Rolando - FC Porto - Paulo Teixeira

Desculpem criar um novo tópico (a frutaria tá fechada?), mudem se for preciso.

O seguinte é escrito por Paulo Teixeira no seu Facebook: https://www.facebook.com/note.php?note_id=10204497863266694

Muita gente perguntando o que ocorreu na sexta-feira 11 no saguão do hotel Tiara Park Atlantic, na cidade do Porto, após a notícia veiculada pelo jornal Correio da Manhã. Vou contar a minha versão dos fatos. Seguinte: Peppino Tirri, mandatado pela AS Roma , João José (o Jota), representante de Rolando e eu, uomo-mercato desta operação, traçávamos uma deliciosa feijoada no restaurante Alto Astral, contíguo ao hotel. Na impossibilidade de encontrar o diretor-geral do FC Porto, Antero Henrique, para lhe apresentar a proposta do clube italiano, sugeri ao Jota: - Já que o presidente Pinto da Costa te disse que ele tomou o comando desta operação e não queria Anteros nela, liga então pra ele. Jota saiu do restaurante e ligou pro homem. Voltou lívido. - Liguei e disse ao presidente que estávamos a almoçar aqui ao lado, que tinha um clube e precisava falar com ele. Ele perguntou qual era o valor da proposta, falei 4 milhões. Ele respondeu que o Rolando só saía por 10. Fomos para o hotel, Jota e eu sentamos no saguão. Pouco depois, Alexandre Pinto da Costa e seu fiel escudeiro (e sócio) Pedro Pinho, entram e dirigem-se à nossa mesa. Fiquei surpreso. Quem os tinha chamado? A cidade do Porto tem 371 hóteis repertoriados, como souberam que estávamos neste? Primeira cobrança do fiel escudeiro, dirigida a Jota: - Porque é que o mandato do Besiktas veio em nome do Paulo Teixeira (efetivamente, no início de junho o clube turco autorizou-me a fechar o Rolando e esse mandato eu havia-o transmitido ao Alexandre). Explicação dada, dirigi-me ao Alexandre: - O Peppino tá descendo do quarto. Segunda cobrança (Alexandre), desta vez dirigida ao Peppino: - Então tu vens a Portugal e não me dizes nada????? Resposta do italiano: - E tu, quando vais a Milão, ligas pra mim? Não vou com a tua cara, és muito arrogante. A conversa prosseguiu por quase duas horas, versando sobre Antero Henrique e seus supostos negócios paralelos, seu agente de confiança Mohamed Afzal e - muito - sobre o atacante colombiano Jackson Martinez. Alexandre: - O Pompeo (empresário do Jackson) não foi sério. Reunimos-nos todos naquela noite (janeiro) no vosso hotel, fechamos um acordo e depois ele foi-se juntar ao Afzal. Mas fiquem a saber de uma coisa. Ele ainda vai ter que vir comer na minha mão, porque o último a assinar a saída do jogador é o meu pai. Sobre Rolando, disse o Alexandre: - O jogador faltou ao respeito ao meu pai. Foi-lhe dito que ia ser o capitão, que o clube contava com ele. O Porto queria renovar-lhe o contrato por mais quatro anos, imaginem a comissão. Resposta do Jota: - Rolando não faltou ao respeito a ninguém. Teu pai foi educadamente informado que ele não queria ficar mais, que o ciclo dele no clube estava encerrado. Pelos vistos, ninguém o quis ouvir... Pra fazer a história curta, já em tempo de despedidas. Alexandre: - Então digam lá ao Afzal que traga 10 milhões e depois vá resolver com o meu pai. Afastou-se e voltou, repetindo a mesma coisa. Afastou-se de novo e retornou, dedo em riste, dizendo a mesma coisa. O sangue subiu, meu fio cruzou, entrei em curto. E falei: - Olha aqui, Alexandre, tu és um mentiroso do caralho. Em janeiro pediste-me que te trouxesse o agente do Jackson, que tinhas um clube na Inglaterra pra ele. Eu trouxe. Tu tinhas porra nenhuma. Entrou na dança o fiel escudeiro, empurra pra lá, empurra pra cá. Briga é assim mesmo, se dá e se leva. Solicitei as imagens do circuito interno de segurança, tira-teima. Mas o pior foi na rua, pra onde os arruaceiros foram levados pela segurança do hotel. Enquanto o fiel escudeiro me chamava de 'preto' o predador intelectual urlava: - Na minha cidade???? Eu mando aqui quatro tipos pra acabar com ele. Consta lá na queixa-crime. Entretanto, tocou o celular e o Alexandre gritava: - Pai, não sabes com quem o Jota se meteu. Com uns V-A-G-A-B-U-N-D-O-S!

“guerra civil”… :drool:

O modus operandi do costume, portanto.

Sem chapada forte não são porco, logo se usar o samos porco tem que ser assim. :mrgreen:

Espetacular! :clap: :clap:

Agora a sério, que tristeza… ::slight_smile: ::slight_smile:

Quando o velho morrer o clube nao dura mais 1 ano…

Que decadência…

Uma nota para quem não sabe, o Mohamed Afzal que é tão falado neste episódio, é o empresário do Leonardo Jardim, e ex-cunhado do Antero Henrique.

Dentro do fcp está instalada uma guerra surda que coloca em confronto duas facções: a facção Antero contra a facção Alexandre Pinto da Costa.

Nos últimos tempos APC tem ganho poder dentro do clube, e terá sido esse o motivo pelo qual Leonardo Jardim foi vetado no fcp, quando se colocou em cima da mesa a necessidade de substituir Vitor Pereira, treinador que era próximo do Antero.

O regresso de Jorge Mendes aos negócios com o fcp dá-se pela mão de APC, ambos tomaram conta do futebol do clube. Antero foi chutado para canto, mas ainda tem muito poder nos corredores do Dragão, o PC é neste momento uma figura decorativa em termos de decisão, mas mantém muita influência no universo do clube, o que impede um golpe palaciano.

Mas pelo relato no inicio deste tópico, PC defende APC…então porque é que não corre com o Antero? Ele é suficientemente esperto para perceber que este monstro de 2 cabeças tem tudo para dar merd*. Assim resolvia já o problema da sucessão…ou será que ele não defende assim tanto o filho?

O Antero se for embora conta os podres todos , ainda por cima lampiao como ele é.

O Antero tem sido há mais de uma dezena de anos, o nº2 de PC, e sabes mais sobre o fcp a dormir que muitos que lá andam com os dois olhos abertos. O Antero só saí no dia que quiser sair.

Sabe muito sobre o fecepe e muito mesmo sobre o papa :arrow:

SL

O Antero já foi com os porcos?

Não. Ainda hoje aparece a dizer no Jogo que o Jasão Martins só sai pela cláusula. Deve ser mais um que o Pinto dá um euro para ajudar.

O Antero Henrique ainda só não foi chutado para canto porque no dia que for “forçado” a sair do FCP, vai sair com um par de dossiers, suficientes para prender um belo par de dezenas de gajos por lá…

Nem mais…

Se ele bufar também vai lá para dentro não?

O pior são as melicias, e um dia ainda aparece com os dentes arreganhados numa sargeta… Aquele gang do norte é perigoso.

E no dia seguinte aparecem os tais dossiers na PJ e em tudo o que são redacções deste país. Isto se ele tiver dois dedos de testa, e terá concerteza.

Os dirigentes do porco são pessoas bastante simpáticas, vesse neste caso. :twisted: