Novela «Apito Dourado» - Os interpretes

«Apito Dourado» – Lucílio e Paraty são arguidos

O processo «Apito Dourado» já está nas mãos do procurador do Ministério Público, a quem caberá agora deduzir a acusação. O caso teve início na sequência de uma carta anónima que alertava para a provável existência de irregularidades nos jogos disputados pelo Gondomar.

José Luís Oliveira, Pinto da Costa, Valentim Loureiro, José António Pinto de Sousa, João Loureiro, Rui Alves, Reinaldo Teles e Avelino Ferreira Torres são apenas alguns dos arguidos. Mas também há árbitros na mira da acusação: Lucílio Baptista, Paulo Paraty, Martins dos Santos, Sérgio Ferreira, Rui Silva, Cosme Machado, José Palmeira, Marco Delgado, Rui Mendes, Nuno Borba, Luís Lameira, Sérgio Pereira, Pedro Maia, Pinto Miranda e Bernardino Silva.

O treinador Mário Reis, o empreiteiro Joaquim Camilo, o empresário António Araújo e a líder da autarquia de Leiria, Isabel Damasceno, são ainda algumas das individualidades que deverão sentar-se no banco dos réus.

Finalmente, no rol das testemunhas arroladas observam-se nomes como os de José Veiga, José Capristano, Sequeira Nunes, Fernando Gomes, Adriano Pinto, Luís Guilherme, Pedro Proença, Olegário Benquerença, Bruno Paixão, Paulo Costa, Duarte Gomes, Mário Almeida, Narciso Miranda e Rui Rio, entre outros.

in http://www.abola.pt/nnh/index.asp?op=ver&noticia=79358&d=1&tema=1

Afinal há diferenças entre arguidos e testemunhas, é que saiam todos a dizer que eram testemunhas, quase que iria haver crime sem arguidos só com testemunhas, mas enfim … a Cosa Nostra está apresentada para quem estivesse mais distraido.

cumps,
VCoelho

So falta o António Costa :smiley:

Ena tantos :lol:

Se calhar falta lá o Sá pinto o maior criminoso e o pai de todos os males…

Já agora, se fosse do min. da justiça começava a pensar em construir uma prisão nova para esta gente toda, ou um barco prisão ao largo de Leixões (onde o mar é bravo). Pode ser que afundasse. O problema era a poluição :smiley:

Depois dum “quinhentinhos”, temos agora um “rebuçadinho”. Que miséria!

Que polvo… O MP não vai conseguir apanhar todos mas se estes apanhassem umas penocas, já era bom. Já seria o suficiente para muita desta gente ter de mudar de vida e o ar tornar-se-ia um pouco mais respirável. Pelo menos por uns tempos.

o Paraty a mim tirou-me do sério uma vez…
penso que foi no jogo Portimonense X Espinho, quando tá 2-1 e o Sr. Paraty dá 4m de compensações no fim do jogo que se transformam em 8m, o suficiente para o Espinho empatar o jogo…

foi a vergonha total.
mas como é II Liga, ninguém nota…

http://www.lpfp.pt/default.aspx?SqlPage=jogoLH&lpfpJogoId=485

Olha o homem da verdade, puro e leal, João Loureiro :lol:

Olha o homem da verdade, puro e leal, João Loureiro :lol:

Não pá, ele está lá porque foi finalmente, 5 anos depois, à PJ apresentar queixa por ter visto não sei quem almoçar com não sei mais quem. Deve ter visto o pai a almoçar com o pintinho, e a encomendarem umas frutas!

Olha o homem da verdade, puro e leal, João Loureiro :lol:

Não pá, ele está lá porque foi finalmente, 5 anos depois, à PJ apresentar queixa por ter visto não sei quem almoçar com não sei mais quem. Deve ter visto o pai a almoçar com o pintinho, e a encomendarem umas frutas!

Mas ele é arguido não testemunha :lol:

Palhaço :evil: , a questão é que dois dos nossos vão (ou já estão a ser) castigados.

Bruno Paixão, como testemunha? EHEH, deve ser pa rir. :lol: :lol:

Bruno Paixão, como testemunha? EHEH, deve ser pa rir. :lol: :lol:

Ele estava à mesa com dois arguidos :wink:

o Paraty a mim tirou-me do sério uma vez.. penso que foi no jogo Portimonense X Espinho, quando tá 2-1 e o Sr. Paraty dá 4m de compensações no fim do jogo que se transformam em 8m, o suficiente para o Espinho empatar o jogo..

foi a vergonha total.
mas como é II Liga, ninguém nota…

http://www.lpfp.pt/default.aspx?SqlPage=jogoLH&lpfpJogoId=485

Pois, ó Bach, nós aqui estamos todos muito preocupados com o que acontece ao Portimonense. Pára lá de puxar a brasa à tua sardinha, pá! :wink:

Mais sobre o tema “Apito Dourado”, para assim não abrir outro tópico …

APITO DOURADO-36: Escutas, fruta, prostitutas, goleco…

Segundo publica hoje o Jornal de Notícias, as escutas telefónicas que estão anexas ao processo “Apito Dourado” e que, na passada terça-feira, seguiram para o Tribunal de Gondomar não envolvem só o Gondomar Sport Clube, mas comprometem também emblemas da SuperLiga. Designadamente, o Boavista e o FC Porto, havendo suspeitas, validadas pela juíza que procedeu aos primeiros interrogatórios judiciais, de que Pinto da Costa e João Loureiro terão tentado alterar a verdade desportiva da competição.
Segundo o JN soube, dois dos jogos em causa, ambos da época passada, têm um denominador comum o árbitro Jacinto Paixão, de Évora, que apitou os jogos FC Porto-Estrela da Amadora e o Boavista-Estrela da Amadora. As escutas telefónicas, a que se juntaram as vigilâncias e as perícias feitas pelos “especialistas”(os ex-árbitros Vítor Pereira, Jorge Coroado e Adelino Antunes) a quem a PJ recorreu, foram consideradas muito comprometedoras pela magistrada, que entendeu serem fortes os indícios de corrupção. Os arguidos tiveram obviamente um entendimento diferente - reconheceram as conversas, porém negaram a prática de crimes - mas só agora, quando o processo for aberto, poderão ter acesso ao teor da totalidade das escutas, para poderem explicar o contexto em que determinadas frases terão sido ditas.

PROSTITUTAS. O jogo do F. C. Porto estava marcado para as 19 horas. Ao meio dia, a PJ gravou uma conversa entre Jacinto Paixão e António Araújo, empresário de futebol próximo do F. C. Porto. O primeiro pedia que nessa noite lhe fosse assegurado o serviço de “prostitutas”. Dois minutos depois, constata a juíza, Araújo falou telefonicamente com Pinto da Costa e deu-lhe conta do pedido. “Ligaram-me a pedir fruta para logo à noite. Posso levar a fruta à vontade?”. Segundo o registo considerado, Pinto da Costa terá respondido que sim, depois de algumas dificuldades de entendimento sobre o significado da palavra fruta. O que obrigou Araújo a explicar que se tratava de uma fruta que “servia para dormir”.
As escutas seguintes voltam a envolver Pinto da Costa e Araújo. E ainda segundo a juíza indicaram que foi o F. C. Porto a pagar o serviço de prostitutas. A conversa volta, no entanto, a não ser clara “Só estou a dar conhecimento ao presidente… é que eu estou sempre a dispor”, disse Araújo.
As autoridades possuem também uma relação completa das chamadas feitas entre o árbitro e o empresário e este e o presidente do FC Porto. Que foram várias e às vezes com apenas minutos de diferença. As prostitutas confirmaram ter estado nessa noite com o árbitro e os respectivos auxiliares, tendo reconhecido António Araújo, Jacinto Paixão e Manuel Quadrado através de fotografias que lhes foram apresentadas em tribunal. Todas já foram ouvidas para “memória futura” e os seus depoimentos têm valor em tribunal.

COMBINADO. O segundo jogo envolvendo Jacinto Paixão foi no estádio do Bessa, também no Porto. As escutas feitas pela PJ dão conta de que João Loureiro, presidente do clube, terá combinado com Júlio Mouco - o vogal da Comissão de Arbitragem da Liga que esta semana pediu a suspensão do mandato - quem eram os auxiliares. Acredita ainda a juíza, com base nas provas reunidas pela PJ, que João Loureiro combinou depois com o observador Pinto Correia que seria aquele que deveria pressionar o árbitro para que o Boavista fosse beneficiado.
O resultado não foi o melhor. O Boavista perdeu esse jogo, o que no entanto não terá feito a juíza deixar de acreditar nos indícios de corrupção. Isto porque, no dia a seguir ao jogo, foi registada uma conversa telefónica envolvendo Valentim Loureiro e Jacinto Paixão, na qual o árbitro terá explicado que “não podia fazer mais”. Valentim Loureiro reconheceu-o “Foi um azar. Os gajos cada vez que foram lá acima deram um goleco”. Mas o mais grave parece ser a promessa feita, em seguida, por Valentim, em que deixa entender que o árbitro foi bem classificado e terá boa nota no final da época. Jacinto Paixão negou em tribunal qualquer tentativa de corrupção. Embora reconhecesse ter uma boa relação com Valentim Loureiro, garantiu que, inclusivamente, desceu de categoria nesse ano . Além disso, o árbitro assumiu ter estado com as prostitutas, desconhecendo quem pagou e negando qualquer favorecimento ao FC Porto. O JN tentou ouvir os outros envolvidos. Pinto da Costa e João Loureiro não quiseram prestar esclarecimentos, alegando estar o processo em segredo de justiça. Valentim Loureiro esteve sempre incontactável.

@ Megafone

Certamente os que ficarão “dentro” serão os “Pedros Maia” e os “Sérgios Pereira”. Os Costa e os Loureiros salvar-se-ão.

o Paraty a mim tirou-me do sério uma vez.. penso que foi no jogo Portimonense X Espinho, quando tá 2-1 e o Sr. Paraty dá 4m de compensações no fim do jogo que se transformam em 8m, o suficiente para o Espinho empatar o jogo..

foi a vergonha total.
mas como é II Liga, ninguém nota…

http://www.lpfp.pt/default.aspx?SqlPage=jogoLH&lpfpJogoId=485

Pois, ó Bach, nós aqui estamos todos muito preocupados com o que acontece ao Portimonense. Pára lá de puxar a brasa à tua sardinha, pá! :wink:

oh oh.
olha este :stuck_out_tongue:

pah, foi só um exemplo!

Foi só uma pequena provocação! :smiley: Eu sabia que ias ficar “picado”. A verdade é que até simpatizo com clubes algarvios (Portimonense, Farense e Olhanense) e acho que fazem falta na 1ª Divisão.

Já que falo nisto, acho que sempre foi do interesse dos clubes do norte do país (com FCP e Boabosta à cabeça) que os clubes do Algarve caíssem para outros patamares para evitar deslocações internas muito longas.

Recordo-me que na última época do Portimonense na divisão maior do nosso campeonato (já não sei qual é que foi, tu deves saber), eles foram praticamente empurrados para a 2ª.

Quanto ao Paraty, basta olhar para aquela tromba para ver que se trata, de certeza absoluta, de uma pessoa honesta. Ele também já deve ter comido muita “fruta para dormir”.

Para dormir?.. :-k

Recordo-me que na última época do Portimonense na divisão maior do nosso campeonato (já não sei qual é que foi, tu deves saber), eles foram praticamente empurrados para a 2ª.

Quanto ao Paraty, basta olhar para aquela tromba para ver que se trata, de certeza absoluta, de uma pessoa honesta. Ele também já deve ter comido muita “fruta para dormir”.

Para dormir?.. :-k

é verdade.
o meu Pai ainda me fala dessa epoca… e do jogo que foi ver à Luz onde o Portimonense mantinha o 0-0 e onde se inventavam faltas, cantos, livres, enfim, tudo para o “outro” marcar. e marcou finalmente, ganhou 1-0.

beneficiados sempre à descarada.
é por essas e por outras que eu desejava Vale e Azevedo até 2015.

em relação ao Paraty… bom, o Sr. Paraty é mesmo de Espinho.
coincidências!!

Hoje cheguei a desejar ser uma mosca. É que assim, quem sabe, poderia chegar “de fininho” e escutar os dois fruteiros sentados lado a lado no Bessa.

Tão amigos que são… não vi o arguido, filho de outro arguido, descer, nem o banco do Boavista levantar para exigir um vermelho directo ao Emanuel… enfim… :roll: