R5R5g

:arrow_forward: Um enorme feito de uma outra surfista portuguesa, Francisca Veselko (19A) que se tornou Campeã Mundial Júnior de 2022, em prova disputada em San Diego, Califórnia.

1 Curtiu

World Surf League - Billabong Pro Pipeline, Banzai Pipeline, Oahu, Hawaii

A leoa Teresa Bonvalot terminou no 9º lugar

Billabong Pro Pipeline

:arrow_right: Detalhes da participação na prova:

18 julho 2018

Infelizmente temos muitas modalidades que são, como costumo dizer, modalidades à Benfica. […] onde simplesmente colamos um autocolante do Sporting e já é modalidade do Sporting.

TeresaBonvalotDR2

Em Fevereiro de 2019, talvez por influência do Presidente Frederico Varandas um entusiasta desta modalidade, o Sporting anunciou a abertura da secção de Surf, numa parceria com a Carcavelos Surf School e com a Search School.
[…]
Teresa Bonvalot foi o primeiro reforço da equipa de Surf do Sporting na vertente de competição.

https://www.wikisporting.com/index.php?title=Surf

1 Curtiu

O surf sinceramente não me parece um bom exemplo para isto.

Já o rapaz dos ralis sim e foi o Varandas que começou a parceria.

O sporting já tem escola e a Teresa no campeonato compete pelo clube e já nos deu 2 campeonatos nacionais. É uma modalidade olimpica em grande crescimento.

“tem escola” ou “tornou-se parceiro de empresas já existentes”?

É uma entidade com vida própria, ou mais um negócio lucrativo para terceiros?
Vestem-se umas t-shirts e está a andar?

O Sporting CP realiza a formação de surf em parceria com a Search School, na Costa de Caparica, e com a Carcavelos Surf School, em Carcavelos. Estas parcerias desenvolvem-se através de uma relação estreita e consistente com o clube, com vista a garantir o nível de excelência na formação e a partilha da identidade e dos valores do Sporting Clube de Portugal. A Search School e a Carcavelos Surf School são escolas de surf de elevada qualidade, dotadas de equipas técnicas experientes, competentes e credenciadas pela Federação Portuguesa de Surf (FPS).

PRINCIPAIS PARCEIROS

Search School - Costa de Caparica (Almada)

A Search School surgiu em 2013, através de um projeto ambicioso de David Luís, ex-surfista profissional. A qualidade do ensino e a experiência da equipa técnica fazem da Search School a escolha para um dos dois polos de formação do Sporting Clube de Portugal. A escola está presente em duas praias da Caparica, a Praia de São João e a Praia da Cabana do Pescador, por isso, é por estes locais que pode encontrar alguns dos nossos novos surfistas.

Carcavelos Surf School - Carcavelos (Cascais)

O segundo polo de formação verde e branca encontra-se em Carcavelos, em parceria com aquela que é a mais antiga escola de surf de Carcavelos. A Carcavelos Surf School nasceu em 2001 com o objetivo de “ensinar a arte de surfar de forma segura, correta e descontraída” e desde esta altura tem dado um forte contributo para o crescimento da modalidade em Portugal.
Os responsáveis da escola, ambos atletas com mais de 20 anos de experiência de surf, incluindo a alta competição, são pós-graduados em Surf pela Faculdade de Motricidade Humana e credenciados pela FPS. A equipa de treinadores da escola destaca-se igualmente pela alegria e pelo rigor na formação.

Mesmo o Instagram oficial da “Secção” é uma salganhada de surf, skate, merchandising (“pranchas Sporting CP”), missões humanitárias, e faits divers:

Atenção, eu próprio simpatizo com a modalidade. Nada contra o Sporting CP ter surf.

O ponto aqui é: que moral tem o dr. Varandas, depois de criticar o Bruno, quando faz igual ou pior?

Vou tentar explicar a historia da modalidade.

O Sporting quando abriu o Surf foi buscar a Teresa Bonvalot como atleta e para chamar atletas. Mas o objetivo era ter uma escola que podesse formar atletas e servir o clube (ex: team buildings feitos pela equipa de futsal e andebol).

No processo entre abrir a escola, por licenças e investimento, o Sporting foi fazendo parcerias com escolas. Ou seja eles usavam licra do sporting, o sporting tratava de tudo mas contratava uma escola. Daquilo que eu sei, mas posso estar errado, hoje em dia já temos uma escola mesmo do sporting.

Relativamente ao skate e surf de ondas grandes.
Para manter a modalidade foram feitas parcerias, entre elas uma com uma marca polaca que é a cutback se não me engano. Basicamente eles são uma marca mais ligada ao skate mas poderiam dar material para se treinar quando o mar não ajudasse. As relações foram evoluindo, lançou-se um skate sporting e achou-se por bem ir buscar um puto para dar a cara por esta parceria. Não conhço nada de skate por isso não sei se compete e caso compita se compete pelo clube.

Entretanto o Sporting fecha uma parceria com o João Macedo, uma lenda no surf de ondas grandes em Portugal. Isso deu projeção à secção, e pela proatividade da secção e do João foram dados passos importantes. Desde logo as pranchas limitadas do Sporting. Isso a juntar à linha de roupa que foi lançada no Verão.

Em termos competitivos o Sporting tem 3 grandes atletas: a Teresa Bonvalot (que já deu 2 titulos ao clube), o Luís Perloiro (normalmente top 10 no nacional) e o jeje vidal (sao tomense este ano já vai poder competir na liga MEO). Para alem disso começa a ter alguns miudos de 14, 15, 16 … a competir na liga MEO.

Na minha opinião o Varandas nem deve saber que a modalidade existe. O projeto do surf sobrevive porque a pessoa que está à frente da secção se dedica de corpo e alma.

Se tiver alguma imprecisão peço desculpa

1 Curtiu
1 Curtiu

Ao que parece a nossa suposta atleta de Surf qualificou-se para os jogos olímpicos. Digo suposta atleta porque fez 0 referências ao Sporting nos agradecimentos que fez. É o que é.

TERESA BONVALOT NOS JOGOS OLÍMPICOS

Por Sporting CP
18 Abr, 2023

OUTRAS MODALIDADES

Primeira atleta do Sporting CP a garantir a presença

Teresa Bonvalot, surfista do Sporting Clube de Portugal, assegurou, esta terça-feira, a presença nos Jogos Olímpicos de Paris 2024.

A Leoa, a primeira atleta verde e branca a conseguir tal feito, recebeu a notícia numa comunicação da International Surfing Association (ISA), que anunciou que a portuguesa era uma de quatro surfistas com presenças asseguradas nos Jogos Olímpicos por via das prestações no Championship Tour (CT) da World Surf League (WSL).

Apesar de Paris ser a cidade que vai receber os Jogos Olímpicos, as provas de surf - a realizar de 27 a 30 de Julho de 2024 - vão ter lugar em Teahupo’o, no Tahiti (Polinésia Francesa), ilha no Oceano Pacífico.

Teresa Bonvalot vai participar nuns Jogos Olímpicos pela segunda vez, depois de ter ficado na nona posição em Tóquio, no Japão, em 2021. Na primeira vez do surf no maior evento do desporto mundial, Teresa Bonvalot ficou mesmo para a história por ter sido a primeira mulher a surfar uma onda nuns Jogos Olímpicos.

1 Curtiu

Foto João Pedro Morais

TERESA BONVALOT CONTINUA A SER LEOA

Por Sporting CP
04 maio, 2023

OUTRAS MODALIDADES

​Surfista de 23 anos renova contrato com o Sporting CP

Teresa Bonvalot vai continuar a representar o Sporting Clube de Portugal ao mais alto nível pelas praias do Mundo fora. A surfista de 23 anos renovou o contrato que a liga ao emblema de Alvalade desde 2019, tendo expressado a sua satisfação no momento da oficialização do acordo.

“É sempre um orgulho permanecer no clube do meu coração, no qual sempre me inspirei. Continuar no Sporting CP é um privilégio”, começou por sublinhar a jovem natural de Cascais aos meios de comunicação verdes e brancos, ela que foi a primeira atleta do surf do Clube e, desde então, viu outros surfistas juntarem-se a ela numa aposta clara do Sporting CP nesta modalidade.

“Fui a primeira surfista do Sporting CP, mas hoje já não sou a única felizmente. Sabe sempre bem ter mais atletas nesta grande modalidade, que ainda é recente mas que faz todo o sentido. Tenho vindo a demonstrar a Leoa que sou, quer seja em Portugal ou lá fora, e estou muito orgulhosa”.

No último ano, Teresa Bonvalot tem alcançado alguns dos melhores resultados da já longa carreira que tem vindo a construir, sendo que no final de 2022 ficou muito perto de conseguir pela primeira vez na história do surf feminino nacional a qualificação para o circuito Mundial.

“É a demonstração da Leoa que sou. Ouço muitas vezes a minha mãe a utilizar essa expressão, que acaba por ser verdade. É isso que demonstro e é com essa garra que quero que as pessoas olhem para mim. Poder representar o Sporting CP pelo mundo fora sabe sempre muito bem”.

A Leoa já levou para o Museu Sporting alguns troféus, entre os quais o primeiro Campeonato Nacional do Clube, algo que a deixa muito orgulhosa mas, ao mesmo tempo, com vontade de fazer mais. “Quantos mais títulos trouxer, melhor. Será um bom sinal ter o Museu cada vez mais cheio na parte dedicada ao surf. É com esse objectivo que trabalho para que um dia mais tarde tenham de aumentar o espaço do surf. É com essa mentalidade que acordo todos os dias”, frisou.

Para a surfista, o papel que o Sporting CP tem desempenhado na divulgação da modalidade tem sido capital. “O surf é um desporto que todos conseguem praticar e que traz felicidade, saímos de dentro de água mais leves. Fez todo o sentido o Sporting CP entrar nesta modalidade porque acaba por trazer um desporto praticado no meio da natureza, em que és só tu e o mar. É mais uma forma de trazer esta simplicidade de uma modalidade que traz uma felicidade enorme”.

Quanto ao futuro, Teresa Bonvalot já tem os próximos objectivos bem definidos. “Vêm aí muitas coisas. Arranco agora para a Austrália para disputar os dois primeiros eventos das Challenger Series, que marcam o início da época, e logo a seguir vou com a selecção nacional para El Salvador, para os Jogos Mundiais da ISA, onde vão ser disputadas vagas para os Jogos Olímpicos”, salientou, ela que foi a primeira atleta do Sporting CP a carimbar uma vaga para 2024, em Paris.

“É um grande orgulho já estar confirmada nos meus segundos Jogos Olímpicos, é um sonho tornado realidade. Agora é trabalhar e focar-me nesse grande objectivo e aproveitar ao máximo já que estou dentro e sei isso de forma antecipada. Vou utilizar esse tempo para treinar e apanhar boas ondas no Taiti”, afirmou, em referência ao local onde se vai realizar a prova Olímpica do surf.

A fechar, Teresa Bonvalot enviou uma mensagem aos Sportinguistas, deixando-lhes um pedido: “Continuem a apoiar o Sporting CP e a modalidade do surf. Fico à vossa espera dentro de água”.

1 Curtiu