Pra senil nâo está mal.

Sporting «Não comprometo o meu voto» (Dias da Cunha) Dias da Cunha marcou presença, esta noite, na reunião do Conselho Leonino. Pela primeira vez, desde que deixou a presidência do Sporting, falou à comunicação social, escusou-se a revelar o sentido do seu voto nas próximas eleições, mas sempre adiantou que tem confiança em Soares Franco.

ASF
Após um período de silêncio, Dias da Cunha aproveitou a presença na reunião do Conselho Leonino para proferir algumas palavras. Questionado sobre se apoia Filipe Soares Franco nas próximas eleições, que deverão ocorrer em Maio, o ex-presidente do Sporting afirmou: «Não estamos a falar de eleições. Vou aguardar que os candidatos apresentem os seus programas e só depois me pronunciarei sobre os mesmos. Filipe Soares Franco era o meu presidente substituto e se me perguntarem se tenho confiança nele, a resposta é sim. Quanto a eleições, não comprometo o meu voto. Espero que os candidatos apresentem os seus programas.»

Quanto à situação financeira do Sporting, Dias da Cunha esclareceu: «O Sporting fez acordos com os dois bancos que o apoiam há muito tempo, em Março de 2005. São o resultado de um trabalho muito sério, que escalpelizou a vida do Sporting e projectou a vida do clube durante vários anos. Não há qualquer razão para que esses acordos sejam postos em dúvida.»

Vem aí o «derby» com o Benfica, sábado (19.45 h) no Estádio da Luz… Dias da Cunha considera que «o Sporting tem sempre condições para vencer», mas logo acrescenta que os resultados destes jogos «são imprevisíveis». «A origem do termo derby significa um jogo entre rivais vizinhos, mas um Sporting-Benfica é muito mais que isso… É uma rivalidade a nível nacional, porque são os dois únicos clubes com dimensão nacional», rematou o ex-presidente leonino.

Vou aguardar que os candidatos apresentem os seus programas e só depois me pronunciarei sobre os mesmos.

E mainada :!:

E agora passo a palavra a quem tenha ideias e coragem.

Pois o pior é que ninguém se chega à frente com coragem e capacidade de dar um novo rumo ao clube, ao abrir o jornal só vejo este e aquele a apoiar o FSF, já tive esperançado que as coisas iam mudar com as eleições neste momento acho que vai ficar tudo na mesma depois de maio

Sporting «Não comprometo o meu voto» (Dias da Cunha) Dias da Cunha marcou presença, esta noite, na reunião do Conselho Leonino. Pela primeira vez, desde que deixou a presidência do Sporting, falou à comunicação social, escusou-se a revelar o sentido do seu voto nas próximas eleições, mas sempre adiantou que tem confiança em Soares Franco.

ASF
Após um período de silêncio, Dias da Cunha aproveitou a presença na reunião do Conselho Leonino para proferir algumas palavras. Questionado sobre se apoia Filipe Soares Franco nas próximas eleições, que deverão ocorrer em Maio, o ex-presidente do Sporting afirmou: «Não estamos a falar de eleições. Vou aguardar que os candidatos apresentem os seus programas e só depois me pronunciarei sobre os mesmos. Filipe Soares Franco era o meu presidente substituto e se me perguntarem se tenho confiança nele, a resposta é sim. Quanto a eleições, não comprometo o meu voto. Espero que os candidatos apresentem os seus programas.»

Quanto à situação financeira do Sporting, Dias da Cunha esclareceu: «O Sporting fez acordos com os dois bancos que o apoiam há muito tempo, em Março de 2005. São o resultado de um trabalho muito sério, que escalpelizou a vida do Sporting e projectou a vida do clube durante vários anos. Não há qualquer razão para que esses acordos sejam postos em dúvida.»

Vem aí o «derby» com o Benfica, sábado (19.45 h) no Estádio da Luz… Dias da Cunha considera que «o Sporting tem sempre condições para vencer», mas logo acrescenta que os resultados destes jogos «são imprevisíveis». «A origem do termo derby significa um jogo entre rivais vizinhos, mas um Sporting-Benfica é muito mais que isso… É uma rivalidade a nível nacional, porque são os dois únicos clubes com dimensão nacional», rematou o ex-presidente leonino.

Vou aguardar que os candidatos apresentem os seus programas e só depois me pronunciarei sobre os mesmos.

E mainada :!:

E agora passo a palavra a quem tenha ideias e coragem.

  1. é verdade não desgostei, mas também disse que estamos dependentes dos Bancos para vários anos (como já se sabia) e deixou subentendido que é pouco viável o Sporting não apostar na continuidade por causa dos compromissos, enfim :cry:

Não só os bancos pois o Horta e Costa tb veio a público dar o contributo ao FSF, do qeu já sabemos ter sido um parceiro tb do SPORTING a Portugal Telecom, ou seja o problema deles é só o dinheiro que investiram !!

Calma , ainda a procissão vai no adro :arrow:

Muita coisa pode acontecer ainda ! Esperança.

Não só os bancos pois o Horta e Costa tb veio a público dar o contributo ao FSF, do qeu já sabemos ter sido um parceiro tb do SPORTING a Portugal Telecom, ou seja o problema deles é só o dinheiro que investiram !!

Isso é um equivoco… o Horta e Costa que manifestou apoio ao Soares Franco é o Carlos Horta e Costa que jé teve um cargo qualquer no Sporting. O presidente (de saída) da PT é o Miguel Horta e Costa e que eu saiba não se pronunciou sobre isso. E não me parece que a PT influa muito no rumo do clube…

Quanto ao DC e o seu possível não apoio ao FSF (que não acredito) - zangam-se as comadres… :slight_smile:

Não só os bancos pois o Horta e Costa tb veio a público dar o contributo ao FSF, do qeu já sabemos ter sido um parceiro tb do SPORTING a Portugal Telecom, ou seja o problema deles é só o dinheiro que investiram !!

Isso é um equivoco… o Horta e Costa que manifestou apoio ao Soares Franco é o Carlos Horta e Costa que jé teve um cargo qualquer no Sporting. O presidente (de saída) da PT é o Miguel Horta e Costa e que eu saiba não se pronunciou sobre isso. E não me parece que a PT influa muito no rumo do clube…

Serlopes, Tens razão Pá :roll:, mas parecia que era o o gajo da PT! mas esse Miguel não faz parte do Conselho Leonino ???

Gostei de ouvir DdC mas não me deixo enganar.
É público que existiram divergências entre DdC e o Magnus Lampiu, eu interpreto esta cautela como resquício das mesmas e não como um súbito ganho de consciência de uma figura que foi sempre indefectível do Projecto e grande responsável pelo estado actual a que chegámos.

O plano é simples.
Está criado todo o movimento de apoio às ideias do Magnus Lampiu, o Conselho Leonino foi comprado ontem, a assembleia geral será já em seguida e as eleições em Maio. Até maio certamente vão já fechar algumas vendas, o que será a machadada final na possibilidade de outras alternativas avançarem, criando a ideia de que o futuro está comprometido com o Magnus e assustando assim as alternativas.

O futuro está hipotecado, resta saber se irremediavelmente mas a nojenta corrente concertada que surge neste momento em torno do Magnus não vai dar hipótese ou vai vender mto cara uma eventual afronta. Eles simplesmente não podem perder o barco, estão comprometidos com os bancos até ao pescoço.

Pela minha parte mantenho a mesma intenção: não desistirei sem cumprir a minha obrigação. Estarei atento à assembleia e mantenho a intenção de me juntar a mais sócios e conseguir que um de nós exprima toda uma preocupação/balanço sobre as novas intenções e o que foi o projecto nestes anos afirmando abertura a decisões difíceis mas apenas após a saída desta gente, caso o regulamento da assembleia o permita fazer.

Se assim não acontecer adeus, com muita mágoa envio o meu cartão acompanhado de uma carta após as eleições de candidato único, após 26 anos sem parar a ajudar o clube mesmo contra as minhas convicções.

Não só os bancos pois o Horta e Costa tb veio a público dar o contributo ao FSF, do qeu já sabemos ter sido um parceiro tb do SPORTING a Portugal Telecom, ou seja o problema deles é só o dinheiro que investiram !!

Esse é outro :). Pelo que me disseram saiu de lá na véspera de apresentação de um dos relatórios de contas mais problemáticos de sempre, da sua gestão, sendo uma das faces das asneiradas do projecto. Agora envia comunicados convenientes disponibilizando apoio (e não só) após sair dos CTT.

All in the family.

Não percebi essa do Sporting-Benfica! :slight_smile: Não é Benfica-Sporting? Enfim. Agora até tem medo de dizer que é em casa dos lamps. Quem o viu e quem o vê. :slight_smile:

Não só os bancos pois o Horta e Costa tb veio a público dar o contributo ao FSF, do qeu já sabemos ter sido um parceiro tb do SPORTING a Portugal Telecom, ou seja o problema deles é só o dinheiro que investiram !!

Isso é um equivoco… o Horta e Costa que manifestou apoio ao Soares Franco é o Carlos Horta e Costa que jé teve um cargo qualquer no Sporting. O presidente (de saída) da PT é o Miguel Horta e Costa e que eu saiba não se pronunciou sobre isso. E não me parece que a PT influa muito no rumo do clube…

Serlopes, Tens razão Pá :roll:, mas parecia que era o o gajo da PT! mas esse Miguel não faz parte do Conselho Leonino ???


Acho que são os 2 irmãos.
São os 2 Sportinguistas e já tiveram cargos anteriores no Sporting.