Sporting a arder com dois milhões

A rescisão unilateral de contrato de Costinha com o Dínamo de Moscovo, reclamada pelo internacional português pela alegada existência de salários em atraso, não constituiu um caso isolado quanto a processos por regularizar envolvendo o clube da capital russa e os agentes do futebol português. O primeiro a queixar-se à FIFA da falta de pagamento dos moscovitas foi o Sporting, que, como A BOLA adiantou a 18 de Março, reclamou para a organização que superintende o futebol mundial da falta de liquidação de uma prestação relativa à transferência do central internacional nigeriano Joseph Enakarhire para o Dínamo, em Julho de 2005. Em causa está, apurámos, um valor de dois milhões de euros, relativo apenas ao processo do nigeriano — nada há em atraso quanto à transferência do luso-venezuelano Danny, que trocou igualmente os leões pelos moscovitas, em Janeiro do ano transacto. Moscovitas já foram notificados pela FIFA

Fontes do clube de Alvalade confirmaram ontem ao nosso jornal que a queixa leonina seguiu para a Comissão do Estatuto do Jogador da FIFA «há muito tempo, mais de um mês», havendo a confirmação, no Sporting, por parte da FIFA, que a referida comissão já notificou oficialmente o Dínamo de Moscovo da verba em dívida, de um total de seis milhões de euros que custou a transferência. Até ontem, a verba não chegou aos cofres leoninos, e dentro dos trâmites habituais, caso o Dínamo continue sem regularizar esta importância, o processo transitará para a Comissão Disciplinar da FIFA, sob a alçada da qual os moscovitas arriscam uma sanção bem mais pesada. Também o FC Porto já fez seguir para a FIFA uma queixa por alegados incumprimentos contratuais no que respeita a pagamentos, mas por uma verba que se admite ser bastante mais elevada do que a reclamada pelo Sporting, dados os muitos jogadores que trocaram os dragões pelo Dínamo — Nuno, Costinha, Derlei, Maniche… — e por montantes bem mais substanciais.

Já não chega vendermos os nossos jogadores a preço de saldo como ainda não recebemos a totalidade. Que tristeza.

Já não chega vendermos os nossos jogadores a preço de saldo como ainda não recebemos a totalidade. Que tristeza.

Bem isto não é bem culpa nossa, e não se pode culpar ninguem no Sporting por isto.

O que se em de fazer agora é o que se está a fazer, queixas para as entidades competentes e esperar a resolução do caso, ou o retorno do Jogador.

Não sei como funciona isto, mas ele foi vendido por 6 Milhões, eles devem-nos 2 Milhões. Se eles não conseguirem pagar, terão de devolver o Jogador … isso significará que ganhamos 4 Milhões e o Jogador ?

Alguem ? :smiley:

Não, acho que a solução passará sempre por uma compensação financeira e/ou sanções desportivas. O Sporting receberá sempre os 2 milhões mais juros e se o caso chegar à comissão disciplinar da UEFA muito provavelmente irá receber muito mais, pois eles não costumam facilitar. Pode é demorar algum tempo, é só ver como foi com o Nápoles que não pagou a última prestação do Vidigal.

Se para além desses 2 milhões (quantia que já se encontra em atraso) o Sporting ainda tem a receber mais, não faço ideia. Por aquilo que percebi eram 3 prestações de 2 milhões cada, não sei se já recebemos as outras duas…

Venha de lá o Derlei e mais um milhão e não se fala mais nisso.

Venha de lá o Derlei e mais um milhão e não se fala mais nisso.

:lol: :lol: :lol:

Uma tipica resposta à Bruno Nogueira.
Pessoalmente venha é os dois milhões… com juros! :arrow: :lol:

Ou então venham de lá os 2 milhões com o Derlei e a malta esquece os juros… :lol: :arrow:

…pelo que ouvi o fcporco tambem esta a arder com muito dinheiro…e atendendo que venderam aos russos 4 jogadores…ainda devem ser uns milhoes valentes !
…mas ja dix o ditado…com o mal dos outros podemos nos bem

Resta saber que prestação era esta, se a 1ª, ou a última. Concerteza será a última prestação.

2 milhões + juros + o que for …