Que fazer a tantos craques????

O excelente trabalho que tem sido feito nos últimos anos na melhor academia do pais e das melhores do mundo faz com que neste momento o sporting nao tenha grande necessidade de fazer contratacoes como os nossos rivais e qualquer outro clube portugues.Até aí tudo bem…

Agora se formos ver a quantidade de grandes valores que nós temos a rodar e que estao nos júniores e até nos juvenis fica a pergunta como nós podemos tirar o melhor proveito dos nossos produtos.

Certo é que nao podemos ficar com todos mas tambem é certo que nao podemos deixar saír os miúdos sem tirar proveito deles.

Fica aqui uma lista com alguns jogadores que tem bastante valor para poder integrar o plantel principal já a curto prazo:

-M.Felgueiras
-J.Semedo
-P.Renato
-D.Carrico
-M.Lanca
-Adrien Silva
-Zezinando
-D.Amado
-Celestino
-Yannick P.
-J.Martins
-F.Paím
-D.Caiado
-Alison

Que fazer a tantos centrais e trincos desta enorme qualidade???

Sei bem que nao se pode ter um plantel só com produtos da academia mas o actual plantel pricipal mostra que estes miúdos merecem confianca e que vale muito mais a pena investir neles do que andar a gastar ordenados elevadissimos para Paredes,Farneruds, J.Alves ou Alecsandros…

P.s:Parabéns ao nosso Ricardo que hoje completa 31 aninhos!!!Grande Montijense!!!

bueno–) rua
alecx–) rua
alves–) rua
paredes–) rua
farne–)rua
garcia–)rua
tiago–) rua
roman–)rua
ronny–)emprestado

caiado–)in
alison—) in
carriço—)in
zezinando–)in
celestino—)in
paim—)in
andre pires–)in
Tiago pinto–)in
mario felgueiras–)in

Se fosse assim tao linear …

Tão e os empresarios não manda nada! :frowning:

a 1ª coisa a fazer era reativar a equipa B porque acabar com ela foi mais do que erro foi burrice…se o clube e formador da forma que o sporting e tem que ter equipa B.

Mas esta grande direcçao so viu o que se gastava em dinehiro esquecendo o resto e vai dai acabaou…mais uma vergonha a juntar a muitas outras.

Mas existe sempre outra hipotese…que e utilizar…a meu ver talvez o olivais e moscavide…e por la o putos todos a rodar…assim estariam num campeonato duro…com alguma competitividade…em lisboa…e seria ouro sobre azul.

Por fim e logico que o sporting nunca tera capacidade para ficar com todos os putos formados…mas devera sempre utilizar os mesmos para negocios com clube portugueses em que os devera enquadrar como moeda de troca nesses possiveis negocios a fim de dar menos dinheiro vivo.

Precisamente, Balakov.
Mais, deveríamos maximizar os rendimentos que a formação nos pode fornecer; os jogadores preteridos poderiam ser negociados de uma forma diferenciada:
1- no caso de internacionais B ou sub 21 esse facto, associado à condição de ex jogadores do SCP faz-me pensar que seria recomendável e rentável colocá-los em países estrangeiros. França, Bélgica e Suíça (que apresentam como factor de interesse acrescentado grandes comunidades de portugueses) são destinos plausíveis e potencialmente mais rentáveis do que Chipre ou Grécia, por ex. . Mas, como sabemos, até com clubes das segundas divisões inglesa, espanhola e italiana seria possivel fazer dinheiro com jogadores como Marcelino ou Lourenço, além disso dificultar a possibilidade de uma explosão atrasada de um deles num qualquer adversário nacional.
2- no caso dos internacionais das categorias juvenis, acho que essa maximização seria obtida utilizando-os como moeda de troca em negócios domésticos (coisa cada vez menos necessária e mais difícil - não percebo como é que tenha havido incúria ao ponto de levarmos bigodes de cretinos como o do Nacional), de preferência com iniciados ou juvenis prometedores de clubes pequenos. Eventuais excedentários poderiam - esses sim - ser objectos de tentativas de colocação nos mercados mais recentes e menos podero$o$: Chipre, Roménia, Escócia, Grécia…

Quanto à equipa B, não estou de acordo. Já se revelou improfícua sob um ponto de vista desportivo e é demasiado cara para as nossas finanças. Acho que uma política de empréstimos (que também deveria ser feita em troca de alguma coisa, opções sobre jogadores, por ex.) criteriosa, com critérios “geopolíticos” (que mirem a manutenção da implantação nacional da simpatia pelo clube e da influência do mesmo no contexto da Liga, privilegiando filiais como Sp. Covilhã e Farense, por ex. ou clubes com tradição e adeptos presentes e exigentes) a substitui com vantagens. Acrescento que sou a favor da concentração dos emprestados do 1º ano apenas num clube. Não faz sentido espalhar jogadores que jogam há 4-6 anos juntos por meia dúzia de clubes diferentes. Por motivos logísticos (condições de treino e vizinhança geográfica, boa para técnicos e adeptos verificarem permanentemente o rendimento) e nostálgicos (tradição própria e reforço da simpatia pelo clube na cidade e presença desta no contexto dos clubes profissionais) eu gostaria que isso acontecesse com o Atlético.

O Semedo que referes não é aquele que já está em Itállia (Cagliari?)?

Se referes o Diogo Amado,também tens obrigatoriamente que referir o Diogo Rosado. Estes 2 tem já lugar garantido nos séniores,como o Adrien e o Daniel Carriço.

Mas defesas direitos não há. Só André Nogueira, que não percebi porque foi emprestado ao esmoriz,quando podia perfeitamente competir na divisao de honra

Sinceramente, ter qualidade a mais nunca me preocupou :arrow:

Não vamos colocar miudos que nem pelos juniores ainda passaram para ganhar calo já nos séniores. Por maior qualidade que os miudos têm, terão sempre de ganhar calo, força fisica, levar algumas porradas e crescer sempre psicologicamente.

Vamos com calma.

O André Nogueira deixou de ser titular no Esmoriz .Perdi todas as ilusoes que tinha por este jogador …é só por isso que nao referi o nome dele.Pensei que tivesse lesionado mas ao que parece nao se adaptou bem ao futebol sénior.

O André Nogueira deixou de ser titular no Esmoriz .Perdi todas as ilusoes que tinha por este jogador ...é só por isso que nao referi o nome dele.Pensei que tivesse lesionado mas ao que parece nao se adaptou bem ao futebol sénior.

Tenho muitas esperanças no André Nogueira.

Pareceu-me ter muita qualidade tanto nos processos defensivos, como nos ofensivos.

Talvez esteja a demorar algum tempo na adaptação a um futebol mais viril, mas não podemos perder a esperança.

O André Nogueira deixou de ser titular no Esmoriz .Perdi todas as ilusoes que tinha por este jogador ...é só por isso que nao referi o nome dele.Pensei que tivesse lesionado mas ao que parece nao se adaptou bem ao futebol sénior.

Tenho muitas esperanças no André Nogueira.

Pareceu-me ter muita qualidade tanto nos processos defensivos, como nos ofensivos.

Talvez esteja a demorar algum tempo na adaptação a um futebol mais viril, mas não podemos perder a esperança.

Tambem vi am mesmas qualidades nesse jogador mas se nao joga no Esmoriz torna-se muito complicado mostrar o seu valor ao servico do sporting.
O seu valor nao está em causa…

o anderson do porto quando chegou fez uns jogos num escalão secundário, e dizia-se que era apenas mais um brasileiro…

O Anderson era só mais um brasileiro? Tens a certeza? Aquele que na altura se falou ser disputado pelos 3 grandes portugueses? Um miúdo que aos 16 anos era titular no Grêmio? Que foi um dos melhores jogadores do mundial de sub-17? Aquele que devido ao clube, à técnica e ligeira semelhança física era dito no Brasil como o novo Ronaldinho Gaúcho? Penso que estás muito enganado… Aliás o que se pensou na altura foi completamente o contrário, porque ele chegou com muita fama e rotulado de futuro Ronaldinho Gaúcho, tudo cheio de expectativas e depois quando chegou começaram a exigir dele, mas como é óbvio ele não se adaptou logo e começaram a cair-lhe em cima (típico no Porto). Mas o Anderson nunca foi “mais um brasileiro”.

Sobre o André Nogueira, ele era titular indiscutível no início da época, mas depois teve uma lesão algo prolongada segundo sei, e ficou afastado algum tempo, e depois como é óbvio demorou algum tempo a conseguir reentrar na equipa. Mas ultimamente, penso que ele tem sido suplente utilizado. Decerto que não demorará muito a regressar à titularidade.

Quanto à suposta falta de uma equipa B, não concordo. Acho sinceramente preferível esta política de empréstimos por várias razões:

  1. uma equipa B é muito dispendiosa

  2. lida com muitas sensibilidades, porque todos acham que têm de ser titulares

  3. os jogadores não estão motivados porque o plano competitivo português para equipas B é mau, uma vez que não lhes permite a subida de divisão

  4. os jogadores não crescem tanto enquanto homens e profissionais porque ao estarem na equipa B aquilo parece um prolongamento das camadas jovens, porque todos se conhecem e têm +/- a mesma idade e eles não sentem realmente aquele contacto com a “dura realidade” do futebol profissional e suas vicissitudes. Há portanto uma espécie de “infantilização” provocando uma estagnação da evolução e crescimento.

  5. ao invés, em equipas da Liga de Honra ou II Divisão eles chegam a clubes onde não conhecem ninguém e jogam ladeados de jogadores mais velhos e matreiros que lhes oferecem competitividade, e um corte com tudo aquilo que lhes parecia adquirido e que tinham na Academia, tomando assim contacto com aquilo que é de facto o futebol profissional. Para que quando cheguem ao plantel principal não sintam aquele “choque” e assim se adaptem fácil e rapidamente, sentindo-se mais à vontade. Bons exemplos disso mesmo: Yannick e Miguel Veloso, e também agora o Pereirinha, que entram na equipa principal sem grandes turbulências e começam a jogar com grande à vontade e sem parecerem nervosos.

Vantagem das equipas B: permitia que jogadores ainda em idade júnior ou mesmo juvenil de qualidade superior começassem a jogar mais cedo a um nível superior porque podiam subir à equipa B. Foram casos disso o Quaresma, o C. Ronaldo, o Hugo Viana, Yannick, Lourenço, Paulo Sérgio e Edgar Marcelino que assim não andavam a empatar nos juniores e andavam logo num nível superior. Mas esse problema também tem vindo a ser colmatado no Sporting, porque esta época por exemplo o Pereirinha e o Paim mesmo sendo juniores foram emprestados, e o Rui Patrício e o Carriço foram integrados no plantel principal, treinando durante a semana com os grandes e depois jogando ao fim-de-semana com os juniores.

Acho que as coisas são ainda mais complicadas, porque aos nomes indicados no 1º post tem que se juntar uma carrada de outros (uns melhores, outros nem por isso) que andam espalhados por aí.

Correndo o risco de ser fastidioso, temos qualquer coisa como:

23 jogadores no plantel principal, dos quais pelo menos 2 em fim de contrato e 3 em fim de empréstimo (e estas são as boas noticias), 25 jogadores emprestados (desconheço quantos em fim de contrato mas admito que sejam à volta de 4 ou 5), 8 (pelo menos) júniores de ultimo ano e 18 juniores, alguns já com contrato profissional.

Se a estes juntarmos os juvenis que começam a aparecer numa perspectiva lógica de planeamento a 3/4 anos as coisas ainda se complicam mais.

E mais problemático se torna, em termos de gestão e estabilidade, quando olhando para os jogadores se nota mais qualidade nos que sobem do que nos que temos emprestados e até no plantel principal.

Pessoalmente se dum ponto de vista sonhador gostava de ver muitos dos novos seniores e dos emprestados do ultimo ano no plantel, por outro lado percebo que tal é difícil! Concerteza que gostava de ver o Patricio, Carriço, Zezinando, Caiado, Celestino, etc. a tomarem o lugar de Tiago, Garcia, Paredes, Tello, Alecsandro, etc., possivelmente num plantel mais equilibrado e com mais soluções mas muito (e o nosso plantel já sofre com isso) mais imaturo mas parece-me claramente uma revolução improvável!

Para quem tiver paciência aqui fica a lista dos que tenho vindo a apurar.

Aproveitem para projectar um plantel para 2007/2008!

Legenda:
Nome-Posição-Idade-Estatuto (C=c/contrato, FC=final de contrato, FE=final de empréstimo, E=emprestado, UAJ=ultimo ano de júnior, J=junior, JV=juvenil

Ricardo-GR-31-C
Tiago-GR-32-FC
Rui Patricio-GR-19-UAJ
Mário Felgueiras -GR-21-E(Espinho)
Nuno Santos -GR-29-E(Guimarães)
Tiago Jorge-GR-19-UAJ
André Martins-GR-18-J
Abel-DD-29-C
Miguel Garcia-DD-24-C
André Nogueira -DD-??-E(Esmoriz)
Jorge Teixeira-DD-??-E(Odivelas)
João Gonçalves-DD-??-J
Vasco Campos-DD-??-J
Marco Caneira-DE-28-C
Rodrigo Tello-DE-28-FC
Ronny-DE-21-C
André Marques -DE-20-E(Olivais)
Tiago Pinto-DE-19-UAJ
Rui Figueiredo-DE-??-J
Tonel-DC-27-C
Andersson Polga -DC-28-C
Miguel Veloso -DC-21-C
Carlos Marques-DC-24-E(Olivais)
Semedo-DC-22-E(Cagliari)
Miguel Ângelo -DC-23-E(Trofense)
Paulo Renato-DC-??-E(Real Massamá)
Emidio Rafael-DC-??-E(Real Massamá)
Daniel Carriço-DC-19-UAJ
Marco Lança-DC-??-J
David Santos-DC-??-J
Jorge Abreu-DC-??-J
Tiago Pedrosa-DC-??-J
Jorge Abreu-D-??-J
Custódio Castro-MD-24-C
Carlos Paredes-MD-31-C
Zezinando-MD-20-E(Estoril)
Luis Loureiro-MD-31-E(Estrela)
Labarthe-MD-23-E(Setúbal)
João Martins-MD-19-UAJ
João Moutinho-M-21-C
Carlos Martins-M-25-C
Nani-M-21-C
Bruno Pereirinha-M-19-C
Pontus Farnerud-M-27-C
João Alves-M-27-C
Romagnoli-M-26-FE
Pedro Celestino -M-20-E(Olivais)
Fernando Ferreira-M-??-E(Espinho)
André Pires-M-19-UAJ
Adrien Silva-M-18-J
André Santos-M-??-J
Yannick Pupo-M-19-UAJ
Rui Lopes-M-??-J
David Caiado -E-20-E(Estoril)
Rudolph Douala-E-29-E(Portsmouth)
Fábio Paim-E-19-E(Olivais)
Paulo Sérgio -E-23-E(Aves)
Wender-E-32-E(??)(Braga)
Alison Almeida-E-19-UAJ
Marco Matias-E-??-J
Vivaldo Arrais-E-??-J
Liedson -AV-30-C
Yanick Djaló-AV-21-C
Alecsandro-AV-26-FE
Carlos Bueno-AV-27-FE
Mauricio Pinilla-AV-23-E(Hearts)
Silvestre Varela -AV-22-E(Setúbal)
Rui Fonte-AV-17-E(Arsenal)
Carlos Saleiro-AV-21-Em(Olivais)
Tomané -AV-20-E(Barreirense)
Ricardo Nogueira-AV-??-J
André Cacito-AV-??-J
Bruno Matias-AV-??-J
Sebastião Nogueira-AV-??-J
Diogo Amado-MD-17-JV
Diogo Viana-E-17-JV
Diogo Rosado-M-17-JV
Wilson Eduardo-AV-17-JV
André Martins-M-??-JV
Michael Santos-DE-??-JV
Bruno Simões-DC-??-JV
Pedro Mendes-DC-??-JV
Filipe Paiva-DD-??-JV
William Carvalho-M-??-JV
Luis Andrade-E-??-JV
André Sousa-M-??-JV
André Gonçalo-E-??-JV

por isto é que defendo que os junioes deviam ser até aos 23 anos.

Isso de juniores até aos 23 anos é como bébés até aos 18 anos e adolescentes até aos 40, há mas não vão muito longe :stuck_out_tongue:

Se assim fosse, então a infantilização ainda era maior. Os jogadores têm carreiras curtas que duram com muito fulgor até aos 32 anos mais ou menos. Portanto sendo juniores até aos 23 anos era um exagero e pior do que isso os clubes não tinham como sustentar-se. A idade de juniores está muito bem até onde está. Um jogador torna-se sénior aos 19 anos, o que significa que já atingiu a maioridade e também que mesmo que tenha chumbado um ano já tem o 12º completo. Está perfeito tal como está. Agora as alterações que se devem fazer são ao nível das equipas B ou reservas dos clubes. Ou bem que se põe como em Espanha onde as equipas B’s só não podem jogar na 1ª divisão. Ou então criam-se campeonatos de reservas como existem na Inglaterra, França, Alemanha, etc. Eu sou a favor da 1ª hipótese.

Eu sou a favor de um misto.
Deveria haver um campeonato de equipas B’s ou Reservas que disputariam um campeonato entre si.
As 2 primeiras poderiam ter acesso a uma divisão nacional e poderiam subir até à 2ª divisão e entrar em jogos da taça.

O ideal seria o campeonato de reservas ser disputado a meio da semana para poder aproveitar-se alguns jogadores para as equipas principais no fim-de-semana.

Deveria haver restrições de estrangeiros tal como nas equipas B’s mas não deveria haver restrições de idades. Deveria haver obrigatoriedade de apresentar um número mínimo de jogadores portugueses com menos de 21 anos.

Acho que as coisas são ainda mais complicadas, porque aos nomes indicados no 1º post tem que se juntar uma carrada de outros (uns melhores, outros nem por isso) que andam espalhados por aí.

Correndo o risco de ser fastidioso, temos qualquer coisa como:

23 jogadores no plantel principal, dos quais pelo menos 2 em fim de contrato e 3 em fim de empréstimo (e estas são as boas noticias), 25 jogadores emprestados (desconheço quantos em fim de contrato mas admito que sejam à volta de 4 ou 5), 8 (pelo menos) júniores de ultimo ano e 18 juniores, alguns já com contrato profissional.

Se a estes juntarmos os juvenis que começam a aparecer numa perspectiva lógica de planeamento a 3/4 anos as coisas ainda se complicam mais.

E mais problemático se torna, em termos de gestão e estabilidade, quando olhando para os jogadores se nota mais qualidade nos que sobem do que nos que temos emprestados e até no plantel principal.

Pessoalmente se dum ponto de vista sonhador gostava de ver muitos dos novos seniores e dos emprestados do ultimo ano no plantel, por outro lado percebo que tal é difícil! Concerteza que gostava de ver o Patricio, Carriço, Zezinando, Caiado, Celestino, etc. a tomarem o lugar de Tiago, Garcia, Paredes, Tello, Alecsandro, etc., possivelmente num plantel mais equilibrado e com mais soluções mas muito (e o nosso plantel já sofre com isso) mais imaturo mas parece-me claramente uma revolução improvável!

Para quem tiver paciência aqui fica a lista dos que tenho vindo a apurar.

Aproveitem para projectar um plantel para 2007/2008!

Legenda:
Nome-Posição-Idade-Estatuto (C=c/contrato, FC=final de contrato, FE=final de empréstimo, E=emprestado, UAJ=ultimo ano de júnior, J=junior, JV=juvenil

Ricardo-GR-31-C
Tiago-GR-32-FC
Rui Patricio-GR-19-UAJ
Mário Felgueiras -GR-21-E(Espinho)
Nuno Santos -GR-29-E(Guimarães)
Tiago Jorge-GR-19-UAJ
André Martins-GR-18-J
Abel-DD-29-C
Miguel Garcia-DD-24-C
André Nogueira -DD-??-E(Esmoriz)
Jorge Teixeira-DD-??-E(Odivelas)
João Gonçalves-DD-??-J
Vasco Campos-DD-??-J
Marco Caneira-DE-28-C
Rodrigo Tello-DE-28-FC
Ronny-DE-21-C
André Marques -DE-20-E(Olivais)
Tiago Pinto-DE-19-UAJ
Rui Figueiredo-DE-??-J
Tonel-DC-27-C
Andersson Polga -DC-28-C
Miguel Veloso -DC-21-C
Carlos Marques-DC-24-E(Olivais)
Semedo-DC-22-E(Cagliari)
Miguel Ângelo -DC-23-E(Trofense)
Paulo Renato-DC-??-E(Real Massamá)
Emidio Rafael-DC-??-E(Real Massamá)
Daniel Carriço-DC-19-UAJ
Marco Lança-DC-??-J
David Santos-DC-??-J
Jorge Abreu-DC-??-J
Tiago Pedrosa-DC-??-J
Jorge Abreu-D-??-J
Custódio Castro-MD-24-C
Carlos Paredes-MD-31-C
Zezinando-MD-20-E(Estoril)
Luis Loureiro-MD-31-E(Estrela)
Labarthe-MD-23-E(Setúbal)
João Martins-MD-19-UAJ
João Moutinho-M-21-C
Carlos Martins-M-25-C
Nani-M-21-C
Bruno Pereirinha-M-19-C
Pontus Farnerud-M-27-C
João Alves-M-27-C
Romagnoli-M-26-FE
Pedro Celestino -M-20-E(Olivais)
Fernando Ferreira-M-??-E(Espinho)
André Pires-M-19-UAJ
Adrien Silva-M-18-J
André Santos-M-??-J
Yannick Pupo-M-19-UAJ
Rui Lopes-M-??-J
David Caiado -E-20-E(Estoril)
Rudolph Douala-E-29-E(Portsmouth)
Fábio Paim-E-19-E(Olivais)
Paulo Sérgio -E-23-E(Aves)
Wender-E-32-E(??)(Braga)
Alison Almeida-E-19-UAJ
Marco Matias-E-??-J
Vivaldo Arrais-E-??-J
Liedson -AV-30-C
Yanick Djaló-AV-21-C
Alecsandro-AV-26-FE
Carlos Bueno-AV-27-FE
Mauricio Pinilla-AV-23-E(Hearts)
Silvestre Varela -AV-22-E(Setúbal)
Rui Fonte-AV-17-E(Arsenal)
Carlos Saleiro-AV-21-Em(Olivais)
Tomané -AV-20-E(Barreirense)
Ricardo Nogueira-AV-??-J
André Cacito-AV-??-J
Bruno Matias-AV-??-J
Sebastião Nogueira-AV-??-J
Diogo Amado-MD-17-JV
Diogo Viana-E-17-JV
Diogo Rosado-M-17-JV
Wilson Eduardo-AV-17-JV
André Martins-M-??-JV
Michael Santos-DE-??-JV
Bruno Simões-DC-??-JV
Pedro Mendes-DC-??-JV
Filipe Paiva-DD-??-JV
William Carvalho-M-??-JV
Luis Andrade-E-??-JV
André Sousa-M-??-JV
André Gonçalo-E-??-JV

Psilva vou falar do que penso estar mais informado.
O Nuno Santos nunca será guarda redes para o Sporting.
Wender e Paulo Sérgio não devem voltar
WIlliam Carvalho é iniciado A,ou seja,nasceu em 1992,portanto so a longo prazo poderá constituir hipótese. O André Gonçalo é suplente dos juvenis,por isso não me parece suficientemente bom para vir a singrar,embora possa estar enganado.
Pinilla,Loureiro,Labarthe e Douala também não devem voltar.
O Rui Fonte,infelizmente,esquece! Está a brilhar no Arsenal e por lá ficará.

Assim reduzes já uma parte da lista