Nuno Sousa confirmou que será candidato a Presidente do Sporting

alguem que se candidate fora de lisboa ja ganha pontos comigo , o lion73 dar aval positivo tambem mas so vendo projetos e elementos componentes da candidatura , no sporting tem se visto tanto teatrinho um dia inimigos outro dia amigos , interesses convergentes e não os do clube , metem alguem que parece idonio ou tenha aura de grande sportinguista para sacar votos nas candidaturas e depois ja foste , o sensato espera sentado e desconfiando

2 Curtiram

Estás-te a referir ao Nuno Sousa, certo ?

No mínimo podem esperar alguém qye sempre respirou Sporting, alguém informado, alguém que leva a sério o ecletismo, o associativismo e a transparência. Isto, eu sei.

3 Curtiram

sabe me dizer se ele e de ceder a lobbys , chantagens sendo pessoa de consenco ou se e destemido . melhor se ele se sabe movimentar pela inteligencia , geririndo as expetativas e salvaguardando sempre o cllube pela paixão

Apaixonado pelo clube é. E inteligente também. Devo dizer q sou certamente mais “radical” que ele, para o bem e para o mal…
:joy:

1 Curtiu

obrigado pela resposta , que apareçam mais apaixonados como nuno sousa , no fim escolhemos

A amostra dos textos que escreve é muito fraca.
Não faz jus ao que os “amigos” aqui descrevem dele de defesa intransigente do Sporting.
Depois de tudo o que já li dele, será para mim surpreendente se sequer conseguir as assinaturas que precisa.

Parece estar aqui o candidato do grupo do Leonino. Já se sabia que estava disposto a avançar mas esperava que fizesse parte de uma candidatura com um rosto mais forte (Miguel Albuquerque por exemplo).

É fraca, presumo, por ser crítica à direcção. É que só pode.

Registei os “amigos”.

2 Curtiram

Não confio em quem se rodeia mal sobre questões do clube. No dia da manif da escadaria eu encontrei o Nuno no Alvaláxia a espreitar o ambiente. Perguntei a ele : Vais á manif?..Não respondeu , mas perguntou se tinha visto a mãe da laranjo ou a irmã.
Anda sempre com os Leais Que nunca explicaram porque o recurso ao tribunal nada deu. Eu fui um dos que contribui para o facto. Também há quem tenha comprado cachecóis dos leais e nada viu… Também sei que aceita falar com gente como o tio Richi. A questão é confiar . E não confio… Nem nele ,nem no Carlos Vieira. Votarei em quem tiver coragem de assumir publicamente penalizar em tribunal quem fez mal ao clube. Espero que no dia 23 o faça em assembleia. Mostre ■■■■■■■ e sem receios.

Não. Presumes mal. É fraca porque se limita a disparar para o ar, não é minimamente objectivo ou construtivo e está constantemente a criar fantasmas do nada.
E porque ao contrário do que alguns maluquinhos acham, a mim não me interessa FV ou ninguém em concreto, interessa-me repetir épocas como a anterior a nível desportivo e melhorar substancialmente a situação financeira. NADA do que o Nuno Sousa disse ou escreveu até agora, apesar de um exagerado tempo de antena que tem, me faz crer que tem a mínima capacidade para tal.

Vejamos as suas ideias:

  1. Manutenção do capital da SAD - partilhada com FV.
  2. Promover a formação e o ecleticismo - Boa! Raramente tivemos tanta envolvência entre formação e equipa principal e a época passada foi recheda de titulos nas modalidades com orçamentos mais baixos.

Se souberes mais e quiseres partilhar, acho que fazes um melhor serviço ao amigo (sem aspas desta vez, para não te poluir o livro de registos) do que presunções precipitadas.

Almocei 2 vezes com ele em 2018. Pese embora a falta de projeto na altura, não deve ser misturado com a trupe do costume. É leão.

Pelo contrário.
É construtivo e objectivo. Se calhar construtivo até demais que e já o disse, sou bem mais radical que ele em muitos aspectos. Mas se calhar, eu posso sê-lo.

Obviamente que crítico porque não se revê de todo na postura e comportamento destes órgãos sociais e do que eles representam.

E não se trata de “fazer serviços”.

Caso fosse, nem tinha optado por divulgar publicamente uma ligação pessoal porque desde logo dá oportunidade para enviesamentos da mensagem.

Assim, as coisas ficam claras.

Tenho o Nuno em boa conta, conheço-o, apesar de muitos anos sem contacto e em muitas coisas defendemos o mesmo para o SCP.

Simples como isto.

3 Curtiram

Pois, vai ser tudo mau ou tudo pro Bruno. A narrativa está a ser montada.

O problema destes senhores com alguém como o Nuno, são coisas como estas:

PS

O Nuno votou contra a destituição.
Esteve na lista de BdC às eleições de 2018.
BdC “rasgou” o Nuno Sousa porque, após as eleições, este ter seguido o seu caminho, naquele período onde para o Bruno, quem não estava com ele, estava contra ele.
Apesar disto, o Nuno nunca deixou de elogiar e defender o trabalho da direcção de BdC, porque assim achava justo e honesto.

Tenho ou terei certamente alguns pontos de discordância que mais para a frente falarei dos mesmos, caso os haja.

Um deles é o I-voting, do qual o Nuno é defensor ( antes sequer desta direcção ter falado nele) e eu entendo que no contexto actual, não deve ser tema.

3 Curtiram

As maiores diferenças, @Lion73, podem ser na ligação com os sócios, na forma como avalia o passado e na personalidade e forma de ser. Que, de facto, não são coisas de somenos.

Agora o modelo de gestão não poderia ser assim tão diferente do que está a ser seguido desde que o Amorim veio.

Podemos dizer que esse modelo só existe por causa de Amorim, isso é outra discussão, mas que está a ser implementado, está.

Há que ter algum cuidado na distincao que se faz na avaliação do que foi o mandato até Amorim e depois de Amorim. Porque se nos pusermos a criticar o que foi depois de Amorim, não me parece que a maioria vá entender. Falar-se de Paulinho, de Ugarte e etc, negócios que não considero bons, comporta o risco - porque maus negócios todos farão, importa acertar bem mais do que falhar e nesse aspecto há que convir que desde que o Amorim chegou tal tem acontecido. Aí, a bem da honestidade intelectual, também teremos de falar de Adán, de Porro, de Pote, de Matheus Nunes, de Nuno Santos, de Feddal…

Ou seja: pode-se distinguir sobretudo na personalidade e na forma como olha para o passado, para o anterior presidente, etc. em termos de modelo de gestão desportiva, acho muito complicado fazer muito diferente e sobretudo fazer melhor do que aquilo que se tem feito desde que este treinador chegou, em termos de relação entre massa salarial e resultados e em termos de relação entre contratações/vendas (o que se gastou com quem veio e o que se recebeu com quem saiu no último ano, ano e meio - Bruno Fernandes, Acuña, Nuno Mendes).

Em termos de gestão desportiva, o que se planeará de radicalmente diferente para as modalidades, para a formação ou para o futebol sénior daquilo que está a ser implementado neste momento? Contratar um avançado melhor por menos 5 ou 6 milhões? Arranjar um relvado melhor? Investir mais no voleibol e voltar a deixar de ter basquete?

PS - O que estou a dizer é: será inteligente não cometer o mesmo erro que se cometeu, avaliando a gestão desportiva de alguém por não se gostar da pessoa. É isso que se tem feito quanto ao anterior presidente, com um revisionamento incompreensível do que foi a sua gestão. Aqui convém não se fazer o mesmo, a não ser que se assuma que o plano para o futebol sénior, para a Academia ou para as modalidades vai-se alterar substancialmente por se considerar que este não serve.

Digo sobre este candidato o que digo sobre todos. Monte um programa, junte uma lista, apresente as suas ideias e o seu CV. Depois os sócios avaliarão.

Ser Sportinguista é importante, mas não chega. Saber criticar e escrever crónicas também não.

É importante que exista diversidade de candidaturas, mas cuidado com a fragmentação de votos.

1 Curtiu

Eu não percebo isso do “não gostar de uma pessoa”.

Sempre que o leio ou ouço. arrepio-me por tão redutor.

Eu não defendi BdC por “gostar da pessoa”. Nalguns aspectos, até nem gostava ou gosto.

Defendi porque partilhava da sua visão, depois porque achei que fez obra, que ainda hoje dá frutos.

Não ataco Varandas por outra coisa que não o seu comportamento e postura perante os sócios e adeptos, perante a sua mensagem repleta de mentiras e meias verdades, pela sua propagada bacoca e divisionista, pela sua incapacidade em fazer crescer o clube, para lá da acção do trabalho de Amorim no futebol.

E, já agora, porque se quer reduzir toda a gestão à competitividade actual do futebol de uma equipa campeã após 19 anos ( com todo o mérito), na minha opinião essa competividade assenta essencialmente na genialidade do treinador que caso contrário, estaríamos na luta pelo terceiro lugar porque em teoria, as condições que tem estão em linha com essa posição. Como estavam no ano passado, diga-se.

Lamento, em contexto pandémico e após 1 ano sem Europa e 2 sem Champions, não vejo grande mérito em reduzir cerca de 10M de massa salarial relativamente a 2018, ter os mesmos níveis de 2017, mais de 20% que 2016, mais do dobro de 2015.

Não vejo grande mérito em não se ter vendido um único jogador com lucro, dos contratados após 2018.

Não vejo grande mérito em, mais de 100M em contratações depois, a coisa e em verdadeira qualidade ( nas contratações) , estar reduzida a Porro, Adan, Pote e Matheus Nunes ( que até foi para os sub23 e lá esteve durante mais de um ano). Com um bom jogador de plantel ( Nuno Santos) a somar. O resto, banal. Ou por provar ( como Ugarte e outros).

Digam que face aos custos, o Sporting tem um rendimento desportivo no futebol acima dos rivais.

Tem.

Até é campeão. Justíssimo.

Porque Amorim. Simples.

7 Curtiram

O meu problema com o Nuno é estar metido num saco de gatos chamado Leonino. Por estar lá metido, nunca terá o meu voto.

Nunca deve ser tema. I-Voting não é seguro. Pergunta a qualquer profissional de ciber-segurança e ele diz-te que as implentações do sistema à data são permeáveis.

Por essa ordem de ideias e no limite, o fórum também será para alguns, um saco de gatos… :grin:

Já nem vou por aí, qt ao I-voting. Porque não saberia do que estava a falar

Mas sei o suficiente que é preciso ter confiança nos envolvidos.

Não há. Logo, pese outras coisas a ter em consideração, não deve ser tema, quer agora, quer no médio prazo.